Saab

fiqueemcasa

Inicio Tags Rússia

Tag: Rússia

A Rússia e a Índia devem assinar em março acordo sobre caça de quinta-geração

4

A aeronave PAK FA taxia após completar seu primeiro voo com sucesso. (Foto: Sukhoi)

A Rússia e a Índia assinarão o primeiro contrato de fabricação do novo caça de quinta-geração no final desse mês ou no início de março, informou um membro da indístria de defesa da Rússia nessa segunda-feira, dia 15.

“Nós esperamos um contrato para o primeiro estágio do projeto, especificamente o desenvolvimento do conceito técnico do projeto, para ser assinado no final de fevereiro ou início de março,” disse Alexander Fomin, representante direto do chefe do Serviço Federal para a Cooperação Técnica e Militar.

Ele adicionoi que a Rússia e a Índia já estão atualmente “numa fase ativa de negociações” sobre a fabricação dos novos caças de quinta-geração.

Ainda não está totalmente claro se Fomin estava se referindo ao protótipo PAK FA do Sukhoi T-50 da Rússia que já efetuou dois voos de teste (veja aqui no Cavok), ou de um novo projeto. Ele não indicou exatamente qual projeto a Índia estaria interessada em participar.

A Rússia vem desenvolvendo seu novo caça de quinta-geração desde os anos noventa. O atual protótipo, conhecido como T-50, foi desenvolvido pela equipe de projetos da Sukhoi e foi construído na fábrica em Komsomolsk-on-Amur, no extremo leste da Rússia.

Esse caça será entregue para Força Aérea da Rússia a partir de 2015 (veja aqui no Cavok). A Rússia pretende adquirir cerca de 250 unidades do T-50, sendo 50 monoplaces e 200 biplaces.

Fonte: RIA Novosti – Tradução e Adaptação do texto: Cavok

Anúncios

Caça PAK FA da Rússia efetua seu segundo voo

2

Com uma diferença de alguns dias, o novo caça de quinta geração da Rússia desenvolvido pela Sukhoi Corporation, sob a designação do projeto PAK FA, efetuou na sexta-feira, dia 12, seu segundo voo de testes no extremo leste da Rússia.

O voo foi realizado na unidade da KNAAPO em Komsomolsk-on-Amur, e teve a duração de 57 minutos, cerca de 10 minutos mais longo que o voo inaugural do dia 29 de janeiro, e o caça estava pintado nas cores de combate da Força Aérea da Rússia, de acordo com a Interfax.

Dessa vez o caça também foi pilotado pelo piloto de testes Sergei Bogdan, o qual expressou a satisfação pelo desempenho da aeronave qjue será introduzida na Força Aérea da Rússia em 2015.

A Força Aérea da Índia, a qual deverá adquirir 50 unidades do caça na versão monoplace, poderá introduzir outras 200 unidades da versão biplace do caça PAK FA (FGFA na Índia) a partir de 2016.

Vistos de lado, os dois caças de quinta geração: PAK FA e F-22 mostram seu design de caça stealth.

O Chefe Geral das Forças Armadas da Rússia, o General do Exército Nikolai Makarov disse que o novo caça, o qual a Índia é parceira no desenvolvimento, poderá ser superior ao caça norte americano F-22 Raptor – o único caça de quinta geração na ativa.

“Nós teremos no nosso caça uma inteligência artificial, quase no nível da inteligência humana,” comentou o General Makarov para a agência Interfax.

Após mais alguns testes de voo, o T-50 deverá ser deslocado para o Instituto de Testes de Voo em Zhukovski, próximo a Moscow, para mais testes e também para alcançar a certificação.

Os testes de disparos de armas deverão ocorrer na área de testes de Akhtuba, na região sul da Rússia de Astrakhan, antes de ser transferido para o centro da força aérea em Lipetsk, em 2013, para evolução dos manuais de combate.

As entregas do caça de 5ª geração da Rússia, o PAK FA, serão mesmo em 2015

0
Protótipo do PAK FA, Sukhoi T-50, durante o seu primeiro voo no dia 29 de janeiro. (Foto: Sukhoi)

As entregas dos novos caças de quinta geração para Força Aérea da Rússia, o PAK FA, começarão em 2015 ao invés de 2013 conforme informado anteriormente pelo Primeiro Ministro da Rússia Vladimir Putin, disse ontem, dia 9, o chefe da Força Aérea da Rússia.

“Em 2013, eu espero… que o protótipo do [Sukhoi] PAK FA esteja pronto e preparado, e que comecem a entregar para as unidades militares em 2015,” disse o General Alexander Zelin, chefe da Força Aérea da Rússia.

Um protótipo do caça fez seu voo inaugural no extremo leste da Rússia no dia 29 de janeiro (veja aqui no Cavok). No mesmo dia o Primeiro Ministro Vladimir Putin disse após os 47 minutos de voo que o primeiro lote dos caças de 5ª geração entrariam em serviço em 2013.

