A empresa SpaceX divulgará o nome dos dois primeiros astronautas que voarão ao redor da Lua.

A SpaceX anunciou nesta semana que vai divulgar no dia 17 de setembro mais detalhes sobre o plano de levar os primeiros turistas em torno da Lua usando seu foguete Big Falcon Rocket (BFR), um enorme veículo de lançamento que está sendo projetado para transportar pessoas para o espaço profundo.

“A SpaceX assinou um acordo com os primeiros passageiros privados do mundo para voar ao redor da Lua a bordo do nosso veículo de lançamento BFR – um passo importante para permitir o acesso para as pessoas comuns que sonham em viajar para o espaço”, disse a empresa no Twitter.

Esta não é a primeira vez que a empresa, liderada pelo empresário da Internet e CEO Elon Musk, tem planos de enviar turistas para a Lua.

Em fevereiro de 2017, a SpaceX anunciou que enviaria os dois primeiros turistas espaciais do mundo ao redor da Lua no final de 2018. Esse plano exigia que eles entrassem em um veículo da Dragon, semelhante aos foguetes de carga que a SpaceX envia rotineiramente carregados com suprimentos para a Estação Espacial Internacional. Na época eles teriam explodido a bordo de um foguete Falcon Heavy. No entanto, a empresa manteve-se fiel a esses planos nos últimos meses. Os nomes e identidades desses dois turistas – e quanto pretendiam pagar – nunca foram revelados.

A SpaceX ate hoje não havia passado mais detalhes sobre os passageiros que irão para o espaço, mas na quinta-feira um tweet postado pela empresa informava que a Space X anunciará a identidade do passageiro misterioso na segunda-feira (17). Outros detalhes foram fornecidos, mas um tweet posterior de Elon Musk sugere que o passageiro pode ser do Japão.

Os humanos não põem os pés na Lua desde a missão final Apollo em 1972, coroando uma era de orgulho nacional dos EUA.

Os astronautas americanos Neil Armstrong e Buzz Aldrin tornaram-se os primeiros homens a explorar a superfície lunar em 1969, um momento visto e ouvido em todo o mundo quando Armstrong declarou “um pequeno passo para o homem, um salto gigante para a humanidade”. Apenas 24 pessoas na história já estiveram na lua. O presidente dos EUA, Donald Trump, defendeu planos para pisar na Lua novamente, já que a NASA trabalha na construção de um portal lunar que serviria como ponto de partida para missões que avançariam ainda mais para o espaço profundo, como asteróides ou Marte.

A SpaceX é parceira comercial fundamental da NASA e está trabalhando em uma nave que fará seu primeiro voo para a Estação Espacial Internacional em órbita no ano que vem, restaurando o acesso ao espaço dos EUA pela primeira vez desde 2011, quando o programa de ônibus espacial foi aposentado depois de 30 anos.

Inicialmente, a empresa planejou que o lançamento acontecesse em algum momento deste ano, mas a cápsula da tripulação Dragon ainda está em desenvolvimento. O primeiro lançamento tripulado da cápsula está previsto para abril de 2019.

Elon Musk apresenta sua nave BFR.

O BFR terá 106 metros de comprimento e um empuxo de 4,8 quilogramas-força, sendo o foguete mais poderoso já construído, acima do Saturn V, que levou os astronautas à Lua na década de 1970.

Musk já declarou que espera transformar o BFR em um veículo de transporte aéreo para toda a Terra, indo de qualquer ponto ao outro do planeta em, no máximo, uma hora, ao custo de uma passagem aérea na classe econômica.

Anúncios

3 COMENTÁRIOS

    • Vai sonhando. Já ofereci passagem pra Caracas, Havana e Pyongyang de Tupolev ou Avic, mas nenhum dos nossos amigos topa. Imagina um Tu-154M cheio direto pro colo do Fidel.

Comments are closed.