A Marinha dos EUA (USN) vai testar na próxima semana uma possível solução para o problema de trem de pouso do F-35C Lightning II, disse o chefe do escritório do programa conjunto (JPO) F-35 na quinta-feira.

Durante testes realizados em 2016 no porta-aviões USS George Washington, pilotos de F-35C queixaram-se de dores no pescoço e dificuldade para ler informações vitais durante a catapultagem do deck por causa de oscilações severas do trem de pouso do nariz.

De acordo com o Tenente-General, Christopher Bogdan, chefe do JPO, disse que os testes para corrigir o problema começariam na Base Aérea McGuire-Dix-Lakehurst, nas catapultas de testes terrestres da USN.

De acordo com Bogdan, a possível solução que será testada vai reduzir a tensão no mecanismo de recuo do trem de pouso do nariz, fazendo com que as oscilações diminuam. Bogdan acrescentou que os resultados dos testes devem estar prontos no mês de Março.

O problema de oscilações é semelhante a um problema do qual o caça F/A-18 Hornet sofreu durante seus testes iniciais, disse um oficial da Marinha dos EUA. O problema foi corrigido ajustando o recuo da suspensão do trem de pouso do nariz.

No entanto, se as primeiras tentativas de uma correção não funcionarem, pode exigir um completo redesenho do trem de pouso do nariz, que causaria mais atrasos ao programa.


FONTE: USNI – Edição: Cavok

5 COMENTÁRIOS