Sem dúvida as principais atrações do Commemorative Air Force AirSho 2012 realizado em Midland, Texas, foram os pássaros de guerra, ou warbirds, como o B-17G “Sentimental Journey” pertencente a frota da CAF. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)

O 49º show aéreo da Commemorative Air Force (CAF) foi realizado na sede da CAF, junto ao Midland International Airport, entre Odessa e Midland, no Texas, no final de semana dos dias 13 e 14 de outubro de 2012. Considerado um dos melhores shows de warbirds do mundo, o CAF Airsho (assim mesmo, sem o “w”) teve a contribuição da meteorologia, e com céu azul as imagens ficaram excelentes. Fundada em 1957, com a compra de um P-51 Mustang, a Commemorative Air Force atualmente tem mais de 9.000 membros e opera 156 aeronaves distribuídas pelas 73 unidades em 27 estados norte americanos. Acompanhe aqui conosco mais uma cobertura completa de um evento aeronáutico.

Um B-25J e um PBJ-1J taxiam na pista do Midland International Airport. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
Detalhe do P-51D “Double Trouble Two” durante apresentação no CAF AirSho. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
O veterano Jan Collemer e seu Extra 300L. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
Jarod Flohr no seu segundo show aéreo com o Extra 300L. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
Julie Clark no show noturno com seu T-34 Mentor. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)

Vamos então ao show aéreo, que abriu com um experiente piloto de mais de 20 anos de apresentações pelos EUA, Jan Collemer, de Dallas, Texas, que fez uma bela demonstração acrobática com seu Extra 300L. Um novato no circuito de show aéreo, Jarod Flohr, de Stanton, no Oeste do Texas, também voou um Extra 300L. Este foi o seu segundo show aéreo e ele fez bonito perto de casa. A renomada Julia Clark demonstrou em voo toda a suavidade nas manobras com seu T-34 mentor nos dois dias, incluindo no show noturno no sábado.

O ônibus escolar Indy Boys School Jet com motor J79 de um caça Phantom II, nas apresentações de dia e de noite. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
Matt Younkin e seu Beech 18. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
Matt Younkin também se apresentou a noite, com o Beech especialmente iluminado. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)

Uma das atrações que chamou muito a atenção do público não voou, não literalmente. Um ônibus escolar equipado com um motor J-79 de um caça F-4 Phantom, o Indy Boys School Jet “voou” na pista, e atingiu velocidades acima de 300 mph, praticamente iluminado a pista na apresentação noturna, e enchendo de fumaça na apresentação durante o dia. Matt Younkin como sempre perfeito com seu Beech 18 vermelho e preto, nas apresentações de dia e de noite.

A principal atração do CAF AirSho foram os warbirds, como caças e os bombardeiros da Segunda Guerra Mundial. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
Quatro caças P-51D se apresentaram no evento em Midland. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
O raro Bell P-63 Kingcobra da CAF. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
A B-17G “Sentimental Journey” entrando para mais uma passagem. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
Detalhe da passagem baixa da B-29 “FiFi”, numa das últimas apresentações em voo. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)

A principal atração em Midland com certeza foi a revoada de warbirds, vários deles, tanto no ar como em terra. Foram quatro caças P-51s voando durante o show. Um raro P-63 Kingcobra também voou. Dentre os bombardeiros era possível ver dois B-25s (o B-25J “Yellow Rose” e o PBJ-1J “Devil Dog””, um B-17G “Sentimental Journey” e a poderosa Super Fortaleza Voadora B-29 “FiFi”.

A equipe Aeroshell Aerobatic com seus T-6 Texans, durante as apresentações de dia e de noite. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
A equipe Tora! Tora! Tora! encenou o ataque a Pearl Harbor ocorrido no dia 7 de dezembro de 1941. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
Passagem baixa de um Corsair com uma explosão simulada ao fundo. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
Passagem de um Helldiver e um Avenger. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
A bordo do Beech UC-61. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)

A Equipe Aerobatic Aeroshell voou com seus AT-6 Texans durante os principais shows durante o dia e na noite de sábado. A equipe Tora, Tora, Tora recriou o ataque a Pearl Harbor, numa demonstração completa com fumaça, fogo e explosões. A aviação naval dos EUA foi representada por um FG-1D Corsair, um SB2C Helldiver e um TBM Avenger. Na categoria treinadores houve apresentações de T-6, T-28, PT-19 e TP-26, entre outros. Alguns dos aviões de ligação que voaram foram os norte-americanos L-17A, Stinson S105 e UC-61.