A Rússia vem desenvolvendo seu novo caça desde os anos noventa. O atual protótipo, conhecido como T-50, foi projetado pelo escritório de design da Sukhoi e foi construído na fábrica de Komsomolsk-on-Amur.

Oficiais da Rússia já aclamaram o caça como uma aeronave de características únicas, que combinam as capacidades de um caça de superioridade aérea com uma aeronave de ataque ao solo.

Fonte: RIA Novosti – Tradução: Cavok

Rússia planeja apresentação militar aérea maciça durante a parada do “Dia da Vitória”

0
As atuais plataformas de bombardeio da Força Aérea da Rússia: um Tu-95MS Bear, um Tu-22M3 Backfire e um Tu-160 Blackjack.

A Rússia marcará o 65° aniversário da vitória sobre a Alemanha nazista, o “Dia da Vitória”, com a maior demonstração de equipamentos militares já feita até hoje, informou um respeitado jornal na quinta-feira.

Tupolev Tu-160 Blackjack decolando durante o show aéreo MAKS 2007.

No próximo dia 9 de maio, 165 aeronaves de combate voarão sobre a Praça Vermelha, em Moscou, com algumas dessas voando juntas para formar o número “65”, disse o jornal Kommersant. As preparações para o evento já começaram.

Dois bombardeiros de longo alcance Tu-22M Backfire

As aeronaves que estarão na parada incluem os bombardeiros estratégicos Tu-95MS Bear e os bombardeiros supersônicos de longo alcance Tu-160 Blackjack, Tu-22M3 Backfire e os aviões tanques de reabastecimento em voo Il-78 Midas de base aéreas de toda Rússia, informa o jornal, citando o Coronel Alexei Kuznetsov, chefe do serviço de imprensa do Ministério da Defesa.

Kuznetsov também disse que haverão mais veículos militares terrestres na parada desse ano do que nas versões anteriores.

O Coronel Oleg Storozhuk, um piloto militar que possui o título de Herói da Rússia, confirmou os valores, dizendo que dentre as aeronaves também estarão incluídos os novos caças Su-34 Fullback, os quais ainda estão entrando em serviço, bem como uma variada gama de helicópteros.

Sukhoi Su-34 Fullback, mostrando o valor de uma boa camuflagem

Este ano vocês verão “o mais espetacular e cativante show aéreo,” disse o piloto para o jornal.

A parada que marca a vitória na Segunda Guerra Mundial, referida como a Grande Guerra Patriótica, do ex-Estados soviéticos, será acompanhada por uma grande orquestra militar e abrange uma passagem dos soldados marchando, seguido dos sofisticados equipamentos militares, e o sobrevoo das aeronaves de combate.

A tradição revivida de uma maciça parada militar no “Dia da Vitória” com tanques e outros equipamentos passando pelo centro de Moscou está sendo visto pelo Ocidente como um sinal do crescente militarismo da Rússia.

Moscou resistiu às tentativas de desafiar o papel da União Soviética na Segunda Guerra Mundial, o que custou a vida de 27 milhões de cidadãos soviéticos, segundo dados oficiais. Ex-repúblicas e estados satélites, incluindo a Ucrânia, os países Bálticos e Polônia, tem visto a Rússia de Stalin como um país agressor.
Fonte: RIA Novosti – Tradução e Adaptação do texto: Cavok

Índia abre negociações com a Rússia sobre a aeronave stealth PAK FA

0
Caça Sukhoi T-50 PAK FA taxiando para seu primeiro voo.

Após favorecer os Estados Unidos nas recentes aquisições de equipamentos militares de alta tecnologia, a Índia agora volta-se para Rússia, sua antiga fornecedora, para o novo caça de quinta geração PAK FA (FGFA na Índia), o qual possui características stealth, e que efetuou seu primeiro voo no dia 29 de janeiro (veja aqui no Cavok).

A Índia assinou um acordo com a Rússia para o desenvolvimento conjunto dessa aeronave, mas para finalizar o acordo a Índia começaria a participar somente quando mais de 70% da aeronave estivesse desenvolvida pela equipe da Sukhoi Design Bureau. Agora a Índia planeja entrar no projeto em definitivo, e está discutindo um cronograma de desenvolvimento para os próximos anos e também o número de aeronaves que serão adquiridas).

Embora os níveis de sua força estarem se esgotando, a Força Aérea da Índia quer garantir que as substituições sejam as melhores da região. As 250 aeronaves de caça Sukhoi-30MKI adicionais que serão introduzidas gradualmente durante a próxima década estão no orçamento, e outras 126 aeronaves de combate, as quais estão sendo avaliadas pela Índia entre seis fornecedores, estão em andamento.

O PAK FA, considerado com o competidor do caça F-22 Raptor, desenvolvido pelos EUA, é aguardado pera entrar em produção nos próximos 5 anos. A característica principal dessa nova aeronave é sua capacidade steath: os radares terão dificuldade em localizar a aeronave. Ele terá a capacidade de decolar de pistas curtas e permanecer no ar por mais tempo que os atuais caças dos inventários das forças aéreas no mundo. O que atraiu a Índia para o projeto foi outro fator, o custo, pois o PAK FA é muito mais barato do que o caça F-22.

