A Força Aérea da Suíça escolheu o Saab Gripen NG como nova aeronave de caça multinfunção. (Foto: Saab)

A Suíça, conhecida mundialmente pela aplicação dos padrões mais elevados de aquisição e solicitação das tecnologias estado-da-arte, escolheu o caça Gripen NG da sueca Saab para substituir a frota de caças F-5 Tiger II da Força Aérea da Suíca. Serão adquiridos 22 aeronaves Gripen NG (JAS39 E/F), num programa de aquisição avaliado em menos que US$ 3,2 bilhões. As primeiras aeronaves devem chegar na Suíça em 2015, a partir de um prazo de 3 anos do momento da assinatura do contrato, previsto para o começo de 2012.

O programa Gripen vai criar uma parceria de longo prazo entre a Suíça e a Suécia. A Saab assegura para a Suíça uma estratégia de longo prazo de cooperação industrial visando a criação de empregos sustentáveis de alta tecnologia, transferência de tecnologia e geração de negócios de exportação. A Saab está preparada para iniciar as negociações e aguarda os próximos passos do processo, que inclui a definição do programa de treinamento, inclusive com pilotos sendo treinados na Suécia, e também definir se as aeronaves terão a etapa de montagem final sendo feita na Suíça.

Estavam na competição o caça Dassault Rafale e o Eurofighter Typhoon, além do F/A-18 Super Hornet no começo da competição. A Suíça estudou a modernização dos caças F-5, mas considerou um processo caro.

A decisão do Gripen foi devido ao custo de aquisição e de operaçãoo menor que os outros dois concorrentes, que segundo o Ministro de Defesa Ueli Maurer, no final dos 30 anos de vida operacional vai representar uma economia substancial. Além disso, o contrato prevê uma compensação financeira de 100% com as indústrias suíças.

Gripen está em serviço com as forças aérea da Suécia, República Tcheca, Hungria, África do Sul e Tailândia. A Empire Test Pilots’ School (ETPS) do Reino Unido também opera caças Gripen como uma avançada plataforma de jatos rápidos para os pilotos de teste em todo o mundo.

Anúncios

254 COMENTÁRIOS

  1. e quantas vendas confirmadas tem o Rafale mesmo ??? ou vão continuar que o NG é de papel, que ninguém nunca comprou ???

      • Nasceu o morto!!!! levaram o NG num cemitério indigena…estou até com medo de visitar o sítio da estrela da morte…

      • Aguardem os trolls suecos,
        Vão inventar que o Gripen é melhor que o F35..rss

    • O Gripen NG tem pouca comunalidade com este Gripen.

      Um projeto que nem existe, portanto nao voa, e muito menos alguem que compre.

    • Vão comprar Gripens EF, gambiarras do CD atual, com novo motor.
      O fantasma NG, que muitos paises rejeitaram, tem várias modificações e precisa de protótipo pra testar.

      • Amigo, acho que você está equivocado. Em junho de 2010 a Saab designou como JAS39E/F o caça Gripen NG (Next Generation), conforme publicado aqui: http://cavok.com.br/blog/?p=13004, e a fonte foi a renomada publicação Aviation Week.

        Agora se quiser contrariar e dar alguma explicação mais correta que essa, o espaço está a disposição.

        Abraço,

        Fernando Valduga
        Editor Cavok Brasil

        • O Gripen NG prometido pro Brasil e o Gripen IN prometido pra India, possui pouca comunalidade de componentes e peças com o Gripen atual,incluindo modificações estruturais vistas somente no autocad.

          O Gripen EF será o Gripen atual passando por updates e novo motor.

          A Suécia resolveu designar o EF como NG, porque percebeu o embaraço que se meteu prometendo algo que causa reprovação.

          Portanto Gripen EF é nada mais uma versão como o Gripen CD com novo motor e novos aviônicos.
          Gripen NG prometido pro Brasil só existe em photoshop cheio de bombas e mísses pra impressionar os desavisados.

          Mesma coisa dizer que o F18 Hornet CD é o F18 Super Hornet EF.
          E todos sabem que não é….

          • nossa Alexandre. vc nao sabe nada mesmo… antes de falar pesquise um pouco. trabalho no programa NG e o gripen NG nao é "umO Gripen EF será o Gripen atual passando por updates e novo motor "

          • Nossa que viagem, o E/F é o NG cara pálida, basta se informar um pouco, se quiser tirar as dúvidas, basta olhar as fotos do E/F, ele tem os trens de pouso na raiz das asas, uma mudança estrutural para aumentar a capacidade de combustível.

            Não viaja na maionese. Gripen E/F é o Gripen NG.

            Olha a besteira que o cara me diz, que a SAAB percebeu a enrascada que se meteu… minhas santas cuecas… o que vc está dizendo é que a SAAB simplesmente enganou o mundo e não conseguirá entregar o NG e por isso fez uma gambiarra e vai vender Gripen C/D com novo motor e pronto, ninguém perceberá a diferença.

            Ridículo seu raciocínio.

            • O Alexandre simplesmente disse a verdade.

              O NG proposto na India e Brasil é um outro jato.

              O Gripen EF é apenas mais uma versão, que não está operacional na Suécia, com motor novo e aviônicos melhores.

              • pode ser por aí mesmo, talvez o NG, proposto, nem sai do papel mesmo, e o Gripen tenha uma versão pé-no-chão, do qual eu me agrado até, de um caça tático dos anos 2000!

        • No seu próprio linck a introdução do Gripen 21 está para 2017-18 e querem convencer que a MESMA AERONAVE vai chegar na Suíça em 2015 ???

          Depois dessa nenhum gripen maníaco tem direito a dizer que a gambiarra sueca é o desenvolvimento de um avião inteiramente novo…

          É o irmãozinho caçula do TIJOLÃO VOADOR cada vez mais parecidos…

          E/F para os DOIS !!!!

          KKKKKKKKKKKKKKKK

          • Caro Gilberto,

            Do mesmo modo que foi oferecido o NG aqui. Os suecos estavam aguardando um pedido para acelerar o programa, e agora com essa encomenda da Suiça, haverá automaticamente uma encomenda da Suécia, ou seja, o NG será fabricado e seu primeiro protótipo( não o Demo) deverá sair da SAAB em 2012.

            []'s

            • Acredite, quem quiser.

              Nunca existirá protótipo de NG e muito menos produção.

              Gripen velho com updates pra EF, nisso eu acredito.

        • Nada disso,

          Gripen EF é uma versão acima do CD.
          Gripen NG é promessa de projeto.

          • O Gripen NG é o Gripen JAS-39E/F.

            Eu apesar de preferir o F-18SH dou as boas vindas ao Gripen na Suíça, pois com certeza é mais um grande caça no cenário..

            E se vier ao Brasil será muito bem vindo também..

          • o NG é o Gripen com maior alcance, novo motor, radar AESA e asas redesenhadas para alojarem o trem de pouso (asas estas desenvolvidas no Brasil pela Akaer) e que depois foi renomeado para E/F.

            • Aesa italiano para o Gripen foi reprovado na India, e até hoje não se tem notícias do seu desenvolvimento.

              Saab promete o que não é dela.

              Se um Gripen C já tem pouco alcance, como vão conseguir a mágica, só mudando os trens de pouso de posição.

              Conversa fiada, e não caio nessa.!

      • Errado!O Gripen NG passou a ser classificado como Gripen E/F ou MS-21(para o programa de desenvolvimento)pelo governo sueco.

    • o Rafale tem uma venda confirmada, e agora o Gripen NG tem uma tbm…na minha conta deu empate…

          • Quantos a suécia já comprou? quando assinou o contrato?
            Até onde sei tem só intenção…nada sobre unidades e valores…

            • A Suécia provavelmente assinará a encomenda de 10 NGs(E/F) assim que a Suiça assinar o contrato.

              []'s

              • Vai nada, conversa fiada.

                Suécia possui centenas de Gripens ABCD sem uso seminovos que serão modernizados para EF.

                A Suiça comprará, se comprar, será versão CD com estas inovações.

                NG não existe, um projeto de avião novo, que não deu certo e nenhum país topou.

      • Não me canso de ler seus comentários sempre bem humorados hehehhehe, o Rafale SEMPRE tem uma venda confirmada por ano, 2009, 36 p/ o Brasil, 2010, 14 p/ Libia e 2011 (K K K K K), 22 p/ Suíça. 😀

  2. Aos "eXpecialistas" de internet, expliquem essa?

    O rafale era o preferido e perdeu mais uma venda "feita"?

    A Suiça ,como diz o texto,prisma pela excelência e escolheu o gripen que pra muitos e um caça de mer**!

    • Texto tendencioso, NESTE CASO a Suiça prima pela economia…

  3. Parece ter sido a decisão correta. Isso é bom para o Brasil porque pode comprar os F5 da suiça.

    Ainda teremos a maior frota de F5 do mundo.

    • kkkkkkkkkkk, e quem sabe Mirage dos EAU e daqui alguns anos AMX italianos kkkkkk

  4. Pais pequeno como a Suica que tbm opera os F18, tem mais que comprar o Gripen sem alcance mesmo, pois possuem o mesmo motor F404.

    Rafale e Eurofighter esta em outro patamar, bem melhores e mais letais !!!

