Saab

Inicio Tags Warbirds

Tag: Warbirds

Macchi MB-326K voa pela primeira vez

3

Um MB-326KZ que foi construído, mas nunca havia voado, recentemente ganhou os céus.

Anúncios

EAA AirVenture 2019 – CAVOK está presente!

2

“A maior celebração da aviação mundial”. De aeronaves históricas exclusivas a apresentações aéreas de tirar o fôlego, este é o Maior Encontro de Aviação do Mundo.

IMAGENS E VÍDEO: Jato A-4 nas cores da Armada Argentina volta a voar nos EUA

14
Jato Douglas A-4C/Q Skyhawk com as cores da Armada Argentina voltou a voar nos EUA após restauração. (Foto: Keith Charlot / Flighting Aircraft Classic Restoration)

Uma aeronave A-4Q/C Skyhawk com as cores da Marinha Argentina (Armada Argentina) voltou a voar, no Arizona, Estados Unidos. A aeronave pertence a um argentino que emigrou para os EUA, e foi restaurada com a ajuda de uma empresa norte americana.

AirVenture 2015 | Oshkosh, WI (EUA) – Parte 1

18
O Airbus A350XWB decola para sua apresentação no AirVenture 2015. (Foto: Fernando Valduga / Cavok Brasil)
O Airbus A350XWB decola para sua apresentação no AirVenture 2015. (Foto: Fernando Valduga / Cavok Brasil)

A pacata cidade de Oshkosh, situada ao norte de Milwaukee, no estado de Wisconsin, celebrou mais uma vez o tradicional AirVenture, a convenção anual da EAA (Experimental Aircraft Association), entre os dias 21 e 26 de julho. Este ano, as mais modernas aeronaves militares e civis, como o F-35, F-22 e A350 estiveram presentes na cidade à beira do belíssimo lago Winnebago, e contrastaram com as mais emblemáticas aeronaves de combate do mundo, como as três fortalezas voadoras da Boeing: B-17, B-29 e pela primeira vez na exposição estática o B-52. O Cavok Brasil esteve presente, e vai apresentar em capítulos o que de mais importante ocorreu no céu e no solo da meca da aviação experimental.

SHOW AÉREO: Commemorative Air Force AirSho – Midland, Texas (EUA)

7
Sem dúvida as principais atrações do Commemorative Air Force AirSho 2012 realizado em Midland, Texas, foram os pássaros de guerra, ou warbirds, como o B-17G “Sentimental Journey” pertencente a frota da CAF. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)

O 49º show aéreo da Commemorative Air Force (CAF) foi realizado na sede da CAF, junto ao Midland International Airport, entre Odessa e Midland, no Texas, no final de semana dos dias 13 e 14 de outubro de 2012. Considerado um dos melhores shows de warbirds do mundo, o CAF Airsho (assim mesmo, sem o “w”) teve a contribuição da meteorologia, e com céu azul as imagens ficaram excelentes. Fundada em 1957, com a compra de um P-51 Mustang, a Commemorative Air Force atualmente tem mais de 9.000 membros e opera 156 aeronaves distribuídas pelas 73 unidades em 27 estados norte americanos. Acompanhe aqui conosco mais uma cobertura completa de um evento aeronáutico.

Um B-25J e um PBJ-1J taxiam na pista do Midland International Airport. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
Detalhe do P-51D “Double Trouble Two” durante apresentação no CAF AirSho. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
O veterano Jan Collemer e seu Extra 300L. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
Jarod Flohr no seu segundo show aéreo com o Extra 300L. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
Julie Clark no show noturno com seu T-34 Mentor. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)

Vamos então ao show aéreo, que abriu com um experiente piloto de mais de 20 anos de apresentações pelos EUA, Jan Collemer, de Dallas, Texas, que fez uma bela demonstração acrobática com seu Extra 300L. Um novato no circuito de show aéreo, Jarod Flohr, de Stanton, no Oeste do Texas, também voou um Extra 300L. Este foi o seu segundo show aéreo e ele fez bonito perto de casa. A renomada Julia Clark demonstrou em voo toda a suavidade nas manobras com seu T-34 mentor nos dois dias, incluindo no show noturno no sábado.

