Um dos caças Su-30MK entregues para Índia no primeiro lote.

A Rússia está colocando à venda um lote de 18 caças multimissão Sukhoi Su-30, que foi rejeitado pela Índia devido a preocupações sobre os motores, e que retornou para a Rússia em 2003, conforme disse um funcionário da Defesa nessa quarta-feira.

“Os 18 caças Su-30s usados ??anteriormente pela Índia e depois retornados, estão numa fábrica de aviões sendo reparados na Bielorrússia, e estão à venda para potenciais compradores”, disse Alexander Fomin, diretor adjunto do Serviço Federal de Cooperação Técnico-Militar. Ele acrescentou que as aeronaves poderiam ser modernizadas antes de serem vendidas.

O Su-30MKI é a principal aeronave de caça indiana, e cerca de 140 foram produzidas sob licença pela HAL na Índia. A Força Aérea Indiana prevê comprar um total de cerca de 280 desses caças durante a próxima década.

O desenvolvimento do Su-30 começou na década de 1980 para as Forças Armadas Soviéticas, com base na conversão da versão de treinamento Su-27UB.

O primeiro lote de 18 caças Su-30s foi entregue para a Índia nos padrões Su-30MK e Su-30K, e foram construídos numa especificação mais baixa do que o posterior Su-30MKI. Isso significa que eles não tinham motores com bocais de empuxo vetorial ou canards, permitindo uma maior capacidade de manobras.

Seus sistemas aviônicos também foram construídos para uma especificação mais baixa do que os posteriores Su-30MKIs construídas pelo HAL, que incluíam um alto nível de sistemas israelenses e franceses.

Fonte: RIA Novosti – Tradução: Cavok

Anúncios

59 COMENTÁRIOS

  1. Putz!

    Compra de oportunidade. Como são usados, o preço deve ser baixo.

    😉

      • Esse "puro lixo" é capaz de castrar todas as forças aéreas sul-americanas, e de "fechar o Atlântico".

        😉

          • Poucas turbinas aeronáuticas militares possuem o histórico de confiabilidade das Lyulkas AL-31F e Al-41F.

        • Nada verrrr

          Você nunca ouviu falar do P3 "O Guardião do Pré-Sal"?? ahhaa

    • Nossos “super hangares anti nucleares” são sofisticados e modernos demais para esse lixo russo…

      Duvida? Olha só!

      http://www.skyscience.com.br/images/hangar2.jpg

      E agora, não acham que essa porcaria de SU-30 não é podre demais para essas maravilhas da engenharia militar construtiva moderna…

      Bah, sério, alguém ai acha que botar um dos FX2forever numa dessas instalações não é uma pilantragem?

      Ninguém mais fala daquele escândalo de desvio de verbas na FAB que passou de 3 bilhões ano passado?

      Não lembram? Aquele em que os milicos que davam baixa do serviço regular continuavam a ter o soldo pago, pois os corruptos não tiravam o nome deles no sistema, embolsando o mesmo…

      COMENTÁRIO EDITADO

      Nota do Moderador: caro "Maluco", não publicamos matéria com link indicando não parceiros do Cavok, principalmente do referido site, que teve o link acima "castrado", por exigência deles próprios.

      • Caro Maluco,

        O Hangar da imagem que consta do link, é o "Hangar do Zepelim". É uma construção sem valor militar, porém histórica, e por isso mantida.

        Quanto ao "Escândalo da Folha de Pagamento", ela foi fruto do corporativismo existente na força, praga que, sejamos justos, dá para todo lado.

        😉

        • Esse hangar é histórico, mas não deixa de ser usado como instalação militar. Escolhi essa foto por causa do estado em que ela se encontra, refletindo o mesmo da FAB: um avião velho, num patio encharcado com um hangar dos anos 30 bem sujo.

          Mas na outra foto que foi excluída, era das "taipas" de zinco. Essas sim, é pra ter vergonha…

          Quanto a corrupção, tem que ser apurado aos olhos do publico, o fato da corrupção ser comum no Brasil , não justifica esse acobertamento. Se isso se tornar normal! Já pensou, militares corruptos, armados e impunes, irão querer tomar o poder novamente.

