O porta-aviões Almirante Kuznetsov, visto na doca flutuante PD-50.

O acidente ocorrido no único dique seco da Rússia frustrou os planos de reformar e reparar seu único porta-aviões, deixando o país com a possível perda definitiva do porta-aviões Almirante Kuznetsov.

As autoridades russas disseram anteriormente que o acidente não atrasaria os esforços para reparar o porta-aviões, no entanto as autoridades já admitiram que a Rússia encontrou alternativas viáveis ??para o dique seco afundado para quase todos os navios da marinha, exceto o Kuznetsov.

“Temos alternativas, na verdade, para todos os navios, exceto para [o porta-aviões] Almirante Kuznetsov”, disse Alexei Rakhmanov, chefe da United Ship-Building Corporation, responsável pela manutenção dos navios de guerra, à agência de notícias estatal TASS.

Um guindaste que caiu no convés de voo permanece no local.

“Quanto aos navios de primeira linha, …o Almirante Kuznetsov, [a perda da doca flutuante PD-50] cria certos inconvenientes.”

O acidente aconteceu quando o Almirante Kuznetsov foi retirado da doca seca. O navio já foi rebocado para a vizinha Doca Sevmorput nº 35, disse Yevgeny Gladyshev, porta-voz do estaleiro, à Interfax. Ele deixa claro que uma queda de energia foi o que causou o afundamento do dique seco.

O navio-aeródromo  tem um histórico de problemas. Em novembro e dezembro de 2017, o porta-aviões perdeu um Su-33 e um MiG-29KR, quando ambos os jatos supostamente caíram no mar. Problemas com equipamentos de parada foram citados como causa. Em 2009, o porta-aviões também perdeu um marinheiro quando um incêndio ocorreu devido a um curto-circuito.

O porta-aviões iniciou uma revisão e modernização no primeiro trimestre de 2017. A Rússia estimava que essa atualização ampliasse sua vida útil em 25 anos.

A perda do dique seco e os danos para o Kuznetsov levantam a pergunta se o reparo vale mesmo a pena nesta fase?


Fonte: UK Defence Journal

Anúncios

16 COMENTÁRIOS

  1. Essas porqueras e não posso deixar de mencionar a estrela das porcarias, o A12, são um risco para tripulação e não para o inimigo ahahah

  2. Pelo que entendi não é o Kuznetsov que teve perda total, mas sim o dique seco e sem ele os reparos no navio ficam inviáveis.

    Vende para China que é $$$ certo!

  3. Muitos comentários infantis …
    Em nenhuma mídia Russa foi anunciado nada ainda…
    E a fonte ……. Não e digna de confiança.. Não esqueçam do Su57 que tinha sido cancelado ,segundo a mídia Britânica, depois foi anunciado um contrato de compra do caça pelo governo Russo..

  4. […] O chefe da United Shipbuilding Corporation, Alexey Rakhmanov, garantiu que o Ministério da Defesa da Rússia cumprirá os prazos de reparação do navio, e que o porta-aviões Admiral Kuznetsov seria consertado a tempo após o acidente na doca flutuante. Nesta semana, várias reportagens comentaram sobre o fato da incapacidade do estaleiro de consertar o porta-aviões após o acidente n…. […]

Comments are closed.