O ônibus escolar Indy Boys School Jet com motor J79 de um caça Phantom II, nas apresentações de dia e de noite. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
Matt Younkin e seu Beech 18. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
Matt Younkin também se apresentou a noite, com o Beech especialmente iluminado. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)

Uma das atrações que chamou muito a atenção do público não voou, não literalmente. Um ônibus escolar equipado com um motor J-79 de um caça F-4 Phantom, o Indy Boys School Jet “voou” na pista, e atingiu velocidades acima de 300 mph, praticamente iluminado a pista na apresentação noturna, e enchendo de fumaça na apresentação durante o dia. Matt Younkin como sempre perfeito com seu Beech 18 vermelho e preto, nas apresentações de dia e de noite.

A principal atração do CAF AirSho foram os warbirds, como caças e os bombardeiros da Segunda Guerra Mundial. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
Quatro caças P-51D se apresentaram no evento em Midland. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
O raro Bell P-63 Kingcobra da CAF. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
A B-17G “Sentimental Journey” entrando para mais uma passagem. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
Detalhe da passagem baixa da B-29 “FiFi”, numa das últimas apresentações em voo. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)

A principal atração em Midland com certeza foi a revoada de warbirds, vários deles, tanto no ar como em terra. Foram quatro caças P-51s voando durante o show. Um raro P-63 Kingcobra também voou. Dentre os bombardeiros era possível ver dois B-25s (o B-25J “Yellow Rose” e o PBJ-1J “Devil Dog””, um B-17G “Sentimental Journey” e a poderosa Super Fortaleza Voadora B-29 “FiFi”.

A equipe Aeroshell Aerobatic com seus T-6 Texans, durante as apresentações de dia e de noite. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
A equipe Tora! Tora! Tora! encenou o ataque a Pearl Harbor ocorrido no dia 7 de dezembro de 1941. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
Passagem baixa de um Corsair com uma explosão simulada ao fundo. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
Passagem de um Helldiver e um Avenger. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
A bordo do Beech UC-61. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)

A Equipe Aerobatic Aeroshell voou com seus AT-6 Texans durante os principais shows durante o dia e na noite de sábado. A equipe Tora, Tora, Tora recriou o ataque a Pearl Harbor, numa demonstração completa com fumaça, fogo e explosões. A aviação naval dos EUA foi representada por um FG-1D Corsair, um SB2C Helldiver e um TBM Avenger. Na categoria treinadores houve apresentações de T-6, T-28, PT-19 e TP-26, entre outros. Alguns dos aviões de ligação que voaram foram os norte-americanos L-17A, Stinson S105 e UC-61.

A única aeronave a jato presente no evento, o A-10 Thunderbolt II do A-10 East Team da Base Aérea de Moody, Georgia. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
O P-51D “Gunfighter” acompanhou o A-10 no Heritage Flight. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)

O único avião a jato no evento foi o A-10 Thunderbolt II da equipe de demonstração A-10 East, da Base Aérea de Moody, Georgia, que depois de sua demonstração solo realizou o Heritage Flight com o P-51D “Gunfighter”.

O término do show foi com a passagem em formação da B-29 com três caças P-51D. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
Belas pin-ups estiveram distribuindo autógrafos para o Calendário 2013 da CAF. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
A B-25J “Yellow Rose” vista durante a noite no Midland Airport. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
O A-10, visto de frente, durante a noite. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)

O show aéreo foi finalizado com uma formação de vôo de um B-29 e três caças P-51s Mustang (Double Trouble Two, Red Nose, Boo Man Choo). As fotos numa resolução maior podem ser vistas na nossa fanpage do Facebook. Nao deixe de visitar e “curtir”. E votem nas fotos que mais gostarem na galeria abaixo.

[nggallery id=28]

Nota do Editor: Mais uma vez o agradecimento especial ao amigo Ricardo von Puttkammer pelo envio do relato e das belas imagens de mais um show aéreo nos EUA.

