Tags Post com a tag "Militar"

Tag: Militar

BAE Systems entrega o primeiro Nimrod MRA4 para o Ministério da Defesa do Reino Unido

0
O Nimrod MRA4 ZJ514/PA04. (Foto: BAe Systems)

Numa breve cerimônia na sua fábrica em Woodford, a BAE Systems entregou o primeiro Nimrod MRA4 para o Ministério da Defesa do Reino Unido no dia 10 de março, o qual foi declarado “pronto para treinar”.

A primeira aeronave de produção, ZJ514/PA04 foi aceita em nome do Ministério da Defesa pelo Coronel Jerry Kessell e significa a aceitação do modelo pelo fabricante. As tripulações da Royal Air Force (RAF) podem agora começar o treinamento com a aeronave, que estará pronta para Capacidade Operacional Inicial na metade de 2012.

O Coronel George Martin, Gerente de Operações do Nimrod MRA4 do Ministério da Defesa do Reino Unido disse: “Hoje nós vemos o fim do processo de aceitação do MRA4, nominalmente o modelo, produção e por último, mas não menos importante, pela capacidadet. Ele marca uma etapa chave na entrega do primeiro MRA4 para uso em serviço.”

O ZJ514 será agora levado para a unidade da BAE Systems de Warton, onde a tripulação da RAF será treinada dentro do programa de transição para criar a primeira turma de instrutores para base da RAF de Kinloss, em Moray, Escócia, onde as aeronaves deverão ficar baseadas.

A aceitação da aeronave PA04 também conincide com a retirada de serviço das aeronaves ZJ516/PA01 e ZJ518/PA02, os dois aviões Nimrod MRA4 de pré-produção que serviram o seu propósito e agora serão aposentados.

O Nimrod MRA4 ZJ514/PA04 sobrevoa a costa Welsh. (Foto: BAe Systems)

A aeronave ZJ514/PA04 voou pela primeira vez no dia 14 de setembro de 2009, e leva a matrícula ZJ514, mas foi construído usando a fuselagem do Nimrod MR2 XV251, construído no início da década de setenta.

Fonte: BAe Systems – Tradução e Adaptação do Texto: Cavok

Anúncios

IMAGENS: USAF começa o treinamento dos pilotos da Força Aérea do Iraque

0
Um esquadrão de aeronaves T-6A da Força Aérea do Iraque, na base de Tikrit, no Iraque.

A Força Aérea dos Estados Unidos começou o primeiro curso para treinamento de pilotos da Força Aérea do Iraque, utilizando as novas aeronaves de treinamento T-6A Texan, numa base iraquiana em Tikrit.

Aeronave Hawker Beechcraft T-6A Texan II da Força Aérea do Iraque.

O Hawker Beechcraft T-6A Texan II chegou pela primeira vez em Tikrit, Iraque, no dia 16 de dezembro de 2009, como preparação para o treinamento. Possui um motor turbohélice, e dois lugares, projetado para o treinamento conjuntos de pilotos das forças armadas.

A aeronave T-6A é totalmente acrobática e possui cabine pressurizada com sistema anti-G, assentos de ejeção e um avançado pacote de aviônicos com displays de cristal líquido (LCD) anti reflexivas.

A primeira turma incluirá 20 pilotos da Força Aérea do Iraque, alguns dos quais que continuarão o treinamento para tornarem-se os primeiros instrutores para a academia.

O treinamento com as aeronaves T-6 será o segundo passo de um programa de treinamento dos pilotos de 18 meses de duração.

Os pilotos selcionados para o treinamento tiveram que completar 20 horas de treinamento em aeronaves Cessna 172 Skymaster, e aprenderam as noções básicas e fundamentais de voo.

Quatro aeronaves T-Ä sobrevoam a academia de pilotos iraquianos em Tikrit, Iraque.

O Tenente Coronel Charles Westbrook, comandante do 52º Esquadrão de Treinamento de Voo Expedicionário (EFTS) disse que eles terão contato com manobras acrobáticas como loopings e tounneaus, treinamento com instrumentos de navegação, voo abaixa altitude e de formação, e treinamento tático.

