174388
Tupolev Tu-22M3 – VKS / Foto: Vadim, em caráter ilustrativo

O Ministro da Defesa da Federação Russa, general Sergei Shoigu, informou ontem que as aeronaves da VKS realizaram 600 sortidas e destruíram “300 alvos, de diversos tipos nas regiões de Raqqa e Deir ez-Zor”, nos últimos três dias, durante a campanha militar que o país empreende na Síria.

As missões contaram não só as aeronaves atualmente posicionadas na Base Aérea Bassel al-Assad, em Latakia, como também envolveu bombardeiros estratégicos Tupolev Tu-22M3, que decolaram da Base Aérea de Mozdok, na Rússia. Todas as missões foram escoltadas com caças Su-30SM.

Shoigu também anunciou que a Marinha Russa (VMF) atacou alvos na Síria com mísseis de cruzeiro lançados, pela primeira vez, por um submarino no Mediterrâneo.

Rostov-on-Don (B-237)
O Rostov-on-Don (B-237) é um submarino convencional de baixo ruído, da classe Kilo, movido à propulsão diesel-elétrica

“Utilizamos mísseis de cruzeiro ‘3M-14 – Kalibr’ que foram lançados do submarino ‘Rostov-on-Don’, posicionado no mar Mediterrâneo”, destacou Shoigu, acrescentando que os mísseis atingiram infraestruturas de petróleo, depósitos de munições e uma fábrica de minas.

O Presidente russo, Vladimir Putin, comentando o sucesso dos ataques, lembrou que os mísseis de cruzeiro ‘Kalibr’ podem ser equipados com ogivas nucleares, acrescentando que espera que “jamais seja necessário utilizá-las na luta contra o terrorismo”.

Abaixo, os vídeos das missões realizadas:

divider 1

FONTE: Ministério da Defesa da Federação Russa, com informações de Rustam Bogaudinov, direto de Moscou

EDIÇÃO: Cavok

Anúncios

34 COMENTÁRIOS

  1. depois de assistir aos videos dos lançamentos dos MCs russos, pelo sub, queria ler as lorotas de detratores ideológicos que adoram ridicularizar a tecnologia russa… os caras dominam o espaço, dominam tecnologias que somente USA, França e UK controlam/detem… mas são ridicularizados por estes afetados… não falo do "tirador de sarro" Symon não! falo dos que acreditam mesmo nestas bobagens… 🙂

    • Outro ponto tem que ser salientado, olha a quantidade de sortidas que os Russos estão fazendo sob a Síria, para quem tinha dúvidas se o equipamento Russo funciona, é confiável e se a Rússia tinha capacidade de montar uma ofensiva dessa proporção aí está a resposta.
      Os Russos estão muito bem de armamento obrigado!

    • Falou verdade Francisco. Tem pessoas que a especialidade deles é manipular a verdade e tentar convencer outros de acordo com a ideologia maluca que propagam.

          • Acho que vc não entendeu o que eu quis dizer…
            Um fala que o F-35 é inútil ou que o F-22 não é furtivo… Outro chama os caças russos de banheiras…
            Ou seja, escolhem um lado e ignoram totalmente a realidade…
            É o cúmulo da infantilidade… Saca?

    • Foi isso mesmo que eu disse em outro post aqui queria ver a cara de certos "Ixpexialixtas" que vivem dizendo que a marinha russa era só propaganda politica que não tinha projeção de poder era sucata, e outros blá blá blá blá.

  2. Puts… Os Flankers tem uma beleza muito peculiar…
    Queria um Su-30SM só pra mim. Hehehehehhe

  3. Os Tu-22 estavam lançando aparentemente só bomba "burra", de queda livre. Eu particularmente acho um desperdício terrível de dinheiro decolar da Rússia para correr o risco de errar o alvo, o que parece que ocorreu em algumas surtidas filmadas.
    No fringir dos ovos, não é a beleza dos Su-34, Su-30 e Tu-22 tão pouco a logística para filmar todos esses bombardeios que farão a diferença.
    O sucesso tá relacionado com a precisão na designação e acerto dos alvos.
    Atirar na perna de um bandido só vai atrasar um pouco a vida dele. Depois ele volta com mais raiva ainda.

    • O uso dos bombardeiros estratégicos está mais relacionado a projeção de força do que eficiência no cumprimento das missões . Na verdade , pra missão ali na Síria qualquer avião capaz de COIN faz o serviço com maestria , como vem fazendo o Su-24 e -25 , com a devida escolta dos Su30 e os -34 fazendo sua propria escolta ( ou não..) .

  4. Pensava que só Israel tinha submarinos convencionais com capacidade de ataque nuclear.

  5. Esse jeito russo de resolver as coisas é bem bacana. É exatamente o que se esperava…..dos EUA.

  6. É assim que se mantém a famosa doutrina e não PlayStation como na FAB. Agora, para cada demonstração de força da Rússia, a Turquia esgota o estoque de papel higiênico, e o Czar falou que não vai esquecer os pilotos do Su-24. Agora a Síria é a Guernica do século 21. Somente a OTAN conhecia esta capacidade da Rússia de projeção de for?a, agora todo mundo sabe e entende o que é uma potência militar. E ai não está o grosso da Marinha e Exército Russo.

  7. Realmente os fatos sempre calam alguns especialistas… está aí, preto no branco, engula seco… aceita que doí menos!

    E parabéns À Russia que demonstra que não é só a OTAN que pode fazer certas coisas à distancia, e de submarino ainda por cima!

    Continuem Assad e Putin a mandar os "moderados" armados e financiados pelo ocidente e seus lacaios regionais para o inferno, e que o EI também tenha muita atenção de vocês!

    Valeu!

  8. Que dia teremos uma capacidade dessas? Acho que no dia que nevar no inferno.

    • Quase…na próxima era do gelo, quando os trópicos estarão no centro do poder mundial.
      Mas aí já vai existir ataque instantaneo individual e coletivo de energia pura…kkkk

Comments are closed.