Saab

fiqueemcasa

Inicio Tags Eurocopter

Tag: Eurocopter

Receita Federal desloca helicóptero para missão em Foz do Iguaçu (PR)

17
EC135 T2+ da Helibras vai auxiliar nas atividades de busca e repressão de contrabando. (Foto: Helibras)
EC135 T2+ da Helibras vai auxiliar nas atividades de busca e repressão de contrabando. (Foto: Helibras)

Desde o último sábado (6), o helicóptero EC135 T2+ da marca Helibras/ Airbus Helicopters, operado pela Receita Federal do Brasil, está na cidade de Foz do Iguaçu para mais uma missão de busca e repressão de contrabando no estado paranaense.

Anúncios

Novo helicóptero EC130 T2 chega ao Brasil

6
Versão atualizada do modelo será lançada em agosto, mas já está na fábrica da Helibras para pintura. (Foto: Helibras)
Versão atualizada do modelo será lançada em agosto, mas já está na fábrica da Helibras para pintura. (Foto: Helibras)

O helicóptero EC130 T2, nova versão do conceituado modelo da família Esquilo, chegou nesta semana à fábrica da Helibras, em Itajubá (MG), para o lançamento oficial no Brasil e para a realização de uma campanha de demonstração, que acontecerá no próximo mês de agosto, no Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, e Florianópolis.

IMAGEM: EC725 número 9 realiza testes de voo

40
O helicóptero EC725 de número 9, que será destinado ao Exército Brasileiro. (Foto: Helibras)
O helicóptero EC725 de número 9, que será destinado ao Exército Brasileiro. (Foto: Helibras)

A unidade número 9 dos 50 helicópteros EC725 que serão entregues às Forças Armadas do Brasil já está em fase de teste de voo na fábrica da Helibras, em Itajubá (MG).

Programa NH90 enfrenta incertezas

7
Três helicópteros NH90 TTH do Exército Italiano. (Foto: NHIndustries)
Três helicópteros NH90 TTH do Exército Italiano. (Foto: NHIndustries)

Concebido para ser o helicóptero do século XXI, o NH90 enfrenta as dificuldades originadas pela crise financeira europeia e os respetivos cortes nos orçamentos de defesa.

PARIS AIR SHOW: Bahia poderá ter unidade de manutenção da Eurocopter

15
Um helicóptero EC725 fabricado pela Eurocopter.
Um helicóptero EC725 fabricado pela Eurocopter.

O deputado Nelson Pelegrino (PT-BA), presidente da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional (CREDN), da Câmara dos Deputados, reforçou, nesta segunda feira, 17, em Marseille, na França, junto à diretoria da Eurocopter, a construção de uma unidade de manutenção de helicópteros para atender o Nordeste e o Norte, na Bahia.

IMAGENS: Helicóptero híbrido X3 da Eurocopter atinge 472 km por hora

17
O helicóptero híbrido X3 durante o voo recorde acompanhado em voo por um jato L-39. (Foto: Alain Ernoult / Eurocopter)
O helicóptero híbrido X3 durante o voo recorde acompanhado em voo por um jato L-39. (Foto: Alain Ernoult / Eurocopter)

O helicóptero híbrido X3 da Eurocopter abriu as fronteiras da aviação ao atingir um marco de velocidade de 255 nós, o equivalente a 472 km/hora em um voo nivelado operado na França, no início deste mês. Alguns dias antes desta conquista, o X3 já havia atingido uma velocidade de 487 km/hora durante uma descida. Com estes dois sucessos, o X3 supera os recordes de velocidade não oficiais já registrados para um helicóptero.

O marco histórico de velocidade foi alcançado com o híbrido voando a uma altitude de cerca de 10.000 pés durante teste de 40 minutos no sul da França, perto de Istres. Ele marca a mais recente de uma lista crescente de conquistas para o X3, que é um demonstrador de tecnologia da Eurocopter para um sistema de transporte que oferece a velocidade de uma aeronave turboélice em pleno voo, e o rentável sistema de pouso e decolagem vertical (VTOL), que são capacidades somente de helicópteros.exph-0715-06

Detalhes do helicóptero X3 da Eurocopter. (Fotos: Eurocopter)
Detalhes do helicóptero X3 da Eurocopter. (Fotos: Eurocopter)

“Não é nenhum exagero dizer que está claro que o X3 tem como elemento principal as altas velocidades”, disse Hervé Jammayrac, piloto de teste da Eurocopter. “Enquanto voávamos nessas velocidades máximas, de 472 e 487 km, o helicóptero mantinha todas as suas funções, exibindo uma excelente estabilidade e proporcionando um baixo nível de vibração, sem qualquer sistema anti-vibração”, completa.

