Tags Post com a tag "Operação Inherent Resolve"

Tag: Operação Inherent Resolve

Caças F-16 iraquianos realizam primeira missão contra o Daesh, junto da coalizão

2
Um caça F-16 da Força Aérea do Iraque. Uma missão de proteção aérea implica em atacar aeronaves inimigas, então o uso desse termo para descrever um ataque aéreo contra Daesch, que não tem nenhuma aeronave, é inesperado para dizer o mínimo.

Os caças F-16 Fighting Falcon da Força Aérea Iraquiana realizaram uma missão de contra-defesa aérea acima da fronteira entre o Iraque e a Síria, ao lado de aeronaves da coalizão, no dia 16 de abril de 2019, marcando a primeira vez que os aviões de combate da Força Aérea Iraquiana voaram em uma operação de combate ao lado de aeronaves da coalizão.

Anúncios

Turquia e forças da coalizão atacam Estado Islâmico na Síria

1
F-16 - Força Aérea da Turquia (THK) (1)
Caças F-16 / © Força Aérea Turca (THK), em caráter ilustrativo

Ataques da Turquia e das forças de coalizão lideradas pelos Estados Unidos mataram ao menos 27 insurgentes do grupo extremista Estado Islâmico na Síria, reportou a agência estatal turca de notícias Anadolu. A morte dos extremistas ocorreu no domingo (15), quando disparavam projéteis em direção à Turquia.

Nos últimos meses, a região fronteiriça turca de Kilis tem sido alvo de projéteis lançados do território controlado pela milícia radical na vizinha Síria.

Desde setembro de 2014, aviões de guerra da coalizão internacional começaram a atacar alvos do Estado Islâmico na Síria. A Turquia permite que os caças da aliança usem sua base aérea em Incirlik, mas não participa regularmente das ofensivas.

Vale mencionar ainda que as autoridades turcas vincularam insurgentes curdos e integrantes do Estado Islâmico a importantes atentados registrados nos últimos meses no país.

An F-15E Strike Eagle from the 391st Expeditionary Fighter Squadron at Bagram Air Base, Afghanistan, launches heat decoys Dec. 15 during a close-air-support mission over Afghanistan. (U.S. Air Force photo/Staff Sgt. Aaron Allmon)
F-15E Strike Eagle / © Força Aérea dos EUA (USAF), em caráter ilustrativo

divider 1

FONTE: Valor Econômico, com informações da Associated Press

EDIÇÃO: Cavok

Prowler contra o Estado Islâmico

19
Northrop Grumman EA-6B Prowler_Adam Fritzler
Northrop Grumman EA-6B Prowler – USMC / © Adam Fritzler, em caráter ilustrativo

Os EUA não se cansam de nos surpreender com o desdobramento de aeronaves icônicas para combater os jihadistas do grupo terrorista Estado Islâmico no Iraque e Síria, no âmbito da Operação Inherent Resolve. Depois de ter empregado, no ano passado, duas unidades da legendária aeronave de ataque leve e observação North American Rockwell OV-10 Bronco, e de ter enviado recentemente algumas unidades do bombardeiro estratégico Boeing B-52H Stratofortress para ofensiva contra os terroristas, dessa vez o visitante inusitado ao conflito é a aeronave de guerra eletrônica Northrop Grumman EA-6B Prowler.

De acordo com o Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA (USMC), no dia 14 de abril um esquadrão de aeronaves EA-6B Prowler, acompanhado pelo pessoal de apoio associado, foi implantado na Base Aérea de Incirlik, na Turquia.

Northrop Grumman EA-6B Prowler_Robert M Rossman
Northrop Grumman EA-6B Prowler – USMC / © Robert M Rossman, em caráter ilustrativo

No que tange ao Prowler, normalmente, um esquadrão típico da USMC é composto por 6 aeronaves e mais 250 integrantes, mas corporação não forneceu detalhes específicos para este desdobramento, tendo se limitado a informar que as aeronaves devem permanecer na Turquia até o mês de setembro.

Baseado na célebre aeronave de ataque EA-6A Intruder, o EA-6B Prowler foi empregado pela primeira vez em 1971, durante a Guerra do Vietnã, e foi a primeira aeronave verdadeiramente especializada em guerra eletrônica da Marinha dos EUA (US Navy). A Grumman Aircraft construiu 170 exemplares do EA-6B, a maioria dos quais recebeu extensos melhoramentos ao longo da sua vida útil.

