Um bombardeiro B-52H da Base Aérea de Minot chegou no dia 9 de janeiro numa base da RAF no Reino Unido.

Três bombardeiros B-52 Stratofortress, cerca de 300 aviadores e equipamentos de apoio da 5ª Ala da Bombardeiros, da Base Aérea de Minot, Dakota do Norte, foram implantados no Reino Unido, para realizar integração e treinamento no teatro de operações, de acordo com um comunicado de imprensa da Força Aérea dos EUA (USAF).

Os bombardeiros da USAF chegaram ao Reino Unido após um voo transatlântico realizado no dia 9 de janeiro, quando dois B-52H pousaram na Base da RAF de Fairford e um terceiro pousou na Base da RAF de Mildenhall. Acredita-se que as aeronaves estarão em breve envolvidas em conflitos no Oriente Médio, e o número de bombardeiros deverá crescer para nove nos próximos dias.

O Ministério de Defesa do Reino Unido não comentou sobre o movimento das aeronaves dos EUA.

A implantação de bombardeiros estratégicos no Reino Unido ajuda a preparar as equipes da USAF no local de operação dos bombardeiros na Europa, quando as aeronaves serão também usadas no treinamento conjunto com aliados para melhorar a interoperabilidade entre as aeronaves.

O treinamento conjunto com parceiros, nações aliadas e outras unidades da Força Aérea dos EUA contribui para prontidão das forças e permite a construção de relações duradouras e estratégicas necessárias para enfrentar uma ampla gama de desafios globais.

A Base da RAF de Fairford é uma base stand-by designada pela OTAN e é compartilhada com a Força Aérea dos Estados Unidos, sendo uma das três únicas bases usadas pela USAF fora dos EUA, e esteve envolvida no conflito do Kosovo – com bombardeiros que voavam de Fairford e liberando cerca de 50% de todas as bombas durante a guerra.

Anúncios

1 COMENTÁRIO

  1. B-52 já devia estar aposentado. Contra defesa aérea russa não tem chance

Comments are closed.