Agradecemos as contribuições até o momento. Graças à colaboração de algumas pessoas estamos conseguindo manter o site no ar, pois o valor necessário para manter o Cavok no ar é alto. Continuamos pedindo a ajuda de todos com as contribuições, que podem ser de qualquer valor. Se cada um ajudar um pouco, poderemos assim manter esse local como o melhor site de aviação do Brasil. Continuamos também lutando para conseguir um patrocínio, que ajudaria bastante nas despesas mensais do site. Para contribuir, utilize as formas de pagamento online abaixo ou nos botões localizados na barra lateral. Quem quiser também poderá doar através de depósito na conta corrente: Banco do Brasil – Agência: 0181-3 – C/C: 12.742-6 – Favorecido: Fernando Valduga. Desde já meu muito obrigado!




Enhanced by Zemanta

SHOW AÉREO: Wings, Wheels and Tracks – American Airpower Museum, Farmingdale/NY (EUA)

1
As aeronaves da Segunda Guerra Mundial P-47 (em primeiro plano), P-40 e F4U, vistas juntas na frente do hangar do American Airpower Museum. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)

No final do verão nos EUA, ocorre nos EUA o final de semana do Dia do Trabalho, ou Labor Day. Tradicionalmente a cada ano, o American Airpower Museum, localizado junto ao Aeroporto Republic (KFRG), em Farmingdale, realiza o show aéreo junto no mesmo final de semana. Entre os dias 31 de agosto e de setembro, o show aéreo reuniu várias aeronaves militares da Segunda Guerra Mundial e de outras eras da aviação, os famosos warbirds. Confira aqui conosco como foi o Wings, Wheels and Tracks, como foi chamado o show deste ano.

Vista geral do pátio do American Airpower Museum. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
O público podia assistir aos shows aéreos junto das aeronaves do museu. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
Algumas das aeronaves em voo do museu. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
O museu preparou grandes novidades para o público presente este ano. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)

Como ocorre em diversos shows aéreos nos EUA, a realização das apresentações contou com a presença de voluntários que colaboraram de várias maneiras. O público presente pode acompanhar as apresentações de aviões de combate de várias gerações e ainda visitar o museu, que conta com um acervo bem diversificado. Uma das apresentações mais aguardadas do ano, o jato Messerschmitt Me 262 Schwalbe “White 1” da Collings Foundation infelizmente não pode comparecer devido a um problema mecânico que impossibilitou o voo para Farmingdale.

A aeronave Boeing B-17G Flying Fortress “Nine-O-Nine” da Collings Foundation. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
O bombardeiro B-24J Liberator “Witchcraft” da Collings Foundation. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
Detalhe do TP-51C “Betty Jane” da Collings Foundation no momento que chegava para o pouso. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
Era possível realizar voos pagos no B-17 (acima) e no B-24. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)

Mas a Collings Foundation, que retornou depois de ficar fora do evento por quatro anos, trouxe a Boeing B-17G Flying Fortress “Nine-O-Nine”, o Consolidated B-24J Liberator “Witchcraft” e o N.A. TP-51C Mustang “Betty Jane”, aeronaves que voaram para Farmingdale na sexta-feira, logo após se apresentarem num show aéreo na Estação Naval de Wildwood, em Cape May, Nova Jersey. Durante o final de semana do American Airpower Museum eles levavam pessoas em passeios pagos. Era possível voar numa B-17 ou no B-24 com uma pequena “contribuição” de US$ 425. Para voar no Mustang, o valor ficava em US$ 2.200.

Um Douglas A-1E Skyraider da Collings Foundation, com uma bela pintura da Marinha dos EUA. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
O Skyraider somente voou no domingo, com um veterano da Guerra do Vietnã a bordo. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
Detalhe do A-1E mostrando a abertura da cabine para os tripulantes. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)

A fundação ainda levou para o show o seu Douglas A-1E Skyraider, com um esplêndido esquema de cores da Marinha dos EUA. Mas infelizmente um vazamento de óleo do motor, no caminho para o museu, fez com que ele ficasse apenas no solo até o domingo, quando então realizou um voo com um veterano do Vietnã para homenagear todos os veteranos. Uma aeronave que estava prevista e também não compareceu foi um Grumman TBM Avenger da Collings Foundation.

