Tags Post com a tag "FACh"

Tag: FACh

Saab oferece Gripen para Força Aérea Chilena

14
A Saab denominou MS20 (Material System) a atualização do JAS 39 Gripen C / D. A modernização incluiu melhorias em hardware e software, dando novo fôlego ao caça sueco.

Representantes da Saab ofereceram à Força Aérea do Chile (FACh) um lote de aviões Gripen nas versões mono (C) e de dois lugares (D) com a atualização MS20.

Anúncios

Sikorsky assina contrato com Força Aérea do Chile para seis helicópteros S-70i Black Hawk

9

A Força Aérea do Chile assinou o contrato para aquisição de seis helicópteros S-70i Black Hawk. (Foto: Sikorsky)
A Sikorsky, empresa da Lockheed Martin, concluiu com sucesso as negociações de um contrato de venda à Força Aérea do Chile (Fuerza Aérea de Chile) de seis helicópteros Black Hawk S-70i™ para o programa de recapitalização de helicópteros médios.

CRUZEX VI: Confira como foi o “Media Day”

22
Algumas das aeronaves participantes da Cruzex 2013: (d-e) F-16 da FACh, F-2000C, A-1 e F-5EM da FAB, e um F-16 da FAV. (Foto: Wagner Damasio / Cavok Brasil Team)
Algumas das aeronaves participantes da Cruzex 2013: (d-e) F-16 da FACh, F-2000C, A-1 e F-5EM da FAB, e um F-16 da FAV. (Foto: Wagner Damasio / Cavok Brasil Team)

Os representantes dos oito países participantes do exercício Cruzex 2013 se reuniram na manhã desta segunda-feira para uma entrevista coletiva com jornalistas de várias partes do mundo. O evento que abre “oficialmente” também contou com visita as áreas de operação do exercício bem como um voo de apresentação de algumas aeronaves participantes para a mídia nacional.

El Salvador desiste de comprar A-29 Super Tucano e opta por A-37 ex-FACh

91
A Força Aérea de El Salvador (FAS) optou por comprar caças chilenos Cessna A-37 Dragonfly que seriam descartados. (Imagem: FACh)
A Força Aérea de El Salvador (FAS) optou por comprar caças chilenos Cessna A-37 Dragonfly que seriam descartados. (Imagem: FACh)

A Força Aérea de El Salvador (FAS) optou por comprar caças chilenos Cessna A-37 Dragonfly que seriam descartados. A FAS considerou que, pelo menos por enquanto, é um melhor investimento por hora de voo para caças de ataque levedo que o brasileiro A-29 Super Tucano.

Chile cancela competição para compra de novos jatos de treinamento avançado

14
A Força Aérea do Chile cancelou a competição que previa a substituição dos seus jatos A/T-36 Halcon. (Foto: Fernando Valduga / Cavok)
A Força Aérea do Chile cancelou a competição que previa a substituição dos seus jatos A/T-36 Halcon. (Foto: Fernando Valduga / Cavok)

O Ministério da Defesa do Chile cancelou a competição para o fornecimento de aviões de treinamento avançado, que substituiriam os antigos jatos A/T-36 Halcon fabricados na Espanha. A decisão de cancelar a competição foi feita por causa de uma falta no orçamento da defesa. As empresas participantes no concurso – Alenia Aermacchi, BAE Systems e KAI – já receberam um aviso do cancelamento da competição. No total, o Chile planejava comprar 12 aviões.

De acordo com a publicação Defense News, também é possível que a Força Aérea do Chile decidiu cancelar o concurso a fim de aguardar o resultado da concorrência T-X para a Força Aérea dos EUA. A USAF está visando substituir os antigos aviões de treinamento T-38 Talon. No concurso T-X dos EUA participam as mesmas empresas que se candidataram a participar da competição chilena. Além dessas, a Boeing disse que pretende propor aos militares um novo avião de treinamento. As aeronaves militares propostas aos chilenos foram o M-346 Master, o BAE Hawk e o T-50 Golden Eagle.

Outra razão para parar o concurso pode ter sido para economizar, pois a Força Aérea do Chile necessita comprar adicionais caças F-16 Fighting Falcon. Anteriormente, o Ministério da Defesa do Chile também manteve conversações com a empresa Lockheed Martin dos EUA para uma possível modernização de seus caças F-16. Os detalhes das negociações não foram divulgados. Em 2010-2012, a Força Aérea do Chile comprou da Holanda um grande lote de F-16 usados.