O curso está também coordenando as exigências operacionais tais como procedimentos de tráfego aéreo com uma unidade de aviação do Exército na Base Operacional de Contingência de Speicher para manter o espaço aéreo para os treinamentos de voo dos T-6, bem como para operações de manutenção e reabastecimento mantendo as tripulações iraquians no solo preparadas para prestar todos serviços nas aeronaves prontas para voar.]

Fonte: U.S. Air Force – Tradução e Adaptação do texto: Cavok

IMAGENS: Aeronaves A-10 Thunderbolt II da USAF participam do exercício Cope Tiger

0

O A-10 Thunderbolt II 80-0239 taxia na pista da Base Aérea de Udon Thani, Tailândia, no dia 4 de março de 2010, durante o Cope Tiger 2010. A aeronave está equipada com um sistema de Aviso de Mísseis AN/AAR-47. (Foto: Capt. Genieve David / U.S. Air Force)

A Força Aérea dos Estados Unidos está conduzindo uma missão com quatro aviões de combate A-10 Thunderbolt II durante o exercício multilateral Cope Tiger 2010, na Tailândia.

Pilotos do 25º Esquadrão de Caça da Base Aérea de Osan, Coreia do Sul, caminham para suas aeronaves na Base Aérea de Udon Thani, Tailândia, no dia 4 de março de 2010, antes de conduzirem a primeira de várias missões planejadas no exercício Cope Tiger 2010. (Foto: Capt. Genieve David / U.S. Air Force)
O Capitão Matthew Lackey coloca seu capacete momentos antes de acionar seu A-10 Thunderbolt II na primeira missão no exercício Cope Tiger 2010, na Base Aérea de Udon Thani, Tailândia. (Foto: Capt. Genieve David / U.S. Air Force)

As quatro aeronaves A-10, da Base Aérea de Osan, Coreia do Sul, efetuam missões básicas de ataque ao solo com armas simuladas na Área de Nam Phong, na Tailândia.

Membros da 25ª Unidade de Manutenção de Aeronave da Base Aérea de Osan, Coreia do Sul, removem os calços "remove before flight" como preparação para um A-10 Thunderbolt II poder partir para uma missão na Base Aérea de Udon Thani, Tailândia. (Foto: Capt. Genieve David / U.S. Air Force)

O exercício Cope Tiger 2010 inclui a participação da Força Aérea dos Estados Unidos (SAF), da Real Força Aérea e Exército da Tailândia, e da Força Aérea da República de Singapura.

O membro da tripulação no solo Graeme Clark prepara o cockpit de um A-10 Thunderbolt II para os pilotos participantes do exercício Cope Tiger 2010 na Base Aérea de Udon Thani, Tailândia. (Foto: Capt. Genieve David / U.S. Air Force)

A participação dos Estados Unidos é liderada pela 13ª Força Aérea Conjunta da Base de Pearl Harbor, Havaí, subordinada a Força Aérea do Pacífico.

Um avião A-10 Thunderbolt II (80-0253) retorna de uma missão durante o Cope Tiger 2010 na Base Aérea de Udon Thani, Tailândia, no dia 5 de março de 2010. (Foto: Tech. Sgt. Cohen A. Young / U.S. Air Force)
As tripulações de solo dos aviões A-10 Thunderbolt II e os técnicos em armas preparam os jatos para o desligamento após eles terem retornado de uma missão de treinamento no Cope Tiger 2010 na Base Aérea de Udon Thani, Tailândia, no dia 5 de março de 2010. A aeronave em primeiro plano é o A-10C (80-0245) com um pod de mira AN/AAQ-28 LITENING AT. Um sistema de aviso de mísseis AN/AAR-47 também está instalado. A aeronave ao fundo é o A-10 (81-0971). (Foto: Tech. Sgt. Cohen A. Young / U.S. Air Force)

O exercício está sendo realizado nas bases de Korat e Udon Thani da Real Força Aérea da Tailândia até o dia 12 de março de 2010.