O X3 da Eurocopter em voo. (Foto: Eurocopter)
O X3 da Eurocopter em voo. (Foto: Eurocopter)

A configuração X3 utiliza um par de motores de turbina RTM 322 para alimentar um sistema de rotor principal de cinco pás com duas hélices instaladas em curto-span em asas fixas laterais. Esta família de motores de design e arquitetura em seu estado da arte combina potência e crescimento. A variante RTM 322, que alimenta o X3, baseia-se no mesmo sistema utilizado no modelo NH90, mas incorpora um FADEC adaptado aos requisitos da presente demonstração de alta velocidade.

Este conceito é bem adequado para missões que exijam longos voos e em altas velocidades, mantendo a elevação vertical completa e capacidades de pairar – tudo a um custo muito acessível. A Eurocopter prevê uma ampla gama de aplicações potenciais para a sua configuração híbrida, inclusive em operações de busca e salvamento de longa distância (SAR), missões da guarda costeira, patrulha de fronteira, transporte de passageiros e transporte aéreo offshore, juntamente com serviços de transporte entre cidades. A combinação de altas velocidades de cruzeiro e excelente desempenho VTOL também está bem adaptada para missões militares, como operações de forças especiais, transporte de tropa, combate SAR e evacuação aeromédica.

exph-0726-10

O X3 atingiu a marca de 472 km/h durante um voo no dia 11.
O X3 atingiu a marca de 472 km/h durante um voo no dia 11.

“Com base nas tecnologias X3, a Eurocopter continuará definindo o padrão em helicópteros futuros, oferecendo aos seus clientes novos níveis de desempenho em termos de velocidade, alcance e capacidades de missão a custos competitivos”, disse o CEO da Eurocopter, Guillaume Faury “As excelentes realizações do X3 são resultado do compromisso e excelência de nossas equipes. Apresento meu reconhecimento a todos os envolvidos no desenvolvimento do demonstrador”.

O X3 foi desenvolvido em um rápido programa da Eurocopter, que utilizou um dos helicópteros Dauphin da empresa como estrutura. Para a última etapa de alta velocidade, o demonstrador foi equipado com uma carenagem da cabeça do rotor, destinada a reduzir a resistência aerodinâmica, diretamente beneficiada por testes de alta velocidade feitos pela empresa com um Dauphin DGV como banco de provas, nos anos 90. Assim como carenagens adicionais nos trens de pouso. O Dauphin DGV foi habilitado pela antiga empresa Aerospatiale para definir um novo marco de velocidade de um helicóptero – atingindo uma velocidade recorde de 200 nós, em 1991.

exph-0755-204

A equipe da Eurocopter celebrou o feito com uma champagne. (Fotos: Eurocopter)
A equipe da Eurocopter celebrou o feito com uma champagne. (Fotos: Eurocopter)

Para o engenheiro de teste de voo da Eurocopter Dominique Fournier – que estava a bordo do X3 juntamente com o piloto Jammayrac – as avaliações de alta velocidade atuais estão fornecendo dados reais, além do aspecto mais simbólico de alcançar metas de velocidade de helicópteros. “Esses voos nos permitem explorar ainda mais o comportamento dos principais rotores em alta velocidade e fazer avaliações de eficácia da carenagem que adicionamos ao cubo do rotor principal – o que será benéfico para a otimização da gama global de produtos da Eurocopter”, explicou Fournier.

Com estes últimos testes de voo o demonstrador X3 acumulou um total combinado de mais de 140 horas de voo desde que fez sua decolagem inaugural, em setembro de 2010. Logo de início, o helicóptero superou facilmente a meta inicial da Eurocopter de 220 nós e a sua velocidade foi aumentando, confirmando excelentes qualidades da configuração híbrida de voo, manobrabilidade, aceleração e desaceleração excepcionais. Ao chegar à mais recente marca de 472 km/h e às realizações de velocidade de até 482 km em descida, a Eurocopter confirma ainda mais o potencial do conceito.

