Um Embraer E175 nas cores da Delta Airlines. (Foto: Embraer Commercial Jets)
Um Embraer E175 nas cores da Delta Airlines. (Foto: Embraer Commercial Jets)

A Embraer e SkyWest, Inc. (SkyWest) assinaram um pedido firme para 19 jatos E175 adicionais. Os aviões serão operados pela SkyWest Airlines, Inc., subsidiária integral da SkyWest, por meio de um acordo de compra de capacidade (CPA – Capacity Purchase Agreement, em inglês) com a Delta Air Lines. O contrato será incluído na carteira de pedidos da Embraer do quarto trimestre de 2015. A entrega do primeiro avião está prevista para o terceiro trimestre de 2016.

“Agradecemos à SkyWest pela contínua confiança na Embraer e em seus produtos”, disse Paulo Cesar Silva, President & CEO da Embraer Aviação Comercial. “Esta parceria tem sido muito bem-sucedida e esperamos mantê-la por muitos e muitos anos.”

Todos os jatos E175 serão configurados com 76 lugares em duas classes, sendo 12 assentos na primeira classe, 20 assentos na Delta Comfort plus e 44 assentos na econômica, e vão operar sob a marca Delta Connection.

“Continuamos impressionados com o E175 como produto e estamos satisfeitos por avançar na nossa parceria com a Delta com estas aeronaves”, disse Chip Childs, Presidente da SkyWest, Inc.

Os E175 apresentam uma nova ponta de asa que, juntamente com outros aprimoramentos técnicos, melhora o desempenho aerodinâmico. O consumo de combustível em um voo típico é 6,4% menor do que em um E175 original. Na América do Norte, o E175 é a aeronave preferida das companhias aéreas que operam jatos de 76 assentos. Desde 2013, o jato obteve mais de 80% dos pedidos das companhias aéreas dos Estados Unidos nessa categoria.

A Embraer é o único fabricante a ter desenvolvido uma moderna família de quatro aeronaves voltada ao segmento de 70 a 130 assentos. Desde o lançamento formal do programa, em 1999, os E-Jets redefiniram o conceito tradicional de aeronaves regionais por servirem a uma grande variedade de tipos de operação. O primeiro E-Jet entrou em serviço em 2004.

Anúncios

3 COMENTÁRIOS

  1. Parabens a Embraer. Ja voei algumas vezes no 190, na rota Poa Buenos Aires e gosto muito do avião.

  2. Mais uma boa notícia.

    A propósito, ouço que o programa CSeries da concorrente Bombardier, corre risco de cancelamento… eles estão procurando seus concorrentes para tentar fazer parcerias para salvar o programa… a Airbus ja os descartou… dizem que Embraer também foi procurada e recusou… quanto a Boeing ainda não se sabe…

    Alguém sabe algo a respeito?

    Abç

Comments are closed.