Saab

Inicio Tags Museus

Tag: Museus

IMAGENS: Maior coleção privada de jatos de combate do mundo está em uma vinícola francesa

2
Coleção de jatos de combate em vinícola na França.

Uma vinícola francesa detém o título de maior coleção privada de jatos de combate do mundo. E são muitos jatos raros.

Anúncios

Jato Hawk ex-RAF voa novamente… com uma pequena ajuda

0
Jato Hawk T1 no seu caminho para o Aeródromo de Old Sarum, sendo levado por um Chinook da RAF.

No dia 21 de agosto, um jato Hawk T1 ex-RAF voou novamente, entre a base de Boscombe Down para Old Sarum, mas o jato precisou de um pouco de ajuda… de um helicóptero Chinook.

Más notícias para o Museu da Força Aérea Russa de Monino

15
Acervo histórico do Museu da Força Aérea Russa em Monino pode ser afetado com uma transferência de parte das aeronaves para outro parque que está sendo planejado pelo presidente russo Vladimir Putin. (Foto: Andrey Khachatrian / Livejournal)

O avião de combate La-7 de um dos maiores ases aliados, Ivan Kozhedub, e os biplanos Po-2, das “Night Witches”, as primeiras pilotos de combate femininas, sobreviveram a metralhadoras e canhões antiaéreos durante a invasão nazista. Mas agora essas e outras aeronaves históricas no museu da Força Aérea Russa, no subúrbio de Monino, cerca de 38 km da capital russa Moscou, uma das maiores coleções desse tipo em qualquer lugar, enfrentam a destruição nas mãos da liderança militar da Rússia, segundo funcionários e antigos pilotos.

VÍDEO: Mi-26 transporta Su-27 pelo céu de São Petersburgo

6
O enorme helicóptero Mi-26 foi contratado para transportar o Su-27 que ficará exposto numa base militar. (Foto: EPA)

Um helicóptero de transporte Mi-26 foi avistado sobrevoando São Petersburgo com uma carga muito inesperada. O enorme helicóptero estava carregando… um caça militar Su-27 Flanker.

Primeiro 777 fabricado no mundo é doado para museu no Arizona

1
O primeiro 777 fabricado no mundo foi doado pela Cathay Pacific para um museu no Arizona, EUA.

A Boeing e a Cathay Pacific anunciaram hoje que estão doando o primeiro Boeing 777 para o Pima Air & Space Museum, no Arizona, uma das maiores instalações do mundo dedicada à celebração do setor aeroespacial.

Museu Asas de um Sonho será transferido para São José dos Campos

5
O Constellation do Museu Asas de um Sonho.

No final de semana dos Dias das Mães, uma nova informação surgiu sobre o novo local do Museu Asas de um Sonho (Museu da TAM), que estava localizado em São Carlos. A nova localidade do museu será junto ao Memorial Aeroespacial Brasileiro (MAB), em São José dos Campos, interior de São Paulo.

Airbus vai transferir um A380 para o museu de Le Bourget

3
A aeronave Airbus A380 MSN004 será transferida no dia 14 de fevereiro para o Museu do Ar e do Espaço de Le Bourget, próximo a Paris. (Foto: Fernando Valduga / Cavok)

Como parte de sua contribuição para a preservação do patrimônio da aviação, a Airbus transferirá quatro de seus aviões de teste para museus: o Museu do Ar e do Espaço em Le Bourget, Paris, e no Aeroscopia, em Toulouse.

Helicóptero H-34 Super Puma é incorporado ao Museu Aeroespacial

2
O helicóptero de transporte H-34 Super Puma que foi entregue ao Museu Aeroespacial, juntamente com o Diretor do MUSAL, Brigadeiro e membros do 3°/8° GAV. (Foto: MUSAL)
O helicóptero de transporte H-34 Super Puma que foi entregue ao Museu Aeroespacial, juntamente com o Diretor do MUSAL, Brigadeiro do Ar Reformado Márcio Bhering Cardoso, e membros do 3°/8° GAV. (Foto: MUSAL)

Em solenidade realizada no dia 04 de agosto, o Museu Aeroespacial (MUSAL) incorporou ao acervo histórico o helicóptero H-34 SUPER PUMA do 3°/8° Grupo de Aviação (RJ), retirados de serviço após vinte e nove anos e mais de quarenta e oito mil horas de voo.

Cavok visita o museu da Força Aérea Sueca

10
13224169_10207698185067359_780677843_o
Museu da Força Aérea Sueca, Flygvapenmuseum, localizado na cidade de Linköping, na Suécia.

A empresa sueca de defesa e segurança Saab AB reuniu há pouco os representantes da imprensa mundial e autoridades para um jantar de boas vindas no museu da Força Aérea Sueca, Flygvapenmuseum, localizado na cidade de Linköping, na Suécia, considerado um dos mais importantes museus aeronáuticos da Europa.