Fonte: USAF – Texto: Cavok

F-X2: Jobim deve revelar a preferência sobre o novo caça da FAB no início de abril

0
Saab Gripen NG

O Ministro da Defesa do Brasil, Nelson Jobim, irá divulgar um relatório oficial durante a semana do dia 5 de abril detalhando sua preferência na competição para compra de 36 novos caças para a Força Aérea Brasileira, conforme Jobim informou nessa quinta-feira durante uma entrevista enquanto em visita à Índia.

Jobim ainda adicionou que o governo não estava ainda preparado para divulgar informações sobre a preferência numa competição avaliada em mais de US$ 6 bilhões. Chamado para depor no Congresso no dia 2 de março, Jobim havia dito que o relatório estaria pronto em 20 dias.

Dassault Rafale

O governo brasileiro no ano passado selecionou três finalistas para o programa F-X2: a francesa Dassault Aviation, com o caça Rafale; a norte americana Boeing, com o caça F/A-18 Super Hornet; e a sueca Saab, com o caça Gripen NG.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva expressou de forma não oficial sua preferência pelos caças Rafale da francesa Dassault, citando que os franceses fariam transferência de tecnologia.

Boeing F/A-18E Super Hornet (Foto: Mate Airman Philip A. McDaniel / U.S. Navy)

A opção pelos caças da Boeing, no entanto, pode ser entrelaçada com a disputa comercial entre o Brasil e os EUA sobre os subsídios do algodão. A Organização Mundial do Comércio (OMC) no ano passado deu ganho de causa para o Brasil implementar um retaliação no valor de US$829 milhões contra os subsídios norte americanos.

Após a divulgação do relatório do Ministro da Defesa, a decisão final para compra dos caças deverá ficar a cargo do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

IMAGEM DA SEMANA: Raptor e Mustang sobre Oshkosh

0
Um caça F-22A Raptor voa em formação com um P-51D Mustang durante o AirVenture 2008. (Foto: Fernando Valduga / Cavok)

Durante a edição 2008 do AirVenture em Oshkosh, a Força Aérea dos Estados Unidos (USAF) levou para o evento dois caças Lockheed F-22A- Raptor da Base Aérea Langley. Uma dessas aeronave efetuou demonstrações diárias sobre o Wittman Regional Airport, local onde a Convenção da EAA é realizada todos anos. Mas o ponto alto da apresentação sempre era a passagem em formação com um caça P-51D Mustang da Segunda Guerra Mundial. Interessante notar o tamanho das duas aeronaves que marcaram épocas na força aérea norte americana.

Esse tipo de voo em formação é conhecido nos Estados Unidos como Heritage Flight. O programa de Heritage Flights da USAF foi estabelecido em 1997 para comemorar o aniversário de 50 anos da Força Aérea dos EUA. Durante as demonstrações, os caças mais recentes do inventário norte americano voam em formação fechada com caças da Segunda Guerra Mundial, da Guerra da Coreia e do Vietnã, tais como o P-51 Mustang (da foto acima) e o F-86 Sabre. A missão do voo de apresentação é para mostrar a segurança e o orgulho da evolução do poder aéreo norte americano e apoiar o recrutamento de novos cadetes para a força aérea.

Todos pilotos que voam em formação com as aeronaves da USAF fazem parte de uma seleção feita pelo Air Combat Command e possuem autorização da USAF para tais voos em formação.

O caça F-22 Raptor, pertencente ao Esquadrão de Demonstração Raptor Demo Team, fica na Base Aérea de Langley, Virginia, e opera com duas unidades do caça stealth de quinta-geração da USAF. A bordo da aeronave o Major David “Zeze” Skalicky. O esquadrão está subordinado ao Air Combat Command (ACC) da USAF. O Air Combat Command também possui sob sua coordenação outros cinco esquadrões desse tipo, com as aeronaves de combate A-10 Thunderbolt, F-16, F-15E.

