O jato executivo Cessna Citation Hemisphere.

A Textron Aviation está suspendendo o desenvolvimento do jato executivo de cabine grande Hemisphere, anunciou o CEO da Textron, Scott Donnelly, durante uma teleconferência do segundo trimestre.

O Hemisphere poderá ser revivido em uma data posterior, Donnelly reconheceu, mas por enquanto está “em espera” porque a fabricante com sede em Wichita não está satisfeita com o progresso no desenvolvimento do motor Safran Silvercrest que o alimentaria.

Além disso, a Safran disse que seu contrato inicial com a Textron Aviation para o Silvercrest foi encerrado sem nenhum impacto financeiro para nenhuma das duas empresas. O problemático programa de motores, que fez a francesa Dassault cancelar o Falcon 5X no final de 2017, progrediu no conserto do compressor de alta pressão do motor, mas até agora está aquém do que a Textron precisa.

“O motor ainda não demonstrou o desempenho necessário para a aeronave”, explicou Donnelly. “Nós certamente revisitaríamos isso [o Hemisphere], mas muito tempo passou por aqui”.

A Safran continua o desenvolvimento e resolução de melhorias do motor Silvercrest.

A Textron Aviation suspendeu o programa Hemisphere em abril de 2017 por causa da questão do compressor de alta pressão e mais tarde disse que tomaria uma decisão de prosseguir depois que Safran apresentasse uma solução. Donnelly insistiu no apelo para que a decisão do Hemisphere fosse tomada exclusivamente com base na questão do motor e não por causa das forças do mercado ou da concorrência. “Havia apenas um motor adequado para atender o ponto de desempenho”, disse ele.

“Embora a combinação aeronave / motor não atenda atualmente a todos os objetivos, o desenvolvimento do motor Silvercrest fez um progresso pretendido nos últimos 12 meses”, disse Safran. “O novo compressor de alta pressão mostra o desempenho para o qual os resultados dos testes de solo excederam as expectativas.” Futuros testes para confirmar as melhorias, bem como para completar o desempenho geral do motor e validação de durabilidade, estão planejados, acrescentou a Safran.


Fonte: AIN Online

Anúncios

3 COMENTÁRIOS

  1. Asim como está acontecendo na indústria automobilística, está se buscando na aviação níveis de emissões e consumo que necessitam de tecnologias indisponíveis para a engenharia da atualidade ou que tem um custo fora do padrão. Isso já aconteceu na era dos motores pistão turbo compound que geravam uma potência extraordinária na época mas a tecnologia de produção e materiais da época não estavam avançadas a ponto de conseguir produzir motores confiáveis.