A Força Aérea da Suécia deverá manter seus caças JAS39 Gripen C/D além de 2030.

A Suécia pode estar pronta para aprovar uma extensão das operações de parte de sua frota Saab JAS39 Gripen C/D até além de 2030, em um passo que aumentaria o tamanho de seu estoque de caça além dos 60 exemplares de modelos E atualmente encomendados para a Força Aérea Sueca.

A confirmação da decisão pode ocorrer quando Estocolmo publicar sua próxima lei de defesa de longo prazo no dia 14 de maio, cobrindo o período de cinco anos a partir de 2020.

“Se a Suécia continuar a voar o [Gripen] C/D muito mais do que 2025-2026 – talvez até 2035 – é bom para o nosso sistema, porque podemos compartilhar o desenvolvimento no C/D com o E/F, e vice versa”, diz o executivo-chefe da Saab, Hakan Buskhe.

Atualmente, a Força Aérea Sueca mantém uma frota ativa de 100 Gripens, mas seu chefe de pessoal já expressou o desejo de aumentar esse número para um total de 120 unidades. A Saab está atualmente sob contrato para produzir 60 caças modelo E de nova geração para o serviço, com operações iniciadas no início da próxima década.

Em dezembro passado, Estocolmo alterou seus planos de produção para o E de uso único de componentes novos, em vez de obter alguns materiais de seu estoque de C/D. O Analisador de Frotas da Flightglobal mostra que os Gripens em serviço da Força Aérea Sueca têm entre quatro e 16 anos de idade.

Os Gripens C/D operariam juntamente com os novos modelo E na Força Aérea Suéca.

Falando durante o primeiro trimestre do ano, em 26 de abril, Buskhe disse que a potencial retenção operacional de alguns C/Ds na Suécia “é uma ótima notícia para nós como empresa, porque significa que haverá mais aeronaves Gripen voando”.

“Também é bom para nossos clientes em todo o mundo”, acrescenta ele. Outros usuários do modelo atual são a República Tcheca, a Hungria, a África do Sul e a Tailândia.

Enquanto isso, Buskhe diz que o Gripen E será avaliado pela Suíça “durante o verão”. Embora notando que “há, é claro, algumas etapas que precisamos passar”, ele diz: “acreditamos firmemente que temos o produto certo”. A Saab apresentou uma oferta para fornecer à força aérea suíça 30 ou 40 Gripen Es, com Berna devendo decidir sobre seu futuro caça em 2021.

Uma seleção suíça anterior do Gripen foi anulada durante um referendo público em 2014. O tipo sueco enfrenta a concorrência do Boeing F/A-18E/F Super Hornet, do Dassault Rafale, do Eurofighter Typhoon e do Lockheed Martin F-35 no processo atual.

A agência de aquisições Armasuisse do país está hospedando avaliações de voo, com as implementações do Typhoon e Super Hornet já concluídas. A atividade está programada para durar até o final de junho, com o Gripen sendo o último a ser avaliado, após o Rafale e o F-35.


Fonte: Flightglobal

Anúncios

10 COMENTÁRIOS

  1. Só acho que aquele leasing de Gripens C/D poderia ter ocorrido pra FAB. E também acho que a compra do segundo lote de Gripens E/F também já poderia ter saído.

    • Vai sair, calma..
      A bomba a ser desarmada no momento se chama previdência.
      Assim que isso for resolvido, acredito que teremos novidades..
      Um anúncio de uma compra dessas antes da reforma da previdência, seria um prato cheio para as críticas da nossa imprensINHA esquerdopata.

      • Previdência deve ser cortada pela metade. Os relatores na comissão especial já disseram que vão conciliar os direitos dos previdenciários, o regime de verticalização deve permanecer, o reajuste automático deve cair, aposentadoria rural deve cair, a dos militares nem deve sair direito, etc…etc.

        Pro bem desse governo é bom que ele tenha mais ideias, porque essa bomba pode explodir feio na cara dele.

        O mercado já deu o recado…

        O segundo lote também deve sair mais barato então…

        • A Previdência Social deveria ser extinta! Quem quiser que arque com previdência privada, poupança ou outra forma de investimento.

          SUS e educação pública deveriam ser igualmente extintos.

      • Muitas novidades, tipo a que se essa "reforma" sair o pais irá gerar milhões de empregos ahah
        Eu vi recentemente o Temer falar que com a reforma trabalhista milhões de empregos seriam criados, não criou 1 ahaha

    • O "aluguel" deveria ter ocorrido mesmo. Aliás acho que esse era o plano inicial, mas penso que bloquearam pelas questões econômicas. Eu penso (chuto) que o segundo lote deve sair quando começar a produção das unidades "nacionais" do Gripen, aí o polo industrial deve dar uma força política pra decisão.

      • O comandante japa da fab disse a grana para o leasing sairia do orçamento dela e não externo, ela não precisaria de permissão do executivo.

  2. Vale muito…mas muito a pena pra Saab. Ela poderá vender as atualizações para os operadores no mundo e aumentar a frota com suporte técnico. Devem estar comemorando muito.

  3. Sabem quando sairá o segundo lote de Gripen E? Quando o MLU desse primeiro lote estar chegando ao fim da vida util, então lá pra 2050.

Comments are closed.