A maturidade do modelo híbrido também foi validada em 2012, nos Estados Unidos, durante uma turnê de demonstração para os operadores civis, organismos militares e de segurança pública, com mais de 55 horas voadas e 47 pilotos que puderam controlar o helicóptero durante a sua passagem por quatro estados, do Texas à Virgínia.

A equipe do projeto X3 da Eurocopter.
A equipe do projeto X3 da Eurocopter, após adesivar o helicóptero com a velocidade de 255 Kts.

Após a visita aos EUA – que mais do que duplicou o tempo total de voo do X3 – a Eurocopter realizou uma inspeção de manutenção em profundidade, que confirmou as condições normais dos componentes e sistemas dinâmicos da aeronave híbrida.

Enhanced by Zemanta

França adquire mais 34 helicópteros militares NH90

3
Os helicópteros NH90 serão da versão de transporte de tropas TTH. (Foto: Eurocopter)
Os helicópteros NH90 serão da versão de transporte de tropas TTH. (Foto: Eurocopter)

A França assinou um acordo para compra de 34 novos helicópteros militares de médio porte NH90, conforme informou nessa quarta-feira o Ministério da Defesa francês. Os helicópteros serão da versão de transporte de tropas TTH.

Esquadrão Falcão resgata indío ferido na região Amazônica usando o helicóptero H-36 Caracal

12
O índio ferido foi transportado por um helicóptero H-36 Caracal do Esquadrão Falcão da FAB. (Foto: Esquadrão Falcão)
O índio ferido foi transportado por um helicóptero H-36 Caracal do Esquadrão Falcão da FAB. (Foto: Esquadrão Falcão)

No último domingo (26/5) o Esquadrão Falcão (1º/8º GAV) realizou o resgate do índio Oséias Apalay, da aldeia Bona, localizada a 410 km de Macapá, capital do Amapá. O indígena foi baleado no braço após disparo acidental quando caçava com seu pai. O estado era grave devido às fraturas, princípio de infecção e hemorragias.

EADS North America entrega 250ª unidade do UH-72A Lakota para o Exército dos EUA

0
O 250° helicóptero UH-72A Lakota já está em uso com o Exército dos EUA.
O 250° helicóptero UH-72A Lakota já está em uso com o Exército dos EUA.

O Exército e a Guarda Nacional dos EUA já estão utilizando o helicóptero Lakota UH-72A número 250, dos 300 adquiridos em 2006. Todos os Lakota – incluindo as cinco unidades produzidas para a Escola Naval de testes de piloto nos EUA – foi entregue no prazo e dentro do orçamento previsto, por uma equipe de trabalho americana que tem mais de 50% de veteranos do exército dos EUA.

Embaixador da França anuncia fábrica de helicópteros no Brasil

13
O EC225 é um dos helicópteros civis fabricados pela Eurocopter. (Foto: Eurocopter)
O EC225 é um dos helicópteros civis fabricados pela Eurocopter. (Foto: Eurocopter)

O Embaixador da França no Brasil, Bruno Delayne, anunciou nesta terça-feira, 14, ao presidente da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional (CREDN), da Câmara dos Deputados, Nelson Pellegrino (PT-BA), a abertura de uma fábrica de helicópteros para uso civil pela Eurocopter no Brasil. Disse ainda que a DCNS, parceira no desenvolvimento de submarinos, pretende abrir uma unidade no país para produzir fragatas para a Marinha.

KAI vai desenvolver versão anfíbia do helicóptero Surion

4
Concepção artística da versão anfíbia do helicóptero Surion KUH. (Foto: KAI)
Concepção artística da versão anfíbia do helicóptero Surion KUH. (Foto: KAI)

A Korea Aerospace Industries (KAI) foi selecionada pela Administração do Programa de Aquisição de Defesa (DAPA) da República da Coreia, como a principal negociadora no apoio ao programa de desenvolvimento do helicóptero Surion para tarefa anfíbia junto ao Corpo de Fuzileiros da República da Coreia.

Sob o programa de desenvolvimento de US$ 713 milhões, a empresa irá projetar e desenvolver a variante de assalto anfíbio do seu existente helicóptero utilitário Surion, que foi projetado para atender às necessidades do Exército e da Força Aérea da Coreia do Sul.