Além de discutir a aeronave de caça, a Índia negocia com a Rússia a aquisição de mais unidades de tanques T-90, as versões navais do caça MiG-29, o fornecimento de vários Sukhoi-30MKI e um projeto de aeronave de transporte multi-missão.

Os dois países chegaram num acordo para o valor de modernização do porta aviões Gorshkov. E a Rússia está confiante em entregar mais fragatas para Marinha da Índia, além de transferir um submarino nuclear para Índia na metade de 2010.

Recentemente a Índia favoreceu os Estados Unidos quando adquiriu aeronaves de transporte militar e de reconhecimento marítimo de empresas norte americanas que também estão na competição para fornecer helicópteros e aeronaves de reabastecimento em voo. Mas os oficiais da Índia dizem que a lista de opções com a Rússia é mais longa e mais variada.

Fonte: The Hindu Post – Tradução e Adaptação do texto: Cavok

IMAGENS: Novas e belas imagens do caça PAK FA em voo divulgadas pela Sukhoi

3

Sukhoi T-50 PAK FA em voo. (Foto: Sukhoi)

Confiram as inéditas imagens do novo caça Sukhoi T-50 PAK FA divulgadas recentemente pela fabricante russa durante essa semana. O novo caça de quinta geração da Força Aérea da Rússia efetuou seu primeiro voo com sucesso no dia 29 de janeiro, conforme divulgado aqui no Cavok.

Momento da decolagem do Sukhoi T-50 durante o primeiro voo. (Foto: Sukhoi)
A aeronave PAK FA taxia após completar seu primeiro voo com sucesso. (Foto: Sukhoi)
O piloto de testes da Sukhoi Sergey Bogdan, após o primeiro voo com o T-50, cumprimenta o Diretor Geral da Sukhoi Mikhail Pogosyan. (Foto: Sukhoi)

Todas imagens estão numa resolução maior, bastando clicar nelas para baixar a imagem numa melhor qualidade.

Força Aérea do Sudão opera com aeronaves russas contra rebeldes

0
Um Mig-29UB e um helicóptero Mi-35 do Sudão

O Sudão recebeu um número de aeronaves militares russas para serem usadas no combate aos rebeldes em Darfur, conforme reportou um meio de imprensa.

Helicóptero Mi-35 da Força Aérea do Sudão

A Força Aérea do Sudão está destacando plataformas de asas fixas e rotoras para combates convencionais e contra insurgentes, de acordo com o jornal worldtribune.com .

A força aérea vem operando quatro helicópteros de ataque Mi-35, fabricados na Rússia, nos ataques aos rebeldes na província de Darfur, informou o site.

Além dos jatos de ataque Su-25 Frogfoot da Rússia, o Sudão também colocou em operação oito Su-25 destacados da Base Aérea de Wadi Seidna, para operações durante 2009.

Este ano o Sudão receberá aeronaves adicionais da Rússia, caças MiG-29, de um contrato assinado em novembro de 2008.

O Sudão possui um frota de 12 caças MiG-29. Dentre esses estão 10 MiG-29SE e dois MiG-29UB, todos entregues em 2004.

Fonte: brahmand.com – Tradução: Cavok

Voe num caça MiG-29 por caridade

0
MiG-29UB decolando da Base Aérea de Sokol

Se pagar cerca de US$ 200.000 para ir ver o espaço a bordo de uma espaçonave da Virgin Galactic é muito caro para você, existe uma outra opção mais barata, e ainda você estará fazendo uma caridade.

A Charitybuzz, a qual levanta fundos para entidades sem fins lucrativos através de leilões na internet,está aceitando lances para um passeio na borda do espaço e com direito a acrobacias de tirar o folêgo a bordo de um caça MiG-29 da Base Aérea de Sokol. O leilão irá beneficiar a Let ‘em Play, uma organização de caridade que investe na participação de jovens nos esportes, entretenimento e programas educativos.

“Você gostaria de ver algo que somente pouquíssimas pessoas no mundo tiveram a chance de ver, o ponto onde começa o espaço,” a descrição do leilão oferece:

A bordo do MiG-29UB, vendo o início do espaço sideral.

Isso é onde o azul da nossa atmosfera terrestre se encontra com o escuro do espaço, a estratosfera. Você pode voar no MiG-29 para esse lugar, num dos caças mais famoso e impressionantes de todos caças da Rússia. Após você retornar para altitudes “normais”, você poderá efetuar muitas das acrobacias que esse lendário caça consegue fazer ou o que seu corpo conseguir aguentar! Manobras como voo invertido, hammerhead, snaproll, looping, passagens baixas e outras, serão feitas.

… Você estará em constante comunicação com o piloto e poderá modificar o programa ou os tipos de acrobacias. A força G durantes as manobras podem variar entre 3G e 7G.