DECIDIDO: Museu da TAM fecha suas portas

49
O Constellation nas cores da Panair do Brasil, exposto no Museu da TAM. (Foto: Rafael Siviero / Cavok Brasil)
O Constellation nas cores da Panair do Brasil, exposto no Museu da TAM. (Foto: Rafael Siviero / Cavok Brasil)

Neste último final de semana, os apaixonados por aviação foram pegos de surpresa com a informação do fechamento do Museu da TAM, em São Carlos (SP). No sábado de manhã, dia 30, começou a rolar pela internet um suposto e-mail do diretor do Museu ASAS de um Sonho, William Rady, dizendo que o museu estaria fechando devido a falta de verba para manter a estrutura funcionando. O que mais causou confusão foi a falta de informação e respeito com os visitantes por parte da TAM, que de maneira abrupta fechou as portas do museu, e também não passando a verdadeira informação tanto para imprensa como para o público em geral. Vamos tentar explicar aqui o resumo do que houve e o que temos de informação até o momento.

Nova casa para um B-1A Lancer

8

01Uma aula de história para os visitantes do Strategic Air and Space Museum começa antes de passar pelas portas – e ela está prestes a ficar mais intensa.

IMAGENS: MUSAL recebe aeronaves Mirage 2000C e SEPECAT Jaguar

159
Já dentro do MUSAL, os dois novos jatos incorporados ao acervo: o Mirage F-2000C e o SEPECAT Jaguar. (Foto: Mauro Lins de Barros / Cavok)
Já dentro do MUSAL, os dois novos jatos incorporados ao acervo: o Mirage F-2000C e o SEPECAT Jaguar. (Foto: Mauro Lins de Barros / Cavok)

Nessa sexta-feira, dia 25 de abril, o Museu Aeroespacial (MUSAL) fez uma solenidade de incorporação de um Dassault F-2000C Mirage 2000, que pertencia ao 1º Grupo de Defesa Aérea (1° GDA), e também de um SEPECAT Jaguar GR.1, que pertencia ao N°20 Sqn da Real Força Aérea Britânica (RAF).

Austrália está procurando interessados em preservar sete aeronaves F-111

9
Sete caças bombardeiros que eram da Real Força Aérea da Austrália (RAAF) devem ser doados por meio de empréstimo a museus e organizações australianas. (Foto: Ministério da Defesa da Austrália)

O Ministro de Material de Defesa da Austrália, Jason Clare, divulgou hoje o Pedido de Oferta (RFO) para até sete caças bombardeiros F-111 que foram retirados de operação em dezembro de 2010, para que sejam disponibilizados por empréstimo a museus aeronáuticos australianos e outras organizações históricas, conforme anunciado pelo ministro em setembro desse ano. A divulgação do Pedido de Oferta é o próximo passo nesse processo.

As aeronaves serão emprestados aos museus, para que o Ministério de Defesa possa continuar gerenciando o risco de materiais perigosos na aeronave como o amianto, e colocou a uma série de condições para garantir a preservação segura da aeronave.

Estas condições incluem:

  • Habitação da aeronave numa instalação completamente fechada;
  • Garantir que o público seja impedidos de subir em entradas de ar dos motores e dutos de exaustão;
  • Limitar, controlar e fiscalizar o acesso do público ao cockpit;
  • Impedir o público de abrir os painéis de acesso das aeronaves;
  • Supervisionar o acesso público ao compartimentos do trem de pouso e de armas;
  • Completar a manutenção e preservação especificada, e
  • Comparecer a reuniões de auditoria da Commonwealth e reportar as exigências.
As aeronaves F-111 Aardvark deixaram de operam na Austrália em 2010, depois que a RAAF recebeu seus novos caças F/A-18F Super Hornet. (Foto: Ministério da Defesa da Austrália)

Como os aviões foram produzidos nos Estados Unidos, organizações selecionadas para exibir as aeronaves estarão sujeitas à aprovação do Governo dos EUA sob a Lei de Tráfico Internacional de Armas.

Helicóptero Sea Knight conhecido como ‘Lady Ace 09’ foi restaurado por museu nos EUA

2
O helicóptero CH-46E Sea Knight 'Lady Ace 09', matrícula 154803, que foi apresentado no Museu de Aviação Flying Leatherneck, dos Marines, em Miramar, na Florida. (Foto: Sgt. Sean McGinty / U.S. Marine Corps)

O helicóptero CH-46E Sea Knight, matrícula 154803, conhecido como ‘Lady Ace 09’, foi apresentado no Museu de Aviação Flying Leatherneck, localizado na Estação Aérea dos Marines de Miramar, na Florida.