A aeronave North American P-51D Mustang “Excalibur”, N151W (s/n 45-11540), pertence a Jim Reed, de Chesterton, Indiana, e é uma das aeronaves autorizadas pela Força Aérea dos EUA a efetuar este tipo de apresentação. A North American Aviation no período de 1941-1945 produziu 15.486 aviões de caça P51 Mustang, e 60 anos depois, apenas cerca de 300 aeronaves sobreviveram. O “Excalibur” é uma delas.

Este ano está previsto novamente a vinda dos caças F-22 Raptor para o AirVenture, que será realizado entre os dias 26 de julho e 1º de agosto, na cidade de Oshkosh, Wisconsin.Os Raptor estiveram presentes ao evento nos anos 2006, 2007 e 2008.

O site Cavok estará presente ao evento e trará as informações diariamente com imagens e relatos de tudo que acontecerá no maior show aéreo do planeta.

O Portal Cavok viajará para Oshkosh com a agência Candiota Turismo, especializada nas viagens para o AirVenture. Se quiser saber mais sobre o evento, clique no link abaixo.

O esquadrão Red Arrows da RAF voa pela primeira vez com nove aeronaves em formação em 2010

0
A nova formação "Spitfire" com nove aeronaves BAe Hawk. (Foto: Ministério da Defesa do Reino Unido)

Após mais de cinco meses de treinamento, a Equipe Acrobática da Royal Air Force (RAF), os Red Arrows, voaram pela primeira vez ontem, dia 10, numa formação com nove aeronaves durante um voo de treinamento na base da RAF de Scampton, em Lincolnshire, se preparando para a temporada de apresentações de 2010. Essa será uma das novas manobras do esquadrão britânico.

Os nove aviões Hawk dos Red Arrows sobrevoam a base da RAF de Scampton, Lincoln. (Foto: Red Arrows)

Desde outubro, os Red Arrows vem voando três vezes por dia, durante cinco dias da semana. O processo começa com pequenas formações de três ou quatro aeronaves com os novos pilotos aprendendo as referências visuais do voo e os tipos de formações, e de forma gradual vão aumentando para um número maior de aeronaves.

O ‘Red 1’ Líder do Esquadrão Ben Murphy, disse “A primeira vez que nós voamos com uma formação de nove aeronaves foi uma grande marca para nossa equipe. Isso significa que nós estamos quase prontos para a demonstração em público nos próximos meses.”

Um dos dois novos pilotos para 2010, o ‘Red2’ Tenente Ben Plank, disse “O treinamento até então tem sido bem rigoroso mas realmente prazeiroso. Este anos existirão algumas novidades na sequência da apresentação – uma delas será a “Spitfire Roll”, a qual comemorará este ano os 70 anos da Batalha da Inglaterra.”

A equipe partirá para base da RAF de Akrotiri, no Chipre, no dia 20 de março, para um período de seis semanas de treinamento em voo sobre o céu azul do Mediterrâneo, com exceção de um breve retorno para a Maratona de Londres no dis 25 de abril.

Fonte: Red Arrows – Tradução e Adaptação do texto: Cavok

VÍDEO: F-35B Lightning II efetua uma aproximação de 40 kts antes de pousar

0

O piloto de teste Graham Tomlinson guiou o caça supersônico F-35B Lightning II numa aproximação de 40 kts (46 mph) sobre a Estação Naval de Patuxent River, Maryland, e então passou para uma velocidade de pouso de 75 kts (86 mph).

O voo feito na quarta-feira, dia 10 de março, foi uma das últimas missões antes da aeronave efetuar seu primeiro pouso vertical. O F-35B possui um sistema de propulsão com um fan acoplado num eixo acionado que produz mais de 41.000 libras de empuxo vertical, permitindo velocidades de zero a Mach 1,6.

Os clientes atuais do F-35B incluem o U.S. Marine Corps, dos EUA; a Royal Air Force (RAF) e a Royal Navy, do Reino Unido; e a Marinha e a Força Aérea da Ítália.

Cavok nas redes sociais

61,070FãsCurtir
340Inscritos+1
6,125SeguidoresSeguir
10,510SeguidoresSeguir
2,150InscritosInscrever
Anúncios