    Na India o Gripen foi enxutado de cara, sem perda de tempo.

      • Carcaça sueca com radar italiano frankenstein e motor americano.
        O resto é tudo inglês, alemão, francês, espanhol…etc…

        Choro de rir deste remendo que voa.!

        • Choro de rir com as pérolas que você escreve. Por esse seu "raciocínio" estaríamos todo correndo riscos afinal os jatos da EMBRAER, AIRBUS e Boeing seriam todos eles remendos voadores.

            • E o que é o KC-390 senão um jato militar meu caro? E ainda assim possui componentes oriundos de diversos países. Risível esse raciocínio de vocês.

              • O Kc-390 é um jato militar??
                kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
                Hum…ele pode usar mísseis, pods, bombas???

  5. Uma venda a menos para a Dassault….coitado dos vendedores deles….Sr Dassault, posso mandar o meu curriculo para vcs? Afinal não precisa vender nada ai, posso me canditadar, pois nunca vendi nada mesmo.

      • Venda pequena!HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA…
        A inveja é mesmo uma m….

          • Valduga,

            O Brasil quer 36 de lote inicial de um total de 120.
            Todos já sabem disso.

            Abraços…

            • E a Suíca queria 33, mas não tem dinheiro para tanto. O Brasil será que tem para comprar e operar 120 caças Rafale? Acho muito conseguir operar 36 caças Gripen. Mas dinheiro acho que tem, apenas está mal distribuído.

              Abraço,

              Fernando Valduga
              Editor Cavok Brasil

              • O problema é que o orçamento da FAB é sangrado para o pagamento de pensões injustificáveis amigo Valduga. A verdade é que nossas FA`s necessitam urgente de uma reforma previdenciária!

                Quanto ao custo de operação, concordo integralmente com o amigo. Se já seria difícil operar 36 Gripens, imaginem então 120 Rafales bancados pelo Pré- Sal conforme os mirabolantes planos dos apologistas do "Brasil – Putênfia"?

                • A Suíça esta entre os países mais ricos do mundo sendo que as cidades Zurique e Genebra são classificadas como a segunda e a terceira cidades com melhor qualidade de vida do mundo..

                  Se ela teve que abaixar o n. de caças imagina o Brasil que vai torrar todo dinheiro em Copa do Mundo e Olimpíada.

                  Se vier míseros 36 caças já será um milagre..

            • 120 Rafales! Informe-se, mesmo que superficialmente, sobre a situação do inventário que a Fab consegue manter.

              Deixe o mundo dos sonhos e conheça um pouco da realidade.

              O exemplo da Suíça, coincidentemente um dos paises menos corruptos do mundo, vem em boa hora para quem acha que orçamento não é importante.

              • Informe-se vc,

                A FAB planeja, sim, ter 120 caças novos no total.
                Quer 36 de lote inicial urgente.
                Agora concluir … são outros quinhentos.

            • a gente ja ta penando pra operar 50 F-5 e 12 mirage 2000, quem acha que vamos comprar 120 caças é um sonhador.

              • 52 amx + 12 mirages + 56 f5s = 120 jatos que daqui a alguns anos precisarão ser substituídos.

                • Os F-5 Mikes estão piores, mesmo depois de serem modernizados, poucos voam…
                  E não vi nenhum Mike desfilando no 07 de setembro deste ano.

        • Enquanto isso,

          A Republica Tcheca devolverá 14 e a Hungria, tbm 14.
          Vendeu 12 pra enorme Tailândia, que piada…!!!

          Jato ruim é bom mesmo pra alugar…!!!
          Não tenho inveja de jato pequeno sem alcance que está no mesmo nivel do Tejas indiano……. 😆

          Não saiu nota oficial da compra destes Gripens.
          Não soltem fogos gripenélopes histéricas…. 😆

            • Tradução do Google:

              Conselho Federal aprova compra de 22 caças Gripen
              2011/11/30
              O Conselho Federal decidiu adquirir 22 aeronaves de combate Gripen da Saab como um substituto para o F-5 Tiger desatualizado. Esta aquisição está sendo procurado com Armamento Programa de 2012 para o Parlamento.

              O Parlamento fez na sessão de outono de diretrizes para o desenvolvimento do Exército. Decidiu aumentar o orçamento para o Exército 2014-5 bilhões de francos para financiar um exército de 100.000 soldados, estoques, equipamentos para fechar lacunas e para reabilitar propriedades. Ao mesmo tempo, o Parlamento solicitou ao Conselho Federal a realizar antes do final do ano, a compra de novos caças no caminho. O Conselho Federal cumpriu esta ordem na sua reunião e decidiu procurar um substituto para o envelhecimento caças F-5 Tiger do tipo 22 Saab Gripen.

              Como um candidato para a nova aeronave de combate na Suíça foram três tipos de aeronaves para escolher: o Rafale da Dassault, a empresa francesa, o consórcio europeu EADS € de Fighter / Cassidian ea empresa sueca Saab Gripen. O VBS sofreu todos os tipos de três aeronaves, uma forma abrangente, a avaliação multi-ano. Verificou-se que todos os três modelos atender às demandas colocadas sobre eles e, portanto, como um novo avião de combate para a Suíça entrou em questão.

              A aquisição de novos caças é parte do desenvolvimento do Exército. Para VBS, isto significa que os contratos desse tipo no médio e longo prazo precisa de ser portátil. Necessário porque mesmo com um orçamento de 5 bilhões de francos Exército obrigatória poupanças adicionais serão fechadas e as lacunas de outros equipamentos tão rapidamente e de forma abrangente e propriedades devem ser reabilitados, ter considerações financeiras na seleção do tipo desempenhou um papel crucial.

              Com o Gripen, o Conselho Federal decidiu, em um avião de caça que atenda aos requisitos militares, mas também de médio e longo prazo para o VBS e do exército é acessível porque é muito mais barato, não só nos contratos que os outros dois aviões mas também dos custos operacionais. A decisão para o Gripen oferece uma garantia de que uma aeronave de combate de alta performance pode ser obtida, sem comprometer outras áreas do exército e os equipamentos necessários. Demonstrando assim a Bundesrat, que ele está disposto a investir em segurança do país, mas com isso fiscal e tendo em vista a sustentabilidade do sistema global. O Conselho Federal decidiu que, a Suíça não tem conhecimento na posição de mais alto nível europeu com relação ao desempenho da nova aeronave de combate.

              Saab tem – como a outras empresas e fornecedores – necessário para equilibrar 100% do valor do contrato para as ordens pela economia suíça industrial. Essas compensações permitem que a indústria suíça com acesso a conhecimentos avançados tecnologicamente em pé eo estabelecimento de relações comerciais de longo prazo. O Conselho Federal espera que a compra de novos caças, portanto, um importante estímulo para industriais e de investigação na Suíça.

              O Conselho Federal já encomendou o VBS para esclarecer a empresa juntamente com Saab e do governo sueco, das modalidades exactas de tal aquisição e buscar formas de otimizar o pacote dos contratos toda ainda mais. A VBS é submeter ao Conselho Federal em fevereiro de 2012 diversas variantes para a aquisição de 22 caças Gripen. Então ser aplicado para a aquisição do Programa de Armamento 2012 para o Parlamento.

              Implicações financeiras
              Para adquirir novos aviões de combate eo exército simultaneamente para financiar um acúmulo de 100 mil soldados e equipamentos para eliminar as lacunas e para reabilitar propriedades, o Conselho Federal, o Parlamento em 29 de Setembro 2011 encomendou para aumentar o limite máximo de despesas do Exército 2014-5 bilhões. Isso é cerca de 600 milhões a mais que o previsto no plano legislativo subjacente substantiva financeiras 2013-2015. Para financiar estes requisitos adicionais devem ou adquiridos receitas adicionais, totalizando cerca de 600 milhões ou o equivalente medidas de poupança será decidido. O Conselho Federal encarregou o FDF para apresentá-lo no início do próximo ano para a base necessária de suas decisões. Concomitantemente com a adoção da Embaixada armaduras 2012, o Conselho Federal das decisões substantivas para financiar limites de gastos aumentou ao encontro do exército e digite o modelo apropriado para a consulta. Uma mensagem para a federal. Conselhos poderia, portanto, fim 2012/Anfang ser definitivamente adotado em 2013. Um programa de corte de custos possível concebido como um referendo seria capaz decreto que legalmente associada à decisão de crédito na aquisição de aviões de caça. A ordem juridicamente vinculativo dos aviões seria somente após a tomada de decisões políticas por parte do Parlamento e fez as pessoas no máximo.

          • Sinto te informar mas a notícia já está confirmada. E olha que eu não sou apologista do Gripen e sim de que seja escolhido o caça que a FAB deseja, e não o produto de "escolhas político-etílicas"

          • tá parecendo um bebezinho fazendo birra, e como assim voce nao tem inveja? voce possui algum caça pra ter inveja de outro?

  6. Parabens Suiços,

    Ao que parece a racionalidade impera por lá.

    A escolha da FAB também levava em consideração os custos de aquisição e manutenção, mas para muitos isso não é importante.

    Com relação aos derrotados, mais uma para a coleção do Rafale….HASUHASHUUHAUHASHHAUH!!! 😀

    []'s

    • Só complementando:

      SE o Brasil tivesse escolhido em 2009 o Gripen NG: Diversas empresas brasileiras (Embraer, Imbra, Akaer, entre outras) estariam participando no fornecimento de componentes para esses Gripen NG Suiços. Mas aqui é Brasil-sil-sil-sil.

