Sukhoi Su-24 Fencer. (Foto: TASS)

Quatro bombardeiros Sukhoi Su-24M da Rússia foram reimplantados no Tajiquistão para participar dos exercícios Dushanbe-Anti-Terror-2017, disse na quarta-feira o coronel Yaroslav Roshchupkin, assessor do comandante do Distrito Militar Central da Rússia.

Bombardeiros táticos Su-24M realizaram um vôo da base aérea de Shagol no sul do Urais para o aeródromo de Ayni no subúrbio de Dushanbe, tendo coberto mais de 3.000 quilômetros. Durante o exercício Dushanbe-Anti-Terror, os pilotos farão ataques em comboios, armazéns camuflados, campos de treinamento e outras instalações do inimigo de manobra“, disse Roshchupkin.

A fase ativa dos exercícios internacionais envolvendo os países membros da Comunidade de Estados Independentes (CEI) começará em 30 de maio. “De acordo com o plano dos exercícios, uma força combinada de tropas apoiadas por aeronaves aperfeiçoará suas habilidades na luta contra as unidades armadas ilegais, proteção contra o terrorismo de instalações cruciais, juntamente com elementos de operações de manutenção da paz nas áreas montanhosas e desérticas“, acrescentou.

Dushanbe-Anti-Terror-2017 são os primeiros exercícios realizados pelo Centro de Anti-Terrorismo da CEI, envolvendo as forças armadas dos países membros da CEI. Relatórios anteriores disseram que eles seriam realizados em maio e junho em seis países (Rússia, Armênia, Bielorrússia, Cazaquistão, Quirguistão e Tajiquistão), com a etapa final a ser realizada no Tajiquistão.


FONTE: TASS

SEM COMENTÁRIOS