A empresa de Elon Musk lançou o maior foguete já construído nos últimos 50 anos. Os primeiros estágios do foguete pousaram com sucesso!

Pousar um foguete, algo que a NASA nunca conseguiu fazer. O Falcon Heavy é na atualidade o foguete mais poderoso em operação em qualquer lugar do mundo. O foguete só não é mais poderoso que o antigo Saturno V que levou o Homem à Lua.

Logo após a decolagem, os três estágios do foguete se separaram com sucesso. Dois estágios (os dois propulsores laterais do Falcon Heavy) pousaram no Cabo Canaveral, Flórida, a pouca distância de onde partiram, mas o terceiro, que deveria pousar numa balsa-plataforma no Atlântico, parece que não conseguiu. A SpaceX ainda não revelou o seu destino, uma vez que ele apresentou uma vibração acima do previsto.

O potencial agora é infinito. É que os foguetes poderão ser reabastecidos e usados para auxiliar um novo lançamento. São foguetes recicláveis – coisa que a NASA jamais produziu; a tecnologia é toda da SpaceX, a empresa aeroespacial que o bilionário Elon Musk – considerado o Tony Stark da vida real – montou com o objetivo de chegar em Marte. No fim, isso pode (e vai) baratear os voos espaciais nos próximos anos. Não é a primeira vez que foguetes da empresa pousam depois de lançados. Mas isso nunca tinha acontecido com vários deles compondo uma única e gigantesca nave.

Carro no Espaço

A “carga” útil do foguete foi um carro Tesla Roadster. O Roadster, “passageiro” do foguete, é o primeiro carro enviado ao Espaço — em uma promoção de alta tecnologia inventada por Elon Musk, que é dono da Tesla, montadora especializada em veículos elétricos, e da empresa de transporte espacial SpaceX.

O carro pertence a Musk e, segundo ele, levará 6 meses para chegar à órbita de Marte, mas deverá ficar em órbita por “centenas de milhões de anos”.

Câmeras instaladas durante o lançamento mostraram um boneco vestido de astronauta no banco do motorista.

Eu adoro a ideia de um carro navegando aparentemente sem parar pelo Espaço e talvez sendo descoberto por uma raça alienígena milhões de anos no futuro“, disse Musk.


FONTE: SpaceX; Super Interessante; The Guardian;

 

 

 

15 COMENTÁRIOS

  1. Foi sensacional o pouso dos dois boosters, pena o núcleo central não obter sucesso no pouso. E foi uma baita jogada de marketing lançar um Tesla Roadster com um boneco com o traje espacial da SpaceX, fora os easter eggs como o DON'T PANIC no painel do carro, o Guia do Mochileiro das Galáxias e uma toalha no porta luvas, e também o DVD com a Trilogia Fundação.

    • E estar tocando Space Oddity do Bowie, não que isso faça muita diferença já que obviamente o som não irá se propagar lá mesmo kkkkk

  2. Cara, que incrível. O ponto alto foram o pouso dos dois boosters e o carro no espaço, muito bom.

  3. Que incrível, fantástico. Passei ao lado dessa plataforma no dia 4, mal podia imaginar que algo histórico estava para acontecer.

  4. Realmente, incrível e fantástico!
    E uma vergonha para nós, que não conseguimos lançar sequer um buscapé para o espaço.
    Mas com toda essa tecnologia, bem que ele poderia ter lançado algo útil, não simplesmente mandar lixo para o espaço apenas por mandar..
    Ou será que esse carro tem algum sensor para exploração, ou qualquer outra coisa de valia astronômica?

    • Lixo? Sabe quais eram as outras opções? Eram um bloco de concreto ou um bloco de metal. Acho que o grande feito da SpaceX ao ter mandado um Tesla Roadster é despertar o interesse pela ciência em muitos, hoje vivemos num mundo em que com toda a informação e conhecimento disponíveis acreditam que a Terra é plana, que vacinas causam autismo, em chemtrails, e toda a sorte de bobagens que se possa imaginar.

      • bit_lascado

        Releia meu comentário com boa vontade, você consegue.
        Mas se ainda assim não entender, peça ajuda a um adulto.

        Em nenhum momento questiono a façanha da SpaceX, muito pelo contrário, é um momento histórico que será um divisor de águas na história e no desenvolvimento da exploração espacial.
        É um feito fantástico.

        Mas em relação as opções.. Bloco de concreto, metal ou um carro elétrico.. Se não tiver serventia é apenas um LIXO espacial sim.

        • Entendo e discordo. Ninguém em sã consciência vai gastar dinheiro e tempo para construir um satélite e colocar ele em um foguete não homologado e sem cobertura de seguro, é o mundo real simples assim.
          Agora não vejo como lixo usar um carro (bem um mock up na realidade) para inspirar as pessoas a gostarem de ciência. E até o bloco de concreto, servido só como simulador de massa tem utilidade, não tá lá em vão.
          As vezes temos que ver um pouco mais fora da caixa, expandir os horizontes.

          • Ao que parece, tempo e dinheiro não são problemas para o proprietário da empresa, caso ainda não tenha percebido..
            Se quisessem poderiam sim ter mandado algo de interesse astronômico, que despertasse ainda mais o interesse das pessoas.
            Talvez um transmissor de sinais de rádio para radioamadores tentarem captar aqui na terra, ou sei lá o que.. As possibilidades são inúmeras.
            Não apenas um objeto inerte, sem função alguma, volto a dizer apenas L.I.X.O espacial.
            Esse sim é o mundo real.
            Mas enfim, o dinheiro é dele o carro ou sei lá o que seja aquilo também.
            Sendo assim, não tenho nada com isso e não preciso entrar um uma espiral de explicações para alguém que se recusa a entender.
            Siga sua cabeça e seja feliz.

    • Essa é a nova realidade, marketing é grana, ainda mais pra uma empresa privada.
      Vale lembrar que foi um voo teste.

  5. Exemplo espledido do quao longe a iniciativa privada pode alcançar se tiver um ambiente propicio para atuar. O Brasil está na era da pedra lascada em relaçao a isto.

  6. Space Race is Over ! esqueçam tudo que aprenderam sobre exploração espacial, comercial ou militar. O loko :O Elon Musk destruiu todos os paradigmas. Puxa, dai vc se coloca no lugar dos caras do VLS e pensam, melhor pesquisar sementes transgênicas ou uma nova espécie de mandioca.

  7. Melhor canal do YouTube é da SpaceX!

    Os caras produzem tecnologia de forma competitiva mas também idealizada. Ao mesmo tempo que encontraram nichos no mercado e se anteciparam aos competidores tradicionais nestes segmentos, eles transparecem uma certa informalidade, que muito provavelmente atrai centenas de jovens pesquisadores.

  8. E mais uma vez os EUA saltam (bem) à frente em um ramo crucial do desenvolvimento tecnológico, graças ao espírito empreendedor que caracteriza o país

  9. Foguetes pousando na vertical são as coisas mais lindas e impressionantes desse século, até agora.

Comments are closed.