Saab

fiqueemcasa

Inicio Tags FWSAR

Tag: FWSAR

Aeronave de treinamento de manutenção CC-295 FWSAR chega ao Canadá

0
Aeronave CC-295 de treinamento de manutenção chegando na Base Aérea de Comox. (Foto: Andrew Cline)

A primeira aeronave CC-295, usada para treinamento do projeto de substituição de aeronaves de busca e salvamento de asa fixa do Canadá (FWSAR) chegou ao país depois de partir de Sevilha, na Espanha.

Anúncios

Força Aérea Canadense recebe primeira aeronave Airbus C295 FWSAR

0
Primeira aeronave C295 FWSAR da Força Aérea Real Canadense (RCAF).

A Real Força Aérea Canadense (RCAF) recebeu a sua primeira aeronave de busca e salvamento de asa fixa (FWSAR) Airbus C295.

IMAGENS: Primeiro CC-295 SAR do Canadá aparece com sua pintura final

1
O primeiro CC-295 SAR da Força Aérea Real Canadense, após receber sua pintura definitiva.

O primeiro Airbus C295, adquirido pelo Governo do Canadá para o programa de substituição de aeronaves de asas fixas de busca e salvamento (FWSAR) da Força Aérea Real Canadense (RCAF), saiu do hangar de pintura exibindo sua pintura final nas instalações da Airbus em Sevilha, Espanha.

Real Força Aérea Canadense abre votação para escolha do nome da aeronave CC-295 FWSAR

4
Aeronave CC-295 substituirá os atuais CC-115 e CC-130 nas tarefas de busca e resgate no Canadá.

Cada vez mais próximo de entrar em operação, a Real Força Aérea Canadense (RCAF) selecionou cinco possíveis nomes para a próxima aeronave de busca e resgate de asa fixa CC-295 do país, uma versão SAR da aeronave de transporte Airbus C295. Uma votação foi aberta para escolha do nome.

IMAGENS: Primeiro voo do C295W destinado ao programa FWSAR do Canadá

1
O primeiro C295W FWSAR para Força Aérea Real Canadense realizou seu primeiro voo no dia 4 de julho de 2019. (Foto: Airbus)

A primeira das dezesseis aeronaves de busca e salvamento Airbus C295W destinadas para Força Aérea Real Canadense (RCAF) realizou seu primeiro voo na quinta-feira (04/07).

VÍDEO: Roll out do primeiro C295 FWSAR para o Canadá

0
O primeiro C295 para missões de busca e salvamento (SAR) das Forças de Defesa do Canadá, deixa o hangar de montagem final da Airbus, na Espanha.

A primeira aeronave Airbus C295 FWSAR do Canadá deixou a linha de montagem final, depois que todos os testes funcionais foram aprovados com sucesso. É um marco importante no desenvolvimento e entrega da nova aeronave.

Airbus seleciona IAI para fornecer radar de patrulha marítima para novas aeronaves C295 MSA canadenses

3
Aeronave C295 para missão FWSAR no Canadá.

A Israel Aerospace Industries (IAI) recebeu recentemente um novo contrato da Airbus Defense & Space para o fornecimento de 16 radares de patrulha marítima ELM-2022A. O Governo do Canadá está comprando 16 aeronaves C295 MSA da Airbus Defense, equipadas com sistemas de sensores avançados para apoiar as operações de busca e salvamento (SAR) do Canadá.

Leonardo denuncia Canadá pelo contrato com a Airbus para aeronaves C295

7
A Airbus DS foi escolhida pelo Canadá para fornecer as aeronaves C295 no programa FWSAR.

A italiana Leonardo, que competiu com a Airbus para fornecer aeronaves de busca e salvamento (SAR) para o Canadá, com a Airbus DS vencendo a competição com a aeronave C295, denunciou o governo canadense pelos termos da adjudicação do contrato.

