A visão do HUD no Falcon 8X com a projeção do EFVS.

O jato executivo Dassault Falcon 8X foi certificado pela EASA e pela FAA para uma capacidade aprimorada de sistema de visão de voo (EFVS) que oferece uma operacionalidade facilitada para aproximações de baixa visibilidade até 100 pés, melhorando consideravelmente o acesso a aeroportos em condições climáticas adversas e aumentando significativamente a eficiência da frota.

Falcon 8X

A nova capacidade do EFVS (enhanced flight vision system), fornecida através do revolucionário sistema de visão combinada FalconEye (CVS) do 8X, foi certificada para uso operacional após a conclusão de uma campanha conjunta de certificação EASA / FAA no início deste ano. Espera-se que o EFVS a 100 pés seja aprovado para o Falcon 2000LX e o Falcon 900LX até o final do ano.

EASy III Flight deck

O FalconEye é o primeiro HUD (head-up display) a mostrar mapeamento de terreno sintético no modo separado, baseado em banco de dados, e imagens aprimoradas de câmera térmica e com pouca luz ao mesmo tempo. Isso permite que o piloto voe em condições de fraca visibilidade com um nível de segurança e confiabilidade sem precedentes. É também o primeiro a permitir que os pilotos ajustem a divisão entre as áreas de imagem SVS e EVS, proporcionando um nível de consciência situacional sem precedentes para a tripulação de voo em todas as condições de operação e reduzindo grandemente o stress dos pousos em mau tempo.

A opção FalconEye está disponível no Falcon 8X desde o início de 2017 e no 2000LXS/S e no 900LX desde outubro de 2016. O sistema também estará disponível no novo widebody bimotor Falcon 6X, que deve entrar em serviço em 2022.

FalconEye

A opção FalconEye do Falcon 8X será posteriormente aprimorada com a adição de uma configuração de monitoração dupla que suportará o anEFVS para a capacidade de aterrissagem, permitindo que os pilotos percorram uma aproximação completa e aterrissem sem usar a visão natural para ver a pista. A aprovação completa dessa capacidade está prevista para 2020.

O Dassault Falcon 8X.

O recurso FalconEye EFVS para 100 pés é apenas a mais recente de uma série de novas opções e aprimoramentos que estenderam a capacidade de missão do Falcon 8X desde que o trijato de alcance ultra longo entrou em serviço há dois anos. Outros incluem a aprovação para as operações no Aeroporto London City, um dos aeroportos mais restritivos do mundo; a suíte eletrônica de documentos integrada à Falcon Sphere II da Dassault; e o FalconConnect, um pacote abrangente de soluções de comunicações de banda larga projetado para facilitar o uso, gerenciamento e controle da conectividade a bordo.

2 COMENTÁRIOS

  1. Esse jatos executivos franceses são espetaculares. E esse sistema deveria ser adotado no máximo de aeronaves possíveis, super importante para a segurança dos voos!

  2. Jatos trimotores são cada vez mais raros hoje em dia… não sei se terá mercado para essa aeronave no futuro

Comments are closed.