Saab

Inicio Tags Azul

Tag: Azul

Embraer vende mais cinco jatos E195 para a Azul Linhas Aéreas

0
A Azul Linhas Aéreas encomendou mais cinco aeronaves Embraer 195 durante o Fanrborough Airshow. (Foto: Embraer)

A Embraer assinou um contrato adicional com a Azul Linhas Aéreas Brasileiras para a venda de mais cinco jatos EMBRAER 195. O valor total do negócio, referido a preço de lista, é de US$ 211 milhões, nas condições econômicas de janeiro de 2010. Esta encomenda já está incluída na carteira de pedidos firmes a entregar (backlog) da Embraer do segundo trimestre de 2010 como “Cliente não divulgado”. Os cinco jatos EMBRAER 195 serão entregues ainda este ano e até dezembro a Azul  contará com 26 E-Jets em sua frota exclusiva de jatos Embraer.

Somando-se às 36 aeronaves contratadas em março de 2008 (cinco EMBRAER 190 e 31 EMBRAER 195), a Azul tem agora um total de 41 pedidos firmes para jatos da Embraer, além de opções para outras 20 aeronaves e Jatos EMBRAER 195 da Azul direitos de compra para mais 20.

“Não há maior satisfação para um fabricante do que receber mais encomendas de um importante cliente”, disse Paulo César de Souza e Silva, Vice-Presidente Executivo da Embraer para o Mercado de Aviação Comercial. “Este novo pedido confirma a confiança depositada pelo cliente no nosso produto. Estamos construindo uma parceira comercial de sucesso com a Azul e tenho certeza que ela continuará por muitos anos.”

A Azul recebeu a primeira aeronave da Embraer em dezembro de 2008. Iniciou operações poucos dias depois a partir do Aeroporto de Viracopos (VCP), na cidade de Campinas, interior de São Paulo, para Porto Alegre e Salvador. Atualmente, a empresa aérea atende a 21 cidades do Brasil e continua expandindo seus destinos. Já transportou mais de 3 milhões de passageiros em cerca de um ano e meio de operações. Os investimentos incluem ainda a aquisição de um simulador de vôo, que já está sendo utilizado no treinamento dos pilotos da companhia.

“Nossos clientes amam a segurança, o conforto e a confiabilidade dos E-Jets. Esta encomenda adicional é fundamental para acelerar ainda mais o crescimento da Azul”, disse David Neeleman, Presidente do Conselho de Administração da Azul Linhas Aéreas Brasileiras.

“Este contrato também reforça nossos laços com a Embraer e, sobretudo, é prova inconteste de nosso credo na estimulação do tráfego aéreo no Brasil por meio da fórmula vitoriosa da Azul, que alia excelentes serviços a tarifas acessíveis.”

Os novos jatos EMBRAER 195 da Azul terão configuração idêntica aos encomendados anteriormente, acomodando 118 passageiros em classe única. Oferecerão um sistema de entretenimento de última geração com monitores individuais, por meio do qual cada passageiro poderá selecionar a programação de sua preferência. Com autonomia de 4.260 km (2.300 milhas náuticas), o jato é capaz de voar qualquer rota entre duas capitais brasileiras, sem escalas, flexibilizando as operações e minimizando os custos.

A Azul Linhas Aéreas Brasileiras começou a voar no dia 15 de dezembro de 2008 e é a única empresa com frota de jatos 100% brasileira. Atualmente, a Azul conta com 18 modernos aviões E-Jets fabricados pela Embraer, sendo 13 próprios e cinco operados via contrato de leasing com outras empresas. A proposta é ligar cidades não atendidas pela concorrência com vôos sem escalas e diversas freqüências por dia. A idéia é estimular as pessoas a viajar, oferecendo conveniência.

Com uma política de preços diferenciada, aviões novos e confortáveis, e serviços de bordo e em terra de alta qualidade, a Azul tem conquistado cada vez mais clientes. Em um ano e meio de operação, transportou mais de 3 milhões de passageiros. Para facilitar o acesso ao centro de operações em Campinas, a empresa oferece, gratuitamente, ônibus executivos com Wi-Fi em diversos horários, partindo de vários pontos da capital paulista e do interior.

Para 2010, os planos são transportar 4 milhões de clientes e ampliar a frota, incorporando novos destinos e conectando as cidades já atendidas entre si com vôos sem escalas. Para mais informações, visite www.voeazul.com.br.

