Trump mostra imagem conceitual da pintura que será aplicada nos novos 747-8i que serão usados pelos presidentes dos EUA.

Numa entrevista exclusiva ao ABC News, o Presidente dos Estados Unidos apresentou as primeiras imagens das propostas de pinturas dos novos 747-8i que serão usados como aviões presidenciais dos EUA a partir de 2021.

As propostas apresentadas ressaltam as cores da bandeira dos Estados Unidos, abandonando o atual padrão azul claro e branco usado nos Boeing VC-25A (747-200B). Trump disse que ele está atualizando a aparência do avião “para outros presidentes, não para mim”.

“É um 747, mas, você sabe, é um avião muito maior”, disse Trump sobre o 747-8i. “Tem uma envergadura muito maior” mostrando quatro modelos de um avião presidencial vermelho, branco e azul com uma bandeira americana na cauda que ele disse ser “tudo um pouco diferente”.

“Há alguns segredos”, acrescentou Trump para o jornalista George Stephanopoulos sobre as tecnologias da nova aeronave. “Sabe de uma coisa, há alguns segredos dos quais não acho que deveríamos estar falando.”

A reforma proposta por Trump seria a primeira desde que o presidente John F. Kennedy estava no cargo. As cores azuis claras foram introduzidas em um redesign pelo designer industrial Raymond Loewy para Kennedy em 1962.

As propostas de pintura tem leves alterações, mas basicamente apresentam as mesmas cores.

O presidente Donald Trunp adicionou que a nova pintura ressalta o patriotismo do país, e destaca a chegada da autoridade máxima dos Estados Unidos em qualquer aeroporto do mundo.

“Nós adicionamos coisas e eu consegui US$ 1,6 bilhão de desconto na compra”, acrescentou.

O Presidente solicitou que os aviões estivessem prontos em 2021, no início de seu segundo mandato – três anos antes do plano original de 2024.

Anúncios

3 COMENTÁRIOS

  1. o 747 vai sair de linha…deveriam adotar uma versão do 777 como avião presidencial

    • O 747 tem maior alcance, é maior e é quadrimotor. Se um dos motores for atingido por um míssil IR, restam 3.

      Vai voar ainda por muito tempo, mesmo que como cargueiro. Existirão peças e suporte.

  2. Meio parecida com aquela última pintura da TWA misturada com a do A310 VIP do Canadá.
    Lembra também aqueles esquemas de péssimo gosto das empresas aéreas russas após a queda da URSS, tentando um visual mais ocidental.
    Enfim… melhor deixar a pintura atual, mas…como tudo hoje depende do veredito do "Tribunal das Redes Sociais" e nesse foro os robôs são o fiel da balança, sendo o presidente-cor-de-laranja e "cover do Liberace" um sujeito muito antenado nesse tipo de tecnologia, é bem provável que ele consiga um surpreendente apoio (virtual) maciço e realmente aposente o esquema criado por Raymond Loewy.
    Ele mesmo disse que "está fazendo isso para os próximos presidentes", então qual a razão de escolher novas cores? Deixe que sejam escolhidas por quem irá usar a aeronave.
    Mas…como alguns estão dizendo em sites de lá ao comentar em defesa da iniciativa do presidente, "It's. Just. A. Paint job. For. A. Plane!", ou seja, "whatever".

Comments are closed.