Tags Post com a tag "ilyushin"

Tag: ilyushin

IMAGENS: Rússia apresenta a aeronave de missão especial Ilyushin Il-22PP

5
A aeronave “escort jammer” Ilyushin Il-22PP durante sobrevoo no 105º Aniversário da Força Aérea Russa.

A aeronave de missão especial russa Ilyushin Il-22PP “Porubshchik” foi revelado ao público pela primeira vez no dia 12 de agosto e pode ser fotografado na cidade de Kubinka (63 km a oeste de Moscou, capital da Rússia), por ocasião do 105º Aniversário da Força Aérea da Rússia.

Iniciam os voos de testes estatais da aeronave Il-76MD-M

4
O Il-76MD-M decola para seu primeiro voo de testes em conjunto com o Ministério de Defesa da Rússia. (Foto: Russia MoD)

O Ministério de Defesa da Rússia iniciou os testes de voo da aeronave IL-76MD-M, que estão sendo realizados pelo Complexo de Aviação Ilyushin, na cidade de Zhukovsky, perto de Moscou. Este voo ocorre há mais de um ano após a aeronave ter completado seu primeiro voo como parte do programa de teste da fabricante.

Primeiro protótipo do avião de transporte leve Il-112V entra na fase final de montagem

5
A VASO iniciou a montagem da asa na primeira aeronave Il-112V, (Foto: VASO)

O primeiro protótipo do avião de transporte militar leve IL-112V chegou à etapa de montagem final. Os especialistas da Voronezh Joint Stock Aircraft Manufacturing Company PJSC (VASO PJSC, que faz parte da United Aircraft Corporation PJSC) concluíram uma fase mais importante do ciclo de produção de fabricação de aeronaves, isto é, acoplando o conjunto da asa com a fuselagem.

Rússia vai relançar modernização do avião de transporte Il-76

1
O Il-76MD-90A foi fabricado para realizar os voos de testes do programa de modernização da frota de aviões Il-76.
O Il-76MD-90A foi fabricado para realizar os voos de testes do programa de modernização da frota de aviões Il-76.

O Ministério da Defesa da Rússia reavivou o programa de modernização da frota de aeronaves de transporte Il-76 para o padrão Il-76MD-90A (Il-476). O primeiro avião remodelado Il-76MDM poderia entrar em operação no final deste ano.

Índia demonstra interesse na versão de reabastecimento do avião Il-78M-90A

6
A Aviastar está desenvolvendo a versão de reabastecimento em voo do IL-78MD90A.
A Aviastar está desenvolvendo a versão de reabastecimento em voo do Il-78M-90A.

A Força Aérea Indiana (IAF) cancelou a concorrência avaliada em US$ 2 bilhões para aquisição de seis aeronaves Airbus A330 MRTT (Multi-Role Tanker Transport), de acordo com uma fonte do Ministério da Defesa indiano.

Companhia aérea Cubana adquire aeronaves An-158 e Il-96-400s

18
Dentre o pedido da Cubana estão três aviões An-158. (Foto: Antonov)
Dentre o pedido da Cubana estão três aviões An-158. (Foto: Antonov)

Cuba vai comprar US$ 650 milhões em aviões da Rússia, informou o ministro da indústria e comércio da Rússia nesta sexta-feira. As aeronaves, incluindo An-158s e Il-96-400s, serão operadas pela companhia aérea Cubana de Aviación.

“No total, vamos entregar US$ 650 milhões em aeronaves para Cuba,” disse Denis Manturov aos jornalistas.

A empresa de leasing russa Ilyushin Finance Company (IFC) e a Cuban Aviation Corporation assinaram um contrato de opção para entrega de três aviões de passageiros Antonov An-158 e uma série de outros acordos na presença do primeiro-ministro russo Dmitry Medvedev e do líder cubano Raúl Castro.

Cuba também confirmou que estava interessada em comprar da Ilyushin Finance três aeronaves Ilyushin Il-96-400 com capacidade para transportar 350 pessoas.

Um acordo sobre a entrega dos Il-96-400s também foi assinada em Havana.

Medvedev chegou em Cuba na quinta-feira depois de uma visita ao Brasil.

