A Romênia demonstrou interesse em comprar 5 caças F-16AM/BM adicionais da Força Aérea Portuguesa.

A Romênia, membro da OTAN, deverá adquirir cinco adicionais caças F-16AM/BMs de Portugal, informou hoje o ministro da Defesa, Mihai Fifor.

A compra pretendida será posta em um projeto de lei e submetida ao parlamento para votação até o final do ano, disse Fifor durante uma conferência de imprensa transmitida pela emissora de TV Digi 24.

“Vamos comprar mais cinco F-16s de Portugal. Mircea Dusa [secretário estadual de defesa] visitou recentemente Portugal neste quesito. Haverá quatro aviões de assento único F-16AM e um biposto F-16BM”, disse Fifor.

Em outubro de 2017, a Romênia recebeu os três últimos caças F-16 adquiridos de Portugal, como parte de seu programa para substituir sua antiga frota de caças MiG da era soviética por aeronaves que atendem aos padrões da OTAN.

Em 2016, o país recebeu os primeiros nove caças F-16 de Portugal no âmbito do programa.

O custo total do esquadrão de jatos F-16 (nove F-16AM e três F-16BM) foi de 628 milhões de euros (US$ 730 milhões), de acordo com o Ministério da Defesa. Os F-16 substituem os MiG-21 Lancers, e foram entregues com cerca de 4.000 horas de voo, remanufaturados pela Lockheed Martin para que possam voar mais 4.000 horas.

“Num próximo período, também discutiremos os outros 36 caças F-16 que queremos comprar. Existem várias possibilidades levadas em conta, conversamos com vários estados que possuem aviões F-16 e quem podem disponibilizá-los para nossa compra, incluindo os EUA, Israel ou Grécia”, disse Fifor.

A Romênia, que aderiu à OTAN em 2004, planeja gastar um total de 9,8 bilhões de euros até 2026 para aumentar sua capacidade de defesa.

Anúncios

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.