      []'s

      • Ainda bem que o Brasil não escolheu…
        Verdadeiro Amx II pra ficar no chão, com peças espalhadas por todo o mundo, verdadeiro milk-shake …!!! 😆

        • quem disse que nao escolheu, a competiçao ainda nao acabou, e o rafale é o que menos tem chance de ganhar, porque o pessoal da FAB nao quer ele

          • O F-20 como o Gripen são vetores perfeitos, bem em conta.
            Na verdade o melhor para o Brasil assim como foi para a Suiça é aquele vetor que o país possa adquirir e utilizar. Assim não adianta comprar aquela carcaça enorme da jaca francesa e estacionar no Pátio. Avião de caça para dog-fit não pode ir combater a 10.000 km. Para esses casos usamos a "transportadora". Utilizar o avião muito longe das bases vai expor este ao inimigo.
            Longas viagens custam muitos $$$. Ademais o Gripen de uma base central alcança qualquer ponto da América latina. Isto é suficiente.

  7. Agora já sabemos de onde vai vir o sucessor dos nossos Mirages…….da Suíça……..

  8. É verdade isso? A Suíça escolheu mesmo o Gripen sobre o Rafale e o Eurofigther? Eu achava que o Rafale ia levar essa, justamente por se a melhor e mais completa opção.

    Me confirmem, por favor, se eu entendi direito.

    • João, não sei se está sendo irônico, mas sim, o Gripen NG foi o escolhido pelo governo suíço, sobre o Rafale e o Eurofighter. Em tempo de crise, o que mais interessa é custo. E realmente a Suíça optou por tecnologia, mas com custo operacional menor.

      Enquanto uns são corajosos e tomam as decisões, outros ficam sem saber o que fazer e acabam ficando sem nada…

      Abraço,

      Fernando Valduga
      Editor Cavok Brasil

      • Fernando, de onde é a fonte que diz que a especificação escolhida foi a NG? Não encontrei nada até agora. E que eu saiba a especificação submetida era a do modelo C/D. Se mudarma para o NG houve novo requerimento/proposta?

        • Jonas, conforme respondi mais abaixo, em junho de 2010 a Saab designou como JAS39E/F o caça Gripen NG (Next Generation), conforme publicado aqui: http://cavok.com.br/blog/?p=13004, e a fonte foi a renomada publicação Aviation Week.

          Portanto, como a Suíça comprou o caça JAS39E/F, segundo a Aviation Week, eles então compraram o NG.

          Abraço,

          Fernando Valduga
          Editor Cavok Brasil

          • Em tempo: um cara do Forum Key Publish que traduziu o press release oficial do alemão, disse que a versão final era a C/D. Então não sei mais nada…

      • Não, pior é que eu não estava sendo irônico, acho o Rafale mais completo mesmo! Mas, demonstra justamente que esses dados de performance que muitos gostam de comentar na prática não são o mais importante sempre. Mais ou menos aquilo que a gente tenta dizer.

        Abraço!

  9. eficiente (não necessariamente o melhor) e mais barato, imaginem somando anos e anos de uso e treinamento…é um país pequeno, mas sério e já conta com F18…em termos de orçamento o nosso é de país pequeno infelizmente e a FAB é habituada com caça perna curta, acharia uma boa para nossa FAB, mas o problema dessa parceria não seria a Suécia logicamente, seria o Brasil mesmo. mas minha escolha mesmo seria o Flanker entre os "bão", o gripen no melhor custo benefício e o F18 no menor risco de negócio. apenas minha opinião

    • Luiz, minha preferencia para a FAB tambem e o Flanker. Mas concordo que a suica fez uma boa escolha pro orcamento deles e acho engracado que ontem mesmo tinha gente dizendo que os suicos estavam querendo o Rafale porque era o melhor caca tambem sobre o mar. Eu contestei avisando que a suica nao deve estar preocupada com uso do aviao sobre o mar e ja apareceu gente misturando suico com sueco so pra defender o Rafale, nem percebendo que eu tava falando de suico e nao de sueco… Por isso gostei do seu comentario bem equilibrado no meio dessa briga de foice que acontece por aqui, parabens

      • eu lí isso que mencionou, confundem cliente com fabricante, alhos com bugalhos…

  10. Eu disse aqui ou num outro site, que os gripens iam levar, enquanto as rafaletes disseram que era a Jaca já estava tudo certo assinado em cartório ahahahahahha

    É………….ahahahah

  11. Hmmm, Gripen NG?!? Ele nem estava concorrendo! O requisito era por uma aeronave em operação. Como isso mudou de repente?

      • Ah, ele menciona E/F. Entendi. Eu sei que as decisões são soberanas, mas "pra fazer o certo" eles não tinham que ter submetido nova proposta, e com isso dado chance para os concorrentes fazerem o mesmo?

  12. "E provavelmente também na dimensão política, porque a Suécia é um país neutro como a Suíça, não um membro da NATO. Que poderia ajudar a Suíça no futuro para manter-se independente em suas escolhas de alianças." especialista alemão sobre a escolha do NG pela Suíça…

  13. Vamos fazer a famosa conta de padaria, como faz um Jecatatu sueco na Gripelandia.

    22 Gripens por 3,200 bilhões de dólares…
    Cada aeronave saiu por 146 milhões de dólares…

    Nada mal pro jatinho mais barato do planeta recusado na India.
    Mais caro que o Rafale e o Typhoon.

    Como são burros os suiços…rssss

    • Putz,

      Pagar U$ 146 milhões dólares por um jatinho perneta que não suporta muito armamento.

      • é, mas se eles estam pagando deve ser bom, afinal eles olharam o caça de perto, e voce só acredita no que quer

        • Se eles olharem bem de perto o pequenino, verão que não vale a pena gastar US$ 146 milhões.
          Suiços são cegos…rssssss

        • Não vale a pena gastar US$ 146 mil nesta aeronave, mas como a Suiça é um país pequeno e rico…

          Tá de bom tamanho pra eles.!

    • Verdade sao muito burros… com o Rafale e o Typhoon custando menos nas contas de padaria que voce fez eles escolheram justo o Gripadinho… So nao entendi que na nota oficial eles dizem que o Gripen era o mais barato. Sao uns mentirosos esses suicos

      Estou com muita curiosidade e pra saber as contas de padaria dos outros dois concorrentes!!!!

      E logico que esses 146 milhoes incluem outras coisas e que os outros dois iam custar ainda mais caro que essa facada. Fanatico nao consegue pensar com logica e nega a realidade.

      Por isso eu digo que se e pra gastar tanto dinheiro assim com caca europeu, tem mais e que olhar mais pro leste e comprar Sukhoi que e muito mais caca pelo dinheiro que se paga.

      • Meu deus do céu. O rapaz ali disse conta de padaria, não entendeu???

        É uma continha simplista que mostra o tamanho da inteligência da pessoa que a faz.

        Você não entende absolutamente nada do que está sendo vendido. Não é dividir o total pelo número de aeronaves, nem vou perder tempo.

        A inclusão digital é uma porcaria mesmo. Ai vem um indivíduo desse e diz que os Suiços são mentirosos???

        Verdadeiro e honesto deve ser o Santo LULA este homem deve ser imortalizado, acho que deve ser a própria reencarnação de Cristo no Brasil.

        • Elizandro, sera que todo mundo que faz uma ironia na internet precisa escrever "modo ironico on" e "modo ironico off" pra alguem entender???

          A inclusao digital realmente e uma porcaria quando as pessoas nem prestam atencao no que leem. Veja novamente o meu comentario.

          Acredito que voce tambem esta sendo ironico como eu fui no meu comentario quando voce fala de Santo LULA etc e nem precisei que voce colocasse "modo ironico on" para entender isso. Ou nao esta sendo ironico?

          • Aproveitando, ja saiu num novo post aqui dizendo os valores do caca escolhido pelos suicos era praticaente 1 bilhao mais barato que os outros dois, entao o rapaz ali que fez a tal conta de padaria, e voce falou que eu nao entendi, pode agora fazer a conta dos outros dois, como eu desse que tinha curiosidade.

            E repito o que tinha escrito antes "E logico que esses 146 milhoes incluem outras coisas e que os outros dois iam custar ainda mais caro que essa facada. Fanatico nao consegue pensar com logica e nega a realidade."

            Ficou facil de entender agora, nesse trecho que o modo ironico esta "off"?

    • Mamma mia…
      $$ 146 milhões dólares…que absuuuurdo !!
      Muito caro pra um Gripin.

    • Eles mesmos afirmaram que o motivo principal foi o custo de aquisição e manutenção a longo prazo.

    • Vdd os suíços é que são burros.. qua, qua, quá.

      Desde de garoto ouço dizer: "O Brasil será uma Suíça no futuro."

  14. Quando a escolha é pelas qualidades do produto e principalmente pela economia de operação/manutenção e levando em conta ainda o tamanho do território do pais não poderia dar outra. A escolha de um avião pequeno tem muitas vantagens. Bom para a Suiça, bom para todos pois assim sempre haverá mais uma opção no mercado. O rafale é jaca-chumbo, mas pesado…pesado…

    • ERRATA – O Rafale não é jaca é uma carroça lotada mas lotada de melancias…muitas melancias..

