F-16 - Força Aérea da Turquia (THK) (1)
Caças F-16 / © Força Aérea Turca (THK), em caráter ilustrativo

Ataques da Turquia e das forças de coalizão lideradas pelos Estados Unidos mataram ao menos 27 insurgentes do grupo extremista Estado Islâmico na Síria, reportou a agência estatal turca de notícias Anadolu. A morte dos extremistas ocorreu no domingo (15), quando disparavam projéteis em direção à Turquia.

Nos últimos meses, a região fronteiriça turca de Kilis tem sido alvo de projéteis lançados do território controlado pela milícia radical na vizinha Síria.

Desde setembro de 2014, aviões de guerra da coalizão internacional começaram a atacar alvos do Estado Islâmico na Síria. A Turquia permite que os caças da aliança usem sua base aérea em Incirlik, mas não participa regularmente das ofensivas.

Vale mencionar ainda que as autoridades turcas vincularam insurgentes curdos e integrantes do Estado Islâmico a importantes atentados registrados nos últimos meses no país.

An F-15E Strike Eagle from the 391st Expeditionary Fighter Squadron at Bagram Air Base, Afghanistan, launches heat decoys Dec. 15 during a close-air-support mission over Afghanistan. (U.S. Air Force photo/Staff Sgt. Aaron Allmon)
F-15E Strike Eagle / © Força Aérea dos EUA (USAF), em caráter ilustrativo

divider 1

FONTE: Valor Econômico, com informações da Associated Press

EDIÇÃO: Cavok

Anúncios

1 COMENTÁRIO

  1. como o mundo dá voltas, a Turquia não era aquela nação que boicotou Israel devido seu trato com os palestinos?
    e ela faz o que com os curdos mesmo? fora que agora estão sendo atacados…rs
    como dizem, "palestinos" no dos outros é refresco certo?

Comments are closed.