  2. O Brasil não se interessaria, pois está a ponto de se decidir (FX-2)… Mas é bola quicando na área para "Los Hermanos", cuja Força Aérea está num estado de fazer dó…

    • Os pilotos cubanos que voam os flankers venezuelanos vão tremer de medo.. rsrsrs

      • 1-não piloto cubano não preparado para voos por ar seco
        2-na Venezuela somente pilotos e técnicos da força aérea venezuelana, que tomou lugar curso de 8 meses de formação e educação na Rússia-exames tem pessoalmente herói da Rússia Sergei Bogdan-o melhor piloto do mundo
        3-ter medo???e arrepio??? medo e tremer é os pilotos brasileiros que arvoram os caixões de tipo obsoletos Mirage 2000 e f-5 é sim
        4-aviões serão totalmente atualizados e serão vendido ou Ásia ou África
        Pilotos venezuelanos para Su-30 http://www.youtube.com/watch?v=c9CTDNYLniM

          • 1997-1999, Rússia entregou à Índia a primeira 18 aeronave Su-30 k e em 2007, para substituir o seu conjunto de aeronaves Su-30mki atualizados. Indian 18 Su-30k transferido para fábrica de 558-Mu aviaremontnomu em UCRANIANO
            ESTAS AERONAVES FORAM OS PRIMEIROS QUE FORAM ENTREGUES A ÍNDIA COMO O PRIMEIRO LOTE, DE ACORDO COM A ÍNDIA QUANDO PRONTO AVANÇADA VERSÃO BIM-RÚSSIA SUBSTITUI VERSÃO AO TPI DEPOIS QUE ELES CHEGAM DE VOLTA E REVENDIDOS
            ORIGINALMENTE INCORRETAMENTE RETORNADO 18 Su-30k

    • A Venezuela está interessada em uma aeronave monomotora, para compor o seu parque. Há quem aposte no JF-17.

  3. O russo Fomín é um doido. Até hoje, na maior fleuma, diz publicamente que venderá o Su-35 ao Brasil — seja numa Fidae, seja numa reunião seriíssima, para os homens do cheque da Indonésia e Malásia. E é naquelas bandas que esses Su-30 vão parar…

  4. "A Rússia está colocando à venda um lote de 18 caças multimissão Sukhoi Su-30, que foi rejeitado pela Índia devido a preocupações sobre os motores…"

    Sei que alguém vai pensar na excelente idéia do Brasil querer o que os indianos defenestraram e… Pôperaeh!

    • bellorussiya por quê?

      porque bellorussiya nosso aliado no seu território e as nossas fábricas militares estão localizados!

      se eles foram devolvidos para a Rússia teria que pagar imposto para o retorno de mercadorias aduaneiras russas em impostos mais baixos bellorussii-tudo apenas meus amigos

  5. Coitado de quem ficar com esse lixo indiano.

    Pensa, eles não tiram nem os Mig-21 deles que caem toda hora, e rejeitaram os SU? Esses ai devem tá só no super bond e silver tape. hioeaihioaeiohae

    • O Mirage 2000 anda caindo la também…será que esta com super bonder?

        • W. Strobel, participante do Fórum Base Militar, apresentou tempos atrás uma tabela que demonstrava que a taxa de atrito da Força Aérea Indiana não distava muito daquela exibida pela FAB. No caso dos Indianos, é necessário entender que eles operam a aeronave há quase meio século.

  6. Sugiro mandarmos o nosso ilustre Ucraniano ir lá negociar esses caças para o GDA.

  7. É por estas e por outras que acho que a indústria aeronáutica russa deixa muito a desejar nos dias de hoje. A Índia negou a compra deste lote não só pelos motores, mas também por uma série de parâmetros de qualidade de fabrico não respeitados.

    Só um tapado acha que isto seria um bom negócio, a juntar ao facto de estarem parados numa fábrica bielorussa, de terem voado pouco, e de, em última análise, nem a Força Aérea Russa os ter incorporado.

    Ainda assim, o negócio da sucata é um dos mais lucrativos hoje em dia… Haja um empreendedor que pegue neles.

    • Deixa muito a desejar, tanto que os indianos estão desenvolvendo em conjunto com os eslavos uma versão local do T-50; além de ser, efetivamente, a industria aeroespacial que mantém a Estação Espacial Internacional operacional…

      Não sei o que te move, se rancor, inveja, ou ambos, mas diga a nós as proezas, por exemplo, da flagrante e ímpia indústria aeronáutica portuguesa, pois gostaríamos muito de saber… Esperamos aqui, que ela não seja do mesmo padrão do consórcio europeu fabricante da aeronave da Air France, de triste memória, que dormita no fundo do Atlântico devido à falhas iniciadas em tubos pitot, europeus, defeituosos…

      É este, o padrão que enalteces, Dom Afonso?

      • Começo a ter dificuldade em responder-lhe, visto que muitos dos seus argumentos roçam a infantilidade. Ou então, o erro é mesmo meu, que lhe dou outra densidade intelectual, que simplesmente não tem.

        Quando comento, assim como todos os demais, faço-o na qualidade de entusiasta da aviação, não na qualidade de português, dinamarquês, ou indiano. Depois de tantos posts, ainda não conseguiu perceber isto – embora tenhamos tido a mesmíssima conversa quando usou a mesma "lógica" para me perguntar onde andava o caça português de 5ª geração – ao que respondi ao lado do brasileiro.