MiG-29UB em voo sobre a Base Aérea de Sokol

O pacote ainda inclui uma inspeção pré-voo do jato junto com o piloto, que irá explicar o funcionamento dos displays no cockpit e toda instrumentação, e uma visita ao Museu de Aviação da Fábrica da Sokol.

Ia esquecendo o valor: os lances iniciam em US$26.000.

Fonte: Seattle.pi – Tradução e Adaptação do Texto: Cavok

PAK FA: uma mistura do F-22 com o YF-23?

1
Comparativo dos caças F-22, YF-23 e F-35 com o novo PAK FA da Rússia, vistos de baixo.

É inegável a comparação do novo caça russo PAK FA com o caça Northrop YF-23 e também com algumas características do F-22 Raptor, ambos que no início da década de noventa disputaram a competição ATF (Advanced Tactical Fighter) para escolher o novo caça da Força Aérea Americana, o qual venceu o caça stealth F-22 Raptor. Vejam as fotos e tirem suas conclusões.

Northrop YF-23 Black Widow II
Lockheed F-22 Raptor
Sukhoi PAK FA (T-50)

Vistos de lado, todos tem um design similar, característicos das novas aeronaves stealth, como também o novo projeto japonês ATD-X.

Northrop YF-23
Lockheed F-22 Raptor
Sukhoi PAK FA (T-50)

Vistos de cima, o que mais se assemelha é a cauda com dois lemes de direção menores e levemente inclinados para fora, mas que no caso do caça russo permaneceu o estabilizador horizontal, como no F-22 Raptor.

Parece que os projetistas russos pegaram o que o F-22 tinha de melhor e usaram um pouco do design do YF-23 para incrementar mais o PAK FA.

Mas muitas coisas ainda serão modificadas no design do PAK FA, assim como ocorreu com outras aeronaves militares, que ao terem os protótipos apresentados, no decorrer dos testes em voo melhorias eram aplicadas e consequentemente mudavam o perfil aerodinâmico.

Comparativo entre o protótipo YF-22 e o modelo de produção F-22.

Com o próprio F-22 ocorreu isso, conforme pode ser visto na imagem acima.

Não é a toa que dois apelidos surgiram para o PAK FA: “Raptorsky” e “Flaptor”.

PAK FA: Fatos sobre a nova aeronave russa e o vídeo completo do primeiro voo

6

Alguns fatos sobre o caça de quinta geração da Rússia PAK FA, que fez seu voo inaugural hoje pela manhã:

* A designação T-50 é nome doméstico do caça de quinta geração da Rússia que está sendo desenvolvida como Advanced Front-Line Aviation Complex (PAK FA) para Força Aérea da Rússia.

* Em 2007 a Índia começou a participar através da empresa HAL (Hindustan Aeronautics Limited) no projeto e adotou a designação de Fifth-Generation Fighter Aircraft Programme (FGFA).

* The project started its development by the Sukhoi design bureau since it won the tender in April 2002.

* O Instituto de Design de Instrumentos de Tikhomirov, o qual desenvolveu o radar Irbis para o caça Su-35BM Flanker, tem trabalhado no radar do T-50. O novo radar do caça e o sistema de controle de armas será desenvolvido com base nos sistemas usados no Su-35BM.

* O design externo do PAK FA foi aprovado no dia 10 de dezembro de 2004.

* Em novembro de 2008, o design final do novo caça foi aprovado, e os projetos finais foram entregues para a KNAAPO, a fabricante da aeronave, que será fabricado no prédio da empresa em Komsomolsk-on-Amur, onde três caças experimentais serão construídos para testes.

* Em fevereiro de 2009, o primeiro protótipo foi construído. Após a aeronave ser testada com sucesso nas pistas, a decisão foi de efetuar o voo inaugural em Komsomolsk-on-Amur, ao invés de Moscou.

* O protótipo do caça PAK FA fez um voo inaugural de 47 minutos no dia 29 de janeiro de 2010, em Komsomolsk-on-Amur.

* Apesar das especificações do T-50 permanecerem em segredo, algumas informações sobre seus motores mostram que esse caça bimotor teria um peço de decolagem de mais de 30 toneladase possui uma dimensão próxima a do caça Sukhoi Su-27 Flanker.

* A superfície externa do novo caça foi projetada utilizando a tecnologia stealth, também conhecida como tecnologia LO (baixa visibilidade).

* A aeronave de combate é equipada com dois motores turbofan 117S (os AL-31 modernizados) da fabricantes de motores da Rússia Saturn.

* O caça PAK FA pode levar até oito mísseis ar-ar de última geração R-77, ou duas bombas guiadas anti-navio de 1.500kg cada.

* O novo jato também pode transportar dois mísseis de longo alcance desenvolvidos pela Novator Bureau os quais podem atingir alvos com distâncias superiores a 400 km.

* Capacidade de dsiparo de mísseis para trás, possivelmente devido a antena ativa instalada na cauda.

* O caça pode usar uma pista de apenas 300 ou 400 metros, e permanecer em voo supersônico de velocidades maiores de 2.000km/hjet can use a take-off strip of just 300-400 meters, and perform sustained supersonic flight at speeds over 2,000 km/h, e também pode reabastecer em voo inúmeras vezes. O alcance do caça altamente manobrável é de 5.500 km.

