Todos caças F-35 foram aterrados para inspeção de tubos de combustível do motor. (Imagem ilustrativa)

Todos os caças Lockheed Martin F-35 Lightning II dos EUA e internacionais foram  temporariamente aterrados para que os tubos de combustível possam ser inspecionados, disse um porta-voz do Pentágono na quinta-feira.

A inspeção foi causada por dados iniciais de uma investigação em andamento do F-35B, variante de decolagem curta e pouso vertical, que caiu nas proximidades de Beaufort, Carolina do Sul, em 28 de setembro.

As inspeções devem ser concluídas dentro das próximas 24 a 48 horas, disse o porta-voz do Pentágono em um comunicado.

A Força Aérea Israelense (IAF) informou em um comunicado que embora não opere a variante envolvida no acidente e não tenha encontrado falhas nas aeronaves, o Major General Amikam Norkin decidiu tomar precauções adicionais e realizar testes em todos caças F-35I.

De acordo com a IAF, os testes vão levar alguns dias e uma vez concluídos os caças retornarão à operação normal. Entretanto, caso necessários para ação operacional os F-35I estarão prontos e preparados.


FONTE: Reuters – Edição: Cavok

11 COMENTÁRIOS

  1. Todo no avião militar tem seus acidentes e as novas tecnologias do F-35 o risco é maior. Esse é um computador voador que tem mais risco até equalizar sua tecnologia. Tubo de combustível é erro do fabricante se for mesmos segundo imprensa britânica.