      • O Gripen é um carrinho de nenen, só cabe país nanico nele… Ç 😆 😆

        • Boa Muito boa. Lembrei do velho ditado – melhor ouvir isso do que ser surdo – ou melhor ler isto do que ser cego… Quem é o cego – quaquaqua… – Gripen um motor – F/A-18 2 motores tanto um como o outro servem bem o brasil.. Francês só vinho

          • Em breve os indianos vão beber vinho francês…. 😆
            Nem Gripen nem F18 agradaram !!

            • kkkkk, vou dar muita risada de voces quando for o contrario, como estou dando risada agora, e como dei ridada quando o sheik dos EAU disse que o rafale era impraticavel, aceita meu amigo, o rafale é uma verdadeira jaca.

    • Rep.Tcheca e Hungria não compraram seus Gripens -> Leasings -> devolvidos 2015 -> Prático e mais Simples !!

    • O "melhor" é o mais apropriado – Gripen o mais apropriado para a Suiça …..mais apropriado para o Brasil…. mais ….

      • Brasil é enorme, precisa de caça melhor, de longo alcance e dois motores.

        Gripen pequeno pra Suiça pequena…nada mais justo.

        • Cruz credo,
          Gripen não serve pro Brasil.!
          País grande merece caça bimotor de longo alcance.

          Rafale ou Su-35 ou Fx-3.!!!

        • Seguindo seu raciocínio pelo tamanho dos teatros de guerra "dUSAmericanus" eles deveriam usar caças com vinte motores, pois estão em guerra em todos os locaias do globo..

  15. Gripen E/F=Gripen NG.

    Então temos a primeira venda (exportação)do caça de papel,autocad e etc.

    O avião que não existe foi comprado pelos suíços enquanto isso a JACA que tem 25 anos ainda não foi exportada pra ninguém!

    HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!!!!!!!!

    • melhor, o caça que nao existe foi vendido antes do rafale, agora uma pergunta, onde esta o francisco AMX com aquela ideia de que o rafale ia vender 600 unidades?

      • estou aqui, pode vender, agora, só 578! 🙂
        ôh querido eu falei que ia vender ou que podia vender? as 2 coisas, aparentemente, podem te confundir… mas são coisas diferentes, poder e ser! 🙂

    • O Jackson para de falar BOBAGEM.

      Vendas Gripen NG = 0

      Isto foi venda de ocasião de uma variante atualizada do JAS 39 Gripen, para fornecer a Suíça já em 2015 simplesmente não dá tempo para certificar uma AERONAVE NOVA.

      A aeronave que foi avaliada a dois anos atrás na Suiça foi o JAS 39 Gripen C/D. E os suíços deixaram mais que claro que não vão financiar necas de pitibiribas.

      É uma venda de prateleira de uma aeronave projetada com peças off the shelf…

      Não é exatamente a versão C/D para aproveitar as novas peças que estão nas prateleiras do mercado…

      ha ha ha… me poupem de tanta marketagem sueca….

  16. Isso fortalece o Gripen no FX-2, a princípio.

    E complica o Rafale.

    O F-18 não precisa mostrar nada a ninguém.

  17. Uma notícia surpreendente! Até achei que era pegadinha..rs! Mas é como dizem, foi uma decisão racional.

  18. Qual o motivo de o Brasil ter como fator decisivo na aquisição do FX-2, a transferência de tecnologia?

    Com certeza não é dar um Ctrl-C + Ctrl-V no Rafale; SH ou Gripen, e sim adquirir capacidade e know-how no desenvolvimento de aeronaves de ataque.

    E nesse ponto de vista, não existe em nenhuma hipotese, desvantagem no equipamento da Saab, muito pelo contrario, seria uma otima oportunidade de desenvolvimento; aprimoramento; sofisticação; análise; benchmark e estudos de tecnologias para fazer com que o Gripen se equipare aos equipamentos adversários.

    Simplificando: Se comprar o equipamento TOP não há opportunidade alguma de desenvolvimento, pois já é o que há de melhor. E a melhor arma bélica foi construida, com o preço de muito sangue de herois. E nenhuma nação entrega o sangue de seus heróis, por valor ou interesse algum!

    • Belo discurso mas é só isso. O melhor é um conceito não um objeto.

      O Gripen é melhor pois… é o mais avançado – Muita gente esquece que várias e importantes inovações foram produzidas na Suécia – um ex. e o data-link – funcional lá há mais de 40 anos antes de qualquer lugar – mesmo Israel ou EUA. Na Libia há quantos KM ficavam as bases da OTAN !!

      • Avançado nada…

        Sem exageros meu camarada, tomou um belo pau na India com radar deficiente e péssimo desempenho.

        • heheheheheh brincalhao, eu nao li oficiosamente as comparaçoes sobre isso, porem acho q vc esta exagerando.

          Pelo q sei e li aqui e acola, o maior problema nos comparativos foi q a versao NG nao foi levada para esta comparçao. Por certo q o seu radar AESA tbm nao foi e isso nao permitiu comparaçao aos outros avaliados.

          Pisou na bola hemmm ao dizer q o radar do Grippen tem pessimo desempenho………esta comparando oque com o que ????

          Aproveita e mande uma msgn aa Suecia e diga pra eles jogarem fora toda a sua força de Grippen no lixo.

          Tvz vc nao saiba q o Grippen, mesmo na versao c/d eh o unico dos caças presentes hoje no mundo q graças a abertura de seus sistemas, permite a total integraçao de armamentos de qualquer procedencia a um custo baixissimo (veja a gama das armas q sao testadas e suas origens, adivinha qual a aeronave usada para isso ?? pqe heemmmm //).

          Convem vc ler mais a respeito e assim tera mais cancha pra postar seu comentario .

          Sds

          • São tão versáteis e custos baratos, que não voa na Africa do Sul. Dois países alugaram pra não comprar e outros preferindo o velho F-16.

            Saiu nota nos jornais indianos, dizendo que o Radar do Gripen era realmente deficiente.

            Seu comentário não convence nem um pouco, acredita demais em marketing mentiroso sueco.

            • Wilson,

              o q tem a ver o meu comentario com marketing ??? eu nao escrevi para convenver ninguem, afinal penso q todos temos nossas opinioes e assim sendo procuro respeita-las. Alias, nao fui eu q inventei estas informaçoes q postei acima, pelo contrario, as mesmas sao de dominio publico bem publicadas e discutidas aqui mesmo.

              Portanto considero as mesmas de credibilidade 100 %, pesquise mais a respeito e entenda bem o q escrevi, ler e escrever a maioria sabe, porem interpretar eh outra historia.

              Alias, gde coisa q nao estao voando la SAAF, estes nao motivos para grondear uma força no chao, afinal crise financeira e mundial e caso vc nao saiba a sua, a nossa FAB esta na chao a muito tempo, somente q aqui sao Mirage 2000 e F5EM……q inveja dos Sul Africanos rsrsrsrsrs

              Sds

          • Já foi homologado, está prontinho, falta pouco pra entrar em operação.

            • Kurt,

              Aprecio o seu ponto de vista e escolha, afinal, o q seria do verde se todos gostasem do azul rsrrsrsrs.
              Para saber mais a respeito do radar AESA (italiano c vc frisou ) basta comprar a revista Força Aerea q ainda deve estar nas bancas e ai vc tera uma otima reportagem sobre o assunto radar AESA (inclusive q ele nao eh so Italiano – THALLES-GALILEO.
              Qto ao AESA do Rafale a sua pseudo informaçao ta furada vc deve estar lendo informaçoes de hum ano atras rsrsrs, alias a mesma ja esta em uso.

              PS; nao sou apaixonado por escolhas e acredito q cada um tem o dever de fazer as suas , inclusive as politicas (infelizmente)

              Sds

  19. Prezados senhores,

    Para a nossa FAB seria um caça realmente com perna curta.Já estamos acostumados com o F-5M, espalhados em bases pelo Brasil. O Gripen NG ainda está no papel, e ainda não se pode taxar o valor de cada avião.Realmente falando de preço, U$146 milhoes de dolares,é muito caro para caça de sua categoria.Ainda prefiro o FH-18 com um preço mais acessível, do que o Rafale, e menos arriscado que o Gripen NG.

    Abc

    Paulo

  20. É , pois é, mais uma vez, a vaqca da ga´lia foi para o brejo, mais isto com certeza, dirão "alguns" deve ter sido alguma armação dos americanu bobu, expoliadores, que mais uma vez alijara o top hiper foderation, el grnad libertador de los ares Rafale, pois é …Jesus tá vendo tudo….

    Grande abraço

  21. Excelente notícia para o Brasil..

    Vamos ter mais caças F-5 Tiger novinhos e também Gripen NG (daqui a trinta anos)..

    • (ou quarenta anos) mais novinhos também, pois como a Suíça é um país pequeno e são muito caprichosos, serão os melhores Gripens do mercado no futuro..

  22. Ontem mesmo estava lendo o pessoal vibrando aqui, falando que o Rafale tinha levado essa, que era o melhor caça pra proteger os mares suiços… Talvez, depois que a Suiça anexar ou a Itália, ou a França, ou a Alemanha!

