Tags Post com a tag "porta-aviões"

Tag: porta-aviões

China planeja ter seis porta-aviões, dois com propulsão nuclear

15
Os novos porta-aviões chineses terão um convés totalmente plano, sem a ski-ramp usada no Liaoning.

A China planeja operar seis porta-aviões, dos quais dois serão movidos a energia nuclear e que serão lançados por volta de 2025, de acordo com especialistas militares chineses.

Aeronaves da Marinha Francesa retornam a operação no porta-aviões Charles de Gaulle

1
Caças Rafale Marine se preparam para decolar do convoo do porta-aviões Charles de Gaulle.

Após 18 meses de parada técnica, o Charles de Gaulle retomou o mar em setembro de 2018 para seus primeiros testes técnicos no Mediterrâneo. Durante duas semanas, cerca de 20 aeronaves Rafale, Hawkeye, Dauphin e NH90 da Marinha Francesa operaram novamente a bordo do porta-aviões Charles de Gaulle. O grupo aerotransportado foi mantido longe de seu porta-aviões desde o final de 2017 devido a modernização da meia-idade do único porta-aviões francês.

Índia começará construção do seu terceiro porta-aviões em 3 anos

2
O porta-aviões indiano INS Vishal (IAC-II) deve começar a ser fabricado até 2021.

A Índia deve começar a construção de seu segundo porta-aviões fabricado no país, o INS Vishal (IAC-II) em três anos, informou o chefe da Marinha indiana na segunda-feira (03/12). Este será o terceiro porta-aviões que deve entrar em operação com a Marinha Indiana.

Danos no porta-aviões Kuznetsov foram orçados em US$ 1,1 milhão

12
Rússia disse que danos no porta-aviões Kuznetsov foram mínimos e ele deve ser reparado no prazo original.

O único porta-aviões da Rússia, o Almirante Kuznetsov, sofreu danos em 52 lugares no valor de 70 milhões de rublos (cerca de 1,1 milhão de dólares) no incidente da doca flutuante, disse Alexei Rakhmanov, chefe da United Ship-Building Corporation.

Ministério de Defesa da Rússia diz que “porta-aviões Kuznetsov será consertado no prazo”

15
O Almirante Kuznetsov passa por modernizações e reparos, que devem ocorrer até 2022.

O chefe da United Shipbuilding Corporation, Alexey Rakhmanov, garantiu que o Ministério da Defesa da Rússia cumprirá os prazos de reparação do navio, e que o porta-aviões Admiral Kuznetsov seria consertado a tempo após o acidente na doca flutuante. Nesta semana, várias reportagens comentaram sobre o fato da incapacidade do estaleiro de consertar o porta-aviões após o acidente no doca flutuante.

Rússia diz que não tem como consertar o porta-aviões Kuznetsov

17
O porta-aviões Almirante Kuznetsov, visto na doca flutuante PD-50.

O acidente ocorrido no único dique seco da Rússia frustrou os planos de reformar e reparar seu único porta-aviões, deixando o país com a possível perda definitiva do porta-aviões Almirante Kuznetsov.

Estaria o conceito de porta-aviões obsoleto?

45
Caças F-35C a bordo do porta-aviões USS Nimitz (CVN-68). (Foto: U.S. Navy)

O porta-aviões britânico HMS Hermes chegou tarde demais para mudar o curso da Primeira Guerra Mundial. Mas chegou a tempo de mudar o curso da história do mundo. Cem anos após o nascimento do porta-aviões, a plataforma cresceu enormemente e ficou muito cara. Ainda vale a pena o custo?

Cavok nas redes sociais

55,966FãsCurtir
340Inscritos+1
5,500SeguidoresSeguir
9,047SeguidoresSeguir
1,184InscritosInscrever
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.