O desenvolvimento da variante do helicóptero baseado no Surion está previsto para começar em julho e será concluída até o final de 2015, seguido pela produção em massa da aeronave.

Em um e-mail, a KAI foi citada pela Flightglobal, dizendo que cerca de 40 Surion na variante anfíbia poderão ser adquiridos pelo Corpo de Fuzileiros Navais para aumentar sua capacidade de transporte de tropas e equipamentos no ambiente litorâneo.

Dentre as modificações para o helicóptero existente incluirão o sistema integrado de flutuação, um tanque de combustível auxiliar e equipamento de rádio especializado para apoiar as missões, como parte do programa de desenvolvimento.

Espera-se que a aeronave possa operar a partir dos navios de assalto com plataforma de pouso da Classe Dokdo da Marinha da República da Coreia, que são capazes de acomodar até 15 helicópteros, disse a agência de notícias.

Desenvolvido pela KAI e pela Eurocopter, o Surion KUH é um helicóptero utilitário leve bimotor concebido para apoiar as missões de assalto de tropas, busca e salvamento, transporte tático, ligação e evacuação médica.

O helicóptero pode ser armado com seis lançadores de foguetes guiados BGM-71 (TOW), mísseis ar-ar ou quatro pods de foguetes e pode acomodar um piloto, co-piloto, dois artilheiros e nove soldados.

 

Enhanced by Zemanta

VÍDEO E IMAGENS: Eurocopter valida sistema de veículo opcionalmente tripulado em helicóptero EC145

1
Visão interna do EC145 em voo com o sistema de veículo opcionalmente tripulado. (Foto: Eurocopter)
Visão interna do EC145 em voo com o sistema de veículo opcionalmente tripulado. (Foto: Eurocopter)

A capacidade da Eurocopter de integrar capacidades de voo não tripulados na sua família de helicópteros foi validada por um programa de demonstração de um veículo opcionalmente pilotado (OPV), que usou um EC145 para voar rotas que incluem a implantação de uma carga externa e uma missão de observação representativa. Veja a seguir o vídeo da demonstração do EC145.

Realizado na base da Força Aérea francesa em Istres, França, este programa foi revelado hoje, com uma demonstração não-tripulada, que se seguiu de vôos semelhantes realizadas no início de abril.

O teste foi realizado na Base Aérea de Istres, na França. (Foto: Eurocopter)
O teste foi realizado na Base Aérea de Istres, na França. (Foto: Eurocopter)

Com esse recurso totalmente validado, a Eurocopter está agora posicionada para prosseguir as capacidades de voo OPV para sua linha de produtos de helicópteros leves, médios e pesados – permitindo que estes helicópteros voem nos modos com pilotos ou não-tripulados.

O EC145 voando sem piloto a bordo. (Foto: Eurocopter)
O EC145 voando sem piloto a bordo. (Foto: Eurocopter)

“A inovação da Eurocopter está mais uma vez expandindo as capacidades de missão dos helicópteros, e estamos prontos para aplicar a competência dos veículos opcionalmente pilotados comprovada na satisfação das necessidades dos clientes”, explicou o Diretor Técnico da Eurocopter Jean-Brice Dumont. “Esta última realização demonstra a perícia da nossa empresa no controle de vôo e sistemas de piloto automático, na interface homem-máquina, arquitetura e integração de sistemas.”

Durante a demonstração o helicóptero EC145 entregou uma carga presa no cabo externo. (Foto: Eurocopter)
Durante a demonstração o helicóptero EC145 entregou uma carga presa no cabo externo. (Foto: Eurocopter)

A demonstração do sistema não tripulado atual – juntamente com os voos anteriores – usado para um plano de vôo de quatro dimensões que foi carregado para o helicóptero, com seus pontos de partida e de chegada situados na pista de decolagem 15/33 da Base de Dados da Força Aérea Francesa de Istres. Depois de uma decolagem automática, o EC145 voou no circuito através de múltiplos pontos de interesse pré-programados, durante os quais o helicóptero realizou uma parada no meio-caminho para implantar uma carga externa. O EC145 continuou no segmento que representou um percurso de regresso de missão de observação normal, seguido de um pouso automático.

