Tags Post com a tag "Bombardier"

Tag: Bombardier

A companhia aérea uruguaia Pluna adquire 7 novas aeronaves CRJ900

0
Bombardier CRj900 nas cores da Pluna, do Uruguai. (Foto: Bombardier)

A companhia aérea regional Pluna, do Uruguai, confirmou a aquisição de mais sete aeronaves CRJ 900 da fabricante canadense Bombardier, num contrato avaliado em aproximadamente US$200 milhões, o qual elevará a frota total da Pluna para 14 aeronaves do tipo.

A Pluna receberá três aeronaves este ano, adicionando a sua frota atual de sete aeronaves CRJ 900 que estão em operação, informou o gerente geral da Pluna, Matias Campiani, num comunicado. A Pluna receberá as quatro aeronaves restantes a partir de 2011.

A compra custará cerca de US$75 milhões este ano, chegando próximo a US$200 milhões no total, informou a Pluna no comunicado.

O governo do Uruguai detém cerca de 25% da antiga companhia aérea estatal.

Anúncios

A companhia aérea Republic Airways encomenda 40 jatos CS300 da Bombardier

0
Bombardier CS300 nas cores da Republic Airways

A fabricante canadense Bombardier Aerospace anunciou hoje um importante pedido para suas aeronaves CSeries recebido da companhia aérea norte americana baseada em Indianapolis, a Republic Airways.

A Republic assinou um pedido para 40 jatos comerciais CS300 avaliados em aproximadamente US$ 3,1 bilhões, com opção para adicionais 40 aeronaves, tornando-se a primeira companhia aérea dos Estados Unidos a adquirir as aeronaves CSeries. A entrada em serviço dessas aeronaves deverá ser em 2015.

As aeronaves, as quais serão configuradas com uma única classe, terão fileira na configuração 2-3 para 138 passageiros, incluindo 25 assentos alongados.

“A Republic Airways selecionou os CSeries porque nenhuma outra aeronave pode combinar os atributos que traz para o mercado,” disse Bryan Bedford, CEO da Republic Airways Holdings Inc. “O CSeries nos dará uma maior competividade através de melhor custo operacional e vai complementar nossos futuros crescimentos e planos de desenvolvimento.” Os motores escolhidos para essas aeronaves serão os Pratt & Whitney PW1000G.

Desde que a família de aeronaves CSeries foi lançada no Farnborough Air Show de julho de 2008, a Bombardier já recebeu 90 pedidos firmes dessas aeronaves.

A companhia aérea Jazz adquire 15 aeronaves Bombardier Q400

0
Bombardier Q400 Next Gen

A companhia aérea regional Jazz Air assinou uma carta de intenção com a Bombardier para 15 novas aeronaves turbohélices de 74 lugares Bombardier Q400 Next Gen. A empresa regional, parceira da Air Canada, também planeja adquirir outras 15 adicionais aeronaves como uma opção futura, uma vez que o pedido inicial seja finalizado

A Jazz informou que as entregas estão programadas para começar em maio de 2011. Os valores financeiros não foram informados. De acordo com uma tabela de preços, o valor de cada Q400 é de cerca de US$ 29 milhões, apesar das companhias aéreas normalmente negociarem descontos.

A companhia aérea informou que os primeiros 15 Q400 deverão substituir 15 jatos regionais de 50 lugares. Atualmente a Jazz opera um total de 57 aeronaves CRJ100/200 de 50 lugares. A companhia também opera uma frota de 16 jatos CRJ705, 36 turbohélices Dash 8 Q100 e 28 Dash Q300.

O interesse da companhia pelas aeronaves Q400 vem desde o final de 2007, quando o CEO da Jazz, Joseph Randall, disse que a aeronave ainda interessava para Jazz, e que faria um esforço para no futuro adquirir tais aeronaves.

Fonte: Winnipeg Free Press – Tradução e Adaptação do texto: Cavok

Bombardier entrega o 100° jato executivo Challenger 605

0
Bombardier Challenger 605

A Bombardier Aerospace anunciou ontem, dia 3, que entrou emserviço a 100ª aeronave fabricada Challenger 605. Com mais de 800 aeronaves fabricadas, a popular série Challenger 600 já acumulou mais de 4.000.000 de horas de voo, com uma confiabilidade de mais de 99,8% nas operações, conforme dados de setembro de 2009.

Em serviço desde janeiro de 2007, as aeronaves Challenger 605 construíram um legado de qualidade e confiança de seu antecessor, o aclamado jato executivo Challenger 604. O Challenger 605 pode levar cinco passageiros de Montreal, no Canadá para qualquer destino na Europa sem escalas, incluindo podendo operar no Aeroporto London City, com todo conforto possível.

O Sistema de Visão Avançada da Bombardier (BEVS) é oferecido como equipamento opcional no jato Challenger 605.

Fonte: Bombardier Aerospace – Tradução e Adaptação do Texto: Cavok

Sata recebe seu primeiro Dash Q400

2
Bombardier Dash Q400 nas cores da SATA Air Açores.

A transportadora aérea dos Açores, a SATA, recebeu no dia 25 o seu primeiro Dash Q400, numa cerimônia na sede da fabricante Bombardier em Toronto, no Canadá. E empresa aguarda a chegada de outras três aeronaves do mesmo modelo.