O Douglas C-47 Dakota realizou diversos voos durante todo final de semana do evento. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
O C-47 taxiando próximo ao hangar do museu. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
Um grupo de entusiastas voaram no C-47 fardados com uniformes da Segunda Guerra Mundial. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
O B-25 Mitchell “Miss Hap” que fez vários voos durante o evento no museu. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)

A maioria das aeronaves do museu participaram do programa de vôo. No sábado, o Douglas C-47 Dakota subiu três vezes, sempre pilotado por Jim Vocell, tendo os tripulantes vestidos com uniformes Airborne Troopers da Segunda Guerra Mundial, para uma “missão para a Normandia”, como parte do programa do museu para reviver a história da aviação. Jim Vocell também voou com o N.A. B-25 Mitchell “Miss Hap” várias vezes ao longo de todo final de semana.

O Curtiss P-40 Warhawk “The Jacky C.”, com a famosa marca de “boca de tubarão”. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
O P-47 Thunderbolt “Jacky’s Revenge”, que foi construído no mesmo hangar onde hoje se encontra o American Airpower Museum. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
Uma formação em voo com um B-25 acompanhado por um P-40 e um P-47. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
O P-40 e o Corsair, dois grandes aviões de combate da Segunda Guerra Mundial. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)

Dan Dameo voou com o Curtiss P-40 Warhawk do museu, para o deleite do público presente. A estrela do show, como de costume, foi o poderoso Republic P-47D Thunderbolt, com o seu poderoso rugido do motor radial Pratt & Whitney R-2800 através dos céus do Aeroporto Republic, onde ele era fabricado há mais de 70 anos atrás. Um Vought F4U-5L Corsair também do museu permaneceu na exposição estática.

Vários T-6 voaram no evento. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
As caudas dos T-6 alinhadas no pátio do Aeroporto Repúblic. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
O L-39 Albatross foi o único jato que se apresentou no final de semana. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
O belo biplano WACO. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
No final da tarde o museu realizou um desfile com seus veículos militares. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)

Houveram também voos com aeronaves N.A. T-6 Texan, Aero L-39 Albatross e o biplano Waco, todos do museu, que também levou para pista sua coleção de veículos blindados e tanques, por isso o nome do evento de “Wings, Wheels and Tracks”.

O EA-6B Prowler que o museu recebeu em outubro de 2011. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
Um F-111A exposto na área externa do museu. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)
Um jato executivo Phenom 100 da Embraer. (Foto: Ricardo von Puttkammer / Cavok)

Na área de exposição estática, era possível ainda ver um Grumman EA-6B Prowler doado pela Marinha dos EUA em outubro de 2011 e, e outras aeronaves do museu, como o General Dynamics F-111A “66-0012”, um T-33 e um Cessna 310 (designado U-3A). Uma surpresa foi ver na área estática um Phenom 100 da Embraer.

O nosso amigo e incansável colaborador Ricardo von Puttkammer com seu equipamento básico para registro das ótimas imagens.

[nggallery id=25]

Solicito um minuto da atenção de você leitor do Cavok. Estamos tendo despesas elevadas com servidores devido ao alto tráfego gerado mensalmente, e precisamos da ajuda de todos para continuar mantendo o site estável e permanentemente no ar. Sem a ajuda de vocês, fica inviável manter o Cavok, já que infelizmente as empresas aeronáuticas brasileiras até o momento não anunciaram no nosso site, mesmo sendo o Cavok uma das maiores referências sobre notícias de aviação do país, reconhecido inclusive internacionalmente, e um dos sites de aviação mais visitados do país, senão o maior. Para contribuir, utilize as formas de pagamento online abaixo ou nos botões localizados na barra lateral.




Desde já meu muito obrigado.

Fernando Valduga

Enhanced by Zemanta

Jatos clássicos de combate estarão presentes no AirVenture 2010

0
North American T-2 Buckeye, nas cores da U.S. Navy. (Foto: Fernando Valduga / Cavok)

Uma variedade de jatos militares clássicos, incluindo os North American T-2 Buckeye e o F-86 Sabre, estarão juntamente com outras centenas de “warbirds” se apresentando durante o EAA AirVenture Oshkosh 2010.

