Tags Post com a tag "RAF – Royal Air Force"

Tag: RAF – Royal Air Force

Tucano da RAF faz exibição pública final

18
O Tucano, liderando a formação, fez sua última aparição pública no show aéreo de Southport no fim de semana.

Um Short Tucano T1 da RAF usado para treinar pilotos e navegadores, incluindo o Duque de Cambridge, participou de sua última exibição pública no show aéreo de Southport.

Anúncios

RAF planeja transição para sua nova plataforma Protector

1
O Reino Unido opera 10 Reapers MQ-9 no Iraque e na Síria. Imagem ilustrativa.

A Grã-Bretanha planeja retirar seus sistemas de aeronaves não tripuladas MQ-9 Reaper em 2024, enquanto a Força Aérea Real realizada a transição para sua nova plataforma Protector.

SHADER CENTURIONS – A ponta de lança da RAF

3
Um Typhoon da RAF é preparado para mais uma missão na pista da base da RAF Akrotiri no Chipre. A Royal Air Force está realizando operações com o Eurofighter sobre o Iraque e a Síria lutando contra o Estado Islâmico.

Trabalhar seis dias seguidos no calor de uma primavera cipriota pesa sobre pessoas e equipamentos. Felizmente, as duas filas de abrigos de proteção – conhecidas como RES (Rapid Erect Shelters) fornecem uma pausa do brilho dos raios do sol do Mediterrâneo para as equipes que mantêm os caças da Royal Air Force prontos para a ação.

IMAGENS: F-35B da RAF realiza primeiros testes com armas construídas no Reino Unido

0
Um F-35B Lightning II armado da Força Aérea Real levou os céus para os primeiros testes com armas construídas no Reino Unido.

O Ministro da Defesa, Stuart Andrew, revelou que o programa F-35 do Reino Unido alcançou o marco histórico enquanto estava em uma visita à Agência de Eletrônica e Componentes de Defesa (DECA) no País de Gales (Reino Unido). A DECA está programada para se tornar um centro global de reparos para aeronaves stealth, fornecendo serviços cruciais de manutenção, reparo, revisão e atualização para aviônicos do F-35, componentes eletrônicos e elétricos, sistemas de combustível, mecânicos e hidráulicos.

IMAGENS: Piloto de testes da BAe, pilota Tornado sem canopy

2
Piloto de testes da BAe Keith Hartley “posa” para foto durante voo de teste.

Em 1988, as fotos exclusivas deste post apresentam o Piloto de Teste da British Aerospace (BAe) Keith Hartley pilotando o Tornado XZ630 durante um voo de teste sem o canopy.

Coréia do Sul: Exercício Escudo Invencível

16
Caças F-15K, F-16C, e Typhoon voando em formação. Foto: Força Aérea Sul Coreana
Caças F-15K, F-16C, e Typhoon voando em formação. Foto: Força Aérea Sul Coreana

A Força Aérea Real (RAF) durante o Exercício Escudo Invencível, fez a sua maior implantação de equipamentos e pessoal para a Península Coreana desde a década de 1950, uma interoperabilidade combinada, que está ocorrendo do dia 1, até o dia 10 de Novembro.

A RAF enviou vários caças Eurofighter Typhoon FRG4s para a Base Aérea de Osan, Coréia do Sul, voando ao lado dos F-16C/D Fighting Falcons. e A-10C Warthog dos EUA, além de caças-pesados F-15K Slam Eagle da Coréia do Sul. Foi a maior reunião da RAF na Coréia do Sul desde a Guerra da Coréia.

Espero que o Escudo Invencível, nosso primeiro exercício aéreo combinado entre Coréia do Sul, EUA e Reino Unido, isso não apenas aumenta a capacidade de operações aéreas combinadas para proteger a paz e a estabilidade na Península Coreana, mas também contribui bastante para a melhoria das forças armadas.” disse o tenente-general Won, In-Choul, comandante de Operações da Força Aérea da Coreia do Sul.