Canadá anuncia oficialmente o Airbus C295 como vencedor do programa FWSAR

13
A aeronave Airbus C295 foi anunciada como vencedora do programa FWSAR do Canadá.

O Governo do Canadá anunciou hoje que o Airbus C295W foi oficialmente escolhido para seu Programa de Busca e Salvamento de Asa Fixa (FWSAR).

Canadá deve anunciar amanhã o C295 como nova aeronave de busca e salvamento

5
A aeronave C295 da Airbus deve ser anunciada vencedora da competição FWSAR nessa quinta-feira.

O governo liberal canadense anunciará nesta quinta-feira o vencedor de um programa multimilionário para novas aeronaves de busca e salvamento, com fontes da indústria dizendo que a gigante aeroespacial Airbus venceu o acordo com sua aeronave C295.

Aeronave C-27J é apresentada no Canadá para competição FWSAR

4
Uma aeronave de demonstração C-27J Spartan totalmente missionada para a competição FWSAR foi apresentada essa semana no Canadá. (Foto: Team Spartan)
Uma aeronave de demonstração C-27J Spartan totalmente missionada para a competição FWSAR foi apresentada essa semana no Canadá. (Foto: Team Spartan)

O Team Spartan, que oferece o avião C-27J para o Programa de Aeronave de Asa Fixa de Busca e Salvamento (FWSAR) no Canadá, apresentou um modelo semelhante ao C-27J no Aeroporto Executivo de Gatineau-Ottawa na quarta-feira, dia 16 de novembro de 2016.

Embraer KC-390: voo inaugural do 2º protótipo deve ocorrer nas próximas semanas

60
KC-390 voando em formação com sete A-29 Super Tucano da Esquadrilha da Fumaça. Foto - Johnson Barros (3)
KC-390 voando em formação com sete A-29 Super Tucano da Esquadrilha da Fumaça / © Johnson Barros, em caráter ilustrativo

A Embraer se prepara para intensificar o programa de ensaios de voo com a aeronave multimissão KC-390, e para tanto está finalizando os preparativos para o voo inaugural do segundo protótipo, que deve ocorrer no final de março ou início de abril.

EMBRAER: No Canadá, o KC-390 está disputando com C-27J e C-295W. O C-130J está fora do páreo!

30
KC390_SAR
KC-390SAR / Renderização: Embraer, em caráter ilustrativo

A Lockheed Martin está oficialmente fora da competição FWSAR do Canadá, que vai selecionar a nova aeronave de asa fixa para missões de busca e salvamento (SAR) da Força Aérea Real Canadense (Royal Canadian Air Force – RCAF). Com o C-130J Super Hercules fora do páreo, os concorrentes do KC-390 da Embraer são os C-27J da Finmeccanica e C-295W da Airbus Defence & Space. O prazo para o envio das propostas foi encerrado no dia 11 de janeiro.

KC-390 para o Canadá?

44
Aeronave de transporte militar KC-390, por ocasião do seu primeiro voo, realizado no dia 03.02.2015, na cidade de Gavião Peixoto, SP (Foto -  Embraer)
Aeronave de transporte militar KC-390, por ocasião do seu primeiro voo, realizado no dia 03.02.2015, na cidade de Gavião Peixoto, SP (Foto: Embraer)

A Embraer Defesa e Segurança está avaliando a possibilidade de ofertar ao Canadá a sua aeronave de transporte tático KC-390.

Canadá amplia competição de nova aeronave SAR para vários fabricantes

12
A Força Aérea do Canadá pretende substituir seis aviões de busca e salvamento DHC-5 Buffalo. (Foto: Departamento de Defesa do Canadá)

Um projeto de vários bilhões de dólares para compra de novas aeronaves de busca e salvamento (SAR) para os militares canadenses – visto como uma vitória provável para o Alenia Aermacchi C-27J Spartan – se transformou numa competição de pleno direito, atraindo fabricantes de aviões de todo o mundo.