* O caça de quinta geração é equipado com avançados aviônicos que combinam um moderno sistema de piloto automático e um radar localizador com antena ativa (AESA), podendo rastrear 60 alvos e travar em 16 ao mesmo tempo.

* Com um custo unitário previsto de US$ 80 milhões, deverá entrar em operação na Força Aérea da Rússia em 2013.

* A Rússia pretende adquirir 250 unidades (200 monoplace e 50 biplace) e a Índia outras 250 unidades (200 monoplace e 50 biplace).

* A intenção da Força Aérea da Rússia é substituir todas aeronaves MiG-29/Su-27 quando o novo caça estiver 100% operacional.

* O custo do projeto está avaliado entre 8 e 10 bilhões de dólares.

Fonte: RIA Novosti – Tradução e Adaptação do Texto: Cavok

VÍDEO: Novo caça russo de quinta geração PAK FA efetua seu primeiro voo

0

Hoje, dia 29, em Komsomolsk-on-Amur ocorreu o voo inaugural do protótipo do caça Sukhoi T-50 PAK FAde quinta geração da Rússia. A aeronave foi pilotada pelo piloto de testes da Sukhoi Sergey Bogdan, e permaneceu em voo por 47 minutos para após pousar com sucesso na pista localizada junto a fábrica.

Momento da decolagem do primeiro PAK FA da Rússia. (Foto: Sukhoi)
Outras imagens do primeiro voo do caça russo de quinta geração PAK FA

No primeiro voo foram testados a controlabilidade, motores e sistemas primários do caça, além de recolher e extender o trem de pouso.

Comparada com versões de caça anteriores, o PAK FA possui um número de características que combinam a funcionalidade de aeronave de caça e de ataque.

Fonte: Sukhoi – Tradução: Cavok

Segundo a agência de notícia Interfax, o caça PAK FA fez seu primeiro voo

0
Concepção artística do novo Sukhoi T-50 (PAK FA).

Hoje, dia 29, o novo caça de quinta geração da Rússia, o Sukhoi T-50 (PAK FA) efetuou seu primeiro voo, conforme relata a agência de notícias Interfax, citando uma fonte anônima em Komsomolsk-on-Amur.

A aeronave (PAK FA) fez uma corrida pela pista e decolou, onde depois subiu para altitude definida no primeiro voo de testes.

O voo do novo caça ainda não foi confirmado pela fabricante Sukhoi. Também não foi informado a duração do primeiro voo do caça Sukhoi T-50.

Assim que tivermos maiores detalhes informaremos aqui no Cavok.

Rússia está otimista sobre a vitória do MIG-35 na competição para Força Aérea da Índia

0
Mikoyan MiG-35 Fulcrum-F

Após um embaixador declaram que o Eurofighter está liderando a competição para venda de aeronaves para Índia (veja aqui no Cavok), a Rússia expressou otimismo na quinta-feira, dia 28, dizendo que o caça MiG-35 seria o melhor na competição da Força Aérea da Índia para aquisição de 126 Aeronaves de Combate Multi-Missão (MRCA), e que irá provar que tem tecnologia de ponta comparado aos seus concorrentes ocidentais e no final levará o contrato de venda.

“Nós achamos que nossa aeronave deverá ser a vencedora,” disse o chefe da Rosoboronexport (ROE), a agência exportadora estatal encarregada de artigos de defesa da Rússia, Anatoly Isaikin.

“A Rússia está competindo com as melhores aeronaves dos fabricantes dos Estados Unidos e da Europa. Competições como essa são compostas de várias etapas e levam tempo. Nós estamos na metade e até agora, ninguém foi descartado” ele disse.

Isaikin disse que o MiG-35 ‘Fulcrum-F’ é um caça de superioridade aérea capaz de ser considerado um caça de quarta e uma perspectiva de quinta geração de aeronaves de combate. A Força Aérea da Índia já opera 65 caças MiG-29 e a Marinha da Índia encomendou 16 caças MiG-29K.

“Do ponto de vista de equipamentos tecnológicos ele é virtualmente um caça de quinta-geração, sem comparação com qualquer caça europeu,” ele disse. O preço de cada MiG-35 é de cerca de US$ 38,5 milhões.

A ROE colocou seu caça MiG-35 desenvolvido pela empresa RAC MiG contra os concorrentes norte americanos F-16 da Lockheed Martin e F/A-18 da Boeing, francês Dassault Rafale, suéco Saab JAS-39 Gripen e europeu Eurofighter Typhoon da EADS .

As exportações da ROE em 2009 acumularam a quantia de US$ 7,4 bilhões, os quais 50% foram relacionados a aeronaves de caça, informou Isaikin durante uma coletiva de imprensa nessa quinta-feira, dia 28.

“A Índia, Argélia, China, Venezuela, Malásia e Síria foram os maiores compradores de caças da Rússia,” ele disse.

