O caça avançado Sukhoi Su-35 Flanker-E. (Foto: Sukhoi)

A Rússia poderá assinar seu primeiro contrato de exportação do caça Sukhoi Su-35 Flanker-E até o final do ano, informou um sub-chefe da Rosoboronexport, a estatal russa que controla as expostações de armas, nessa quarta-feira, dia 21 de julho.

Falando durante o Farnborough International Air Show que está ocorrendo em Londres, Alexander Mikheyev disse que vários países estão interessados em adquirir os jatos. Um esboço de contrato já foi acordado com a Líbia, ele disse.

O Su-35 Flanker-E, uma modificação do caça Su-27, é um caça pesado, de longo alcance, e multi-missão, o qual possui características técnicas que podem ser comparadas com os caças de quinta-geração.

A aeronave é equipada com um avançada antena radar de varredura eletrônicamente passiva e controles digitais fly-by-wire, alé de uma radar traseiro para poder disparar mísseis de guiados por radar semi-ativo. Ele é projetado para transportar até 8 toneladas de armas para distâncias de até 3.550 quilômetros (2.200 milhas) sem os tanques externos.

O primeiro caça Su-35 modernizado foi apresentado no MAKS air show 2007 nos arredores de Moscou. O Ministério de Defesa da Rússia assinou um acordo com a fabricante Sukhoi Aircraft Design Bureau para aquisição de 48 jatos Su-35 modernizados no ano passado, durante o MAKS air show.

Fonte: RIA Novosti – Tradução: Cavok

Anúncios

4 COMENTÁRIOS

  1. essa sim seria uma ótima aquisição para o FX-2…

    A venezuela não comprou desses caças ?? acredito que li uma notícia dessa aquisição aqui no cavok..

  2. Concordo….na verdade os caças Russos de fato sao a melhor opão para o nosso pais, como o Brasil a Russia é continental, projeta caças para operar nessas distancias…

    Sem falar na capacidade de carregar armamento.

Comments are closed.