        Novamente roça a infantilidade quando reduz a discussão a uma comparação de acidentes aéreos (que provocam mortes inocentes).

        Se eu decidisse entrar nessa conversa imbecil, não seria preciso muito para ir encontrar notícias da semana passada sobre a queda do novíssimo e brilhante produto da superior industria aeroespacial russa chamado Sukhoi "Super Jet" (!?).

        E para cúmulo do ridículo, precisamente perante possíveis clientes (alguns mesmo a bordo).

        Já para não falar na lista triste e extensa de aviões Tupolev que marcaram as mais negras páginas da aviação comercial.

        Mas não o vou fazer, porque não tem lógica e é imoral.

        Por último, mostra ignorância quando insiste em falar de "eslavos" versus o mundo.

        Existem povos eslavos que não querem ouvir falar dos seus "irmãos" russos – pois foram invadidos e estropiados por eles. Conheceram de perto o fraterno abraço russo.

        • ah ta so os tupolevs se acidentam, mais nenhum aviao do mundo se acidenta… aham…

          Mas me diga

          Qual aviao portugues competiu com o Mig 15 ? o Mig 17 ? 19 ? 21 ? 23 ? 25 ? 27 ? 29 ? 31 ? 35 ?

          Familia Sukhoi…

          Mil Mis

          Tupolevs, e demais… me diga, QUAIS OS AVIOES PORTUGUESES QUE COMPETIRAM COM OS RUSSOS CADA QUAL EM SUA EPOCA E HOJE, QUAL O AVIAO STEALTH PORTIGUES QUE COMPETE COM O T 50 ?

          A GRANDEZA DA AVIAÇÃO RUSSA É INDISCUTÍVEL.

          • A minha mente está parva… AHAHAHAHAHHAHAHAHAHHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHAHAHAAHAHHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAH

          • Wagner, não é atacando a industria portuguesa que vocês irão justificar a insegurança e baixa confiabilidade de alguns produtos aeronáuticos russos, que é um fato que cabe aos próprios russos mudarem.
            Vcs só estão tirando o foco do assunto principal.
            Por exemplo, o argumento de venda do SSJ100 é seu preço barato, mas é nítido que esse desconto é dado também em sua segurança.

            • Me diga uma coisa Edson:

              Durante meses, o Cavok Blog ficou a noticiar quedas, apenas, de aeronaves "ocidentais"…

              Onde estava você para dizer sobre a "baixa confiabilidade" destas indústrias?

              De onde você tira o argumento, de que o SSJ100 possui um preço barato, por ter menor segurança?

              Posso estender, então, o argumento para os produtos da Embraer, que possuem preço abaixo de alguns de seus concorrentes?

              Sim, pois esta é a sua lógica.

              Ridículo.

  8. Deviam modernizar e manter na propria VVS… aí podem tirar 20 Su 27 velhos…

    Não entendi o pq dessa venda… um su 30 modernizado, 10 anos mais novo que um Su 27, é uma boa opção, eles ainda tem quase 20 anos de utilidade…

  9. Seria bom para o Brasil comprar, porque eles devem estar vendendo com um preço muito bom,porém só se eles mandarem junto até a planta de cada parafuso do avião para que possamos crescer em cima dessa plataforma.

  10. Devem ser umas ricas j´[oias logistica, pois nem os russos o quiseram….dues nos livre de um umb´roglio logístico destes….

    Grande abraço

  11. É provavel que estejam em bom preço e parecem estar com pouco uso, mas em que condições realmente estariam essas máquinas…?

    Tudo bem que se viessem para a FAB, haveria a possibilidade de um trabalho em conjunto para adapta-lo as condições brasileiras, com equipamentos em padrões ocidentais utilizados por aqui. A questão é a que custo isso seria feito…

    Ademais, comprar esses caças agora, adiaria mais uma vez o FX2…

    • Vamos decidir o FX-2 em breve, e os concorrentes são Rafale, F-18ESH e o Gripen NG.

      Para nós não faz sentido algum essa compra de oportunidade. Mas… Para os argentinos faria todo sentido do mundo, e se naquele governo existir um Ministro da Defesa com tino, ele estará agora azucrinando a cabeça da dignitária para que não se perca a oportunidade.

      • Camarada Ilya,

        O problema para os argentinos não seria comprar essas máquinas. A questão seria sustenta-las. É bem verdade que são mais em conta que qualquer outro vetor de sua categoria, mas a atual situação econômica da Argentina requer cuidados… Creio que teriam que dar baixa em todo o inventário de caça e ataque da FA e da Marinha para sustenta-las, para dizer o mínimo…

        Mas seria interessante, por exemplo, essas máquinas fazendo um "mix" com os A4-AR. Seriam a força militar dominante do cone sul das Américas… Adversários poderosos perante os F-16 chilenos e superiores a tudo o mais que voa hoje na América Latina, exceto por Venezuela.

