Saab

Inicio Tags Zonas de Guerra – Irã

Tag: Zonas de Guerra – Irã

Companhias aéreas do Golfo continuam sobrevoando espaço aéreo iraniano

0
Uma das companhias que continuam operando no espaço aéreo iraniano é a Qatar Airways.

As companhias aéreas do Golfo continuam a sobrevoar o espaço aéreo do Iraque e do Irã. Elas também voam para cidades dos dois países, embora outras companhias aéreas internacionais tenham redirecionado seus aviões devido à maior tensão militar entre os Estados Unidos e o Irã.

Anúncios

Novo vídeo mostra que dois mísseis atingiram o avião ucraniano que caiu no Irã

2
Momento que o 737-800 da Ukraine International é atingido por um dos mísseis iranianos.

Um novo vídeo mostra que dois mísseis atingiram o voo 752 da Ukraine International Airlines, que caiu pouco depois de decolar do aeroporto de Teerã na quarta-feira passada.

“Nimitz” iraniano poderá em breve ser explodido novamente

7
A visão dos satélites Planet Labs SkySat mostrando o falso porta-aviões do Irã e um recente impulso para concluir os reparos, em possível antecipação de um exercício para março. Fotos tiradas em 19 de dezembro e 20 de janeiro.

O Irã está consertando sua imitação do porta-aviões Nimitz, provavelmente preparando-o para uma nova rodada de exercícios, durante os quais provavelmente será explodido.

Míssil iraniano atingiu o cockpit do 737 da Ukraine por baixo, diz oficial ucraniano

2
Novas imagens e informações sobre o acidente com o 737 da Ukraine estão surgindo a auxiliando as investigações.

A principal autoridade de segurança da Ucrânia disse que os investigadores acreditam que o cockpit do Boeing 737-800 da Ukraine International Airlines foi atingido por baixo pelo míssil iraniano, matando os pilotos instantaneamente.

Irã admite que abateu 737 da Ukraine “acidentalmente”

16
Aeronave Boeing 737-800 “UR-PSR” da Ukraine International.

Depois de dizer inicialmente que o avião caiu por causa de um problema técnico, esconder as evidências de que um de seus mísseis havia atingido o avião, os militares iranianos disseram no sábado que o Boeing 737-800 Ukraine International (UR-PSR) foi acidentalmente abatido com um míssil terra-ar. Novas imagens dos destroços foram liberadas pelo Irã.

VÍDEO: Mísseis iranianos derrubaram jato de passageiros 737 da Ukraine, de acordo com oficiais dos EUA (ATUALIZADO)

18

O Boeing 737-800 operado pela companhia aérea ucraniana Ukraine International Airlines, que caiu nos arredores da capital iraniana de Teerã em 8 de janeiro, foi atingido por um sistema de mísseis antiaéreos, informou a Newsweek citando autoridades americanas.

Canadá quer participar da investigação sobre acidente com 737 da Ukraine no Irã

12

O Canadá espera poder dar uma contribuição significativa à investigação do voo 752 da Ukraine International Airlines, que caiu no dia 8 de janeiro perto da capital iraniana Teerã.

Irã diz que não entregará para Boeing a caixa-preta do 737 da Ukraine

7

O Irã não entregará a caixa-preta do avião ucraniano que caiu hoje após decolar de Teerã à fabricante de aviões Boeing, disse o chefe da agência de aviação civil iraniana.

IRÃ: Aeronave ucraniana com 180 pessoas a bordo cai após a decolagem de Teerã (ATUALIZADO COM FOTOS)

9
Boeing 737-800 da Ukraine International.

Uma aeronave Boeing 737-800 da Ukraine International Airlines, com 180 pessoas a bordo, sofreu um acidente logo após a decolagem no Irã, informa a agência Reuters, citando a agência de notícias iraniana FARS.

USAF envia bombardeiros B-52 para Base Aérea de Diego Garcia em meio a tensões no Oriente Médio

3
Seis bombardeiros B-52H partiram da Base Aérea de Barksdale e seguiram para Diego Garcia, no Pacífico.

O Comando Central dos EUA enviou seis bombardeiros B-52H Stratofortress para a Base Aérea de Diego Garcia, no norte do Oceano Índico. As aeronaves partiram da Base Aérea de Barksdale, Louisiana.