O ‘Lady Ace 09’ foi o helicópteros que evacuou o Embaixador Graham Martin da Embaixada do Vietnã do Sul em Saigon, no dia 30 de abril de 1975, durante a operação ‘Frequent Wind’.

O piloto que voou a missão, Coronel Gerald L Berry, também esteve presente ao evento de apresentação do modelo recentemente restaurado. O helicóptero CH-46E (154803) entrou em operação em fevereiro de 1968 e voou com vários esquadrões até abril de 2004 quando este foi tirado de serviço e doado ao Museu Leatherneck. Desde então o helicóptero veio sendo restaurado para sua pintura original de 1975, quando em operação com o Esquadrão de Helicópteros Médios dos Marines 165 (HMM-165).

Um raro Douglas DC-2 e mais 39 DC-3 devem chegar juntos ao AirVenture 2010

1
Douglas DC-2 "N1934D" do Museum Of Flight. (Foto: Gerhard Plomitzer / Airliners)

Um raro Douglas DC-2, o antecessor do famoso DC-3, fará parte da chegada em formação de 40 aeronaves no dia 26 de julho, como parte da celebração de 75 anos do DC-3 que será realizada durante o EAA AirVenture Oshkosh 2010. A aeronave faz parte do acervo do Museum of Flight de Seattle, Washington, e liderará o grupo de outras 39 aeronaves da família DC-3 (C-47, AC-47) que estará chegando no dia de abertura do maior show aéreo do planeta.

Clay Lacy nos controles do raro DC-2 do Museum of Flight. (Foto: Chad Slattery)

O grande conhecedor de aviação Clay Lacy, membro da EAA, que participou da restauração da aeronave, pilotará o DC-2 a partir de seu atual lar no Aeroporto de Van Nuys, na Califórnia, até o aeroporto de Sterling, em Rock Falls, Illinois, de onde o grupo de aeronaves irá se encontrar antes de seguir para Oshkosh.

Com a pintura clássica de vermelho e cinza da TWA, no esquema “The Lindbergh Line,” é uma das únicas duas aeronaves em condições de voo no mundo. A outra aeronave faz parte do Museu Aviodrome, na Holanda e, de acordo com o curador do museu Raymond Oostergo, este voou apenas 30 horas em 2009 e está atualmente num processo de inspeção, devendo voar novamente em maio.

A aeronave DC-2 foi desenvolvida em 1933 quando a TWA e a Douglas Aircraft Company decidiram aumentar o comprimento da fuselagem do avião comercial DC-1 em 60 centímetros para adicionar mais uma fileira de assentos, passando a capacidade para 14 passageiros. O primeiro voo foi no dia 11 de maio de 1934. Apenas 150 aeronaves do modelo foram construídas até a Douglas iniciar a produção do DC-3 em 1935.

A aeronave DC-2 N1934D do Museum of Flight foi originalmente entregue para Pan Am – conforme a plca na aeronave informa em março de 1935 – e operou como aeronave de passageiros pela última vez com uma companhia aeréa na América do Sul por vários anos. Ele posteriormente retornou para os EUA operado pela Johnson Flying Service de Missoula, Montana, como uma aeronave de lançamento de bombeiros próximo à aéreas de incêndios de grande escala. A Douglas Historical Society posteriormente adquiriu a aeronave, ficando com ela entre os anos de 1982 e 2003 na Califórnia.

A aeronave ficou então locada em Santa Monica até que a Douglas Society realocou a aeronave para um hangar em Long Beach para ser restaurada para condição de voo. Ela então foi vendida mais tarde para um colecionador de aeronaves antigas e também membro da seção de aeronaves antigas da EAA Bruce McCaw, de Seattle, o qual doou ela para o Museum of Flight em 2005, tendo seguido para Seattle em 2007.

A aeronave foi raramente visto em voo e em shows aéreos desde 1985, e ela nunca esteve presente em Oshkosh. Ela estará em exposição para visitação e fotos no aeroporto de Sterling, em Rock Falls entre os dias 23 e 25 de julho e estará em exposição estática no AirVenture entre os dias 26 e 31 de julho.

O Douglas DC-2 em exposição no Museum of Flight, de Seattle.

Maiores informações e muitas fotos da aeronave DC-2 pode ser visto no site: www.rbogash.com ou através do site do Museum Of Flight.

A lista das aeronaves que estarão presentes no EAA AirVenture pode ser vista no site The Last Time.org.

O site Cavok estará participando do EAA AirVenture  2010, fazendo uma cobertura em tempo real do maior evento de aviação do mundo. A equipe Cavok estará viajando com a Candiota Turismo.

Fonte: EAA – Tradução e Adaptação do texto: Cavok

Cavok nas redes sociais

61,781FãsCurtir
340Inscritos+1
6,287SeguidoresSeguir
2,505SeguidoresSeguir
10,510SeguidoresSeguir
2,380InscritosInscrever
Anúncios