O Heritage Flight realizado com dois QF-4 Phantom II e um P-51D. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)

A cidade de Atlantic City, conhecida pelos seus grandiosos hotéis e cassinos, realizou no dia 17 de agosto um show aéreo para impulsionar o turismo local. Este ano, no 10° aniversário do evento, mais de 800 mil pessoas compareceram para ver o maior show aéreo à beira-mar da costa leste dos EUA, que começou às 11:00 e terminou às 16:30 hora local. Acompanhe aqui no Cavok Brasil mais uma cobertura de um show aéreo nos EUA.

Mais de 800 mil pessoas assisitiram ao vivo o show aéreo sobre o litoral de Atlantic City. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
O dirigível Blue Cross abriu o show aéreo. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
Os paraquedistas da equipe Golden Knights. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
Passagem em formação com quatro caças F-16C da Guarda Aérea Nacional de New Jersey. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
O KC-135R Stratotanker da Guarda Aérea Nacional de New Jersey. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
Os caças F-16C e o KC-135R simularam uma manobra de REVO durante uma das passagens. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
A aeronave C-130J da Guarda Aérea Nacional de Delaware. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)

Foram mais de 5 horas de demonstrações aéreas ininterruptas, com a abertura feita pelo dirigível Blue Cross. O Hino Nacional foi executado durante um salto da famosa equipe de paraquedistas do Exército dos EUA, os Golden Knights, que saltaram do Fokker C-31A de uma altitude de 12.000 pés, e logo na sequência teve a Golden Knights Mass Exit Show. Foi então que surgiu no horizonte as aeronaves da Guarda Aérea Nacional de Nova Jersey, que realizou passagens em formação com quatro caças F-16 da 177ª Ala de Caça e depois com a passagem de um KC-135R da 108ª Ala de Reabastecimento Aéreo. Na próxima demonstração, o Stratotanker estendeu sua sonda de reabastecimento para realizar uma passagem com dois F-16C voando próximo a ele para simular uma missão de reabastecimento aéreo. A Guarda Aérea Nacional de Delaware também compareceu ao evento com um C-130H da 166ª Ala de Transporte Aéreo.

Um helicóptero AgustaWestland AW139 da Polícia de New Jersey. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
A Raiders Demonstration Team com aeronaves Nanchang CJ-6 e Yak-52. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
Dois helicópteros MH-65D da Guarda Costeira dos EUA. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
A aeronave HC-130J da Guarda Costeira dos EUA. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
Demonstração de busca e salvamento com os helicópteros MH-65D da Guarda Costeira dos EUA. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)

A Polícia do Estado de New Jersey fez várias passagens sobre a água com um helicóptero Sikorsky S-76 e um AW139. Então surgiu no céu a primeira equipe de demonstração do dia, que ficou a cargo da Raiders Demonstration Team, com dois aviões Yak-52 e dois Nanchang CJ-6. No final do dia eles voaram sua apresentação tradicional com seis aeronaves. A Guarda Costeira dos EUA se apresentou com dois helicópteros MH-65Ds Dolphins da Estação Aérea de Atlantic City e um HC-130J Hercules da Estação Aérea de Elizabeth City, Carolina do Norte, aeronaves essas que realizaram a demonstração de busca e salvamento.

A rara demonstração de dois Convair 580s da FAA. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)

Demonstração de helicópteros de evacuação médica da cidade de Atlantic City. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
Detalhe do SH-60B Seahawk da Marinha dos EUA. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)

Uma visão rara em shows aéreos foi o sobrevôo de dois aviões Convair 580s do William J Hughes Tech Center da FAA. Três helicópteros Eurocopter para tarefas de evacuação médica fizeram passagens individuais sobre a praia, seguidos por um sobrevoo de um SH-60B Seahawk do esquadrão da Marinha dos EUA HSL-48 “Vipers”, baseado na Estação Naval de Mayport, Florida.

O AT-6 “Pamela Marie” de Andrew McKenna. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
Jim Beasley Jr. e seu Spitfire Mk18. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
Jim Beasley Jr. sobre novamente ao céu, nessa vez com o P-51D “Bald Eagle”. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
O Heritage Flight com dois QF-4 Phantom II e o P-51D “Bald Eagle”. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
Passagem do jato QF-4 Phantom II. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
Detalhe do QF-4 durante uma passagem com o trem de pouso baixado. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)

Logo em seguida Andrew McKenna se apresentou com seu AT-6 “Pamela Marie”. Jim Beasley Jr. voou seu Spitfire Mk18 e mais tarde voou novamente na demonstração solo P-51D Bald Eagle, completando sua demo com o Heritage Flight junto com dois jatos QF-4E Phantom do 82º Esquadrão de Alvos Aéreos da Base Aérea de Tyndall, na Flórida. Os QF-4Es também fizeram passagens individuais em alta velocidade com os pós-combustores acionados e na configuração “suja” de aproximação para pouso.