Fonte: RIA Novosti – Tradução e Adaptação do texto: Cavok

Enhanced by Zemanta

Novos postos de comando voadores entram em produção na Rússia

6
Um novo posto de comando aéreo será fabricado numa aeronave Il-476. (Foto: UAC)
Um novo posto de comando aéreo será fabricado numa aeronave Il-476. (Foto: UAC)

A Rússia deu início à construção de novos postos de comando voadores a partir do avião Il-476 para substituir os antecessores instalados no avião Il-22 e desenvolvidos nos anos 1960, informou o Estado-Maior das Forças Armadas russas.

Os novos postos de comando voadores devem operar em modo digital e garantir uma comunicação de duas vias segura e confiável, além de possuir equipamento para neutralizar os meios de guerra eletrônica inimigos.

“O novo posto será integrado aos escalões operacional, tático e estratégico de um sistema automatizado de comando das Forças Armadas que está sendo criado”, diz o comunicado divulgado pelo Estado-Maior.

De acordo com os militares, os postos de comando voadores Il-22 existentes estão desatualizados. Por outro lado, o IL-476 não pode substituir completamente o Il-22 por ter uma autonomia reduzida e elevado consumo de combustível.

“Os postos de comando voadores são necessários a comandantes de diferentes níveis. Por isso, precisamos de, pelo menos, 20, e, de preferência, 40 postos voadores”, disse uma fonte da indústria armamentista russa.

Segundo o site oficial do Kremlin, o presidente russo Vladímir Pútin, que exerce também as funções de Comandante Supremo das Forças Armadas do país, receberá neste ano dois novos aviões presidenciais IL-96-300 equipados com um posto de comando.

Atualmente, o chefe de Estado tem à sua disposição quatro aviões: um IL-96-300, um Il-62, um Tu-154 e um Yak-40.

A imprensa russa divulgou recentemente que os novos aviões presidenciais serão equipados com meios de comunicação e controle modernos, bem como sistemas de laser para desorientar e neutralizar os mísseis antiaéreos a serem lançados contra o avião.

A aeronave Il-87 Aimak (Il-80/Il-86VKP) usado como posto de comando aéreo na Força Aérea da Rússia. (Foto: Kirill Naumenko / Airliners)
A aeronave Il-87 Aimak (Il-80/Il-86VKP) usado como posto de comando aéreo na Força Aérea da Rússia. (Foto: Kirill Naumenko / Airliners)

Conforme o contrato com o Centro de Desenvolvimento em Tecnologias Aeronáuticas Ilyushin, o custo de dois aviões presidenciais beira os 10,39 bilhões de rublos (cerca de R$ 650 milhões), enquanto um avião comum desse tipo custa 1,2 a 1,5 bilhões de rublos (cerca de R$ 90 milhões).

“O avião presidencial é um posto de comando voador das tropas. Possui um monte de antenas de transmissão e recepção, além de sensores de toda a espécie que não podem ser colocados na superfície exterior da fuselagem. Caso contrário, o avião presidencial teria uma aparência terrível”, explicou uma fonte do Ministério da Defesa em entrevista ao jornal russo “Izvéstia”. “Por isso, muitos dos equipamentos são embutidos nas asas, empenagem, revestimento da fuselagem etc.”

Fonte: Andrêi Lvov / Gazeta Russa

Nota do Editor: Embora o texto fale de aeronaves Il-22 usadas como postos de comandos aéreos com a Força Aérea da Rússia, somente encontramos a informação que a Rússia utiliza os aviões Il-87 Aimak (Il-80/Il-86VKP) nesse tipo de tarefa, o qual a Força Aérea russa possui quatro aeronaves. A Rússia ainda possui uma versão AWACS do Il-76, que é designada A-50 Mainstay. Não sabemos ao certo qual dos dois a notícias se refere, ou qual exatamente é a aeronave Il-22 descrita no texto. Se alguém souber a resposta, coloque nos comentários.

 

Enhanced by Zemanta

Cavok nas redes sociais

45,919FãsCurtir
340Inscritos+1
1,211SeguidoresSeguir
8,056SeguidoresSeguir
483InscritosInscrever
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.