A SpaceX é conhecida por pensar grande e seu Big Falcon Rocket (BFR) pode ser o mais audacioso de seus planos. Mas com o foguete preparado para missões interplanetárias ainda em desenvolvimento, a SpaceX testará a tecnologia do BFR com a ajuda de um de seus grandes projetos: o Falcon 9.

Elon Musk, CEO da SpaceX, anunciou na quarta-feira (07) que a empresa construirá um “mini-BFR” usando o confiável foguete Falcon 9, num esforço para avaliar a viabilidade do BFR real.

Um “Falcon BFR” deverá estar pronto por volta de junho de 2019. Musk disse, em um tweet, que imagina o BFR substituindo todos os foguetes atuais da companhia, incluindo o Falcon 9, então construir um em miniatura e fazê-lo voar em órbita será um bom teste.

Musk não detalhou o que, exatamente, seria feito com um Falcon 9 para torná-lo mais parecido com BFR. Os dois foguetes vão compartilhar algumas semelhanças, como a capacidade de ser reutilizável.

Em setembro, a empresa anunciou que mudaria aspectos do BFR, mais notavelmente sua espaçonave de carga chamada Big Falcon Spaceship (BFS), com o objetivo de acomodar 100 pessoas. O BFS proposto foi alterado para ter seis motores – dois para a pressão atmosférica do nível do mar e quatro para o vácuo do espaço.

Na época, a presidente da SpaceX, Gwynne Shotwell, disse esperar que o BFS iniciasse testes curtos e não-tripulados no final de 2019. Essa nova linha do tempo para um mini-BFR se encaixaria perfeitamente nesses testes.

Musk disse que os testes analisariam especificamente como as superfícies de controle de alto mach e do escudo térmico do mini-BFR resistirão sob a pressão do lançamento e do voo, elementos que são difíceis de testar numa bancada. O melhor teste é ir até o Espaço e voltar.


FONTE: Popular Mechanics

3 COMENTÁRIOS

  1. Teria como disponibilizarem um link para ver a última imagem em tamanho maior?

    No mais, haja combustível/comburente para fazer essa nave sair de órbita rumo ao espaço!

Comments are closed.