North American F-86 Sabre. (Foto: Fernando Valduga / Cavok)
Lockheed T-33 T-Bird. (Foto: Fernando Valduga / Cavok)
Aero L-29 Delfin. (Foto: Fernando Valduga / Cavok)

Outros jatos programados para aparecerem em Oshkosh este anos são: Douglas A-4B Skyhawk, Lockheed T-33 T-bird, Aero L-29 Delfin e L-39 Albatros, Cessna T-37 Tweet, bem como a primeira aparição no AirVenture do único British Sea Harrier civil, que já está em Oshkosh e que se apresentará em voo para o público presente.

O T-2 Buckeye se apresentará durante a semana do AirVenture 2010. (Foto: Fernando Valduga / Cavok)

A aeronave T-2 Buckeye, a qual voou pela primeira vez em 1958, serviu como aeronave de treinamento e foi produzida para a U.S. navy conduzir treinamento básico a jato para os futuros pilotos da Marnha e dos Fuzileiros Navais dos EUA. A aeronav ajudou a treinar mais de 11.000 pilotos no período entre 1959 a 2004, e após foi substituído pelo McDonnell Douglas T-45 Goshawk. As aeronaves Buckeye foram oficialmente retiradas de operação em 2008.

Um Aero L-29 Delfin, nas cores da Força Aérea da Tchecoeslováquia. (Foto: Fernando Valduga / Cavok)

“Esses lendários jatos foram inovadores no ar, montando a base para as aeronaves militares da atualidade,” disse Bill Fischer, diretor executivo da Warbirds of America.

North American F4J Fury. (Foto: Fernando Valduga / Cavok)

Os jatos ficarão expostos na Scotts Warbird Alley e na AeroShell Square, além de se apresentarem periódicamente durante a semana como parte das comemorações “Salute to Veterans”.

O caça F-4 Phantom II fará algumas passagens sobre o AirVenture 2010. (Foto: Fernando Valduga / Cavok)

O caça McDonnell Douglas F-4 Phantom II também está previsto para efetuar passagens sobre a pista do aeroporto Wittman Field, do AirVenture, mas ficará baseado num aeroporto próximo.

O AirVenture 2010 ocorre entre os dias 26 de julho e 1° de agosto, na cidade de Oshkosh, Wisconsin. O site Cavok Brasil estará presente no evento, através da Candiota Turismo, e trará todas as informações e imagens do que estiver no maior show aéreo do mundo.

IMAGEM DA SEMANA: Tomahawk e Spitfire sobre Seattle

1
O P-40 Tomahawk e o Spitfire durante passagem baixa na pista de Paine Field, em Everett. (Foto: Bernardo Malfitano / Cavok)

No dia 22 de maio, dois belos “pássaros de guerra” fizeram um voo sobre a Paine Field, Everett, Washington: um Curtiss P-40C Tomahawk e um Supermarine Spitfire Mk.Vc, ambos pertencentes a Flying Heritage Collection, que pertence ao empresário bilionário Paul Allen. Nosso amigo Bernardo Malfitano estava lá, e fez mais um belo registro para o acervo.

Esses voos de manutenção com as aeronaves da coleção do Flying Heritage são feitos para manter as aeronaves em condições operacionais. Começando no mês de maio e seguindo até setembro, todas as aeronaves da coleção, com uma agenda previamente divulgada, fazem os voo de teste e juntam vários entusiastas que curtem aviação militar.

A coleção de Paul Allen começou a ser montada na década de 90 e conta com um acervo único e de aeronaves extremamente raras, todas em condições de voo, basicamente de aeronaves militares da Segunda Guerra Mundial.

Maiores informações através do site oficial: www.flyingheritage.com

Cavok nas redes sociais

62,407FãsCurtir
340Inscritos+1
6,421SeguidoresSeguir
2,505SeguidoresSeguir
10,510SeguidoresSeguir
2,780InscritosInscrever
Anúncios