Saab

Inicio Tags Experimental

Tag: Experimental

VÍDEO: Primeira aeronave elétrica anfíbia realiza seu voo inaugural sem efeito solo

1
A aeronave elétrica anfíbia P2 Xcursion da Equator Aircraft durante seu primeiro voo sem efeito solo no dia 29 de março.

O protótipo de avião elétrico anfíbio P2 Xcursion da Equator Aircraft realizou com sucesso seu voo inaugural nos céus do Parque Tecnológico Eggemoen, na Noruega.

Anúncios

Rolls-Royce quer bater recorde de velocidade com aeronave elétrica

13
A aeronave elétrica da Rolls-Royce, parte da iniciativa ACCEL.

Dentro de um hangar movimentado no extremo oposto do aeroporto de Gloucestershire, no sudoeste da Inglaterra, uma equipe de engenheiros, designers e especialistas em dados recrutados pela Rolls-Royce e outros países se propôs a fazer história. Eles estão construindo um avião elétrico de alto desempenho, diferente de tudo que o mundo já viu.

Diamond Aircraft realiza primeiro voo de sua aeronave híbrida-elétrica

1
A aeronave híbrida-elétrica DA40 da Diamond Aircraft, em parceria com a Siemens.

A Diamond Aircraft Industries GmbH, em colaboração com a Siemens AG, completou o voo inaugural do que ele chama de primeiro avião elétrico híbrido de produção em série do mundo, com duas hélices de fluxo livre acionadas eletricamente e um motor de combustão.

Inovador Yak-110 será apresentado em voo no AirVenture 2018

4
O único Yak-110 será apresentado e demonstrado em voo no EAA AirVenture 2018. (Foto: Jim Raeder / EAA)

O Yak-110, um avião acrobático inovador criado ao juntar dois Yak-55 pelas asas e que terá adicionado um motor a jato General Electric CJ610-6, além dos dois motores radiais, está programado para aparecer e atuar no EAA AirVenture Oshkosh 2018 pela primeira vez.

Acidente com réplica do Bugatti 100P tira vida do piloto e idealizador do projeto

1
A réplica do Bugatti 100P que caiu no sábado dia 6 de julho, matando o piloto Scott Wilson.
A réplica do Bugatti 100P que caiu no sábado dia 6 de julho, matando o piloto Scott Wilson.

No início da manhã de sábado (06), durante a tentativa de realizar o terceiro voo de teste, um acidente com a única réplica da aeronave Bugatti 100P acabou causando a morte do piloto Scotty Wilson, idealizador do projeto para recolocar em voo o modelo de aeronave criada por Ettore Bugatti.

Primeira fábrica de aviões na Paraíba será inaugurada quinta-feira

3
A aeronave Volato 400 que será fabricada em Campina Grande, Paraíba. (Foto: Volato Aeronaves)
A aeronave Volato 400 que será fabricada em Campina Grande, Paraíba. (Foto: Volato Aeronaves)

Campina Grande que já é reconhecida pelo seu potencial em diversos setores econômicos, ganhará na próxima quinta-feira, dia 30 de junho, uma fábrica de aviões, a Stratus Indústria Aeronáutica, que está sendo instalada no Distrito de São José da Mata. A solenidade de inauguração do Hangar da empresa será às 09h30, e contará com a presença de empresários, e representantes dos setores produtivos da Paraíba.

Avião Solar Impulse 2 completa nova etapa de volta ao mundo

0
adventure-header-slide-1
Solar Impulse 2 / © Solar Impulse

O avião Solar Impulse 2 aterrissou em Dayton, Ohio, na última etapa de uma viagem destinada a quebrar o recorde de trajeto ao redor do mundo sem consumo de combustível, após decolar de Tulsa, Oklahoma, neste sábado (21).

solar impulse 2 Dayton
Essa é a última etapa de uma viagem destinada a quebrar o recorde de trajeto ao redor do mundo sem uso de combustível / © Reuters

O avião ainda fará pelo menos uma parada nos Estados Unidos, em Nova York, antes de atravessar o Oceano Atlântico para a Europa ou nordeste da África.

drawMap
© Solar Impulse

Movido a energia solar, o avião, pilotado pelo empresário suíço Andre Borschberg, pousou no Aeroporto Internacional de Dayton, após 16 horas e 34 minutos de voo, com o propósito de promover o uso de energia limpa.