Para a entrega da carga externa, o helicóptero entrou num foco planejado – permitindo que o controlador de estação terrestre pudesse fornecer entradas de controle de vôo para orientar o EC145 sobre o ponto de entrega. O controlador de solo, em seguida, transmitiu um comando para liberar a carga, uma vez que o helicóptero e a carga estavam posicionados corretamente.

O controle no solo do helicóptero EC145 OPV. (Foto: Eurocopter)
O controle no solo do helicóptero EC145 OPV. (Foto: Eurocopter)

A capacidade de vôo OPV foi desenvolvida num programa financiado internamente pela Eurocopter, e foi coordenada por uma equipe da empresa em Donauwörth, Alemanha. Os testes iniciais com um piloto de monitoramento a bordo do EC145 foram realizados em Donauwörth e, em seguida, em Istres.

O demonstrador EC145 é um helicóptero da Eurocopter usado como plataforma de testes com um sistema avançado de controle de voo automático de quatro eixos dual-duplex (AFCS) e os mais recentes sistemas de navegação. Além disso, o helicóptero está equipado com a aviônica “plug-in” OPV na sua cabine atrás dos assentos piloto, que contém o link de subsistemas de dados.

A visibilidade durante os voos não tripulados do EC145 foi fornecido à estação terrestre via câmeras a bordo. Ela foi complementada por uma câmera externa no helicóptero para imagens de missão infravermelha e para luz do dia.

O sistema OPV da Eurocopter foi configurado para habilitar o envio dos planos de voo de quatro dimensões para o helicóptero via link de dados da estação de solo. O sistema inclui um recurso automático de voo pairado para pouso em caso de maior degradação do sistema.

 

Enhanced by Zemanta

Exército Francês recebe o primeiro Tiger avançado

4
O Tiger além de de motores MTR390 e aumento da proteção balística poderá operar com o míssil Hellfire. (Foto: Eurocopter)
O Tiger além de de motores MTR390 e aumento da proteção balística poderá operar com o míssil Hellfire. (Foto: Eurocopter)

A Agência de compras de defesa da França (DGA) recebeu sua primeira aeronave Eurocopter Tiger na configuração avançada para as unidades de aviação do exército do país.

A entrega em 19 de abril segue aceitação do tipo pela DGA no começo de abril e certificação em janeiro de 2013. Melhorias ao longo da variante de apoio aéreo anterior incluem motores MTR390, capacidade de operar com o míssil ar-terra Lockheed Martin AGM-114 Hellfire, aumento da proteção balística e melhor sistema de identificação amigo ou inimigo (IFF). A França tem um pedido de 40 Tigers.

A França continua a ponderar a encomenda de 34 helicópteros de transporte de tropas NH90, uma vez que trabalha para definir suas futuras prioridades de gastos de defesa.

“A exigência é clara, mas o governo francês está no processo de decidir quais requisitos serão priorizadas, dependendo do orçamento disponível”, afirmou Bertling, chefe executivo da Eurocopter em um evento de mídia, em Marignane, em 17 de abril.

Atualmente são 97 Tigers servindo em quatro países (França, Alemanha, Espanha e Austrália), totalizando 206 helicópteros.


LAAD: Pantera K2 modernizado é apresentado ao Exército

5
O primeiro helicóptero AS 565 Pantera K2 apresentado durante a LAAD 2013 no Rio de Janeiro. (Foto: Mauro Lins de Barros / Cavok)
O primeiro helicóptero HM-1 Super Pantera K2 apresentado durante a LAAD 2013 no Rio de Janeiro. (Foto: Mauro Lins de Barros / Cavok)

A Helibras trouxe para o seu estande na LAAD – Defence & Security 2013 a unidade piloto do Pantera K2 que foi totalmente modernizada e que será apresentada para a Aviação do Exército (AvEx), que realizará, a partir de agora, todas as avaliações das intervenções realizadas no helicóptero.

O Pantera K2 foi equipado com novas cablagens, novo capô do motor, novo motor Arriel 2C2CG com 40% a mais potência que o anterior, além de um novo painel glass cockpit com piloto automático de quatro eixos, permitindo mais autonomia, maior velocidade e menor carga de trabalho aos pilotos do helicóptero.

