Bombardeiro Tu-2 “Bat” visto no War Eagles Museum. (Foto: B25B17 / Flickr)

A Rússia planeja adquirir um bombardeiro da Segunda Guerra Mundial, o Tu-2 “Bat”, localizado em um museu dos Estados Unidos, reconstruir a aeronave e colocar ele de volta ao voo.

“Pela primeira vez no mundo, um bombardeiro Tu-2 será reconstruído em sua condição operacional nas instalações da Universidade Técnica Estadual de Novosibirsk. O trabalho de reconstrução será realizado pela Aviarestavratsiya. Esse trabalho levará três anos”, afirmou o Ministério de Ciência e Ensino Superior da Rússia na semana passada.

O bombardeiro Tupolev Tu-2 foi comprado pela Wings of Victory Foundation e será entregue à Universidade Técnica Estadual de Novosibirsk entre os dias 21 a 22 de agosto. A reconstrução fará do avião bimotor o único bombardeiro Tu-2 em condições de voo.

A aeronave estava em serviço com a Força Aérea da URSS até 1949, após o que foi transferida para a China. Ele serviu com as forças chinesas até a década de 1980 e foi desativado. O avião foi então desmontado e entregue ao War Eagles Air Museum, nos EUA.

Tupolev Tu-2 Bat

“Este não é um avião que foi derrubado ou foi quebrado. Nós ainda não estudamos os números da série e ainda não rastreamos sua história exata. O avião será estudado e analisado em detalhes. Cada elemento será reconstruído ou restaurado”, disse o presidente da Wings of Victory Foundation, Boris Osyatinsky.

Anúncios

4 COMENTÁRIOS

  1. Q legal, sempre é bom ver os velhos guerreiros do ar voltando a vida.

  2. E pensar que a China o manteve na ativa até a década de 80!
    Fico imaginando quantas relíquias de guerra (Não só aviões) sairiam dos depósitos da Coreia do Norte…

    • Migs 15,17,19 ainda devem estar voando por lá como treinadores avançados, acredito eu…

      • Treinadores avançados? Na verdade acredito que ainda sejam usados em muitos esquadrões de combate! Sds.

Comments are closed.