A Rússia pode desdobrar caças multi-missão MiG-35 para a Armênia após entrarem em serviço, substituindo os caças MiG-29 atualmente baseados no país, disse o comandante Aleksandr Petrov.

Ele observou que, à medida que a aviação desenvolve, novas tecnologias, principalmente caças Su-30 serão introduzidas à Força Aérea da Rússia. “O projeto piloto do MiG-35 foi demonstrado recentemente“, disse ele.

Depois de algum tempo – em alguns anos – a base pode ser equipada com caças MiG-35, que logo entrará em produção na Rússia.” Continuou ele.

Ao mesmo tempo, ele enfatizou que os jatos MiG-29, juntamente com os helicópteros Mi-24 e Mi-8 atualmente estacionados na base da Armênia estão totalmente preparados para realizar qualquer tarefa de combate.


FONTE: PanArmenian

Anúncios

7 COMENTÁRIOS

  1. Armênia é posicionada estrategicamente para a Rússia em relação a países como Turquia, Irã, Iraque, Síria .. Eles já possuem hoje outras unidades lá, citadas no texto e também mísseis S-300 .

    • O olho sangrou da última vez que li algo neste portal.

      Beira o obscurantismo, chegou a publicar notícia de primeiro de abril (coisa que a Veja também já fez) e prega, nem sempre veladamente, a volta do Regime Militar.

      Como bônus, tem-se um coronel de colunista que seria cômico se não fosse no meu país…

  2. A Armenia deve muito aos Russos ( mais precisamente a igreja ortodoxa Russa ) , se nao fossem eles ja estariam extintos ou espalhados mundo afora !

    • Foi o que os turcos tentaram fazer.

      A Armênia é cercada por inimigos.

  3. Falando do avião amigos, me admira a Rússia com dois fabricantes enormes brigando dentro do seu país, todos dizem que os aviões da Sukhoi são melhores que os MIGs e que os MIGs estavam ultrapassados. Essa briga é boa pois mantem sempre a Rússia com aviões melhores ? Sei que existem funcionalidades específicas para cada avião, mas vamos direto ao ponto, qual é o melhor Sukhoi ou MIG ?

    • Rogério é uma pergunta meio difícil de ser respondida mas vou te dar o meu ponto de vista sobre se me permitir.

      Comparar aeronaves é algo que na teoria é muito fácil e tudo mais, só que a prática nos leva a outros caminhos e estes nem sempre agradam a todos. As duas grandes companhias fabricantes de aeronaves de caça na Rússia que são a Mig e a Sukhoi já vem disputando espaço dentro da força aérea e marinha a muitos anos e isso gerou uma grande série de aeronaves. Mas com o fim da união soviética muitas coisas mudaram e no mundo dos caças estes dois grandes players acabaram meio que definindo as suas aéreas de atuação.

      A Mig acabou ficando com o seguimento de caças leves/médios com o Mig-29/35, e isso é o que forma a base da força aérea russa com centenas de aeronaves em operação (Mig-29) os números ao certo eu não sei mas acredito que o Fulcrum esteja em maior número que o Flanker.

      A Sukhoi consolidou-se nas últimas duas décadas como a família Flanker como a grande fornecedora de caças pesados para a Rússia e para outros países também, mas isso não é de hoje a partir dos anos 80 os Su-27 começaram a entrar em serviço e iniciaram ali uma nova página na aviação militar. Dentro dos pesados a família Flanker é bem completa e ainda conta com o versátil Su-34 que é uma aeronave extremamente interessante.

      Dentro da sua categoria cada uma é soberana e então o espaço que uma tem a outra dificilmente invade, e se formos mais longe vamos ver que a Mig é a principal fornecedora de interceptadores que é uma categoria pouco comentada mas já faz mais de quatro décadas que esta missão é de responsabilidade desta fabricante. Os modelos 25/31 criaram uma categoria praticamente sem igual no ocidente o que ainda é de causar preocupação principalmente do último.

      Mas para encerrar não existem este é melhor que aquele, mas sim o fato de que com qualquer modelo desde que esteja bem armado e equipado (sensores…) se tornam adversários respeitáveis.

Comments are closed.