    Uma escolha racional, levando-se em conta o custo-benefício. Se o Brasil fizesse mesmo a encomenda de 120 caças, como é o propósito final do F-X2, valeria a pena pensar com mais carinho no Gripen.

      • É por isso que ele disse que teria de anexar França, Itália ou Alemanha… capiche?

      • Leo,

        foi uma brincadeira com um colega que falou que o Gripen não servia pra Suiça, por não ter versão naval… Tanto que falei, em tom de brincadeira, sobre a Suiça invadir os vizinhos que possuem costa, repito, em tom de brincadeira, fui irônico.

  23. É melhor a frança rever as suas estratégias de venda pois está perdendo todas as licitações de que participa …. podiam começar abaixando o preço de seu avião para um patamar mais realista e deixar de ser tão arrogantes assim afinal o cliente tem razão, e não o oposto ….

    • Existe um limite até onde dá pra baixar. Um Rafale nunca vai custar o que custa um Gripen, a não ser que seja subsidiado, ou seja que o governo francês tire do bolso pra pagar o preço que os outros querem. Milagre não dá pra fazer. O que dá é pra oferecer outras vantagens. Ou tentar levar pelas capacidades superiores, ou as duas coisas, que é o que estão tentando na Índia.

      • Será que não dá mesmo para baixar o preço do rafale? Não me lembro do preço exato do avião, mas sei que é um dos mais caros que tem por ai, sendo igual ou superior a aviões de capacidade superiores a ele (infelizmente não tenho fontes sobre este assunto para lhe mostrar mas se me lembro bem recentemente o EAU negou-se a comprar o avião pois diz que é muito caro pelo que oferece). Preço de produto depende de vários fatores, e a necessidade é um deles, afinal do que adianta ter um produto maravilhoso encalhado que não dá retorno ao valor investido na sua produção? Na minha opinião a fabricante do avião é orgulhosa e tem medo de abaixar o preço pois pode iniciar um processo de depreciação dos seus produtos ….

        • Superior a ele quais? Que eu saiba os Emirados ainda não desistiram de comprar. Que eu saiba estão negociando as condições só negociam com a Dassault

  24. Estou precisando melhorar minha percepção, sempre achei a Gripelandia fosse outro blog.

  25. Ôpa! se isso se confirmar, e a Suiça entrar no negócio para "garantir" o orçamento do NG, que bom! começo a olhar diferente o negócio! mas ainda resguardo a tese de que, se querem economia, com caça de 4,5 geração, que considerem seriamente o F-16 mesmo (mas como ele não está mais no FX-2…), porém é muito melhor que existas outros interessados no NG, pois ele ainda "corre risco" de equipar a FAB, então, quanto mais gente melhor…

    Porém mais uma coisa confirma, para mim, que o Gripen não passa de um avião de nixo, não um caça completo e altamente capaz, que faça diferença estratégica ou mesmo projete poder e capacidade de dissuasão, mas sim um caça para quem quer gastar pouco (onde tenho minhas dúvidas se é pouco mesmo, explico mais adiante…)… mas como venho dizendo… mágica não existe! e o Gripen E/F não será mais que um F-16B60, mas custando mais… para mim nada de estranho um país operador de F-5, com área de estado brasileiro,optar por um F-5 do anos 2000! 🙂

    Parabéns a SAAB que levou mais este pequeno país para seu Port Folio! 🙂

    sds aos Gripeiros!!!!!!!!!!

    • Caro Chicão,

      O Gripen NG, apesar de "menor" será muito capaz. E a um custo menor. Se o negócio é projetar poder, tem que ser F-15E ou SU35Bm hoje, e PAKFA ou F-35, amanhã. 🙂

      Rafale e Typhoon podem ter mais carga paga e um pouco mais de alcance, mas vale a pena? Não na minha visão. 😉

      []'s

      • Nick, não é só alcance não, não é só carga paga… principalmente em se falando do Rafale… mas relax! curte a vitória do Ng na Suiça! 🙂

    • Concordo com você caro Francisco, por mais que eu goste deste avião ele não é adequado para o Brasil por causa de seu tamanho menor … precisamos de avião grande por causa das peculiaridades geográficas do Brasil.
      Mas o Rafale não quero nem banhado de vinho francês kkkk

  26. The purchase of Gripen might not mean that we get the best fighter plane in Europe. But we'll have a plane that meets our expectations – and we haven't planned to break any world records in this area,” said minister for defence Ueli (Ulrich) Mauer said at the press conference.

    Se os Gripen maníacos querem cantar de GALO com uma venda dessa, estão convidados…

    Quero um pouco mais que isso para a FAB e o Brasil…

    • Caro Gilberto,

      Também quero um pouco mais do que isso para o Brasil. Mas no meu entender, nem o Rafale, nem F-18 E tem melhor relação custo-benefício, e trariam vantagens.
      Em uma situação IDEAL e HIPOTÉTICA, a FAB deveria ter um força baseada em 2 caças, um Hi e outro Lo. O Gripen NG seria o Lo, e o Su-35Bm e posteriormente o PAKFA seria o Hi.

      Agora, Não adianta querer Rafale e nem ter condições de operar F-5EM. O Gripen NG, traria um grande avanço, e sob o aspecto de operacionalidade o que traria menores riscos. Mas é uma visão minha.

      []'s

      • Muito menos operar este Gripen, custando quase $150.000.000
        O louco meu, quebra a FAB !!

      • "Mas é uma visão minha."
        é por esta e outras que tu tens meu respeito! e de muitos outros aqui!

      • Nick, concordo com você, um mix hi-low seria o ideal e é o que as grandes forças aéreas do mundo utilizam… eu acho o Gripen ideal para o low pois, inclusive, ele poderia trabalhar em sintonia ideal com nossos R99 Eyerey (não sei se escrevi correto)que também são suécos. Quanto a alcance é para isso que existe revo.

    • Gilberto:
      A Suíça fez uma escolha racional, tendo inclusive observado a questão da operação do vetor. É um raciocínio a ser aplicado no Brasil, onde a maioria do orçamento da FAB é gasto com o pagamento de pensões absurdas sem falar nas verbas sempre contingenciadas. Nesse sentido, adquirir e operar 36 aeronaves monomotoras como o Gripen já seria uma empreitada hercúlea. Imaginem então 120 Rafales. De onde viriam os recursos? do Pré-Sal? Pode esquecer! Os recursos do Pré-Sal invariavelmente serão engolidos por emendas parlamentares sem motivo ou irão escorrer pelo ralo da corrupção.

      Sinceramente defendo que seja escolhido o caça desejado pela FAB, seja lá qual for o modelo, e não o da simpatia do presidente ou o que for selecionado por critérios "político-etílicos". Nesse espírito seria interessante ter vetores que podem projetar poder como é o caso do Rafale e do Super Hornet. Contudo, se a realidade apontar na direção do Gripen, é o que teremos que voar afinal o "Brasil-Putênfia" desceu a rampa no dia 01/01/2011.

    • Grande Gilberto,

      Sem dúvidas o Gripen é muito inferior na Europa.
      O Brasil quer melhor do que isso.
      Tá de bom uso pros Suiços e pros Suecos.

      • É, todo mundo está vendo que o Gripen é muito inferior ao batmóvel.
        Nenhum avião vai ser o melhor de todos em tudo. É inferior em alcance e em Radar? Então deviam ter escolhido o Eagle!

        Vão dizer que os suíços não sabem o que é melhor pro país deles?
        É provavel que as necessidades deles sejam as mesmas da suécia, coisa que o Gripen preenche muito bem. Não estão preocupados em "desviar de mísseis" ou bater recorde de carga máxima como dizem os supertrunfistas da web.

        • Toda a força aérea planeja compras e logísticas com base em orçamentos previamente calculados. Só na internet as pessoas acham que podem escolher o "melhor" caça e pagar com dinheiro do pré-sal ou tirando dos Banqueiros.

          • O que acha de um Gripen custar US$ 146 milhões de dólares??
            Pra voar no Brasil, só com pré-sal mesmo.

            • Sim, mas esse não é o preço do avião em si, temos que saber o que mais o suíços estão comprando. Pode ser infraestrutura, armas, treinamento, equipamentos de manutenção e etc.

              Quando a FAB comprar os nossos, não vai ser só noventa milhões cada Rafale e pronto, muita coisa extra vai ter que ser paga junto.

              Pra quem gasta 55 milhões por um helicóptero antigo modernizado, montado aqui e para o qual já temos a infraestrutura e experiência esse valor pode nem ser tão alto como parece.

            • Jigson,

              As vezes eh dificil separar a paixao da razao e no seu caso por tudo o q vc escreveu ate agora so pode ser paixao mesmo .
              O q vc acha do mesmo Governo Suiço ter informado q no caso a economia diretta eh de 1 bilhao de francos suiços ????
              Sera q vc entendeu mesmo o assunto ??? com toda a certeza neste valor estarao inclusos centenas de partes, armamentos, ferramentais, treinamento, etc….
              Pense um pouco mais para nao fazer conta de padaria OK ??