Detalhe da cauda do helicóptero Super Pantera K2 do Exército Brasileiro. (Foto: Mauro Lins de Barros / Cavok)
Detalhe da cauda do helicóptero Super Pantera K2 do Exército Brasileiro. (Foto: Mauro Lins de Barros / Cavok)

O retrofit, como é chamada a grande modernização, é um processo bastante vantajoso para o operador. O serviço tem um custo equivalente a 35%, em média, do valor de uma aeronave nova. Após as intervenções, a aeronave ganhará mais 25 anos de vida útil.

O Exército poderá utilizar o K2 em missões de resgate, defesa, busca e salvamento e apoio logístico em diferentes bases entre o Amazonas e o Sul do país. Antes disso, será avaliado pela AvEx durante três meses. Dentre outros modelos, o Exército brasileiro opera 32 unidades do Pantera.

Para a Helibras, o programa de modernização trouxe o domínio de conhecimentos importantes e que estão sendo úteis na capacitação da empresa para a realização de outras atividades, dentro do processo de expansão.

Ficha Técnica Pantera K2:

mlb130409_50_1280Capacidade

  • Transporte de tropa: 1 ou 2 pilotos + 10 combatentes
  • Transporte de pessoal: 1 ou 2 pilotos + 8 assentos conforto

Pesos

  • Peso máx. de decolagem: 4.300 Kg
  • Peso máx. de decolagem com carga externa: 4.300 Kg

Desempenho com peso máximo

  • Velocidade de cruzeiro rápido: 279 km/h
  • Alcance máx. com tanque standard: 827 km

Cargas

  • AS 565 MB – Carga útil (incluindo combustível p/ missão): 1.920 kg
  • AS 565 UB – Carga útil (incluindo combustível p/ missão): 1.962 kg
  • Capacidade de carga do gancho: 1.600 kg

Motorização AS 565

  • 2 turbinas TURBOMECA ARRIEL 2C
  • Potência máx. de decolagem (por motor): 651 shp
  • Potência máx. contínua: 800 shp

Dimensões

  • Comprimento (com rotor girando): 13,68 m
  • Comprimento da fuselagem: 12,11 m
  • Altura: 3,51 m
  • Diâmetro do rotor principal: 11,94 m

Enhanced by Zemanta

Voa o primeiro helicóptero NH90 NFH das forças armadas belgas

18
O primeiro helicóptero NH90 NFH durante o voo inaugural na Eurocopter Donauwörth. (Foto: NH Industries)
O primeiro helicóptero NH90 NFH durante o voo inaugural na Eurocopter Donauwörth. (Foto: NH Industries)

O primeiro voo do helicóptero NH90 NFH (NATO Frigate Helicopter) das forças armadas belgas ocorreu no dia 05 de abril. Para este primeiro voo de 45 minutos realizado nas instalações da Eurocopter de Donauwörth, na Alemanha, a equipe testou com sucesso os sistemas básicos da nova geração de helicópteros. Após o pouso, o piloto manifestou a sua satisfação com as qualidades de vôo deste helicóptero.

Durante as próximas semanas, este primeiro NH90 NFH belga irá realizar vários outros voos de teste, a fim de verificar o comportamento da aeronave e seu sistema de missão com uma equipe da indústria e de clientes. As forças armadas belgas encomendaram oito NH90s, quatro TTHs para operações de transporte tático e quatro NFHs para operações navais.

O NH90 NFH belga é entregue na sua plena capacidade operacional padrão, já conhecida como o “Passo B”. Esta aeronave é muito próxima da versão NH90 NFH “Passo B” da Holanda, que atualmente está operacionalmente implantado com a Real Marinha da Holanda. Esta semelhança oferece ao cliente belga todo retorno da experiência recolhida durante o desenvolvimento do NFH NH90 holandês.

“Este primeiro voo é um marco importante para NHI, porque sabemos que o componente aéreo belga tem uma necessidade urgente de substituir os seus antigos Helicópteros Sea King”, declarou Xavier Poupardin, diretor da NHI.

O NH90 NFH é um helicóptero da classe de 11 toneladas, principalmente configurado para executar as operações navais, tais como missões de busca e salvamento no mar, anti-pirataria e missões de transporte em todos os ambientes durante o dia e noite.

Enhanced by Zemanta

Restrições nos helicópteros EC225 afetam operações dos EC725 da Força Aérea da Malásia

71
A Real Força Aérea da Malásia recebeu dois helicópteros EC725 que continuam operando bem abaixo da capacidade devido as restrições impostas ao modelo civil EC225.
A Real Força Aérea da Malásia recebeu dois helicópteros EC725 que continuam operando bem abaixo da capacidade devido as restrições impostas ao modelo civil EC225.