  12. O tópico 3 do Rustam era para rir e eu ri muito — pois é verdade… 😀

  13. Esses SU estão fora de cogitação pra FAB, não faz sentido compra-los para serem tampões ate a chegada do escolhido no FX.

    Toda logisticia teria que ser mudado, software, etc… para depois mudar para o padrão ocidental novamente. Deixa pra Venezuela ou qualquer outro país asiático, mais provavel a Indonesia.

  14. Notem isso:

    "Seus sistemas aviônicos também foram construídos para uma especificação mais baixa do que os posteriores Su-30MKIs construídas pelo HAL, que incluíam um alto nível de sistemas israelenses e franceses."

    • Besteira de quem falou.

      Dou-lhe um exemplo:

      Não há suite superior aquela que equipa o SU-35S, quando muito, equivalente.

      😉

  15. A fab já está no buraco e os senhores querem essas carroças que nem a Índia aceitou, e olha que a índia ainda voa os mig21……

    • Caríssimo "fã boy" Galileu: essas carroças colocam no chão qualquer aeronave das forças aéreas sul-americanas… Do Chile à Colômbia.

      😉

      • Chile foi meio forçado, mas….sim é uma boa aeronave me refiro ao estado em que se encontram.

  16. Para o Brasil, não compensa comprar esses caças, mas para paises usuários de Sukhoi como Venezuela, Angola, Vietnã, seria uma boa compra…

  17. Se for seguir a mesma linha:

    O cantor Belo dispensou a Viviane Araujo, então ninguém mais vai querer ela, coitada deve ser muito feia…

  18. Em relação ao número de perdas dos Mirage III na FAB, citado pelo Ilya Ehrenburg, a Fab comprou ao todo 32 aviões em vários lotes e perdeu 14 em acidentes.

    Uma taxa de atrito de 44%, nada invejável.

    O primeiro lote teve e 4 bi (4900 a 4903) e 13 mono (4910 a 4922).

    Recompletamentos:

    1980: 03 mono (4923 a 4925)

    1984: 02 bi (4904 e 4905)

    1988/9: 02 bi (4906 e 4907) e 4 mono (4926 a 4929)

    1999: 02 bi (4908 e 4009) e 2 mono (4930 e 4931)

    OBS: Dados das aquisições apresentados pelo Justin Case.

  19. no nosso país a coisa é complicada,o governo civil,tem medo de armar os militares,pois eles não conseguem ver que somos todos um país e que necessitamos de defesa,fica aquela mesquinharia revanchismo,que não leva a nada,nos faz muita falta ter um inimigo aqui do nosso lado para fomentar compras de material bélico,pois se alguém invadir nosso país quem vai ter que tirar? são os militares né ?,quando acabar o petróleo no oriente médio? os EUA disfarçados de OTAN vão vir para cá pois aqui tem coisa mais valiosa que petróleo,é só procurar sentiremos na pele com os russos sentiram em stalingrado?

  20. Foi só eu que entendi que a Rússia fez o contrato correto? assim: entregou estes Su-30 meia-boca como tampões até a entrega inicial dos Su-30MKI a incorporação da HAL no processo produtivo. Após a entrega dos Su-30 definitivos, pegou de volta os tampões e repassou para manutenção e busca de compradores. Que há de errado nisso? Se houveram problemas nos tampões – Esse SU-30 não são "puros", são modernizações de SU-27 e que eram sabidamente pouco confiáveis, mas serviram para adestramento e operacionalização – era fato sabido.
    Os indianos preferiram devolver estes SU-30 e ficar com o pedido adicional de SU-30MKI. Simples, e sem conflito. Agora, compra estes aviões quem achar adequado. Malásia, vietnam, Etiópia, países quejá usam equipamento semelhante são potenciais compradores. O Brasil não precisa deste material – Teria de ser o MKI com suite israelense mesmo…

    • Sim está correto, isto é o verdadeiro avião tampão, o que ocupa o lugar do definitivo.

      Como a Itália fez com o Boeing 767-231ER mat. N606TW ex BRA, que eles mantiveram com a matricula civil americana e pintura branca, que serviu para preparar as tripulações dos KC-767.

      Eles receberam da Boeing em 2008 e depois do recebimento dos KC eles tem a opção de devolver ou comprar. Ficou muito mais barato do que fazer o treinamento externo das tripulações dos KC.
      http://www.airliners.net/photo/BRA-Transportes-Ae
      http://www.airliners.net/photo/Italy—Air/Boeing

Comments are closed.