A parada em Dayton é particularmente simbólica, por ser a cidade dos irmãos Orville e Wilbur Wright, pioneiros americanos que realizaram o primeiro voo em um avião motorizado e tripulado.

As asas do Solar Impulse 2 são mais amplas do que as de um Boeing 747 e estão equipadas com 17.000 células solares para carregar as baterias.

Solar Impulse 2 (1)
Solar Impulse 2 / © Solar Impulse

divider 1

FONTE: G1, Solar Impulse

EDIÇÃO: Cavok

Aeronave de testes X-48 da Boeing atinge a marca de 100 voos

2
O Boeing X-48C Blended Wing Body visto de baixo durante um voo sobre a Base Aérea de Edwards, no dia 16 de outubro de 2012. (Foto: NASA / Carla Thomas)

A aeronave de pesquisa em escala reduzida Boeing X-48 Blended Wing Body realizou seu 100° vôo no final de outubro em Dryden, O Centro de Pesquisa de Voo da NASA na Base Aérea de Edwards, na Califórnia

O voo ocorreu no dia 30 outubro, quando a aeronave não tripulada X-48C realizou dois separados voos de 25 minutos – os voos de número sete e oito para o X-48C, uma vez que começou a voar no dia 7 de agosto. Entre 2007 e 2010, a aeronave, então na configuração X-48B, fez 92 vôos.

Solicito um minuto da atenção de você leitor do Cavok. Estamos tendo despesas elevadas com servidores devido ao alto tráfego gerado mensalmente, e precisamos da ajuda de todos para continuar mantendo o site estável e permanentemente no ar. Sem a ajuda de vocês, fica inviável manter o Cavok, já que infelizmente as empresas aeronáuticas brasileiras até o momento não anunciaram no nosso site, mesmo sendo o Cavok uma das maiores referências sobre notícias de aviação do país, reconhecido inclusive internacionalmente, e um dos sites de aviação mais visitados do país, senão o maior. Para contribuir, utilize as formas de pagamento online abaixo ou nos botões localizados na barra lateral.




Desde já meu muito obrigado.

Fernando Valduga

Enhanced by Zemanta

Itaipu Binacional desenvolve o primeiro avião elétrico

9
O avião ACS 100 Sora desenvolvido pela ACS Aviation. (Foto: ACS)

A Itaipu Binacional fechou parceria com a ACS Aviation para produzir um pequeno avião esportivo, o ACS 100 Sora. A aeronave foi apresentada por técnicos da Embraer que planeja fabricar aviões elétricos no futuro.

Há um esforço cada vez maior para tornar carro elétrico viável comercialmente. É consenso entre os especialistas que o “veículo verde” só vai conseguir competir de igual para igual com os automóveis com motor a combustão quando a densidade energética da bateria for aumentada, o que requer tempo e investimentos muito altos. Outra alternativa é, reduzir o peso dos protótipos, usando materiais compostos e altamente resistentes. Pensando na segunda opção, técnicos da Itaipu Binacional, uma das maiores geradoras de energia limpa e renovável do mundo, que já desenvolveu protótipos do Palio Weekend elétrico – e até mesmo de ônibus e caminhões elétricos que decidiram usar como base a complexa e avançada tecnologia de equipamentos da indústria aeronáutica para tentar chegar ao carro elétrico ideal.

A aeronave elétrica está sendo desenvolvida com o apoio da Itaipu Binacional.

