A equipe de demonstração aérea da Marinha dos EUA, os Blue Angels, fecharam os dois dias de apresentações em San Francisco. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)

No final de semana dos dias 6 e 7 de outubro, a cidade de San Francisco, na California, realizou o show aéreo San Francisco Fleet Week. Além do evento que contou com a presença de diversas aeronaves da Marinha dos EUA, a cidade da costa oeste dos Estados Unidos recebeu várias outras atrações, incluindo a America ‘s Cup Races World Series.

O San Francisco Fleet Week tem o centro da cidade atrás do público, e a ponte Golden Gate e Alcatraz na frente do público, sempre um ótimo cenário para as fotos das aeronaves. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)

Além do desfile tradicional de navios de guerra que entram na baía de San Francisco, passando sob aponte Golden Gate, o Fleet Week sempre destaca as apresentações aéreas, nosso real interesse, que misturam aeronaves civis e militares, entre jatos de combate, biplanos de acrobacia, grandes aviões de passageiros e incluisive o esquadrão de demonstração da Marinha dos EUA, os Blue Angels. A apresentação de voo ocorreu sobre a baía, com a Golden Gate servindo de fundo para as fotos. O evento possui apenas demonstrações aéreas, sem aeronaves na exposição estática.

As apresentações das aeronaves ocorriam sobre a baía de San Francisco, próximo à famosa ponte Golden Gate. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)

Além do final de semana, na sexta-feira que antecede o evento, um grande número de aeronaves utilizam o espaço para os treinos, e por isso muito aproveitam para fotografar os aviões num dia adicional. A área da baía de San Francisco seguidamente fecha com nevoeiros, e esse fator meteorológico acaba atrapalhando um pouco o evento.

Uma supresa no sábado foi a passagem do bombardeiro B-2 “Spirit of Georgia” que veio da Base Aérea de Whiteman, NM. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
Um V-22 Osprey do VMM-166 “SeaElk” do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
Dois AV-8B Harrier II do VMA-311 “Tomcats”, do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)

O show aéreo começou com uma simulada operação de busca e salvamento da Guarda Costeira dos EUA (U.S. Coast Guard), que descia um mergulhador de resgate na água com um helicóptero MH-65C Dolphin em voo pairado, que depois realizava uma passagem e voltava para resgatar o mergulhador. No sábado, após a apresentação da Guarda Costeira, um bombardeiro B-2 Spirit (Spirit of Georgia), vindo de uma missão de treinamento da Base Aérea de Whiteman, fez três passagens sobre a baía. Em seguida foi a vez da apresentação do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA (U.S. Marine Corps) que trouxe um tiltrotor MV-22 Osprey do VMM-166 “SeaElk“, sediados na MCAS Miramar, e um par de jatos AV-8B Harriers do VMA-311 “Tomcats”, sediado na MCAS Yuma.

Mike Wiskus e seu Pitts S-1. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
Greg “Wired” Colyer com o jato T-33 “Ace Maker”. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
O Oracle Challenger III de Sean D. Tucker. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)

Dentre as apresentações de aviões acrobáticos, o show em San Francisco contou com Mike Wiskus, no Pitts S-1 vermelho da Lucas Oil, o canadense “Super Dave” Mathieson num Scheyden MX-2, Greg “Wired” Colyer no jato de treinamento T-33A Shooting Star “Ace Maker”, e o sempre impressionante e empolgante Sean D. Tucker no potente biplano Oracle Challenger III.

Os jatos L-39 pretos do Patriots Jet Team. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
O CF-188 Hornet do CF-18 Demonstration Team das Forças Armadas Canadense. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
O piloto “Paco” Gobeil encerrou a temporada 2012 de shows com a apresentação em San Francisco. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)

A equipe de demonstração civil Patriots Jet Team, cujos pilotos incluem veteranos dos esquadrões Thunderbirds, Blue Angels e Snowbirds, fez uma bela apresentação com seus seis jatos de treinamento L-39 pintados de preto, soltando fumaça vermelha, branca e azul no céu. Em seguida foi a vez do conhecido pelos brasileiros CF-188 Hornet do Canadian Demo Team, da Real Força Aérea Canadense. A apresentação em San Francisco marcou o final da temporada para a equipe, e o capitão “Paco” Gobeil realizou todas manobras previstas na sua demonstração, com diversas passagens em alta velocidade. A especial pintura do Hornet ficou realçada no seu azul sobre San Francisco.

Uma das passagens baixas do Boeing 747-400 da companhia aérea United. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
Na sexta-feira a United fez passagens baixas com um Boeing 777-200. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
A passagem do Boeing 727 da Fry’s Electronics foi nostálgico para os presentes. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)

A cidade de San Francisco contra com três aeroportos internacionais localizados na área da baía, e sendo assim, a companhia aérea United enviou um Boeing 747 para realizar uma série de passagens, incluindo uma com o trem de pouso baixado, em velocidade baixa, voando lentamente sobre o público quase na velocidade de aproximação. Na sexta-feira a United fez a mesma coisa com um Boeing 777. Outra aeronave comercial foi um trijato Boeing 727 da Fry’s Electronics que fez um sobrevôo nostálgico.