Sobre o acordo de compra de Sukhoi pela Índia (veja aqui no Cavok), a Índia está recebendo os kits semi-prontos dos caças multi-missões Su-30MKI para serem montados e finalizados nas fábricas da HAL pelo país.

No ano passado a Rússia enviou por navio quatro caças embarcados MiG-29K (veja aqui no Cavok) para serem utilizados no porta aviões INS Vikramaditya (Admiral Gorshkov), o qual espera-se que inicie suas operações na Marinha da Índia após as duas nações, Índia e Rússia, finalizarem a disputa sobre o custo de modernização do porta aviões fabricado na Rússia.

Novo caça de 5ª geração PAK FA da Rússia deve fazer seu primeiro voo no dia 29 de janeiro

0
Concepções artísticas do novo caça russo Sukhoi T-50 PAK FA

Últimas informações de publicações especializadas da aviação, indicam que o primeiro voo do novo caça stealth da Rússia, em parceria com a Índia, deve efetuar seu primeiro voo nessa sexta-feira, dia 29, na sede da Sukhoi, na unidade de Komsomolsk-on-Amur KnAAPO.

“O voo [de teste] estava inicialmente marcado para hoje, dia 28, mas teve que ser postergado para amanhã,” disse uma fonte da companhia Gagarin KNAAPO, uma subsidiária da fabricante da aeronave, a Sukhoi.

A informação anterior era de que a Rússia testaria em voo antes do final do mês de janeiro o seu tão aguardado caça de 5ª geração PAK-FA, que visa competir com os Estados Unidos em superioridade técnica, conforme havia sido informado dia 28, uma fonte da indústria da aviação para agência de notícias Reuters.

O novo caça de 5ª geração PAK-FA tem características stealth (baixa detecção radar), possui avançados controles de voo e sistemas de controle de armas, além de poder voar em velocidade de cruzeiro supersônica (também chamado de supercruise).

Perguntado quando o novo caça russo, construído pela Sukhoi, e designado T-50, faria seu voo inaugural, a fonte da indústria disse: “Antes do final desse mês.”

A Sukhoi é a maior exportadora de aeronaves militares da Rússia, representando 25% de todas vendas anuais da Rússia e possui um catálogo de pedídos a países estrangeiros de bilhões de dólares. A Índia é seu maior cliente, e atual parceira no desenvolvimento do novo caça PAK-FA (chamado de FGFA na Índia). Na Índia, a empresa que está ajudando no desenvolvimento é a Hindustan Aeronautics Limited (HAL), que possui 25% de participação no projeto.

Um porta-voz da Sukhoi disse que o caça poderia voar “num futuro próximo”. A aeronave de combate é vista pela Rússia como a concorrente direta do caça norte americano Lockheed F-22 Raptor. O caça stealth F-22 Raptor voou pela primeira vez em 1997.

O Governo e membros da Sukhoi haviam dito que o caça PAK-FA poderia ter efetuado seu primeiro voo em 2009, mas uma autoridade chefe disse no início de dezembro que os testes em voo não começariam antes do início de 2010.

Analistas dizem que poderá levar cerca de uma década entre o primeiro voo do protótipo do PAK-FA até o começo da produção industrial.

A Líbia pretende adquirir aeronaves Su-35, Su-30 e Yak-130

0
Sukhoi Su-35 (Su-27M) Flanker-E

O Ministro de Defesa da Líbia chegou em Moscou nessa terça-feira, dia 26, para conversar com a Rússia sobre uma possível aquisição de armas, incluíndo 20 aeronaves de combate, num negócio avaliado em mais de  US$ bilhões.

Sukhoi Su-30Mk Flanker-C. (Foto: Richard Seaman / Flying Kiwi)

Autoridades da Embaixada da Líbia em Moscou confirmaram que o Major General Abu-Bakr Yunis Jabr fez essa viagem mas se recusou a discutir a possibilidade de um acordo, dizendo apenas que a reunião está agendada para hoje, dia 27.

“A Líbia está pronta para comprar cerca de 20 aeronaves militares, não menos que duas divisões de sistemas de defesa aérea S-300PMU-2, várias dúzias de  tanques T-90S da Rússia, e também procura modernizar mais de 140 tanques T-72 e outras armas,” reportou a agência de notícias Interfax, citando o que ela chama de uma “fonte diplomática-militar.”

O pacote poderá atingir um valor de mais de US$ 2 bilhões, que segundo as fontes a venda dos sistemas S-300 está “praticamente fechada”.

Yakovlev Yak-130

A Interfax informou que cerca de US$ 1 bilhão do acordo seria para 12 a 15 caças multimissão como caças Su-35 e Su-30, além de aeronaves de treinamento avançado Yak-130.

A exportadora de armas estatal Rosoboronexport não foi contatada para comentar o assunto.

Fonte: The Moscow Times – Tradução: Cavok

Irã liberou espaço aéreo para sobrevoo de um Sukhoi Su-27 que seguia para o Bahrain Air Show

0
Sukhoi Su-27 Flanker

O Irã emitiu uma permissão para que um caça russo Sukhoi Su-27 Flanker sobrevoasse seu território em rota para o Bahrain Air Show, que começou hoje, informou uma autoridade iraniana na terça-feira.

