Saab

fiqueemcasa

Inicio Tags USAF – Força Aérea dos EUA

Tag: USAF – Força Aérea dos EUA

FOTOS: Imagens da década de 1960 revelam como o SR-71 Blackbird foi construído

3
Ilustrações em corte da variante de cabine dupla do SR-71. Observe os funis de entrada que aumentaram a velocidade do ar na frente dos motores J58.

Projetado e construído na década de 1960, o SR-71 Blackbird ainda detém o recorde oficial de velocidade para um avião a jato tripulado, com uma velocidade de 3.530 km / h (2.193 mph).

Anúncios

Boeing realiza teste de desligamento de motor em voo do treinador T-7A Red Hawk

2
T-7A Boeing
O T-7A Red Hawk, fabricado pela Boeing, apresenta recursos que prepararão pilotos para caças de quinta geração.

O novo jato de treinamento avançado da USAF, Boeing T-7A Red Hawk, realizou com sucesso testes de “reiniciamento” em voo do motor da aeronave. A tripulação do Boeing T-7A desligou e reiniciou o motor em voo para demonstrar confiabilidade no sistema.

T-38s fornecem treinamento Agressor para F-35 e F-16

0
Um T-38C lidera um elemento composto por outro T-38C e um F-35 Lightning II, durante um exercício de treinamento no sul do Arizona no início de novembro. Foto Christian Culbertson – USAF

Valiosas lições foram aprendidas, depois que pilotos de caça do 88th Fighter Training Squadron desempenharam o papel de “bandidos” como parte de um exercício de treinamento.

Programa Global Hawk com os dias contados?

1
Tripulação do 69º Esquadrão de Manutenção da Base da Força Aérea em Grand Forks realizam manutenção de rotina em uma aeronave militar não tripulada RQ-4 Global Hawk. Foto Eric Hylden / Grand Forks Herald

Um relatório divulgado recentemente indica que a USAF está considerando reduzir significativamente seu programa Global Hawk. A notícia levanta questões sobre o futuro da missão Global Hawk, uma aeronave de vigilância não tripulada sediada na Base da Força Aérea em Grand Forks e ajuda a fortalecer a economia regional.

The Aggressors – Por trás da Red Flag

3
O capitão Paul Anderson, 64º piloto do Esquadrão Agressor, Nellis AFB, Nevada, estaciona seu F-16 Fighting Falcon depois de retornar de uma missão de exercício da Red Flag. Anderson, que participou da Red Flag há oito anos como piloto “novato”, agora serve como piloto agressor e entende o que os pilotos de força “azul” passam durante o exercício. Foto Sargento Jeffrey Allen

Os olhos do piloto da força azul se arregalaram quando viu o “King Kong” da Red Flag convergindo rapidamente em direção ao seu F-16 Fighting Falcon a 30.000 pés. A visão ameaçadora de um dos “bandidos” do exercício de combate ar-ar mais realista do planeta impressionou o capitão Paul Anderson oito anos antes de ele mesmo se tornar um Agressor.

Dez aeronaves Beechcraft TC-12B Huron ex-US NAVY para a Força Aérea Argentina?

3
A Fuerza Aérea Argentina vive uma de suas mais profundas crises em toda sua gloriosa história. (Foto: Chris Pasley / Meramente ilustrativa)

A Força Aérea Argentina concluiu a negociação para incorporar 10 Beechcraft TC-12B Huron, pertencentes à Marinha dos EUA e atualmente preservados. O que havia sido um boato por um longo tempo foi encerrado nos Estados Unidos, embora a operação ainda conte com algumas ressalvas.

Vought A-7 Corsair II, um Herói “esquecido”

6
Muitos aviões entraram para a história por um motivo, por uma situação especial. Mas para que esses “ditos especiais” aviões operassem a contento, sempre havia os carregadores de piano. O lendário Vought A-7 Corsair II é um deles!

O A-7 Corsair II foi construído pela Vought como um substituto do lendário A-4 Skyhawk, mas enquanto o último representava uma abordagem mais simples e básica para levar uma grande variedade de armas, o SLUF (Short, Little, Ugly, Fucker, apelido “carinhoso” do A-7) evoluiu para, sem dúvida, o bombardeiro tático de maior sucesso no conflito do Vietnã.

Pratt & Whitney define pacote de atualização do motor F-35

1
O Pratt & Whitney F135 durante “teste de bancada”. Imagem ilustrativa.

A Pratt & Whitney está definindo uma atualização de motor para os F-35 entregues a partir de 2026, diz Matthew Bromberg, presidente da Military Engines.

9/11/2001: O relato dos pilotos que receberam o chamado no ataque ao World Trade Center

8
Lt. Col. Dan Nash (NASTY) a esquerda e Col. Tim Duffy (DUFF). Foto Jesse Costa/WBUR

Naquela manhã, dois pilotos de caça estavam em alerta na Base da Guarda Nacional de Otis, em Cape Cod., quando chegou a notícia de um possível sequestro, o tenente-coronel Dan Nash e o coronel Tim Duffy decolaram quebrando a barreira do som em direção a Manhattan. No mesmo minuto em que saíram, o primeiro avião atingiu as torres.

VÍDEO: Ilha ocupada pelo ISIS é totalmente destruída em ataque aéreo

3
Um F-35A lança uma bomba GBU-31 JDAM em um voo de teste (Foto: US Government). Imagem ilustrativa.

Nesta terça-feira (10), a coalizão dos EUA e as forças de segurança iraquianas confirmaram uma operação em andamento para eliminar as forças do ISIS (Daesh) de uma ilha ao longo do rio Tigre.

