O acordo entre a Suécia e Suíça é para desenvolver um projeto de aquisição conjunto do caça Gripen NG entre os dois países. (Foto: Saab Group)

A Saab informou que o governo sueco chegou a um acordo com a Suíça para a aquisição da próxima geração de caças JAS39 Gripen. além disso, a Saab sugere que a Suécia vai adquirir entre 40 e 60 novos caças Gripen NG.

Através do acordo, a Suécia vai incluir no orçamento de 2013 a proposta para que o governo sueco aumente em US$ 45 milhões o orçamento das Forças Armadas em 2013 e 2014 e US$ 30 milhões anualmente. No total, ele proporcionará um aumento no orçamento das Forças Armadas em mais de 300 milhões ao longo de dez anos. Juntamente com os fundos já atribuídos, está prevista a aquisição de 40-60 caças Gripen NG (next generation) para a Suécia.

O anúncio foi feito pelo governo sueco no seu site. A parceria com a Suíça significa que a Suécia compartilhará os requisitos de alto desempenho com um custo razoável buscando sempre oportunidades para sinergias. Juntos, os dois países poderão adquirir e operar um sistema avançado de aeronave de combate com um custo menor do que teria de pagar a Suécia, caso o caça fosse comprado sozinho. O acordo inclui, por exemplo, o treinamento de pilotos e técnicos, custos de manutenção e upgrades futuros.

O desenvolvimento do sistema Gripen foi iniciado por uma decisão do Parlamento Sueco em 1982 para fabricar o JAS39 Gripen A/B, que posteriormente foi modernizado. Atualmente a frota sueca consiste principalmente de cerca de 100 caças JAS39 Gripen C/D. O sistema também inclui armamentos, sistemas básicos, sistemas de gestão e de recursos para a formação e manutenção. De acordo com as Forças Armadas, o sistema é relevante – puramente operacional e atende às exigências – até 2020-2030.

As Forças Armadas Suecas têm relatado que a próxima geração do Gripen JAS39 é um sistema que, pelo menos até 2040, melhor atende às necessidades das Forças Armadas do país. O sistema Gripen NG deverá estar operacional na Suécia em 2023, e por um período de 20 anos.

O anúncio pelo governo sueco é uma prévia da proposta de orçamento apresentada em 20 de Setembro. Ainda este ano, a proposta será negociada no parlamento sueco.

A Saab apresentou ao governo uma proposta para compra do caça Gripen NG. Ainda não há um acordo assinado, mas a Saab espera que as discussões levem para um acordo e um pedido para os caças Gripen.

A indústria de defesa sueca, incluindo empresas terceirizadas, emprega atualmente mais de 100 mil pessoas na Suécia. A produção do Gripen é feita em mais de 70 locais na Suécia, incluindo Linköping, Karlskrona, Karlskoga e Örnsköldsvik.

Enhanced by Zemanta
Anúncios

6 COMENTÁRIOS

  1. Ah, se está no site do GOVERNO da Suécia, eu acredito. Se fosse no da Saabturday Night Live…

  2. Camaradas,

    Houvesse o Brasil fechado com esse avião entre 2010 e os meses anteriores, poderia não somente estar adiquirindo uma aeronave de ponta como poderia apressar o desenvolvimento da mesma…

    Mas… A bem da verdade, esse é mais um dos bondes que o Brasil deixou passar. Mesmo que o caça fosse adiquirido no inicio de 2013 ( na melhor da hipóteses… ), e a consequente pressão que seria para apressar o programa afim de atender as necessidades brasileiras, um protótipo de fato seria coisa para o inicio de 2014, com uma produção inciada, talvez, em 2015 e as primeiras entregas prováveis ao final desse mesmo ano… Ou seja, plena operacionalidade seria algo para 2017, na melhor das hipóteses… E tarde demais para substituir as primeiras baixas dos F-5… Concordo que o projeto teria muita valia em termos de aquisição de conhecimento, e nada, na minha opinião, diminui o fato de que é uma aeronave extraordinária. Contudo, o fator "tempo" agora pesa contra o Gripen…

    Em suma, faz muito mais sentido agora o Brasil buscar uma parceria para uma aeronave de quinta geração e investir em aeronaves não tripuladas, do que investir horrores em uma aeronave de geração 4.5 e que já não mais será o "estado da arte" na década seguinte… E para o meio tempo, uma aquisição de prateleira serviria…

    • qual ponta RR? a de baixo né? 🙂

      Ponta estão, hoje, caças mais robustos, além dos de 5ª geração… o Gripen seria um caça moderno e atualizado…

      • Francisco AMX,

        Eu não diria isso… As tecnologias envolvidas no NG são em tudo similares a seus primos que estão na geração 4.5… No meu entender, a diferença básica entre NG e os demais do FX2 vem do fato de que o NG está na categoria do F-16, M2000… Rafale, Typhoon e Super Hornet formam outra categoria…

        Sobre robustez… A vida útil projetada dos primeiros Gripens, salvo engano, já era para além de 2030! Um NG com certeza será para bater até 2045 ou além…

  3. Mais um oportunidade perdida pelo Brasil. Imaginem um caça com 40% de conteúdo nacional sendo fabricado, para o Brasil(é claro), Suécia e Suiça. E ainda de quebra, poder fornecer um upgrade para os Gripens legacy existentes. É isso ae, parabéns Brasil Potência.

    []'s

Comments are closed.