O Ministério de Relações Exteriores da Rússia havia reclamado na segunda-feira, dia 19, que o Irã havia negado o sobrevoo do Su-27 indo para o Barein, para participar das demonstrações aéreas no show aéreo internacional.

Segundo a Rússia, a permissão havia sido concedida com muita antecedência, mas quando a aeronave chegou próximo ao espaço aéreo iraniano, as autoridades do controle do espaço aéreo do Irã negaram o sobrevoo sem dar maiores informações e nem explicando o motivo.

Segundo algumas fontes da imprensa, a idéia inicial era de transportar o caça Su-27 numa aeronave de carga até o Barein, o que deve ter sido alterado posteriormente, gerando esse conflito de informações.

O Bahrain International Air Show 2010 ocorre desde hoje, dia 21, até o dia 23 de janeiro.

No último sábado, a Rússia suspendeu todos voos com os caças Su-27 até que a causa de um acidente na semana passada fosse determinada (veja a matéria aqui no Cavok).

Fonte: RIA Novosti – Tradução e Adaptação do Texto: Cavok

MIG 1.44 em Zhukovskiy, visto no Google Earth

0
Imagem do Google Earth mostrando o MiG 1.44 na base de Zhukovskiy. (Imagem: Google Earth)

A imagem acima (clique nela para uma versão maior da imagem) retrata o primeiro protótipo do caça de 5ª geração da Mikoyan Gurevich (MiG), visto numa imagem aérea da base de Zhukovskiy, na Rússia, através do Google Earth. A aeronave, o demonstrador de tecnologia 1.44 (Flatpack), destinava-se a validar o projeto aerodinâmico geral e o sistema de propulsão para ser usado no modelo de produção 1.42, e pode ser visto na frente dos hangares na parte esquerda da imagem.

Apenas uma aeronave 1.44 foi vista em público, mas relatórios do final da década de noventa e do início do século XXI sugerem que um segundo demonstrador pode ter sido pelo menos parcialmente finalizado antes do programa ser encerrado.

Uma das concepções artísticas do novo caça Sukhoi T-50.

O novo programa de caça de 5ª geração da Rússia é o Sukhoi T-50, o qual aparentemente ainda não voou, apesar de insistentes afirmações da Rússia que ele voaria antes do final do ano de 2009. O T-50 deverá voar a partir da unidade da OKB, em Zhukovskiy, o mesmo local aonde o anterior Su-47 (Firkin) e o MiG 1.44 estiveram voando. Por enquanto fonte oficiais dizem que o T-50 somente efetuou testes de táxi (veja aqui no Cavok), mas que seria imimente o primeiro voo.

O Sukhoi P-42, modelo do recorde do Su-27 (Flanker) pode ser visto no lado Sukhoi (direito), na parte sperior da imagem.

Índia pretende adquirir mais 29 caças embarcados MiG-29K para os novos porta-aviões

1
Dois caças MiG-29KUB da Marinha da Índia, durante testes de reabastecimento em voo com um Il-78 'Midas' da Força Aérea da Rússia.

A Rússia está pronta para reassumir a posição número 1 de fornecedora no mercado de defesa militar para Índia, através de outro mega acordo. As duas nações estã finalizando mais um acordo, no valor aproximado de US$ 1,2 bilhão, para adicionais 29 caças embarcados MiG-29K para Marinha da Índia.

Dois caças MiG-29KUB da Marinha da Índia. Os caças são da versão de treinamento.

Uma equipe da Rússia chegará em Nova Delhi essa semana para acertar os detalhes desse contrato após receber a aprovação da Comissão do Gabinete de Segurança (CCS), presidido pelo Primeiro Ministro Manmohan Singh.

Segundo fontes da defesa indiana, o Primeiro Ministro também está buscando a aprovação para o contrato do reforma do porta-aviões Admiral Gorshkov, que teve o preço renegociado para um pouco mais de US$ 2,3 bilhões.

Os dois novos contratos consolidarão a Rússia na posição de maior fornecedora de armas da Índia, tendo vendas na área de defesa avaliadas em mais de US$ 35 bilhões desde a década de 60.

Apesar de Israel beliscar os calcanhares da Rússia, e os Estados Unidos terem fechado alguns recentes acordos, a Rússia continua a liderar, devendo permanecer na posição durante um futuro próximo.

Mas agora com questões resolvidas, a Índia também está em curso de formalizar um trabalho conjunto de US$ 10 bilhões com o projeto russo de fabricar o Sukhoi T-50 PAK-FA, caça stealth de quinta geração, que começou os testes na Rússia (veja aqui no Cavok).

MiG-29KUB da Marinha da Índia

Os 29 novos caças MiG-29K serão adicionados aos 16 já adquiridos em um pacote inicial de US$1,5 bilhão no pacote de compra do Gorshkov em janeiro de 2004. Aliás, apenas US$974 milhões foram reservados para a reforma do porta-aviões Gorshkov até o momento.

