A defesa aérea na Síria derrubou um caça F-16I ‘Sufa’ da Força Aérea Israelense (IAF) depois que este atingiu alvos iranianos na Síria. A queda do F-16 está relacionada ao fato de que momentos antes um AH-64D Apache teria derrubado um drone iraniano na Síria.
Israel havia lançado um ataque aéreo contra 12 alvos na Síria, incluindo três baterias de defesa aérea e quatro alvos descritos como iranianos, porém um F-16 foi atingido por um míssil terra-ar (SAM) de origem iraniano.

Caça F-16 abatido, em solo israelense. (Foto: Reuters)

O F-16I caiu no norte de Israel e os dois pilotos ejetaram em segurança, mas ficaram feridos, um deles com gravidade, e foram resgatados por um helicóptero S-70 da IAF, sendo posteriormente transferidos para o hospital Rambam.

A polícia disse que o F-16 caiu no vale de Jezreel no norte de Israel. “Durante o ataque, vários mísseis antiaéreos foram disparados na aeronave da IAF (Força Aérea Israel)”, dizia a declaração militar.

Destroços do F-16I israelense. (Foto: JACK GUEZ)

A troca de fogo foi a mais grave entre Israel e Irã desde o início da guerra civil na Síria em 2011.

A queda do F-16I estava relacionado ao ataque do exército israelense no dia 10 de fevereiro de 2018, que interceptou um sistema aéreo não tripulado iraniano que violou o espaço aéreo israelense. Em resposta à provocação, Israel atacou mais alvos iranianos na Síria.

Esta é a primeira vez que Israel reconheceu publicamente atacar o que identificou como alvos iranianos na Síria desde que a guerra começou.

O exército israelense “visou os sistemas de controle iranianos na Síria que enviaram o UAV (veículo aéreo não tripulado) para o espaço aéreo israelense. Um intenso ataque anti-aéreo sírio atingiu o F-16 que acabou caindo em Israel, mas o pilotos ejetaram”, disse o porta-voz da IDF, tenente-coronel Jonathan Conricus.

O porta-voz da IAF, o general de brigada Ronen Manelis, disse ao Haaretz: “Identificamos um drone iraniano que havia decolado do território sírio. O drone foi identificado pelos sistemas da IAF e foi derrubado por um helicóptero Apache da IAF. O drone iraniano caiu em nosso território e está conosco”.

A declaração da IDF descreveu os quatro objetivos iranianos como “parte do establishment militar do Irã na Síria“. A declaração conclui: “A IDF agirá de forma determinada contra violações da soberania israelense pelo Irã e Síria e continuará a agir como necessário“.

A agência de notícias estatal síria SANA informou que as forças de defesa aérea da Síria responderam sábado ao que eles chamaram de “agressão” israelense atingindo mais de um avião israelense, após ataques a uma base militar síria por jatos de Israel.

A entidade do inimigo israelense no início da madrugada ao amanhecer conduziu uma nova agressão contra uma das bases militares da região central“, disse SANA, citando uma fonte militar.

148 COMENTÁRIOS

  1. Até que enfim uma boa notícia, Israel tem que parar com estes ataques criminosos contra os vizinhos. Que percam mais aviões e pilotos nestes ataques.
    O Irã não está em guerra contra Israel, nada justifica estes ataques contra posições iranianas.

    • Irã é inimigo declarado de Israel.

      Como Israel vai permitir que o Irã se instale do outro lado da fronteira?

      • Se estão autorizados pela Síria os iranianos tem todo o direito de estar lá, é bom Israel ir se acostumando com a presença deles.

        • E inimigo tem direito?

          Contra quem os Irã Constrói bases na Síria?
          Israel tem toda a razão de expulsar eles de lá.

          Ou vai ficar esperando que eles instalem mísseis, artilharia e tropas?

        • Israel não tem nada que se acostumar com a presença deles e tem todo o direito de atacar quando se julgar ameaçado!

        • Só que o Irã abriga e a arma os inimigos de Israel..

          Governo frouxo que da conversa para inimigo só o brasileiro.

        • E por sinal já estão sendo bombardeados pela aviação israelense. Como afirmei antes, as retaliações israelenses são duras.

    • Walfrido você se mostra claramente mal intencionado ao ao afirmar que se trata de uma boa notícia! Ao contrário do que você afirma o Irã está em guerra, sim, contra Israel. Ocorre que ao invés de enfrentar diretamente com seu exército as forças de defesa israelenses (e inevitavelmente perder) eles preferem travar uma guerra de procuração e de desgaste através dos seus prepostos do Hezbollah, grupo terrorista por eles armado e financiado. E os comboios de armas que abastecem o Hezbollah atravessam justamente o território sírio. E é dever do Estado Israelense proteger não apenas seu território como também o seu povo dos inimigos externos.