Anúncios

Azul amplia frota com turboélices da ATR

0
Atualmente a Azul Linhas Aéreas opera uma frota exclusivamente de aeronaves E-Jets da Embraer. (Foto: Maurício Sato / Aeroentusiasta)

A Azul Linhas Aéreas prepara dois anúncios para a próxima terça-feira, dia 20, que devem surpreender o mercado e marcar uma nova etapa no seu plano de negócios. A novidade mais emblemática deverá ser a aquisição de turboélices da fabricante franco-italiana ATR para cerca de 70 passageiros. Seriam até 15 unidades do ATR 72, entre modelos 500 e 600. Seus preços unitários de tabela alcançam até US$ 20 milhões, o que indica que a encomenda total pode chegar a US$ 300 milhões.

Em outra frente, a Azul deverá anunciar o exercício da opção para a compra de mais cinco jatos da Embraer modelo 195. Internamente, a Azul trata a negociação como se fosse uma nova aquisição. Esse avião, junto com o Embraer 190, compõem a sua atual frota de 18 aeronaves. Ambos os jatos têm capacidade para transportar a partir de 100 passageiros.

A Embraer informou que não comenta a possibilidade de novos negócios e nem detalhes sobre o cronograma de entregas de aeronaves para clientes, porque as datas podem, eventualmente, ser alteradas de acordo com as necessidades dos clientes. A Azul informou que não comentaria o assunto e que fará um anúncio no dia 20, durante feira de aviação em Farnborough, na Inglaterra.

Especialistas e executivos do setor aéreo lembram que o ATR 72 é um tipo de aeronave diferente do planejado inicialmente para a frota da Azul. Esta previa jatos da Embraer modelos 190 e 195. Por isso, eles avaliam que a Azul estaria ajustando sua estratégia de competição, tirando TAM e Gol da mira para focar na Trip, que já opera nove turboélices ATR 72-500. A Trip encomendou 12 unidades, sendo que as três restantes chegam até o fim deste ano.

“Parece que a Azul percebeu que tem uma concorrência muito mais perigosa do que a TAM e a Gol que é a Trip. E a Azul não consegue confrontar as duas maiores empresas aéreas por uma questão de escala”, diz um especialista em aviação, que pediu anonimato. “Me surpreende essa compra porque um dos dogmas das empresas “low cost” [baixo custo] é a frota padronizada. A sensação que está me passando é que a Azul viu que a competição com TAM e Gol é muito forte e está se voltando para a Trip”, acrescenta um executivo do setor que pediu para não ser identificado.

O contrato da Embraer com a Azul contempla um total de 76 jatos da família 190/195, com 36 pedidos firmes, 20 opções de compra e 20 direitos de compra. O valor do negócio, pelo preço de tabela, é de US$ 1,4 bilhão, podendo atingir US$ 3 bilhões caso todas as opções e direitos de compra sejam confirmados pela Azul. O preço de tabela do jato 190 é de US$ 40 milhões e o 195 custa US$ 42,2 milhões.

Entre os especialistas do setor aéreo, é unânime a avaliação de que a Azul vai passar a focar cidades de médio porte com os turboélices, que são bem mais rentáveis nesse tipo de rota do que os jatos para mais de 100 passageiros. Isso porque os ATR 72 são mais econômicos e especializados em pistas curtas. Essas rotas, dizem eles, vão alimentar as frequências operadas com os jatos da Embraer.

O levantamento mais recente do desempenho das companhias aéreas nacionais referentes a junho, da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), mostra que a demanda da Trip, que respondeu por 2,37% do fluxo total de passageiros, foi a que mais cresceu entre as empresas de grande e médio porte, ou 129,25% em relação a junho de 2009. Já o desempenho da Azul, que respondeu por 5,8% da demanda, teve expansão de 53,9% na mesma base de comparação.

Fonte: Valor Econômico – Alberto Komatsu e Virgínia Silveira

IMAGENS: Embraer nomeia TAP M&E centro de serviços autorizado no Brasil

0
A TAP Manutenção e Engenharia passa a ser oficialmente desde o dia 3 de maio, serviço autorizado para aeronaves Embraer, dentre as quais os modelos E190 da Azul Linhas Aéreas. (Foto: Fernando Valduga / Cavok)

Em cerimônia realizada hoje nas instalações da TAP Manutenção e Engenharia Brasil (TAP M&E Brasil), em Porto Alegre, Estado do Rio Grande do Sul, a Embraer anunciou a qualificação desta empresa como centro de serviços autorizado no Brasil (Embraer Authorized Service Center – EASC). O evento contou também com a presença de representantes das empresas aéreas Azul, Passaredo e TRIP, e da Força Aérea Brasileira (FAB). Todos estes clientes serão beneficiados diretamente pelo acordo, válido para as aeronaves comerciais fabricadas pela Embraer.