F-22 Demo Team a caminho de Oshkosh

0
A Equipe de Demonstração posa para sua foto oficial da equipe na Joint Base Langley-Eustis, Virgínia. A equipe de 13 membros viaja para mais de 20 shows aéreos por temporada mostrando o desempenho e as capacidades do primeiro avião de combate de 5ª geração. (USAF Tech Sgt. Carlin Leslie).

O F-22 Raptor Demonstration Team segue para Oshkosh, Wisconsin para o ‘Super Bowl’ dos shows aéreos.

Primeiro voo do B-21 previsto para 2021

21

Em 24 de Julho de 2019, o porta voz da USAF, Vice Chefe de Gabinete Gen. Stephen “Seve” Wilson fez declarações sobre dissuasão e a necessidade de modernizar a rede de comando, controle e comunicações nucleares.

“Projeto E” e a cooperação entre USAF e RAF durante a Guerra Fria

2
O Comando Aéreo Estratégico (Strategic Air Command – SAC) da USAF possuía 380 B-52 e 1.367 B-47 no final de 1958. Imagem ilustrativa.

A forte relação entre o Comando de Bombardeiros da RAF e o Comando Aéreo Estratégico (SAC) da USAF sobreviveu aos altos e baixos políticos dos primeiros anos do pós-guerra, tornando real a possibilidade de coordenar planos de ataque nuclear durante a Guerra Fria.

“CZAR 52”

8
B-52 Stratofortress é um bombardeiro estratégico subsônico de longo alcance, propulsionado por oito motores. Originalmente concebido como substituto do Convair B-36 Peacemaker na função de bombardeamento nuclear e convencional de grande altitude, foi adaptado no início da década de 1960 para a função de penetração a baixa altitude como forma de contornar a cada vez maior, eficaz e sofisticada defesa aérea da ex-União Soviética .

Sexta-feira, 24 de junho de 1994, um USAF B-52 caiu na Base Aérea de Fairchild, Washington, depois que o piloto, o Lt Col Arthur “Bud” Holland, manobrou o bombardeiro bem além de seus limites operacionais perdendo o controle. A aeronave “estolou”, caindo no chão e explodindo imediatamente, matando a Holland e os outros três oficiais da USAF a bordo.

IMAGENS: Base Aérea da USAF é atingida por inundação

5
Foto da inundação na Base Aérea de Offutt da conta oficial no Facebook.

A inundação do Rio Missouri danificou dezenas de edifícios em uma base da Força Aérea em Nebraska. Um aumento nos níveis de água devido a queda de neve recorde neste inverno, além de uma enorme queda na pressão do ar no início da semana, gerando muita chuva, inundou o lado sudeste da base com água do Rio Missouri e do Riacho Papio.

MQ-1B Predator e MQ-9 Reaper atingem 4 milhões horas de voo

0
Drones se tornaram uma parte crítica da guerra contra o terror. O MQ-9 Reaper possui capacidade de permanecer no ar por até doze horas e transportar quase quinhentos quilos de munições, capacidades que o tornam uma ótima ferramenta para caçar terroristas ou apoiar operações em território hostil.

O Predator e o Reaper já voaram mais de 4 milhões de horas em apoio a missões de 24 horas em todo o mundo conduzindo ataques e reconhecimentos, busca e resgate e apoio a missões da autoridade civil em apoio a múltiplos unidades de combate.

USAF pode não comprar um avião-tanque stealth

3

A Força Aérea dos EUA não pode comprar um avião-tanque furtivo para apoiar os aviões de caça de quinta geração como o Lightning e o Raptor”.

Thunderbirds na F-AIR Colômbia 2019

1
Os “Thunderbirds”, o Esquadrão de Demonstração Aérea da USAF durante um looping. Desde 1953, a equipe Thunderbirds serve como principal esquadrão de demonstração aérea da América, encarregados da missão vital de recrutar, reter e inspirar os pilotos do passado, presente e futuro além de demonstrar o poderio aéreo norte americano. (Foto USAF / SrA Cory W. Bush).

O comandante da Força Aérea dos Estados Unidos, general David L. Goldfein e o comandante da Décima Segunda Ala da Força Aérea, Major General Andrew Croft, confirmaram a participação dos Thunderbirds no International Airshow F-AIR Colômbia 2019.

B-52 vs F-14: ex-piloto do BUFF conta a história de um incomum dogfight

10
“O F-14 sempre “chutava nosso traseiro”. Mas incrivelmente, o Tomcat ficava imediatamente na nossa posição “seis horas” apesar de ter vindo de frente e ter que virar 180 graus para sua aproximação inicial, enquanto os interceptadores da Força Aérea chegavam por trás para começar, uma grande vantagem nossa”, disse Jay Lacklen, ex-piloto do B-52.

Jay Lacklen é um ex-piloto B-52 com 12.500 horas de voo e autor de dois livros, “Flying the Line: An Air Force Pilot’s Journey” e “Flying the Line: An Air Force Pilot’s Journey – Volume Two: Military Ailift Command”. Ele está trabalhando no último livro da trilogia, mas contou um interessante encontro destas duas aeronaves militares que marcaram a aviação.

VÍDEO: USAF perdeu um avião de US$ 62,4 milhões por causa de um parafuso

4
Um RC-135, uma aeronave de reconhecimento construída pela Boeing

Esta história não é nova, como o incidente aconteceu em 30 de abril de 2015, mas muitas pessoas não ouviram falar sobre isso. A razão é essa, ninguém se machucou e isso geralmente é notícia, e segundo porque é quase difícil acreditar.

Cavok nas redes sociais

62,546FãsCurtir
340Inscritos+1
6,552SeguidoresSeguir
2,505SeguidoresSeguir
10,510SeguidoresSeguir
2,780InscritosInscrever
Anúncios