              Sds

              • mas só inclui-se "isso" – arams, treinamento, compensações… etc..etc.. no Gripen? caso eles tivessem optado pelo Rafale,teriam de buscar o avião lá na França! limpinho, sem armas, sem treinametno.. etc.. etc? é isso? olha que a conta de padaria aqui não é só nossa não! aliás este tipo de continha é inerente a gripeiros! estes sempre apelaram para a calculadora de padaria, para enaltecer o "jargão" Gripen vale por 2!….

                • Francisco,

                  so para vc entender o meu racionio, vcs q aqui escrevem muito mais eh q costumam usar o termo conta de padaria, portanto achei ateh engraçado resumir o assunto c esta tirada.
                  O q leio e vejo ja ha mais de 5 anos eh q nada do q se escreve ou se publica a respeito faz juz a verdade absoluta.
                  O q posso deduzir neste valor aceito pela Suiça, eh estao falando do valor final de venda como chamamos ¨¨¨porteira fechada ¨¨.
                  Entao precisamos saber se a oferta da concorrencia atendeu o mesmo principio e neste caso acredito q sim.
                  Consideremos em principio q a Suiça ja tem o valor total de compra com todas as partes relativas a off set, armas, manutençao, turbinas adicionais e centenas de outras coisas q nem posso me lembrar agora.
                  A continha eh de dificil conclusao para mim e acredito q para vc tbm, afinal somos tao somente amadores nestas questoes bilionarias no ramo de equipamentos militares q trtam de assuntos e interesses q bem poucos imaginam…….
                  Como sempre escrevi, nao importa o q vira ao Brasil , se vier sera otimo (q seja rapido), c certeza a nossa FAB fara bom uso, so nao quero ter q pagar conta absurda e ter q ficar com um caça pelado como os que ja temos hoje q nem misseis adequados teem(nao dao nem pra saida)..e voce ???
                  E qto a nossa defesa anti aerea :??? alias, nem a marinha possue uma defesa de suas belonaves adequadas, estao prontos para serem afundados num embate eh isso q temos q discutir mais por aqui, afinal sem q possamos negar o uso do espaço aereo a outras aeronaves de nada valem estes pseudo 36 caças para a dimensao de nosso Pais.

                  Sds

      • O que o Brasil quer ele ainda não definiu. Estou convencido de que pela Dilma ela fecha com o mais barato sem nem olhar duas vezes, e vai se preocupar com "coisas mais importantes"

        • O caça mais barato é o usado.
          Certamente a Dilminha vai aprovar compra de caças usados.

  27. Bom o que importa é ue em país sério as coisas acontecem.

    Parabéns ao Povo Suiço.

  28. Lendo VÁRIOS comentários percebe-se que a GRANDE maioria dos que escrevem NÃO TEM NOÇÃO NENHUMA de como estão HOJE as Forças Armadas Brasileiras.
    Então falar que o GRIPEN é "pouco" para o Brasil é uma tremenda BOBAGEM!!!
    Hoje estamos operando "meia dúzia" de F-5M (projeto da década de 70) a "pau e corda" devido a dificuldade orçamentária, então me EXPLIQUEM por favor como a FAB vai operar um RAFALE? nem 12 conseguem ser mantido nos dias de HOJE!
    MEU SONHO MEGALOMANIÁCO SERIAM F-22 + F-35…UMA CENTENA DE CADA…mas nem no sonho isso daria certo…o governo logo logo vai inventar um imposto para sonhar…hehe
    Realidade da FAB é sim o GRIPEN…com muitoooo suor uns SH…Rafale nem para 7 de setembro!!!

    • Você está completamente certo. Os F5 já estão parados imagina os Rafales? Tem que ser o mais barato mesmo e pronto. Tem muita gente falando besteira sem ententender nada das necessidades da FAB. Tão querendo escolher um caça porque é mais bonitinho ou sei lá o que. AS COISAS NÃO SÃO TÃO SIMPLES ASSIM NÃO. E se a FAB não quer o Rafale então ta decidido e ninguem melhor que eles pra escolherem.

    • Muito realista teu comentário.

      Parabéns.

      Quanto ao Brasil, a força aérea sabe o que pode e o que não pode operar. Sabe a REALIDADE que vive e os meios que são necessários para cumprir uma missão sem ter que deixar os recrutas sem rancho ou o resto da frota no chão. Sabe as ameaças que se apresentam e a maneira de contornalas sem delirios de Brasil potência.

      A equipe que esta no poder a 9 ou 10 meses dificilmente estaria ai no momento em que a primeira aeronave seria entregue, porém a força vai ter que operar por 30 anos com elas e, eventualmente se tiver que cumprir uma missão real, com certeza prefere ir com pilotos treinados para a guerra a treinados em passagens meio baixas em portões abertos ou na decoréba dos manuais.

  29. Então a Suíça comprou o NG, ahahahahahahah Ué não é o caça do AutoCAD??
    Suécia e Suíça já abraçaram, enquanto a Jaca…….bem a Jaca ahahahah

  30. NOTÍCIA!
    um "passarinho" me contou que ainda não é certa a versão a ser comprada pela Suiça… ainda será negociado se será o NG ou a versão C/D… tomara que seja o NG mesmo!

    Sds!

    • A depender de negociações Chicão! Tomara que seja o NG mesmo…

    • Não sei que é esse passarinho, mas eu deduzo isso de toda a situação que se apresenta. A Suiça provavelmente vai ser ofertada o mesmo que a Suécia resolver fazer para o E/F e então vai decidir com base nisso. Se no meio tmepo o Brasil se definir pela porposta que for apresentada isso vai pesar na configuração final também.

    • Francisco,

      Apesar de nem sempre achar teus comentarios ponderados, as vezes sou obrigado a te parabenizar por ponderaçoes como esta.
      Suas razoes ou preferencias teem e devem de ser respeitadas e na minha visao aprecio sua preferencia pelo Rafale.
      So nao concordo c o exagero e algumas vezes agressividade em externar as mesmas.
      Pelo certo ou pelo errado a verdade eh q nosso Pais esta a navegar sem rumo e sem timoneiro a muito tempo e infelizmente temo pelo nosso futuro. Eh certo q nao precisamos de nenhuma aeronave de combate para voar 10000 Kms e para isso tanto faz se tem 1 ou 2 turbinas, mas isso eh outro inflamado debate…certo ?? rsrsr
      Pior q isso Francisco e nosso Pais nao ter uma defesa aerea condizente c suas riquezas e tamanho……quem vai defender isso tudo ??? 36 caças ???? eh uma utopia neh….primeiro deveriamos negar o uso de nosso espaço aereo e depois pensar seriamente em ocupa-lo com nossos caças……enfim…….
      Mesmo assim teu comentario ensejou uma melhor escolha por parte dos Suiços sem nenhum ranço ou maldiçao ..rsrsrsrrs eh isso q o torna diferente da maioria, vamos q vamos sempre para o bom debate e q venha sempre o melhor para nos.

      Sds

  31. A meu ver a questão técnica é realmente prevalente. Um país notadamente não alinhado e não agressor, como a Suíça, com sua dimensão, tinha mesmo que optar pelo Gripen. Todo o adicional que advém de modelos bimotores, em desempenho, é desnecessário para um país com a dimensão da Suíça. Tecnicamente o Gripen cumpre tudo que a Força Aérea Suíça requer e é o mais barato na aquisição e manutenção alongo custo. Escolha óbvia.

  32. Não tem F-20A vamos aprender com o Gripen NG C/D – ou mesmo o E/F. Não esqueçam que os suecos em matéria de defesa são uma especie de Israel lá nos confins do norte da Europa. Estes mantiveram sua neutralidade e capricharam nas questões de defesa. Veja como não tinham parceria nenhum grande pensador francês foi por lá atrapalhar… Produziram uma inovação copiada pelo mundo o Data-Link. Gente quem tem data-link não precisa de uma melancia gigante para voar estão sempre com o conhecimento total do campo tático. e outro entretanto se quizer fazer 10.000 km uso o REVO.

    • F 20A – vc tá falando do Tigershark? Não conheço nenhum outro com esta designação.

      • Claro. O negócio é o seguinte: A EMBRAER com os planos do F-20A produz o caça(inha) e vende prá todo lado. Assim vamos aprender um montão de coisa. Próximo passo fazer um caça grandão (o que é bobagem) 10 ton. vazio 4/5 mil de autonomia. Até lá o pessoal por aí já terá dominado muita técnica, tipo radar, controles e etc. Lá na FAB tem que colocar também uns PC para controlar a folha e as despesas, mas isto é outra estória.. (O F-20A dará um super-treinador não é.). Pelo que se viu nas RED FLAG o tamanho do F-5E incomoda um eito. Que Tal. O pessoal das jacas de bordeaux não ficaram muito satisfeitos com o nanico F-5E… Levaran lenha nas guampas..

        • Chega de F-5..E nem de ideia deste tipo pois logo vão querer ressuscitar o quatorze bis..

  33. Tentaram menospresar os Suecos e acabaram realçando suas capacidades,ao dizerem que o gripen e´um remendao de produtos ingleses,espanhois, alemaes,marcianos e klingonianos,acabou demostrando a capacidade de projetar,fabricar e GERIR um projeto vencedor como o GRIPEN. Para a suiça ele cai como uma luva,de facil manutençao,baixo custo operacional,pousa ate em lage.A pior bola fora sueca foi nao desenvolver este projeto,deveriam ter lançado versoes de perna curta e media,sem alardear que se tratava de um caça totalmente novo,deram mancada!