Um dos paraquedistas de resgate da Guarda Aérea Nacional de Nova York no momento que tocava a água. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
Um dos T-6 da equipe GEICO Skytypers. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
A corrida entre o T-6 e o speedboat. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
As aeronaves T-6 do GEICO Skytypers. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
A apresentação do T-6C Texan II com Andrew McKenna nos controles. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)

Os membros do 103° Esquadrão de Resgate da Guarda Aérea Nacional de Nova York saltaram de um C-130 para executar uma demonstração de pararesgate. Uma vez na água, e livre de seus páraquedas, eles nadaram até a costa. A equipe de demonstração Geico Skytypers também realizou uma apresentação em Atlantic City. Desta vez, eles também trouxeram um speedboat para uma corrida com um T-6. A Hawker Beechcraft voou com seu T-6C Texan II, pilotado por Andrew McKenna, numa demonstração projetada para mostrar as capacidades do novo treinador.

As aeronaves L-39 da equipe Black Diamond Jets. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
O T-33 durante passagem solo. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
A equipe Black Diamond Jet Team. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
A passagem baixa e em alta velocidade de Dale “Snort” Snodgrass a bordo do T-33. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
A passagem baixa surpresa de um B-1B Lancer da Base Aérea de Dyess. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
A apresentação do Red Eagle Airsports Pitts. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)

Uma equipe muito aplaudida foi a Black Diamond Jet Team com três L-39s e um T-33. Este ano, Dale “Snort” Snodgrass executou sua incrível passagem em alta velocidade e a baixa altura com um T-33. Um sobrevoo de última hora, como surpresa, foi um B-1B da Base Aérea de Dyess, no Texas, que realizou uma passagem baixa sobre a praia. Ele foi seguido pela demonstração do Red Eagle Airsports Pitts.

A apresentação dos Thunderbirds precisou ser suspensa por 2 minutos pois uma das aeronaves F-16 havia atingido um pássaro durante uma das passagens. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)

A última demonstração do dia ficou a cargo dos Thunderbirds, que voaram com seus caças F-16. A apresentação teve que ser interrompida por 2 minutos, quando o F-16 #3 colidiu com aves.

[nggallery id=22]

NOTA DO EDITOR: A cidade de Atlantic City foi a primeira a ser atingida pela super tempestade Sandy. O show aéreo ocorreu em agosto, mas mesmo assim deixamos aqui a homenagem aos habitantes da bela cidade da costa leste dos EUA, que com certeza vão conseguir superar os problemas causados pelo vento e pela força da natureza. Agradecemos ao colaborador Ricardo von Puttkammer, que vive em Nova York e também sentiu a passagem do furacão Sandy, pelo relato do show aéreo e pelas belas fotos de mais um show aéreo realizado nos EUA.

Solicito um minuto da atenção de você leitor do Cavok. Estamos tendo despesas elevadas com servidores devido ao alto tráfego gerado mensalmente, e precisamos da ajuda de todos para continuar mantendo o site estável e permanentemente no ar. Sem a ajuda de vocês, fica inviável manter o Cavok, já que infelizmente as empresas aeronáuticas brasileiras até o momento não anunciaram no nosso site, mesmo sendo o Cavok uma das maiores referências sobre notícias de aviação do país, reconhecido inclusive internacionalmente, e um dos sites de aviação mais visitados do país, senão o maior. Para contribuir, utilize as formas de pagamento online abaixo.






Enhanced by Zemanta
Anúncios

5 COMENTÁRIOS

  1. Esses L-39 da Black Diamonds Jets Team são bem bonitos (a camuflagem contribui muito), a exemplo do P-51D, metal novinho. Perguntas: estava prevista a aterragem do paraquedista na água (afinal, ele está de bermuda) ou ele teve de desviar dos banhistas e molhou as "botinas" à toa? E esses dois Convair 580 "da FAA"? Que FAA? Fuerza Aerea Argentina? 😀

    • Sim, os paraquedistas deviam pousar na água. Depois foram "resgatados" por uma lancha.

      Os Convairs são da FAA ( Federal Aviation Administration) que possui varias aeronaves nos EUA. No texto da matéria diz exatamente de qual setor da FAA.

      Abraço,

      Fernando Valduga
      Editor Cavok Brasil

Comments are closed.