Os militares das Forças canadenses reverteram a sua decisão anterior de operar apenas um tipo de aeronaves para a nova frota de busca e salvamento, abrindo a competição de US$ 3,06 bilhões numa concorrência para escolher uma nova aeronave fabricada no Canadá, mas também potencialmente para aviões que vão desde a Lockheed Martin C-130J até o Embraer KC-390.

O C-27J Spartan da Alenia Aermacchi era considerado favorito na competição canadense. (Foto: Alenia Aermacchi)

Funcionários da canadense Viking Air, bem como da Embraer, da Lockheed, da Boeing, da Alenia Aermacchi e da Airbus Military, participaram de uma reunião no dia 17 de outubro em Gatineau, Quebec, para ouvir uma atualização do governo sobre o projeto da nova aeronave de asa fixa de Busca e Salvamento (FWSAR).

Kim Tulipan, porta-voz para o setor de aquisição do Departamento de Defesa Nacional, disse que, após uma revisão independente do projeto, “a exigência foi alterada da escolha baseada na plataforma por uma escolha que se baseia na capacidade. Como resultado, a indústria será obrigada a propor o tipo de aeronave ou mix de aeronaves e em que quantidade de aeronaves, e onde serão baseadas.”

Essa mudança sinaliza que a Real Força Aérea Canadense recuou de sua insistência em comprar somente uma frota de aeronaves, abrindo a porta para uma frota mista, disseram funcionários da indústria aeroespacial.

A Embraer participou da reunião com o governo canadense pensando em oferecer o KC-390. (Foto: Embraer)

A mudança permitiria a compra de uma aeronave menor para uso na operações na costa montanhosa oeste do país, assim como na região dos Grandes Lagos, disseram. A maior aeronave também poderá ser comprada para cobrir a costa leste e outras regiões.

Rob Mauracher, presidente e vice-presidente de desenvolvimento de negócios da Viking Air, disse que a mudança permite que as empresas unam forças e ofereçam um pacote de aeronaves para o Canadá.

“A Viking está tendo discussões com outras empresas aeroespaciais e acredita numa solução de duas frotas”, disse ele.

A Viking Air está oferecendo uma aeronave Buffalo modernizada. (Foto: Viking Air)

A Viking Air propôs fornecer recém-construídos aviões bimotores DHC-5 Buffalo, com o trabalho que está sendo feito em instalações de produção em Victoria, British Columbia, e em Calgary, Alberta. O Buffalo é usado pelas Forças Canadenses para as missões de busca e resgate de asa fixa na Costa Oeste.

Mauracher observou que possíveis novos licitantes surgiram, acrescentando que o Embraer KC-390, um avião de transporte militar bimotor a jato em desenvolvimento, poderia competir frente-a-frente com o Lockheed C-130J, um turboélice de quatro motores.

Permitindo uma solução de duas frotas e uma concorrência potencialmente maior também pode trazer problemas para o Alenia Aermacchi C-27J, um avião de carga bimotor que tem sido visto como a aeronave favorecida no passado pelo Canadá, disse Steve Staples, presidente do Rideau Institute, um instituto de análise baseado em Ottawa. A Alenia Aermacchi é uma subsidiária do grupo industrial italiano Finmeccanica.

As aeronaves CC-115 Buffalo estão em operação no Canadá desde a década de 1960.

Em abril de 2004, funcionários da Airbus Military reclamaram publicamente que a Força Aérea canadense estava forçando para uma compra única de código-fonte do C-27J. Alan Williams, ex-assistente do ministro no Departamento de Defesa, depois testemunhou perante uma comissão parlamentar que a Força Aérea tinha desenhado os requisitos para o programa da aeronave de busca e salvamento para favorecer o C-27J.

Em dezembro de 2008, o ministro da Defesa, Peter MacKay, tentou acelerar a projeto, mas que rapidamente descarrilou em meio a alegações semelhantes de favoritismo feitas na Câmara dos Comuns e na indústria.