      Assim, ao permitir que o Hezbollah e seus patrões iranianos não apenas se instalem em seu território, colocando-se em posição de atacar Israel, como também o usem como passagem de armas que serão inevitavelmente usadas contra cidades, vilas e civis israelenses, a Síria está autorizando que o governo israelense tome quaisquer medidas necessárias para fazer cessar tal ameaça. E cumpre lembrar que os países (Síria e Israel) estão tecnicamente em guerra desde 1948, o que afasta maiores questionamentos quanto à ilicitude das incursões israelenses.

      Ps: Pelo visto o puxão de orelhas do Cel. Rinaldo lhe deu não surtiu efeito!

      • Puxão de orelha??? Kkk
        Ele não concorda com vários dos meus pontos de vista e eu não concorco com os dele, mas eu o respeito como Coronel.

        • Não foi o que ele disse a seu respeito. Dei print e guardei de lembrança.

              • Tirei o texto pois o Coronel foi bem grosseiro e ninguém merece ser tratado assim.

            • Gosto do Cel. Rinaldo Nery da Hora, usa seu nome verdadeiro, mostra a cara e não esconde seu posicionamento político, bem diferente desta turma que se esconde atrás de apelidos como vcs.
              Ele tem todo direito de não gostar da esquerda, temos que respeitar a diversidade, ele nunca propôs censurar os fóruns para só ter opiniões de direita.

        • Não entendi 'usam a liberdade que nós conquistamos'.
          Que liberdade? Que 'nós conquistamos'?

      • Abre um Forum só teu, aí vc pode selecionar quem pode participar. Nos demais vc é obrigado a vonviver com a diversidade.

        • Diversidade é uma coisa! Hipocrisia e defesa dos atos criminosos de um regime terrorista e fascista como o iraniano contra um Estado soberano como é Israel são outra!

        • Cara! Estudei no Colégio Militar e tenho vários colegas que foram para as as Forças Armadas.
          São todos assim.
          Fazem lavagem cerebral nos sujeitos e depois colocam antolhos.
          Liga não!

    • F-16 é um caça que custa uma fortuna, isso não vai trazer F-16 abatido de volta.Ainda corre risco de perder mais um nessa vingança ai……

      • Sim! doze alvos.
        Uma creche, duas padarias, três garagens de carros e o resto pomares de frutas.
        Fala sério!
        Israel vai dormir com essa hoje.

        • Quem usa civis como escudos humanos é o Hezbollah e seus patrões iranianos e não Israel. Os doze alvos eram sistemas de defesa antiaérea e segundo o vice comandante da Heyl Ha'Avir alguns sistemas recentemente recebidos da Rússia pelos sírios foram destruídos.

          Como havia dito, as represálias israelenses são duras. Os fascistas iranianos já estão arcando com as consequências

  2. "But just as Syrian self-confidence appears to have grown, Israel also sent a strong message with its broad wave of strikes on Saturday, Israeli analysts said. They noted that this was the first time in recent years that Israel struck Syrian territory in broad daylight. Despite more Syrian antiaircraft fire, all Israeli jets returned to base safely from the second mission, after the first jet was lost, according to the Israeli military."
    https://www.nytimes.com/2018/02/10/world/middleea

    Como previsto as represálias israelenses estão sendo duras (2)

    • Israel não pratica terrorismo de Estado e sim exerce o legítimo direito de se defender

  3. E não é que as maquetes de papelão iraniana funcionam! Que os iranianos derrubem mais aviões israelenses.

    • Os iranianos estão é pagando caro pela ousadia pois Israel já atacou 12 (doze) alvos deles na Síria hoje.

      • Com certeza as forças iranianas não vão se abalar ou enfraquecer por isso. Mas Israel vai aprender a ser mais prudente na hora de mandar aviões atacar o território sírio ou forças iranianas a partir de agora.

        • Israel tanto aprendeu que depois do que ocorreu já atacou 12 alvos dentro da Síria. Como de costume vocês esquerdistas se dão mal pois as forças iranianas estão sendo seriamente alvejadas

          • Mas Israel ataca alvos sírios desde o início daquela guerra e nem por isso deixou de atacar o avião israelense. O que for destruído agora, amanhã será reposto. O que importa agora é a lição que Israel levou hoje e a partir de o espaço aéreo sírio não será mais um passeio para os aviões israelense. Agora o país judeu vai agir com prudencia.

            • Sempre atiram contra os caças de Israel, mais cedo ou mais tarde acertariam algum. Nada mais que isso por enquanto.

      • Tapa dado não se tira.
        Israel invadiu um país soberano, teve um avião destruido e agora quer se vingar…É muita cara de pau.

        • Israel tem todo o direito de se defender dos seus inimigos, que são Síria e Irã, com os meios que julgar necessários.

