Jato de treinamento T-X selecionado pela USAF para substituir os T-38. (Foto: Saab)

A Saab anunciou um novo site para fabricação e produção avançadas em West Lafayette, Indiana, Estados Unidos da América. A nova unidade estará localizado no Discovery Park District, afiliado à Universidade de Purdue. A Saab pretende investir US$ 37 milhões nos próximos anos a partir de 2020.

O foco inicial do site será engenharia aeronáutica; produzindo grandes seções estruturais e montagem final das partes do treinador a jato avançado T-X, desenvolvido pela Boeing e Saab para a Força Aérea dos Estados Unidos. A Saab firmou uma parceria com a Universidade Purdue e, com isso, pretende expandir sua Pesquisa e Desenvolvimento nos EUA dentro de áreas possíveis, como sistemas de sensores, inteligência artificial e sistemas autônomos.

O anúncio de hoje foi apresentado em uma cerimônia realizada no Aeroporto da Universidade Purdue, em West Lafayette, juntamente com o Governador do Estado de Indiana, Eric J Holcomb, o Presidente da Purdue University, Mitch Daniels e o Presidente e CEO da Saab, Hakan Buskhe.

“Este é um momento histórico para a Saab. Após cuidadosa consideração, escolhemos West Lafayette, graças à liderança visionária do Estado de Indiana e da Universidade Purdue, líder mundial. O anúncio de hoje é parte de nossa estratégia de crescimento nos Estados Unidos e aprofunda nosso relacionamento com o cliente dos EUA. Vemos grandes possibilidades aqui para esta instalação e nossas parcerias”, diz o presidente e CEO da Saab, Hakan Buskhe.

A construção do novo site deve começar em 2020. A contratação de funcionários locais também começará em 2020 e a Saab criará inicialmente até 300 novos cargos em tempo integral para funcionários residentes locais em Indiana.

Com sua sede norte-americana em Syracuse, NY, essa instalação significará que a Saab tem unidades de negócios sediadas nos EUA em um total de cinco estados.

A Força Aérea dos EUA selecionou a parceria Boeing-Saab em setembro de 2018 para o programa de treinamento de pilotos T-X, e planeja comprar 351 jatos na primeira fase. Em Indiana, a Saab produzirá grandes estruturas aeronáuticas para o T-X, que apresenta uma aeronave totalmente nova projetada, desenvolvida e fabricada pela Boeing e pela Saab.

6 COMENTÁRIOS