Enhanced by Zemanta

Chile vende caças F-5 Tiger III para o Uruguai e quer comprar F-16 da Dinamarca

26
    F-5 Tiger III podem estar indo para a Força Aerea Uruguaia. (Foto: Fernando Valduga / Cavok)
F-5 Tiger III podem estar indo para a Força Aerea Uruguaia. (Foto: Fernando Valduga / Cavok)

Foi divulgado que que o Chile vendeu seus doze F-5 Tiger III para a FAU (Fuerza Aerea Uruguaya) e que essa venda possibilitaria ao Chile adquirir novos F-16, na qual a Dinamarca colocou à venda há alguns dias.

Os acertos entre os países teriam ocorrido durante a visita de uma delegação da FACh e participação desta no centenário da FAU, aonde os contatos que foram feitos para a transferência de até 12 F-5 Tiger III para a Força Aérea Uruguaia.

A FACh levou um grupo de F-5 Tiger III (que incluiu um F-5F), acompanhada por um KC-135 para dois REVOs no voo de 1300 milhas até Montevidéu. Segundo informes o valor para aquisição das 12 unidades seria algo em torno de US$ 80 milhões.

A FAU estaria em processo de seleção de uma aeronave interceptadora para complementar os radares Lanza 3D, já que atualmente só tem A-37B Dragonfly e IA-58 Pucará (apoiados por PC-7U), de ataque ao solo e não têm os recursos necessários para uma interceptação rápida, ainda mais com aviões desprovidos de radar a bordo.

NOTA DO AUTOR: Não há até o momento nenhuma nota no site da FACh e da FAU.

NOTA DO AUTOR²: Em se confirmando tal, a FAU sairá da década de 60 para a década de 90. Terá ela condições de absorver e explorar todas as capacidades do Tiger III? Lembrando que o caça tem um radar multimodo Elta EL/M-2032, sistemas melhorados de RWR, HOTAS, HUD EL-OP 2 e capacete DASH…além de ser capaz de operar num ambiente BVR.

NOTA DO AUTOR³: E os mísseis Python III, IV e Derby? Estarão no pacote? E a Fach adicionando mais F-16 e padronizando a sua Força…enquanto isso num certo país sulamericano…

FONTE: janervelabardalez.com – TRADUÇÃO e ADAPTAÇÃO: CAVOK

Enhanced by Zemanta

F-5 Tiger III no 100º Aniversário da Força Aérea Uruguaia

17
    Caças F-5E Tiger III da Força Aérea Chilena nas comemorações do Centenário da Força Aérea Uruguaia. (Foto: FACh)
Caças F-5E Tiger III da Força Aérea Chilena nas comemorações do Centenário da Força Aérea Uruguaia. (Foto: FACh)

No último dia 17 de março, na costa da Baía de Montevidéu, milhares de pessoas pararam para ver o show aéreo preparado pela Força Aérea Uruguaia para comemorar o centenário de sua aviação militar.

Um Hércules C-130 da Força Aérea Uruguaia (FAU) abriu a apresentação com paraquedistas, alguns carregando a bandeira nacional e outros com a bandeira alusiva ao centenário.

Em terra, expectadores e suas cadeiras de praia, se reuniram na avenida tradicional de Montevidéu, para ver pela primeira vez, a passagem de aeronaves voando sobre o Rio La Plata.

Desta vez, os F-5 Tiger III do Grupo de Aviação n º 12  realizaram um voo de baixa altitude, como parte das festividades do dia em que também se apresentou um antigo o T-6 Texan, da Década de 40 em perfeitas condições de vôo

Com grande expectativa, especialmente nos mais jovens, os pilotos chilenos definiram o público, em geral, como “espetacular”.

Passagem em formação de helicópteros Bell UH-1H e Dauphin. (Foto: FACh)
Passagem em formação de helicópteros Bell UH-1H e Dauphin. (Foto: FACh)

Forças Aéreas do Brasil, Argentina e Paraguai estiveram presentes, e corresponderam as expectativas do público, que por uma hora e meia de apresentações puderam conferir vôos de aeronaves A-37 Dragonfly, A-58 Pucará, C-130 Hércules, C-212 Casa Aviocar, helicópteros UH-1H e Bell 212.

Também se apresentou um IA-63 Pampa da Força Aérea Argentina, um AT-27 Tucano da Força Aérea Paraguaia, e os Tucanos da Esquadrilha da Fumaça da Força Aérea Brasileira, o que, como é tradição, apresentaram suas habilidades no ar, encantando os milhares de participantes.

Fonte: FACh – Tradução e Adaptação: Cavok

Enhanced by Zemanta

Cavok nas redes sociais

61,058FãsCurtir
340Inscritos+1
6,108SeguidoresSeguir
10,510SeguidoresSeguir
2,140InscritosInscrever
Anúncios