A única aeronave a jato presente no evento, o A-10 Thunderbolt II do A-10 East Team da Base Aérea de Moody, Georgia. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
O P-51D “Gunfighter” acompanhou o A-10 no Heritage Flight. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)

O único avião a jato no evento foi o A-10 Thunderbolt II da equipe de demonstração A-10 East, da Base Aérea de Moody, Georgia, que depois de sua demonstração solo realizou o Heritage Flight com o P-51D “Gunfighter”.

O término do show foi com a passagem em formação da B-29 com três caças P-51D. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
Belas pin-ups estiveram distribuindo autógrafos para o Calendário 2013 da CAF. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
A B-25J “Yellow Rose” vista durante a noite no Midland Airport. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
O A-10, visto de frente, durante a noite. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)

O show aéreo foi finalizado com uma formação de vôo de um B-29 e três caças P-51s Mustang (Double Trouble Two, Red Nose, Boo Man Choo). As fotos numa resolução maior podem ser vistas na nossa fanpage do Facebook. Nao deixe de visitar e “curtir”. E votem nas fotos que mais gostarem na galeria abaixo.

[nggallery id=28]

Nota do Editor: Mais uma vez o agradecimento especial ao amigo Ricardo von Puttkammer pelo envio do relato e das belas imagens de mais um show aéreo nos EUA.

Agradecemos as contribuições até o momento. Graças à colaboração de algumas pessoas estamos conseguindo manter o site no ar, pois o valor necessário para manter o Cavok no ar é alto. Continuamos pedindo a ajuda de todos com as contribuições, que podem ser de qualquer valor. Se cada um ajudar um pouco, poderemos assim manter esse local como o melhor site de aviação do Brasil. Continuamos também lutando para conseguir um patrocínio, que ajudaria bastante nas despesas mensais do site. Para contribuir, utilize as formas de pagamento online abaixo ou nos botões localizados na barra lateral. Quem quiser também poderá doar através de depósito na conta corrente: Banco do Brasil – Agência: 0181-3 – C/C: 12.742-6 – Favorecido: Fernando Valduga. Desde já meu muito obrigado!




Enhanced by Zemanta
Anúncios

7 COMENTÁRIOS

  1. Belíssimos show aéreo e fotos. Afinal, qual é o melhor avião acrobático aéreo: o “pop” Extra 300L ou o outrora afamado Su-26/29/31? E eu desconhecia a existência de um Bell P-63 tão bonito e em condições de voo. É particular? Criança, nunca tive muita simpatia pelo A-10 (não só pela pouca beleza de então, junto de talvez algum reflexo de o jato ter sido parte do equipamento das Organização Cobra, os vilões dos Comandos em Ação, embora numa versão preta e STOL/VL totalmente fantasiosa), mas após 1991, mudei de idéia. O acho até muito bonito hoje e o Avenger e suas contaminantes, para as equipes de terra. balas de urânio exaurido são até “encantadores”), principalmente depois daquele “blue in blue” que matou, por engano e numa rajada só, toda a tripulação de um Challenger britânico na 1ª Guerra do Golfo…). Interessante a nose art do B-25. Acho que só os britânicos mantém esse costume ainda hoje. E um elogio aos belos atributos da bela pin-up (a de carne e osso) me gerou uma severa repreensão de minha senhoura. Apreciar e elogiar a arte também provoca guerras… 🙂

    • Ah, a pergunta é “qual o melhor avião acrobático à hélice para show aéreo” entre os modelos citados. “Avião (…) aéreo” todos são…

  2. Bela imagens!!! Gostei muito do B-17G “Sentimental Journey", mas o que me impressionou mesmo foi o A-10 Thunderbolt… Ahh Lindona aquela pin-ups!

Comments are closed.