Apesar de ter sido aposentado pela US Navy em 2015, onde foi substituído pelo EA-18G Growler, o Prowler continuará em serviço com o USMC até 2019.

Northrop Grumman EA-6B Prowler_Marco Papa
Northrop Grumman EA-6B Prowler – USMC / © Marco Papa, em caráter ilustrativo

divider 1

FONTE: US DoDMarine Corps Times

EDIÇÃO: Cavok

NOTA DO EDITOR: O argumento de que os Prowlers foram enviados para a Turquia a fim de combater o EI é apenas uma cortina de fumaça. O envio dessas aeronaves reflete o azedamento das relações entre EUA e Rússia, com consequências diretas no conflito sírio, que tem assistido o cessar fogo patrocinado pelos russos fracassar.

É preciso lembrar que as tropas do presidente Bashar al-Assad possuem sistemas relativamente sofisticados e que o uso de aeronaves de guerra eletrônica se justifica neste contexto. Recentemente, os EUA também informaram que voltarão a armar os rebeldes na região. O objetivo é remover Assad a qualquer custo do poder.

Sugestão de leitura:

US arms shipment to Syrian rebels detailed [08/04/2016]
http://www.janes.com/article/59374/us-arms-shipment-to-syrian-rebels-detailed

Here’s a look at the weapons the US is sending to Syrian rebels [11/04/2016]
http://www.businessinsider.com/weapons-us-sends-to-syrian-rebels-2016-4

U.S. Readies ‘Plan B’ to Arm Syria Rebels [12/04/2016]
http://www.wsj.com/articles/u-s-readies-plan-b-to-arm-syria-rebels-1460509400

VÍDEO: A-10 em ação na Síria

10
A-10C Warthog
Fairchild Republic A-10C Thunderbolt II (Warthog) / © USAF, em caráter ilustrativo

O comando da coalizão internacional liderada pelos EUA no âmbito da Operação Inherent Resolve (CJTF–OIR) divulgou hoje um vídeo referente a um ataque realizado no dia 3 de abril por uma aeronave de combate A-10 Warthog contra um carro-bomba (VBIED – Vehicle Borne Improvised Explosive Device) nas proximidades da cidade de Al-Shaddadi, nordeste da Síria.

Bombardeiros B-52H já estão no Qatar para ofensiva contra o Estado Islâmico

4
Boeing B-52H Stratofortress - Base Aérea Al Udeid (Qatar)
Os bombardeiros estratégicos Boeing B-52H Stratofortress, registros 60-0025 e 60-0032, chegaram hoje ao Qatar para participar da ofensiva americana contra o EI / © Staff Sgt. Corey Hook – USAF

Dois bombardeiros estratégicos Boeing B-52H Stratofortress, registros 60-0025 e 60-0032, pertencentes à 2ª Ala de Bombardeio da Força Aérea dos EUA (USAF), que integram o 20º e 96º Esquadrão de Bombardeio da corporação, chegaram hoje à Base Aérea Al Udeid, no Qatar, de onde partirão para as missões contra o grupo terrorista Estado Islâmico (EI), no âmbito da Operação Inherent Resolve (OIR).

Bélgica anuncia envio de caças F-16 para bombardear EI

21
A Belgian military F-16 Fighting Falcon conducts a combat patrol over Afghanistan Dec. 12, 2008. (U.S. Air Force photo by Staff Sgt. Aaron Allmon/Released)
F-16AM – Força Aérea Belga / © Aaron Allmon, em caráter ilustrativo

O primeiro-ministro da Bélgica, Charles Michel, anunciou nesta sexta-feira que enviará caças F-16 para bombardear o grupo terrorista Estado Islâmico (EI).

Broncos contra o Estado Islâmico?

30
North American Rockwell OV-10G+ Bronco (4)
North American Rockwell OV-10G+ Bronco / © US Navy, em caráter ilustrativo

A informação, apesar de inusitada, é verídica. No âmbito da Operação Inherent Resolve, os EUA empregaram duas unidades da legendária aeronave de ataque leve e observação North American Rockwell OV-10 Bronco contra as posições do grupo terrorista Estado Islâmico no Iraque e Síria.

Cavok nas redes sociais

61,608FãsCurtir
340Inscritos+1
6,256SeguidoresSeguir
10,510SeguidoresSeguir
2,300InscritosInscrever
Anúncios