Avançadas armas lançadas em voo serão testadas no caça Su-57 PAK FA.

O caça de combate da quinta geração Sukhoi Su-57 da Rússia iniciou os voos de testes com o armamento lançado em voo mais avançado disponível, disse o CEO da empresa russa Tactical Missiles Corporation, Boris Obnosov. Os protocolos de interoperabilidade de informação com quase todos os tipos de armas já foram inseridos na aeronave.

“O trabalho está em andamento. Todo o conjunto de armas de precisão para esta aeronave, tanto dentro da fuselagem quanto em pontos externos, está sendo desenvolvido pelas empresas da corporação. Nós mudamos para voos práticos e acredito que veremos o resultado em o futuro iminente”, disse Obnosov, respondendo a uma pergunta do Boletim de Cooperação Técnica e Militar publicado pela TASS, sobre o progresso na implementação do programa de desenvolvimento de armas lançadas em voo pelo caça Su-57 de quinta geração, 

“Os testes mais básicos, ou seja, disparos das armas, estão próximos”, disse o executivo-chefe.

O jato de combate de quinta geração PAK FA, também conhecido como T-50, decolou pela primeira vez em 2010. Como foi relatado anteriormente, o caça realizou seu primeiro voo com um novo motor no dia 5 de dezembro.

Atualmente, o chamado primeiro motor de estágio 117S está montado no caça russo. O novo motor ainda não recebeu um nome e é convencionalmente designado como “o motor do segundo estágio”.

Foi relatado anteriormente que o avião de combate da quinta geração da Rússia T-50 (PAK FA) havia recebido sua designação oficial de Su-57. O trabalho de projeto experimental no avião de combate mais avançado deve ser concluído em 2019 e suas entregas aos militares devem começar naquele momento. Como disse o CEO da United Aircraft Corporation, Slyusar, o lote de pré-produção consistirá em 12 desses aviões.


Fonte: TASS Defense

Anúncios

8 COMENTÁRIOS

  1. Criticar o F-35 e o F-22 é facil pois são programas transparentes , cai um parafuso e todo mundo fica sabendo …agora nossos amigos russos …

  2. Pra quem gasta aprox 70 bilhões com Defesa eu acho que os Russos fizeram sim um bom trabalho.

  3. Nada de imagens de armamento interno ainda… nem dos motores de baixa assinatura… se do assim, ainda é geração 4,5…

  4. Mas mi falaru que era só uma maquete di prásticu, que cumunixta só menti!
    Bugay!

Comments are closed.