Membros da diretoria da TAP e da Embraer falaram durante o evento realizado em Porto Alegre. Da esquerda para direita: Rinaldo Araujo (Gerente de Suporte ao Cliente na América Latina da Embraer); Luis Hamilton (Diretor de Aviação Comercial da América Latina da Embraer); Nestor Koch (Diretor Presidente da TAP M&E Brasil) e Fernando Pinto (Presidente do Conselho de Administração da TAP). (Foto: Fernando Valduga / Cavok)

“Temos muito orgulho em anunciar esta parceria com a TAP M&E Brasil para servir aos nossos clientes, ampliando os serviços de manutenção aeronáutica das aeronaves da Embraer no país”, disse Luiz Hamilton Lima, Diretor da Embraer para a América Latina – Aviação Comercial. “Este é um importante  passo para aprimorar o atendimento à nossa crescente base de clientes brasileiros, oferecendo atendimento rápido e eficiente, com  serviços de alta qualidade.”

Além das aeronaves comerciais, a TAP M&E Brasil também está certificada para atender as aeronaves militares em operação na FAB, como os C-97 Brasilia (foto acima) e os C-99, VC-99 e os dois novos VC-2 (Embraer 190). (Foto: Fernando Valduga / Cavok)
Embraer C-99 (ERJ 145) da Força Aérea Brasileira. (Foto: Fernando Valduga / Cavok)

As aeronaves fabricadas pela Embraer em operação no Brasil, incluindo os E-Jets da Azul e da TRIP e os jatos regionais ERJ 145 da Passaredo e da FAB, contarão com a moderna base da TAP M&E Brasil em Porto Alegre para realizar serviços de manutenção. Com cinco hangares homologados ocupando 12.500 metros quadrados, a unidade é capaz de atender, ao mesmo tempo, seis jatos comerciais de médio porte.

“Consideramos esta nomeação uma grande conquista para nossa empresa”, comenta Nestor Mauro Koch, Presidente da TAP M&E Brasil. “Já prestamos serviços em aeronaves Embraer há 34 anos e essa nomeação vem coroar esse relacionamento. A TAP M&E Brasil é a única empresa de manutenção aeronáutica na América Latina certificada para realizar serviços em todas as principais famílias de jatos comerciais do mundo e isto nos permite oferecer grande flexibilidade aos nossos clientes. Vamos envidar todos os nossos esforços para que essa parceria seja vencedora.”

NOTA DO EDITOR: A Equipe Cavok parabeniza a direção da TAP M&E por mais essa conquista no setor de MRO, o que prova o extremo profissionalismo de toda equipe de técnicos brasileiros.

Azul apresenta sua 15ª aeronave a entrar em operação

2
Embraer 190 da Azul Linhas Aéreas. (Foto: Azul Linhas Aéreas)

Com direito a banho de champagne, a Azul Linhas Aéreas Brasileiras apresentou sua 15ª aeronave nesta quinta-feira na pista do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas. O jato é um modelo Embraer 190 batizado de “Andorinha Azul”, em homenagem a cidade de Campinas, conhecida como Cidade das Andorinhas, e sede das operações da Azul.

O contorno do relevo da ave migratória desenhada por pedras brancas e pretas é encontrada em diversas áreas de calçamento na cidade. O prefeito Hélio de Oliveira Santos (PDT) disse que a Azul “virou Viracopos de pernas pro ar” ao destacar o aumento de passageiros e a injeção de empregos já que a empresa está com 1,5 mil empregos diretos e a expectativa de mais contratações.

Com essa aquisição, a Azul conta com 10 aviões modelo 190 que se juntam aos outros 5 modelo 195, todos fabricados pela brasileira Embraer. A Azul entrou em operações em 15 de dezembro de 2008 com voos Campinas-Porto Alegre e Campinas-Salvador.

Hoje a Azul serve 17 cidades (Campinas, Porto Alegre, Salvador, Curitiba, Maringá, Navegantes, Rio de Janeiro, Campo Grande, Vitória, Recife, Maceió,Fortaleza, Manaus, Belo Horizonte, Natal, Florianopólis e Goiânia).

Mas a meta é ir mais além. “Até o final do ano teremos mais seis novas aeronaves”, adianta o presidente executivo da Azul, Pedro Janot sem querer mencionar cifras. “O Brasil é muito grande”, comenta. Ao final de 2013, a empresa quer concectar-se a 25 cidades.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Azul Linhas Aéreas

Cavok nas redes sociais

62,406FãsCurtir
340Inscritos+1
6,414SeguidoresSeguir
2,505SeguidoresSeguir
10,510SeguidoresSeguir
2,780InscritosInscrever
Anúncios