Vídeo de testes com o caça MiG-29K a bordo do porta-aviões Gorshkov:

Rebatizado INS Vikramaditya, o Gorshkov agora deverá ser entregue para Índia no início de 2013 ou mais tarde. Mas quatro dos 16 caças MiG-29K do pedido original já chegaram na base da aviação naval de Goa para constituir o Esquadrão 303 ‘Black Panthers’, com mais três aeronaves devendo chegar em breve, conforme informado aqui no Cavok.

Os caças MiG-29K deverão operar no porta-aviões Gorshkov de 44.570 toneladas, bem como no porta-aviões de 40.000 toneladas que está sendo fabricado na Índia, nos Estaleiros Cochin, o qual deverá ser apresentando entre 2014 e 2015.

Armado com oito tipos de mísseis ar-ar, incluindo mísseis com alcance extendido BVR (além do alcance visual), bem como com 25 tipos de mísseis e bombas ar-superfície para missões de ataque ao solo, os caças MiG-29K irão prover a Marinha da Índia com uma das aeronaves mais avançadas da região.

Enquanto 12 dos primeiros 16 caças serão versões monoplace do MiG-29K, os outros quatro serão na versão biplace MiG-29KUB, para treinamento dos pilotos. Do novo pedido, quatro dos 29 caças serão da versão de treinamento “KUB”.

Resumo do Mega Acordo de Defesa da Índia com a Rússia:

• Porta-aviões Admiral Gorshkov por cerca de US$2,3 billhões. Entrada em serviço em 2013.
• 45 caças Mig-29K por cerca de US$1,7 bilhão
• 230 caças Sukhoi-30MKI por cerca de US$8,5 bilhões. Mais 105 já encomendados. A Índia ainda pretende encomendar mais 50 unidades. Veja matéria aqui no Cavok.
• Seis fragatas stealth da classe Talwar. Talwar, Trishul e Tabar encomendadas. Entregas das Teg, Tarkash e Trikand para 2012
• 657 yanques de combate T-90S. Mais 310 já encomendados. Mais outros 1.000 tanques T-90S devem ser fabricados na Índia.
Fonte: Times on India – Tradução e Adaptação do Texto: Cavok

Marinha da Rússia receberá novos caças embarcados MiG-29K em 2010

1
Caça embarcado MiG-29K Fulcrum-D, da Rússia

A Marinha da Rússia receberá os primeiros caças embarcados MiG-29K (Fulcrum-D), de um novo lote encomendado, no final de 2010, informou um oficial da Marinha na sexta-feira.

“Nesse ano nós estamos planejando comprar o primeiro lote de várias unidades,” ele disse.

Ele não informou um número exato de aeronaves, as quais deverão ser destacadas para operar no porta aviões Admiral Kuznetsov.

Anteriormente, a Marinha da Rússia havia dito que tinha adquirido um total de 24 caças embarcados MiG-29K para recebê-los nos próximos três ou quatro anos.

O oficial militar disse que a Marinha está atualmente usando caças embarcados MiG-29K e os mais avançados caças Su-33 (Flanker-D), os quais irão na sequência substituir os MiG-29K.

Sukhoi Su-33 Flanker-D, da Marinha Russa

“Os caças Sukhoi Su-33 devem chegar no fim da vida operacional em 2015, mas pretendemos aumentar este fim para 2025,” ele diz.

O analista militar Konstantin Makiyenko sugere que aprodução das novas aeronaves de caça Su-33 é possível mas sem custo benefício, devido a pequena quantidade de unidades aser fabricada, considerando que a Índia jã assinou um contrato de compra para 16 caças MiG-29K e pode colocar mais um pedido para 28 outras aeronaves do mesmo tipo, tornando essa aeronave mais financeiramente viável.

As 24 aeronaves adquiridas pela Marinha da Rússia estã avaliadas em US$ 1 bilhão.

Fonte: RIA Novosti – Tradução: Cavok

Rússia suspende voos com caças Su-27 após acidente do dia 14

0
Sukhoi Su-27 Flanker, da Força Aérea da Rússia

A Rússia suspendeu os voos dos caças Su-27 Flanker até que a causa da queda de uma aeronave do tipo no meio da semana for determinada, informou o Ministério da Defesa no sábado durante uma entrevista para uma TV russa.

O caça estava efetuando um voo programado na quinta-feira, dia 14, e à cerca de 30 km da base aérea de Dzemga, no estremo leste da Rússia, quando desapareceu das telas dos radares. O corpo do piloto foi descoberto no início do sábado na região de Khabarovsk.

O Gravador de Dados do Voo (FDR) também foi localizado e enviado para análise.

Maiores informações sobre o acidente pode ser visto aqui no Cavok.

Cavok nas redes sociais

62,515FãsCurtir
340Inscritos+1
6,523SeguidoresSeguir
2,505SeguidoresSeguir
10,510SeguidoresSeguir
2,780InscritosInscrever
Anúncios