A Viking Air também lançou uma campanha de amplo lobby, escrevendo para os membros do Parlamento para questionar por que o Departamento de Defesa queria selecionar uma aeronave que ia ser construída na época nos EUA, quando um avião construído no Canadá – sua nova geração do Buffalo – estava potencialmente disponível.

A Força Aérea do Canadá negou que favoreceu o C-27J.

A Embraer, a gigante aeroespacial brasileira, não respondeu a um pedido de comentários.

A Lockheed pretende oferecer o C-130J, que já é operado pelas Forças Canadenses. (Foto: Lockheed Martin)

A Lockheed não quis comentar, mas um funcionário observou que se decidisse oferecer, que iria oferecer o C-130J, que a Força Aérea canadense já opera.

A Boeing vai propor uma versão especializada do V-22 Osprey. (Foto: Boeing)

Funcionários da Boeing disseram que eles estão visando participar do projeto de licitação com o V-22 Osprey. A empresa baseada em Chicago, constrói a aeronave tiltrotor em parceria com a Bell Helicopter, de Fort Worth, Texas.

A Alenia está fechando parcerias no Canadá para fortalecer sua proposta do C-27J Spartan. (Foto: Alenia)

A Alenia Aermacchi ainda pretende oferecer o C-27J e, em maio, a Alenia Aermacchi, a Alenia Aermacchi North America, a General Dynamics Canada, a Provincial Aerospace e a DRS Canada anunciaram que iriam unir forças para o projeto FWSAR. Em setembro, as companhias anunciaram que iriam desenvolver um sistema de missão canadense concebido para a sua proposta de aeronaves.

A Airbus Military informou oficialmente que competirá com o C-295. (Foto: Airbus Military)

Airbus Military vai se candidatar com o C-295, outro avião de carga bimotor. No dia 10 de outubro, a Airbus Military e a Discovery Air de Yellowknife, Northwest Territories, assinou um memorando de entendimento. A Discovery Air vai se tornar parceira primária da Airbus Militar canadense no projeto FWSAR, e nos trabalhos de serviço de apoio se as empresas ganharem a competição.

A nova aeronave FWSAR substituiria seis Buffalos e 13 aviões C-130 Hercules utilizados nesse papel, disse Tulipan. Num determinado momento, o Departamento de Defesa imaginou comprar 17 aeronaves, mas não detalhou quantos aviões que quer adquirir. Isso será com as empresas.

“O governo está atualmente desenvolvendo o pedido de documentação da proposta e está consultando com a indústria ao longo do processo de desenvolvimento”, disse Tulipan.

Mauracher disse que as empresas estão esperando um pedido de propostas para março, com lances previstos para o final de 2013 ou início de 2014.

Fonte: DefenseNews – http://www.defensenews.com/article/20121020/DEFREG02/310200001/Canada-8217-s-3B-SAR-Contest-Wide-Open?odyssey=tab|topnews|text|FRONTPAGE

Solicito um minuto da atenção de você leitor do Cavok. Estamos tendo despesas elevadas com servidores devido ao alto tráfego gerado mensalmente, e precisamos da ajuda de todos para continuar mantendo o site estável e permanentemente no ar. Sem a ajuda de vocês, fica inviável manter o Cavok, já que infelizmente as empresas aeronáuticas brasileiras até o momento não anunciaram no nosso site, mesmo sendo o Cavok uma das maiores referências sobre notícias de aviação do país, reconhecido inclusive internacionalmente, e um dos sites de aviação mais visitados do país, senão o maior. Para contribuir, utilize as formas de pagamento online abaixo.

Desde já meu muito obrigado a todos.
Fernando Valduga

Enhanced by Zemanta

Cavok nas redes sociais

62,515FãsCurtir
340Inscritos+1
6,526SeguidoresSeguir
2,505SeguidoresSeguir
10,510SeguidoresSeguir
2,780InscritosInscrever
Anúncios