As relações entre a Eurocopter Malásia e a Real Força Aérea da Malásia (RMAF) permanecem a mais baixa de todos os tempos por causa das restrições de voo que afetam os helicópteros EC725.

Problemas na caixa de velocidades levaram ao equivalente civil EC225 ser proibido de voar sobre qualquer local com água e deve passar por um contínuo controle. Um funcionário local disse que a Eurocopter estava ciente dos problemas antes que os dois helicópteros foram entregues em novembro passado, mas não aconselho a RMAF. Não muito surpreendentemente, a RMAF encomentra-se muito insatisfeita com a situação.

Isto significa que a RMAF tem ficado incapaz de se tornar totalmente operacional com a aeronave. Os processos de formação e de operação estão sendo fortemente perturbados por precisar uma verificação da caixa de velocidades do motor a cada duas horas e meia, quando o helicóptero é pilotado por 20 minutos com 70% de suas capacidades completas de torque.

Técnicos da Eurocopter e da RMAF em seguida verificam os HUMS a bordo para os detectar os problemas. Enquanto Eurocopter diz acreditar ter encontrado a causa principal do problema, ainda vai demorar algum tempo para efetivamente acabar com as atuais restrições.

A RMAF até agora recebeu dois dos 12 helicópteros EC725s encomendados, com ambas as aeronaves operadas pelo Esquadrão 10 baseado em Kuantan.

O EC725 foi introduzido pela primeira vez em 2005, e as variantes francesas da aeronave tem sido usadas operacionalmente no Afeganistão.

Fonte: Shephard – Tradução: Cavok

 

Enhanced by Zemanta

Tigers do Ejercito Del Aire partem para o Afeganistão

2
AH-28 "Tiger" da Espanha. (Foto: Ejercito del Aire)
AH-28 “Tiger” da Espanha. (Foto: Ejercito del Aire)

Três helicópteros AH-28 “Tiger” do Batalhão de Helicópteros de Ataque Nº 1, localizada em Almagro, partiram para o teatro de operações no Afeganistão. Será a primeira vez que o Tiger operará junto ao contingente espanhol no Afeganistão. Os helicópteros serão transladados nos próximos dias num avião de transporte Antonov, até a base de Herat, no Afeganistão.

Após seis meses de intensa preparação, segundo o ministério da defesa espanhola, os Tigers e suas tripulações estão prontos para a missão de proteger a retirada das tropas espanholas.

Os três aparelhos sofreram modificações específicas para serem enviados ao Afeganistão. Foram equipados com novas placas, reforçando a blindagem, principalmente no assento do piloto e novos filtros para poderem operar em condições adversas de areia e corrosão.

A Espanha se une à França e à Alemanha na implantação nesta fase de seus helicópteros “Tiger”. A versão de combate teve aumentada a capacidade de carregar mais mísseis ar-terra (AGM), um motor mais potente, e aumento da carga útil e um novo IFF, mais eficaz na confirmação e identificação de Amigo ou Inimigo.

FONTE: defensa.com – TRADUÇÃO e ADAPTAÇÃO: CAVOK

Enhanced by Zemanta

Helicópteros da polícia chocam-se no ar e caem na Alemanha

1
Aeronaves se chocaram no ar durante um treinamento. (Foto: Associated Press)
Aeronaves se chocaram no ar durante um treinamento. (Foto: Associated Press)

Um acidente ocorreu sobre o Estádio Olímpico de Berlim. Os primeiros relatos apontam para um morto e vários feridos. Segundo informações de agências de notícias, o acidente ocorreu entre um helicóptero Eurocopter AS332 Super Puma e um EC155B1.

A polícia da Alemanha usa o Eurocopter EC 155 B1. Foram entregues 20 aparelhos. (Foto: Bundespolizei)
A polícia da Alemanha usa o Eurocopter EC 155 B1. Foram entregues 20 aparelhos. (Foto: Bundespolizei)
Eurocopter AS332 Super Puma da Polícia da Alemanha. (Foto: Bundespolizei)
Eurocopter AS332 Super Puma da Polícia da Alemanha. (Foto: Bundespolizei)

Segundo nota da Associated Press, dois helicópteros da polícia chocaram-se no ar e caíram sobre o Estádio Olímpico de Berlim, capital da Alemanha, nesta quarta-feira (21), quando os aparelhos se aproximavam para pousar durante um treinamento.