As incríveis manobras do Lockheed F-22A Raptor da Força Aérea dos EUA. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
O Raptor retornou após sua apresentação para o Heritage Flight com um P-51 Mustang e um F-16C Fighting Falcon. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)

Uma das apresentações mais aguardadas foi a da Força Aérea dos EUA (U.S. Air Force) com o F-22 Raptor Tactical Demonstration, com o piloto Major Henry “Schadow” Schantz demonstrando todas capacidades de manobras aéreas do caça de quinta geração F-22 Raptor. A manobras foram como sempre impressionantes, ainda mais sob a água. Após terminar a demonstração, o F-22 se afastou da baía e retornou em formação com P-51D Mustang “Wee Willy II” e o F-16C Fighting Falcon da equipe de demonstração “Viper West” para o Heritage Flight, no padrão de três passagens e depois a separação com passagens solos das aeronaves.

O C-130T “Fat Albert” do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA, a aeronave de apoio dos Blue Angels. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
O Fat Albert abriu a apresentação dos F-18 dos Blue Angels. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
Os caças F-18 Hornets são usados pelos Blue Angels, o esquadrão de demonstração da Marinha dos EUA. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)

San Francisco foi escolhida como uma das cidades que recebeu a apresentação do querido C-130 “Fat Albert”, que com tripulantes do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA demonstrou as manobras de tirar o fôlego como a subida em grande ângulo de ataque e a descida em vertical, com diversas passagens baixas sobre a baía, incluindo uma sobre a Ilha de Alcatraz, vindo de frente para o público.

A apresentação dos Blue Angels é uma das mais impressionantes pelo arrojo e pela perícia dos pilotos. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
Um F/A-18E Super Hornet da Marinha dos EUA, vindo da NAS Lemoore também se apresentou no evento. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)

O show nos dois dias foi finalizado com a apresentação dos caças F-18 Hornets dos Blue Angels da Marinha dos EUA, que realizaram passagens muito baixas sobre a água, levantando espuma d’água numa das passagens. Além dos Blue Angels, a Marinha dos EUA também se apresentou com um caça F/A-18E Super Hornet do VFA-122 “Flying Eagles”, sediado na NAS Lemoore.

Nota do Editor: Agradecemos ao amigo Ricardo von Puttkammer pelo envio das belas imagens de mais um sensacional show aéreo nos EUA.

Solicito um minuto da atenção de você leitor do Cavok. Estamos tendo despesas elevadas com servidores devido ao alto tráfego gerado mensalmente, e precisamos da ajuda de todos para continuar mantendo o site estável e permanentemente no ar. Sem a ajuda de vocês, fica inviável manter o Cavok, já que infelizmente as empresas aeronáuticas brasileiras até o momento não anunciaram no nosso site, mesmo sendo o Cavok uma das maiores referências sobre notícias de aviação do país, reconhecido inclusive internacionalmente, e um dos sites de aviação mais visitados do país, senão o maior. Para contribuir, utilize as formas de pagamento online abaixo ou nos botões localizados na barra lateral.




Desde já meu muito obrigado.

Fernando Valduga

Enhanced by Zemanta
Anúncios

6 COMENTÁRIOS

  1. Belas máquinas estas, que pena que não podem ser todas de esquadrões de shows aéreos.

  2. Que inveja! Poderia ser assim aqui, ter um evento com todos esses aviões…Infelizmente tudo aqui rola de eventos aéreos são sem graça, exceto o realizado esse ano na AFA em Pirassununga.

  3. Show de fotos! Eu gostaria de ver essas grandes aeronaves comerciais voando baixo e “lento”, entre as militares, numa exibição dessas. Aqui, no 7 de Setembro, o KC-137 da vez passa num desespero, doido para sair logo de perto do público.. E o T-33 tá bonito demais!

  4. muito bonito as fotos, ainda mais com san francisco ao fundo (talvez é a cidade mais bonita que conheço em minha vida)!!!!….que pena ter perdido essa apresentação, estava morando em san francisco até setembro, se tivesse ficado mais um pouco, tinha pegado todas essas máquinas ao vivo e a cores nessa apresentação….se bem que tava morando perto do SFO, e todo dia decolava e aterrisava B-747, A380, B-777 e outras máquinas na minha cabeça (também tive a oportunidade de presenciar um C-17 globemaster estacionado no LAX-Los Angeles)!!!…em 2013, se tudo der certo, devo dar um pulo nos States de novo!!!!

  5. Mas que belíssima imagem do T-33! De dar inveja aos bolivianos! Hehe 🙂

Comments are closed.