A Sata Air Açores junta-se, assim, a um grupo de mais de 30 companhias aéreas e operadores que operam os aviões Q400. Com mais de dois milhões de horas de voo e mais de 2,2 milhões de ciclos efetuados em todo o mundo, a frota Q400 demonstra ser a mais rápida, mais eficiente em termos de consumo de combustível e com menores níveis de emissão de dióxido de carbono dos aviões turbo propulsores para voos de curto e médio curso.

A cerimônia de entrega do novo avião Dash Q400 contou com as presenças do Vice-Presidente das Vendas da Bombardier Commercial Aircraft, Kevin Smith, e do presidente do Conselho de Administração do Grupo Sata, António Gomes de Menezes.

Os próximos dois Q400 serão entregues para empresa aérea em fevereiro e o quarto, e último avião é esperado nos Açores durante o mês de março.

Os novos aviões adquiridos pela transportadora aérea regional, em conjunto com os dois Dash Q200 que já voam nos Açores, constituem a renovação da atual frota ATP e Dornier que fica, assim, concluída.

Fonte: Azores Digital – Adaptação do Texto: Cavok

Companhia aérea Andes, da Argentina, arrenda dois jatos Bombardier CRJ900

1
Bombardier CRJ900 da Andes

A Andes Líneas Aéreas, de Salta, na Argentina, fechou um contrato de leasing com a Bombardier Aerospace, do Canadá, para a operação de dois jatos CRJ900. Cada avião tem capacidade para 90 passageiros.

Com os jatos CRJ900, a Andes Líneas Aéreas, fundada em 2006, irá ampliar a capacidade dos serviços diários desde Salta para Jujuy, Córdoba e Puerto Madryn e as três ligações semanais para Puerto Iguazú – todas cidades argentinas – e Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia. A aérea planeja voar, de forma fretada, para o Brasil.

Com esse acordo, a Bombardier Aerospace amplia a presença na América do Sul.

Os aviões da série CRJ também estão presentes nas frotas da Pluna (Uruguai), Aero Vip (Argentina) e Conviasa (Venezuela).

Fonte: Panrotas

Global Express XRS chega ao México pela primeira vez e atinge recorde de velocidade

0
Global Express XRS
Global Express XRS

O primeiro jato executivo Global Express XRS que será operado no México, e será operado pela Aerotresalia, chegou no final de outubro ao Aeroporto Internacional de Toluca e atingiu mais um recorde de velocidade durante um voo entre o México e a França.

A Bombardier Aerospace confirmou no início de dezembro que o jato Global Express XRS atingiu um novo recorde de velocidade no dia 26 de outubro de 2009, voando a distância de 4.994 milhas náuticas (9.249 km) sem escalas entre a Cidade do México e Paris em apenas dez horas. O voo foi oficialmente sancionado pela NAA (Associação Nacional Aeronáutica) no dia 19 de novembro de 2009, e pela FAI (Federation Aeronautique Internationale) no dia 30 de novembro de 2009.

A tripulação do voo recorde entre o México e a França
A tripulação do voo recorde entre o México e a França

O jato executivo Bombardier Global Express XRS decolou do Aeroporto de Toluca (MMTO) com três pessoas a bordo e um peso de carga paga equivalente a oito passageiros – um suprimento de combustível de 780 libras (354 kg) acima da reserva e quatro passageiros.

A aeronave voou na velocidade de cruzeiro de Mach 0,82 (870 km/h) durante as primeiras seis horas de voo e a Mach 0,85 (907 km/h) durante as últimas quatro horas. A média de velocidade foi de 924,9 km/h durante o voo, com média de vento de cauda de 55 kts (102 km/h). O Global Express XRS pousou no Aeroporto de Le Bourget (LFPG) com reserva de combustível em excesso baseando-se nos requerimentos para voos IFR da NBAA.

“A aeronave se apresentou soberbamente durante a decolagem do Aeroporto de Toluca às 21:54 horário local e subiu diretamente para o nível de 41.000 pés (12.500 m), e então subiu para 43.000 ft (13.100 m) e em alguns períodos no nível de 45.000 ft (13.700 m) na travessia do Oceano,” relatou Yves Tessier, comandante padrão das aeronaves da Bombardier Business Aircraft, e o co-piloto em comando do voo. “Esse voo recorde mostra claramente, mais uma vez, a velocidade superior do Global Express XRS e as capacidades de voo transoceânicos.”

Esse novo recorde mundial sancionado pela NAA para o jato Global Express XRS representa o tempo mais rápido registrado para um voo entre o México e a França e junta-se a outros 17 recordes atualmente mantidos pela aeronave Global Express, incluindo quatro recordes de velocidade em voos transatlânticos.

Aerotresalia é controlada pela Tresalia Capital, um fundo de investimento privado baseado na Cidade do México, operando empresas de telecomunicações, tecnologia, infraestrutura e mídia.

Fonte: Bombardier – Tradução e Adaptação do Texto: Cavok

Cavok nas redes sociais

61,065FãsCurtir
340Inscritos+1
6,119SeguidoresSeguir
10,510SeguidoresSeguir
2,150InscritosInscrever
Anúncios