Os primeiros relatos falam em pelo menos um morto e vários feridos.

Enhanced by Zemanta

IMAGEM: Romero Britto faz pintura em helicóptero AS350 B3e

3
O helicóptero AS350 B3a com a pintura do artista plástico Romero Britto. (Foto: Eurocopter)
O helicóptero AS350 B3a com a pintura do artista plástico Romero Britto. (Foto: Eurocopter)

A pedido de cliente norte americano, o artista plástico brasileiro Romero BriTto transformou um helicóptero AS350 B3e da Eurocopter numa verdadeira obra de arte.

O empresário norte-americano Robert Spiegel fã de arte pop, teve uma bela ideia ao adquirir seu helicóptero AS350 B3e da Eurocopter: pedir que a pintura fosse feita pelo artista plástico brasileiro Romero Britto. “Eu sempre tive interesse pelas artes, a arte pop em particular e queria algo vibrante, diferente em meu helicóptero”, disse o proprietário do exclusivo helicóptero.

Spiegel, que conheceu Britto em um evento na Flórida, sabia que o artista brasileiro naturalizado seria a pessoa certa para o trabalho. Britto, cuja principal galeria situa-se em Miami, tem feito obras encomendadas para inúmeros clientes de alto perfil e, após o encontro com o proprietário, em inúmeras discussões para o projeto, concluiu o desenho para a pintura. “Eu amo isso. O desenho representa o dia e a noite, se você olhar de perto, você pode ver a lua e as estrelas. É exatamente o tipo de projeto que eu queria e eu não poderia estar mais feliz com a maneira como ele saiu”, disse Spiegel.

O helicóptero assinado por Romero Britto e de propriedade do empresário Robert Spiegel esteve em exibição, no estande da Eurocopter, durante a Heli-Expo 2013, nos EUA.

Enhanced by Zemanta

Alemanha corta pedidos de helicópteros NH90 TTH e Tiger e adiciona unidades da versão marítima NH90 NFH

1
As Forças Armadas Alemãs vão reduzir os pedidos de helicópteros NH90 TTH (foto) e Tigers e ampliar o pedido de helicópteros marítimos NH90 NFH.
As Forças Armadas Alemãs vão reduzir os pedidos de helicópteros NH90 TTH (foto) e Tigers e ampliar o pedido de helicópteros marítimos NH90 NFH.

A Eurocopter, maior fabricante mundial de helicópteros, teve uma encomenda reduzida por parte do governo alemão para helicópteros de ataque e de transporte depois de mais de um ano de discussões sobre como reestruturar o negócio.

Um acordo assinado hoje cortou a encomenda para o programa de helicópteros de ataque Tiger para Alemanha de 80 para 57 unidades e o número de helicópteros de transporte NH90 TTH de 122 para 82 unidades, disse hoje o Ministério da Defesa num comunicado. A Alemanha vai acrescentar 18 helicópteros NH90 NFH sob os termos do acordo, ele disse.

O governo alemão tem procurado alterar o acordo com a Eurocopter, o braço de helicópteros da EADS com sede em Toulouse, na França, para cortar gastos e elevar o número de aeronaves de asas rotativas em linha com menos militares. A empresa, por outro lado, estava tentando assegurar que suas capacidades de produção não fossem prejudicadas.

“O resultado é uma situação clara onde ambas partes são ganhando, e fornece aos envolvidos uma solução flexível e sustentável para o futuro”, disse o porta-voz da Eurocopter Christoph Mueller. “Nós nos posicionamos duramente nas nossas negociações, mas nossas discussões foram mais construtivas”.

A Eurocopter concordou em comprar de volta 11 helicópteros de ataque Tiger já entregues, segundo o ministério. A mudança de contrato, que ainda precisa ser finalizada, vai liberar um significativo orçamento, disse.

Fonte: Bloomberg – Tradução: Cavok

Enhanced by Zemanta

Cavok nas redes sociais

62,553FãsCurtir
340Inscritos+1
6,554SeguidoresSeguir
2,505SeguidoresSeguir
10,510SeguidoresSeguir
2,780InscritosInscrever
Anúncios