Vista geral da Base Aérea de Recife no seu tradicional Portões Abertos. (Foto: Wagner Damasio / Cavok)

O forte calor de mais de 35º, aliado a um belo céu azul, pra muitos era a receita perfeita para lotar as praias do litoral pernambucano, porém neste Sábado(17) a praia ficou de lado pra muita gente. Enfim, depois de muitos anos sem um grande evento de “Portões Abertos” a BARF (Base Aérea do Recife) voltava a realizar um evento desse porte.

Panorâmica que mostra o público presente na Base Aérea de Recife. (Foto: Danilo França / Cavok)

Exposições estáticas, visitação a aeronaves, estandes variados, saltos de paraqueda, apresentação da Esquadrilha da Fumaça e voos panorâmicos, na expectativa de todas essas atrações mais de 20 mil pessoas circularam durante todo dia pela base aérea.

Durante todo o dia a fila pra entrar no C-130 foi grande. (Foto: Wagner Damasio / Cavok)

A programação teve início às 09:00 horas horário local, mas antes disso as pessoas já chegavam em bom número, muitos trazendo um quilo de alimento não perecível destinado a doação, cada pessoa que assim o fizesse concorreria a vários voos panorâmicos sobre o litoral norte de Pernambuco, a bordo do Embraer C-97 Brasília do 2º Esquadrão de Transporte Aéreo (2º ETA).

As diversas aeronaves da Força Aérea Brasileira que estiveram presentes no evento dos Portões Abertos da Base Aérea do Recife. (Fotos: Danilo França / Cavok)

Como toda boa festa nordestina, não poderia ficar sem forró, e durante toda a festa as atrações musicais dividiram as atenções com os paraquedistas que já realizavam saltos, com as aeronaves estáticas expostas e com estandes variados desde miniaturas de aeronaves até carros de luxo.

Durante todo o dia vários saltos foram executados.

Na exposição estáticas estavam as aeronaves A-1, F-5EM, um helicóptero Esquilo, dois C-130 Hercules, C-95B Bandeirante, C-97 Brasilia do 2° ETA, C-98 Caravan, o C-99, um  R-35A Learjet do 1°/6° GAV (Esquadrão Carcará), e o P-3AM Orion do Esquadrão Orungan.

Quando os números do sorteio do voo panorâmico eram anunciados, não era raro ver pessoas pulando, gritando e alguns até chorando, pois muitos nunca haviam tido a oportunidade de voar em suas vidas, e foi uma dessas histórias que acompanhamos.

Luis Carlos, de 33 anos é um recifense que nunca havia voado em sua vida, foi ao evento a pedido do filho Luis Henrique, de 8 anos. “Quando ouvi meu número pulei que parecia uma criança, quase não acreditei, era um sonho que eu queria realizar e ainda não tinha como, e agora a Força Aérea Brasileira me proporciona isso e junto com meu filho.”

Luis Carlos e seu filho junto com a tripulação do EMB-120 Brasília. (Foto: Wagner Damasio / Cavok)

Durante o voo Luis Carlos e seu filho eram só alegria, desfrutando das belas paisagens que o voo a baixa altitude proporcionava. Ao final do voo ele definiu a experiência da seguinte maneira: “Gostei muito, estou emocionado, afinal eu vim para uma tarde de lazer e estou saindo daqui com um sonho realizado junto com meu filho”.

Felicidade total durante todo o voo. (Foto: Wagner Damasio / Cavok)
O voo em baixa altitude proporcionou a vista de belas paisagens. (Foto: Wagner Damasio / Cavok)

Às 02:00 horas horário local era hora de uma das atrações mais esperadas, o EDA acionava seus motores para aquela que deve ser a última apresentação em Recife usando os T-27 (serão substituidos pelos T-29, saiba mais). Ao contrário de outros anos, o eixo das manobras dessa vez não era a orla de boa viagem, mas sim a pista do movimentado Aeroporto dos Guararapes, o que exigiu dos organizadores uma ação conjunta com o controle de tráfego e companhias aéreas.

O eixo de manobras deste ano foi a pista principal do Aeroporto dos Guararapes. (Foto: Wagner Damasio / Cavok)
O EDA executa a manobra conhecida como “DNA”. (Foto: Wagner Damasio / Cavok)
O movimento comercial no Aeroporto dos Guararapes não foi afetado. (Foto: Wagner Damasio / Cavok)

Como de praxe, as manobras realizadas arrancaram aplausos do público, que permanecia firme mesmo com o intenso calor, alguns observaram de dentro dos hangares, aproveitando um pouco de sombra.

 

A Esquadrilha da Fumaça demonstrou toda perícia dos pilotos da FAB. (Fotos: Danilo França e Wagner Damasio / Cavok)

Ao fim do dia, o sorriso no rosto de cada oficial que participou da organização refletia aquilo que todos que passaram por ali sabiam, o evento foi um sucesso, O Comandante da BARF, Cel. Prata definiu da seguinte maneira “Fica o sentimento de alegria e dever cumprido, mesmo antes do final do evento as pessoas já nos paravam para nos dar os parabéns pelo evento, muitos já questionando quando será o próximo, pedindo que todo ano seja realizado. Nosso propósito era aproximar a comunidade e a Força Aérea e acho que conseguimos.”

O Tenente Coronel Esteves, o Fumaça #1, se despede do público em Recife, já que em dezembro ele deixa o Esquadrão de Demonstração Aérea, passando a função de líder para o Coronel Gobett. (Foto: Danilo França / Cavok)
Os pilotos e anjos da guarda da Esquadrilha da Fumaça junto ao Major Brigadeiro Pinto Machado, Comandante do Sexto Comando Aéreo Regional (VI COMAR). (Foto: Danilo França / Cavok)
Famílias inteiras visitaram a Base Aerea do Recife. (Foto: Wagner Damasio / Cavok)
As crianças puderam ver de perto as aeronaves da FAB. (Foto: Wagner Damasio / Cavok)

Nota do Autor: A Equipe Cavok Brasil goostaria de agradecer toda equipe da Base Aérea do Recife, em especial ao Comandante da Base, o Coronel Prata e ao sub-comandante Coronel Marques, que deram as boas vindas logo na chegada e que disseram que acompanham as notícias diárias do Cavok.

Solicito um minuto da atenção de você leitor do Cavok. Estamos tendo despesas elevadas com servidores devido ao alto tráfego gerado mensalmente, e precisamos da ajuda de todos para continuar mantendo o site estável e permanentemente no ar. Sem a ajuda de vocês, fica inviável manter o Cavok, já que infelizmente as empresas aeronáuticas brasileiras até o momento não anunciaram no nosso site, mesmo sendo o Cavok uma das maiores referências sobre notícias de aviação do país, reconhecido inclusive internacionalmente, e um dos sites de aviação mais visitados do país, senão o maior. Para contribuir, utilize as formas de pagamento online abaixo ou nos botões localizados na barra lateral.




Desde já meu muito obrigado.

Fernando Valduga

Enhanced by Zemanta
Anúncios

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.