  34. Caramba uma noticia impressionantemente!!
    Mas, muita calma nessa hora, assim como o JF-17 foi escolhido no Paquistão e nem por isso ele é lá grande coisa, o Gripen por ser escolhido pela Suíça também não ganha atestado de qualidade superioridade ao EF-2000 e o Rafale. Infelizmente a Suíça se preocupou mais com o preço que com a qualidade, mas seja como for o Gripen não é um caça ruim principalmente quando avaliado em combate aéreo (onde demonstra ótimos dados técnicos). Para o Brasil já não gostaria ainda prefiro o Rafale ou mesmo o SH que são caças muito mais completos e modernos, mas se por um infelicidade vier o Gripen não vou chorar talvez reclamar, mas chorar não… rsrsrs
    Mudando um pouco de assunto, afinal será mesmo o Gripen E/F (NG) o escolhido? E ser for ele (NG) será apenas com o motor modificado e avionicos melhorados? Mas ser for isso estaria muito diferente do proposto para o Brasil.
    sds

    • Caro Carl94fn,

      A resposta do Chicão me parece clara. Mas eu diria assim: Se você pode ter o NG, para que comprar o C/D? Somente compraria o C/D se não houvesse tempo hábil para os NG ficarem operacionais. E a própria SAAB no FX-2 brasileiro afirmou que acelariam o programa caso o NG fosse o escolhido pelo Brasil. Então, pela lógica o primeiro usuário da versão NG (agora E/F) será a Suiça.

      []'s

  35. Mais de 150 posts!!! Que vontade de colocar um bem polêmico para ver esse numero dobrar rsrsrsrsrs. Mas acho que é melhor esperar para ver, não é? E vai voar junto dos F/A-18 que ela já tinha…

  36. 146 mi de dolares por um caça leve, é melhor a embraer fazer o nosso frankestein, sai mais barato, uma mistura de F5 com AMX e aviônica israelense, no mais fico feliz pela suécia e suiça, se comprarmos um caça de verdade como o rafale ou o Su 35 sabemos que esses dois não são capazes de nos invadir , põis não teem autonomia e nem armas embarcadas suficientes.

  37. Pura vergonha , a FAB esta atrazada que ate hoje nao escolhe nenhum supersonico !
    a suiça deu o pulo e escolheu o NG GRIPEN , eu digo parabens a suiça !
    e agora congelou-se o RAFALE , acho que quem vai optar é a FAB pelo rafale , para dar o apoio a frança , pelas outras compra já feita de submarinhos SCORPENE e os SUPER COUGAR , todos com ambos de trasferencia da tecnologica .

    E agora na opinão de voces , qual caça sera que a FAB vai levar ou sera que nunca e tchau no FX-2 e abrir o FX-3 ?

    abraço galera !

  38. Parabéns ao Gripen e a Gripelândia. A Suiça, um país neutro, que nunca entrou em Guerra com ninguém, nem com o Vaticano, deve ter um caça a altura de suas ambições. Em tempos de crise econômica, nada mais acertado do que gastar Francos Suiços em um equipamento mais barato possível, um tampax, para Suiço ver. Agora, os F5E II devem vir pra FAB 😀
    [ ]s

  39. Esta notícia pode diminuir as chances do Gripen NG no FX2, uma vez que a Suiça deve pegar grande fatia do queijo Suéco. Embora o Brasil seja territorialmente infinitamente 😀 maior que a Suiça, temos uma Força Aérea menor. O território, a dimensão mundial do Brasil exige algo melhor que o gripen, porém o tamanha, dimensão da FAB só cabem os Gripens. Infelizmente, ainda mais com estas suspeitas de corrupção na Força.
    [ ]s
    Pelo menos os Suiços tem um caça novo para sua Força. Possivelmente, não é o melhor, mas o que cabe no bolso dos Suiços. EU acho que é uma espécie de tampax até dias melhores na fábrica de relógios, canivetes, chocolate e paraíso fiscal.

    • Wolfie:

      Não adianta sonhar com 120-200 Rafales. Isso é delírio dos apologistas do "Brasil – Putênfia"

  40. E melhor superhipermegacaça francês de 4/6 geração, batedor de Raptors e ração de Phantom´s perdeu mais uma, e pra um caça de papel!

    Tá sem moral hein?

  41. Rafale perdeu outra é??? Parece que a Gripenlandia estava certa né????

    Bom pra mim deu a lógica, os suiços parece que não são tão fans dos caças franceses, sempre achei estranho eles preferirem o F-18 ao Mirage-2k, que p/ mim seria a escolha mais lógica, deve ser o pós-venda deles.

    []s

  42. Parabéns a SAAB e ao Gripen,

    Não devo esconder que tenho como preferência o caça francês para o Brasil, por vários fators que não cabe enumerar neste post.
    Quano a escolha do Gripn na Suíça, era a escolha mais óbvia, o Rafale e o Typhoon são aeronaves caras de manter e operar, mas não significa que são inferiores ao Gripen por que perderam na Suíça.
    A escolha da Suíça foi estritamente financeira, pois o avião monomotor é indiscutívelmente mais barato de comprar, manter e operar.
    Com certeza, esta compra é muito bem vinda para a SAAB, para provar que seu avião nao é de "Auto-Cad", e mostrar definitivamente as qualidades de seu avião.

    Abs, AntiAereoDaSailva

  43. Engraçado agora o Gripen E/F ser igual ao Gripen NG…

    E o papo que o Gripen NG era um avião TOTALMENTE NOVO e etc…

    Que a AKAER do Brasil ia desenhar um airframe da NOVA aeronave???

    Desde quando o novo Gripen NG ia ficar pronto para entrega em 2015 como se fosse uma aeronave em produção ???

    A verdade é que o que se chama agora de Gripen E/F é a volta dos que não foram…

    O Gripen Demo era o "conteúdo" aviônico do FUTURO Gripen NG num airframe de JAS 39 GRIPEN C/D…

    A SAAB vai APROVEITAR o trabalho feito no programa Gripen NG e INCREMENTAR o JAS 39 GRIPEN numa nova versão baseada no trabalho do Gripen DEMO.

    1) Ganharam a competição na Suíça;

    2) A Suécia vai querer o Kit de atualização para sua frota;

    3) o Gripen NG vai definitivamente para o país dos sonhos…

    EU PASSO…

    • Caro Gilberto,

      A Akaer não ia desenhar, está desenhando.

      Tu não acreditas que o E/F não seja o NG, mas É. aguardemos 😉

      []'s

      • Vai ficar somente na prancheta pra enfeite de escritório.

        Aguarde isso, mas sozinho..rssssss 😉

        Transformar o velho Gripen em versão EF e chamar de NG, é muito engraçado.rssssss

  44. Realmente fico estupefacto com certos comentários aqui escritos, vamos lá ver se percebem de uma vez por todas, o modelo do Gripen suiço é o NG!

    Essa conversa de Rafale é melhor que Typhoon ou Gripen ou vice versa é conversa de quem não percebe nada de aviação militar, hoje em dia o importante é ter um bom avião, com bons pilotos, com boa logística, com boa manutenção, com bom treinamento e acima de tudo um avião adequado às necessidades de cada país. Os três são excelentes aeronaves, as três dariam excelentes vectores para a futura força de caças da FAB. Será que o Brasil devido à sua história e à localização geográfica (não há qualquer problema com os outros países da américa do sul)necessita de ter aviões caros como o Rafale ou Typhoon? Será que a futura força de aviões reabastecedores KC-390+reabastecedores estratégicos que serão adquiridos não resolvem o problema do alcance do Gripen?

    Dizer que o Gripen é uma manta de retalhos de vários países é outra perfeita anormalidade… Sabem qual é o avião comercial mais moderno do mundo? É o Boeing 787… vejam de onde vêm peças para eles serem montados… O mundo de hoje é global.

    Em relação à utilização dos Gripen suecos na operação Unified Protector… não fizeram missões de combate contra alvos terrestres porque o parlamento sueco só autorizou a sua utilização em missões de reconhecimento e de vigilância da zona de exclusão aérea.

    Depois falam no F-20… Pegar num projecto com 35 anos de existência é extremamente sensato 🙂

    Para terminar reitero que quer o Gripen, quer o Rafale, quer o Typhoon são três excelentes máquinas cada uma com as suas virtudes e defeitos.

  45. No meu ver a melhor escolha que podiam ter feito , o GRIPEN é uma alternativa , para países que queiram ter uma caça de 4ª geração , com um bom custo-benefício ,até certo ponto moderno e capaz , sem precisar depender de americanos e russos , e nem se arriscar em comprar aeronaves chinesas , e principalmente que não pese no orçamento na hora de comprar e manter , a SUÍÇA é um país pequeno e neutro , sem histórico de desavenças com seus vizinhos , ou seja não precisa de um caça com alcance de FLANKER , e nem de um tão moderno e poderoso quanto um RAFALE , apenas de uma aeronave com tecnologia atual que possa da-lhes uma certa segurança e que seja páreo para as dos vizinhos , ou seja o GRIPEN atual da conta do recado , e o NG mais ainda , apesar de menos capaz e sofisticado , e principalmente com menos capacidade de crescimento que seus irmão delta-canards , pelo fato de ser mono-turbina e ter um projeto mas velho , os suíços sabem que sua escolha não esta na altura , de um TYPHOON e muito menos de um RAFALE , mas o caça sueco supera os dois outros delta-canards , em um dos principais quesitos da concorrência , o custo pra ter , e principalmente pra manter, e foi ai que o GRIPEN virou a menina dos olhos do alto comando da força aérea suíça , venceu a briga .

