O atual helicóptero A129 ATAK fabricado pela Turkish Aerospace Industries (TAI).

O presidente das Indústrias de Defesa da Turquia, Ismail Demir, anunciou ontem que um novo helicóptero de ataque está sendo desenvolvido, ressaltando que é melhor que o primeiro helicóptero “desenvolvido em casa” pela Turquia, o T129 ATAK (Advanced Attack and Tactical Reconnaissance Helicopter).

“Todos vocês ouvirão em breve. O ATAK está entre as cinco melhores do mundo. Há muito interesse nesse sentido”, disse Demir em uma transmissão ao vivo no Kanal 7 ontem.

O helicóptero T129 ATAK é um helicóptero bimotor de dois lugares e nova geração, projetado especificamente para ataque e reconhecimento.

A fabricante italiana está desenvolvendo o novo AH-249. A TAI possui licença para fabricar o A-129 com a fabricante Leonardo.

Desenvolvida a partir do AgustaWestland A129CBT comprovado em combate, a nova aeronave A129 ATAK incorpora uma nova filosofia de sistema com um novo motor – o LHTEC CTS 800-4A – novos aviônicos, sistemas de visão e armas, fuselagem modificada, um trem com acionamento atualizado e um novo rotor de cauda.

Uma série de conversas foram realizadas com vários países, incluindo o Paquistão, para a exportação de helicópteros ATAK, que se comprovaram durante as operações com suas capacidades superiores. Neste contexto, os ATAKs participaram de vários eventos internacionais como parte dessas missões para mostrar suas capacidades.

A Turquia recentemente vendeu 30 helicópteros ATAK ao Paquistão, e os helicópteros serão entregues gradualmente ao longo de cinco anos. O acordo com o Paquistão é o maior acordo de exportação para a indústria de defesa da Turquia.


Fonte: Daily Sabah

4 COMENTÁRIOS

  1. E mesmo que tenham sido "empurrados", ficamos apenas nos 12 Mi-35. A FAB deu o primeiro passo que foi ativar uma unidade de ataque de asas-rotativas, porém agora tem que dar continuidade. O EB também tem que se mexer.

  2. “Todos vocês ouvirão em breve. O ATAK está entre as cinco melhores do mundo. Há muito interesse nesse sentido”,

    Parece as bravatas da Sput(pe)nik e da marcenaria Teerã

    • Os turcos lançam líquidos de si, em situações de extremo prazer, com a ferramenta da Leonardo S. p. A.

Comments are closed.