“Uma das estratégias para aumentar a autonomia dos veículos elétricos é reduzir drasticamente o peso dos protótipos. E quando pensamos nessa diminuição não existe setor que entenda mais desse assunto do que as empresas aeronáuticas”, afirma Celso Novaes, engenheiro da Itaipu Binacional e um dos responsáveis pelo projeto, que fechou parceria com a empresa ACS Aviation, de São Bernardo do Campo (SP) para a produção de um pequeno avião esportivo, batizado de ACS 100 Sora, que foi apresentado à Itaipu Binacional por diretores da Embraer – a gigante do setor sonha, num futuro próximo, em fabricar aviões elétricos. Se tudo correr bem, adianta Novaes, por volta de julho de 2013, um protótipo de avião elétrico já conseguirá decolar das pistas. “É um projeto pioneiro. No mundo, apenas a NASA possui projetos similares. E posso garantir que estamos no páreo com eles”, garante o engenheiro da Itaipu.

Novaes explica que a ACS conseguiu desenvolver uma asa altamente resistente, que suporta, por exemplo, até dez sacos de cimento em cada lado, e que pode ser levantado usando apenas um dedo. Se conseguir decolar no prazo previsto, será o primeiro avião elétrico da América Latina e terá as mesmas características dos mais avançados aviões produzidos no mundo. “É tudo muito novo. É importante que o Brasil saia na frente. Tenho certeza de que brevemente seremos referência na produção de aviões elétricos no mundo e o mais importante: conseguiremos, se beneficiando da tecnologia aeronáutica, fazer os melhores carros elétricos do planeta”, afirma Novaes.

Fonte: Economídia, via Terra – Dica do site Hangar do Vinna

Solicito um minuto da atenção de você leitor do Cavok. Estamos tendo despesas elevadas com servidores devido ao alto tráfego gerado mensalmente, e precisamos da ajuda de todos para continuar mantendo o site estável e permanentemente no ar. Sem a ajuda de vocês, fica inviável manter o Cavok, já que infelizmente as empresas aeronáuticas brasileiras até o momento não anunciaram no nosso site, mesmo sendo o Cavok uma das maiores referências sobre notícias de aviação do país, reconhecido inclusive internacionalmente, e um dos sites de aviação mais visitados do país, senão o maior. Para contribuir, utilize as formas de pagamento online abaixo ou nos botões localizados na barra lateral.




Desde já meu muito obrigado.

Fernando Valduga

Enhanced by Zemanta

EAA AIRVENTURE: Novo HUD para aeronaves leves e experimentais

0
O HUD G-HULP desenvolvido para aeronaves leves e experimentais, e apresentado em Oshkosh. (Foto: PAT Avionics)

A empresa PAT Avionics, com sede na Itália, desenvolveu um HUD (Head-Up Display) chamado de G-HULP heads-up ou display HUD focado em aviões leves e experimentais, e apresentou a novidade durante o EAA AirVenture em Oshkosh.

A unidade permite que os pilotos possam controlar facilmente as informações de suas aeronaves – como dados de altitude, velocidade e curso, projetadas numa tela de vidro transparente na frente de seus olhos.

O HUD G-HULP da PAT Avionics é leve, pequeno e pode ser facilmente instalado em qualquer aeronave de pequeno porte, facilitando a visualização das informações básicas de voo. (Foto: PAT Avionics)

“A tecnologia HUD foi originalmente desenvolvida pelos militares, porque eles perceberam que era um caminho mais seguro para os pilotos voarem e ao mesmo tempo tomar as decisões em segundos”, disse Marco Mille, Diretor de Tecnologia para a PAT Avionics. “Depois de três anos de pesquisa e desenvolvimento, agora essa mesma tecnologia está finalmente disponível para tornar a pilotagem de aeronaves experimentais e desportivas leves mais segura.”

O sistema de projetor laser HUD G-HULP HUD é projetado para aviões experimentais, aeronave desportivas leve e planadores. Ele vem em duas versões: o G-HULP Stand Alone e G-HULP para Dynon SkyView.

“É acessível, leve, eficiente no consumo de energia e é muito fácil de usar”, disse Mille. “Além disso, é totalmente personalizável para atender às necessidades de qualquer nível de piloto – do iniciante ao aviador muito hábil.”

Cavok nas redes sociais

62,204FãsCurtir
340Inscritos+1
6,364SeguidoresSeguir
2,505SeguidoresSeguir
10,510SeguidoresSeguir
2,500InscritosInscrever
Anúncios