O intercâmbio proporcionou uma oportunidade para as três nações compartilharem informações e habilidades adquiridas ao longo de décadas de experiência aérea histórica combinada em diferentes teatros em todo o mundo.

Trabalhando ombro a ombro, estamos mostrando uma frente unificada para aqueles que gostariam de nos fazer mal“, disse o tenente-general Thomas W. Bergeson, o comandante da Sétima Força Aérea Real.

O pessoal da RAF parecia estar apreciando a oportunidade de não só treinar ao lado das forças aéreas dos EUA e da Coréia do Sul, mas também por continuar fortalecendo suas relações com a Coréia do Sul há décadas.

Comandantes Britânicos, Americanos e Sul Coreanos com um F-15K de fundo. Foto: USAF/ Dillian Bamman

Falando com aqueles que participaram do exercício, eu sei que foi um sucesso, aumentando a interoperabilidade entre nossas Forças Aéreas e fortalecendo nosso interesse mútuo em segurança e defesa“, disse o Chefe do Comando Aéreo da RAF Aéreo Sir Stephen Hillier. “Os participantes da RAF também me disseram que privilégio eles sentiram ao exercer tão estreitamente com nossos parceiros e amigos coreanos, ao lado das forças dos EUA, no Escudo Invencível”.

A implantação ativa da RAF e a continuação de missões de treinamento ao lado das equipes Sul-Coreanas e Americanas continuarão até o dia 10 de novembro.

Fonte: U.S Airforce

Aeronaves E-3D da RAF estão no chão por problemas elétricos

0
E-3D da RAF. Foto: Paul Saxb
E-3D da RAF. Foto: Paul Saxb

A frota britânica de aeronaves de aviso prévio (AWACS) E-3D Sentry foi colocada no chão, enquanto a Royal Air Force (RAF) busca reparar a fiação elétrica e outras questões na aeronave.

A frota de seis aeronaves E-3D foi afetada, e o problema resultou em aliados da Grã-Bretanha terem que intervir para preencher as lacunas nas operações da OTAN e da campanha contra o Estado islâmico no Iraque e na Síria. A RAF tem um Sentry normalmente baseado em Chipre, como parte de uma contribuição britânica conhecida como Operação Shader, parte da campanha contra o Estado Islâmico.

Como resultado da inspeção técnica de rotina nas aeronaves E-3D, foi identificado um problema relacionado à integridade dos cabos elétricos e do sistema de condicionamento da cabine. A segurança continua a ser a nossa principal preocupação; portanto, a frota Sentry só voará novamente depois que o trabalho de reparo em andamento estiver concluído“, disse um porta-voz da RAF.

Fontes disseram que poderiam ser várias semanas para que a frota comece as operações novamente. Normalmente, o RAF só tem uma parte da frota disponível para voar, com o resto em manutenção profunda.

No início deste ano, o Ministério da Defesa Britânico disse que tinha apenas quatro aviões em sua frota em condições operacionais, e dois em manutenção. O trabalho de reparos está sendo realizado na base de Coningsby, na Inglaterra, sendo apenas um lar temporário para a frota.

E-3D da RAF durante um pouso.
E-3D da RAF durante um pouso.

A sede da frota é na Base de Waddington, que permanece fechada para grandes jatos enquanto uma nova pista é instalada na base, que também abriga a frota Sentinel, Airseeker, Reaper e outras aeronaves ativas, criando assim uma grande lacuna na RAF.

O Sentry deveria ser retirado do serviço em 2025, mas os britânicos anunciaram no ano passado que a vida útil da aeronave estava sendo estendida por mais 10 anos, até 2035. A extensão de vida é esperada para acontecer no final dessa década.

Uma fonte do Ministério da Defesa Britânico disse que as questões técnicas não estavam relacionadas ao esforço de apoio da Northrop Grumann. A Northrop Grumann lidera um consórcio responsável pela manutenção e disponibilidade da frota.

Fonte: DefenseNews

Cavok nas redes sociais

61,065FãsCurtir
340Inscritos+1
6,120SeguidoresSeguir
10,510SeguidoresSeguir
2,150InscritosInscrever
Anúncios