          E não tem essa de Israel "invadiu um país soberano"! Quem invadiu primeiro o país soberano foi o Irã com um drone. E uma vez que Israel e Síria estão tecnicamente em guerra o Estado judeu apenas usou da prerrogativa de se defender. E pode fazê-lo da forma que achar necessária

  4. Muito mimimimi… a verdade é que Israel tomou na "fuça", simples assim….

        • Israel tem como provar suas alegações ao contrário dos fascistas iranianos.

          Tente outra vez…? (2)

      • Ouvi do lada de lá, que foram mais de 1 (um). Como você não estava lá e muito menos eu, dou crédito para quem bateu e não para qiem apanhou.

        • O lado de "lá" é famoso por suas bravatas e mentiras sendo incapaz de comprovar que alvejou mais de um avião. Ademais e tendo em vista a envergadura da sua retaliação quem está batendo é Israel.

          Assim, ficando com a versão de quem está batendo apenas um caça foi perdido.

          Tente outra vez…?

          • O que importa no que o cidadão dá crédito se ele não tem sinal do que aconteceu, e também não tem nada para mostrar?

        • Sim, seu crédito é sem prova nenhuma?

          A única coisa que você sabe é que os ataques continuaram e não mostraram mais nenhum avião abatido.

          Geopolítica não é torcida futebol.

  5. Afora todo esse papo ideológico (que enche o saco), a questão é preocupante (do ponto de vista da IDF) por ser o primeiro abate de uma aeronave israelense em muitos anos. Detalhe, dentro do próprio espaço aéreo.

    Nos resta esperar para ver o desenrolar nos próximos dias.

    Entretanto, uma questão intriga, se não foi uma DAAe síria e sim iraniana, qual(is) sistema(s) usaram, alguém alguma ideia?!

    • Como eu disse: É melhor Israel se preparar para novos e dificílimos dias.

      • Israel sempre está preparado, resta saber se os fascistas iranianos e seus acólitos do Hezbolah estão….

      • Erros demais numa operação tão importante. Vão ter de assimilar depressa o que os russos fizeram na Síria – só que sem a facilidade que as Velharias Violentas Soviéticas oferecem… E sem os EEUU ter o que ofertar de imediato.

        • Não houve "erros" demais e sim ocorreu algo que existe o risco de acontecer. E acredite: Israel sabe a posição dos sistemas antiaéreos operadora por Síria e Irã. Se deslanchar uma operação nos moldes da "mole cricket" serão todos destruídos.

    • A aeronave estava no espaço aéreo inimigo quando foi atingida embora tenha caído em território israelense Wellington!

    • O Brigadeiro General da IAF Tomer Bar disse que os sirios atacaram com uma barragem massiva de sistemas russos SA 3, SA 5, SA 6 e SA 17 que mantém na fronteira.

      • Olha, ao meu ver foram lançadas algumas toneladas de Tétano em direção aos Caças Israelenses então. Interessante seria descobrir oque realmente aconteceu. Se foi realmente uma barragem massiva, o F-16 ao ser alertado do "incoming" encontrou a necessidade de manobrar, logo, se era uma onda constante de mísseis, o abate deve ter se dado pela perda de energia sofrida pelas manobras. Se realmente foi "abatido". Água mole e pedra dura, uma hora um acerta. Mas pelos sistemas que você citou, eu acho que o com maior chances de der atingido foram os Buk (SA-17).

  6. Ainda sobre o ocorrido soube que os pilotos foram atendidos no hospital de Haifa por um médico chamado Dr. Hani Bahouth, que é árabe….

    Cadê mesmo aquele papinho das esquerdas burras e desonestas segundo o qual Israel pratica racismo e seria um "Estado de apartheid"?

      • A existência de médicos árabes trabalhando em hospitais israelenses joga por terra o mantra esquerdista segundo o qual Israel seria um estado racista…..

        De igual forma o penúltimo comandante da brigada Golani, uma das mais prestigiadas do exército, era um oficial druso. E beduínos tornaram altos oficiais no exército israelense.

        Cadê o Apartheid?

          • Na minha cabeça mesmo não….

            Está, sim, na de vocês esquerdistas que usam de qualquer mentira quando se trata de atacar o Estado Judeu.

          • Isso mesmo.

            20% dos israelenses são árabes, onde exercem todos os seus direitos.

            Pena que não exista o contrário.

      • Realmente, não tem nada demais um árabe trabalhando, até porque existem muitos cidadãos árabes em Israel.

        Impossível é um judeu trabalhar no Irã, Síria, Arábia Saudita… muito menos ser cidadão desses países.

  7. "Israel pede interferência dos EUA e da Rússia após ataques do Irã" – Com informações de The Times of Israel e Ynet News.
    A "coisa" passa pelo controle de muitos.Lá, no "OM", a cobra fuma e fuma pra valer. Não existem "a" e "b", mas um alfabeto inteiros.

  8. O senhor absoluto e o dono da verdade é dose pra elefante, ele briga com todo mundo.

Comments are closed.