Irã enviou seus caças F-14 para patrulha aérea após morte do General Soleimani

17

Após um ataque de drones dos EUA ao comboio de Qasem Soleimani, general da Guarda Revolucionária Iraniana, perto do Aeroporto Internacional de Bagdá, que matou o comandante sênior e mais duas dezenas de pessoas, Teerã prometeu responder com uma “vingança esmagadora”, provocando um aumento de tensões em todo o Oriente Médio.

EUA alegam ter derrubado drone iraniano, mas Irã nega

9
Navio de assalto anfíbio USS Boxer (LHD 4) do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou na quinta-feira (18/07) que um navio anfíbio pertencente à Marinha dos EUA destruiu um drone iraniano ao entrar no Estreito de Hormuz.

USAF envia as aeronaves RC-135S Cobra Ball ao Golfo Pérsico para deteção de mísseis balísticos

4
Usando a mesma plataforma do RC-135, a aeronave RC-135S Cobra Ball recebeu sensores únicos para auxiliar o monitoramento de mísseis balísticos. (Foto: U.S. Air Force / Senior Airman Greg Davis)

A Força Aérea dos EUA enviou aviões de reconhecimento com capacidade para detectar lançamento de mísseis balísticos RC-135S Cobra Ball para o Golfo Pérsico.

USAF envia caças F-22 para base aérea no Catar

1
Os aviões de combate F-22 Raptor da Força Aérea dos EUA chegam à Base Aérea de Al Udeid, no Catar, em 27 de junho de 2019. (Foto: U.S. Air Force / Tech. Sgt. Nichelle Anderson)

A Força Aérea dos EUA (USAF) enviou quase uma dúzia de caças furtivos F-22 Raptor para a Base Aérea de Al Udeid, no Catar, pela primeira vez, informou o Comando Central das Forças Aéreas dos EUA (AFCENT) em um comunicado.

Estes são os jatos que o Irã usaria para enfrentar os EUA

13
Um caça F-5 e um MiG-29 da Força Aérea da República Islâmica da Irã.

Depois de 40 anos de sanções e embargos de armas, a Força Aérea do Irã se tornou lentamente uma mistura eclética de plataformas antigas com origem em vários canais.

Presidente dos EUA cancela ataque ao Irã quando “aviões de guerra estavam já no ar”

5
Aeronaves dos EAU já estavam no ar quando o Presidente Trump ordenou o cancelamento da missão de ataque ao Irã.

Autoridades norte americanas afirmaram que o presidente dos EUA, Donald Trump, ordenou que seus militares realizassem ataques contra alvos militares iranianos, mas depois mudou de idéia “quando os aviões de guerra já estavam no ar”.

CENTCOM confirma que drone abatido pelo Irã era um RQ-4A Global Hawk BAMS-D

4
Aeronave RQ-4N Global Hawk BAMS-D da Marinha dos EUA.

O Comando Central dos EUA (CENTCOM) confirmou que um drone de vigilância de alta altitude da Marinha dos EUA foi abatido por um sistema de mísseis superfície-ar Khordad iraniano enquanto operava no espaço aéreo internacional sobre o Estreito de Ormuz aproximadamente às 23h35 GMT, no dia 19 de junho de 2019.

Autoridades norte-americanas confirmam que míssil iraniano abateu um drone MQ-4C Triton

5
Drone de vigilância e reconhecimento MQ-4C Triton da Marinha dos EUA.

O Irã abateu um drone de reconhecimento militar MQ-4C Triton dos EUA sobrevoando a província de Hormozgan, no sul do Irã, na quinta-feira.

Bombardeiros B-52 são implantados no Catar em resposta às ameaças iranianas

0
Um bombardeiro B-52H pousa no Catar em apoio a missão dos EUA para conter as ameaças iranianas.

Os bombardeiros estratégicos B-52H Stratofortress da Força Aérea dos Estados Unidos chegaram à Base Aérea de Al Udeid no Qatar como parte da implantação antecipada da Força-Tarefa de Bombardeiros (BTF) em resposta às ameaças iranianas.

Cavok nas redes sociais

62,410FãsCurtir
340Inscritos+1
6,412SeguidoresSeguir
2,505SeguidoresSeguir
10,510SeguidoresSeguir
2,780InscritosInscrever
Anúncios