    • Ozéias, só algumas considerações. O fato de uma aeronave ser monoturbina, não influi em nada para que a mesma venha a receber novas e melhorias durante sua vida útil, tudo depende apenas se o projeto foi concebido já com a capacidade para recebe-las, tanto é assim que, o F-16 que é reconhecidamente o caça ocidental com maior numero de unidades produzidas, esta constantemente recebendo melhorias (Avionica, radar aesa, etc…); Já com relação a idade do projeto do Gripen, este é contemporâneo de rafale e typhoon. Tendo voado pela primeira vez em Dezembro de 1988, já o primeiro vôo do rafale é de 1986, portanto não há que se dizer que o projeto do gripen seja mais velho que de seus primos europeus.

  46. Por US$ 3,3 bilhões de dólares por 22 caças, cada caça sairia por US$ 150 milhões.

    Aparentemente uma fortuna. Mas essa conta é estupidamente burra, por diversos motivos:

    – Não inclui os 100% de offsets, já confirmados, ou seja: 100% do que for pago á SAAB deverá ser investido na Suíça, por empresas suecas. Só aí, já se pode dizer que o preço dos caças em si cairia teoricamente pela metade, ou seja, US$ 75 milhões;

    – Não inclui o treinamento dos pilotos, já confirmado;

    – Não inclui nenhum equipamento de manutenção, bancadas de testes, manuais, integração e customização de sistemas, treinamento das equipagens de solo, etc,

    Conditio sine qua non para a mínima manutenção operacional em primeiros escalões dos caças na Suíça;

    – Não inclui nenhum "spare parts", os sobressalentes minimamente imprescindíveis para que qualquer força aérea que se preze não corra o risco de ficar com seus caças "groundeados" todo o tempo;

    Ou seja, à primeira vista parece bastante dinheiro, mas ao se pensar com mais vagar pode se deduzir que os Suíços fizeram um excelente negócio.

    Por fim, de se dizer que, segundo jornais suíços, os outros dois concorrentes ofereceram propostas até 25% mais caras do que a do Gripen.

    Assim, pela mesma conta burra, teríamos o Rafale ou o Eurofighter a US$ 4,125 bilhões, ou seja: a bagatela de US$ 187,5 milhões por aeronave!

  47. 236 COMENTARIOS
    .
    PARABENS BLOG (DEMOCRATICO)
    .
    POSSIVELMENTE JA E NUMERO 1 NO BRAZIL NA ARIA DE AVIACAO

  48. Muitos comentários aqui são bem inteligentes. Mas alguns idiotas acham que esses caças são como times de futebol. Fazem torcida para um ou para outro. Nada mais ingenuo…

    A escolha da Suiça é muito bem entendida. O rafale é caro(lembrando que a europa está em séria crise financeira) e os franceses não gostam dos suiços, são arrogantes na visão deles. Quanto ao F-18E/F, os suiços possuem o modelo C/D. Ninguem melhor que eles para saber se vale a pena pagar 3 vezes mais por um caça que não tem 3 vezes mais a capacidade do modalo anterior, sendo que deve haver outros motivos que não vêem a publico.

    Quanto ao Gripen, é um ótimo caça para a Suiça, barato no preço e manutenção, projetado para ser utilizado em pistas de disperção e pode ser rapidamente configurado para diferentes missões com pouca mão de obra.

    O que não devemos confundir que ele atende aos requisitos da Suiça. Não do Brasil…

    O Brasil precisa de um caça de maior raio de ação, mesmo o de Gripen NG (ou E/F) e o Rafale não são totalmente adequados.

    Porem, o que adiante comprar um caça caro e bonito como o Rafale, se nós não dispomos de verbas nem para manter os F-5M em operação, isso que esse caça é o "fusca" dos caças, que pode se achar peças em qualquer lugar.

    O Brasil precisa de reformas políticas, para mudar a mentalidade da nossa administração pública. Mas isso é outra história…

  49. Pra fechar, copiando a postagem do amigo Boomer.
    Thanks Brother…:

    O Rafale foi melhor que o Typhoon no relatório suiço.
    O Gripen teve baixa avaliação e eficiência limitada.

    Durante sua entrevista, Fernand Carrel, o ex-chefe da força aérea suiça e piloto de Mirage IIIS, ocupa o primeiro Rafale sobre o mérito técnico, em seguida, o Eurofighter e por último, o Gripen:

    “No nível operiacional, o Rafale é o líder” Ele diz.
    Segundo ele, os pilotos da Suíça prefere o Rafale, mas ele admite que a decisão final será política e econômica.

    Poucos dias antes suíça faz a sua escolha final, os principais resultados da avaliação operacional armasuisse foram liberados.
    Neste relatório, cada recurso é classificado em 9 pontos, 6 pontos sendo a pontuação mínima para atender ao requisito da Força Aérea Suíça

    Basler Zeitung publicou a pontuação para 2 tipos de missão principal: defesa aérea e ataque ao solo de missão. As pontuações verde refere-se a avaliação de 2008, enquanto as pontuações vermelho refere-se à avaliação 2009 final 2015 inclusive com melhorias.
    http://4.bp.blogspot.com/-UllaAXo7QnY/TtaTpBS5UWI

    O Rafale é classificada em primeiro lugar com 7,28 e 7,41 pontos,
    O segundo Eurofighter com 6,49 e 6,54 pontos,

    Várias citações do relatório:

    “Rafale e Eurofighter apresentaram desempenho geral melhor do que o F-18, Gripen foi o pior” 😆

    “O desempenho do Gripen no compromisso ar-ar, bem como missões de ataque não foi suficiente”

    “Os fatores mais limitantes do projeto Gripen foram o tempo de funcionamento, o desempenho de vôo e a carga máxima de armas” 😆

    “O Rafale é o único avião que tem cumprido as exigências da Força Aérea em todos os tipos de aplicações”

    O Gripen é o terceiro com 5,68 e 5,62 pontos. Portanto, não consegue passar o limite de 6 pontos.

    Assim, o relatório é muito claro quanto à capacidade da aeronave:

    1 – O Rafale é a melhor performance técnica e, portanto, recomendada como pra substituição do Tiger.

    2 – O Rafale ficou em cima do Eurofighter em ambas as missões de defesa aérea e ataque ao solo.

    3 – O Gripen tem deficiências graves e é considerado como um passo para trás em comparação com o F/A-18 operado pela Força Aérea Suíça. 😆

    Fonte: Basler Zeitung

    Sem mais o que dizer, a respeito do pobre, fraco e limitado Gripen.
    Somente bom pra país pequeno e que não vai pra guerra.!!!

    Agora se explica pq foi chutado fácil na India.!!! 😉

  50. O Gripen DEMO É (tempo presente) um airframe de Gripen C/D com todos os (POSSÍVEIS DE INSTALAÇÂO) equipamentos e aviônicos previstos para o FUTURO airframe do Gripen NG oferecido no FX-2 brasileiro.

    Airframe este que estava sendo desenvolvido e projetado com a ajuda da brasileira AKAER. Conforme propagandeado aos quatro ventos como prova cabal de participação tecnológica brasileira no projeto do Gripen NG, coisa impossível em relação aos projetos do Rafale e do F/A-18 Super Hornet programas aeronáuticos já finalizados…

    Para cumprir o prazo de entrega de 2015 e o requisito absoluto de SER O MAIS BARATO DE VERDADE, o JAS 39 Gripen E/F a ser entregue à Suiça terá OBRIGATORIAMENTE que ter o airframe do JAS 39 Gripen C/D como base com MUITO POUCAS MODIFICAÇÕES, pois mesmo sendo uma aeronave mono turbina a proposta da SAAB foi apenas 1 bilhão de dólares mais barata que o segundo colocado (que não sabemos se foi o Rafale ou o Eurofighter Typhoon e no momento o que eu mais queria saber dos Suíços).

    PORTANTO a segunda proposta foi de 4,2 bilhões de dólares (se a diferença foi em dólares mesmo)…

    Assim o SUPER BARATO GRIPEN, NA VERDADE foi (se a matemática na Suiça for a mesma)…

    3,2 bilhões U$ — 100 %

    1 bilhão U$ ——- 31,5 %

    NEM UM TERÇO mais barato que os dois ULTR-SUPER-CAROS-EUROCANARDS do MMRCA indiano !!!!!

    Para quem acha que o JAS 39 Gripen E/F é só 31,5% menos efetivo como aeronave militar que um Typhoon ou um Rafale…

    Pode continuar a achar que está lucrando algo…

    Nos meus tempos antigos de Marinha isso equivalia a expressão "de não se poupar dinheiro para fazer economia"…

    Gastar mais de 70% do custo equivalente dos concorrentes, para levar pouco mais de metade do caça…

    Para mim os políticos suíços são uns pobres otários com medo de pacifistas e verdes e estão enganando suas próprias forças militares…

Comments are closed.