A última aeronave MD-11 fabricada, o “Charlie November” da Lufthansa.

O último McDonnell Douglas MD-11 fabricado foi retirado de serviço esta semana.

A aeronave tri motor saiu da linha de montagem no dia 22 de fevereiro de 2001, marcando o fim da produção da aeronave. A Lufthansa era a última cliente do MD-11 naquela época.

O mais jovem MD-11F, com prefixo D-ALCN, realizou seu último voo esta semana.

A Lufthansa certamente não ficou feliz quando a Boeing, novo proprietário da McDonnell Douglas, decidiu interromper a produção da aeronave em favor do Boeing 777, depois de apenas 200 unidades construídas na cidade de Long Beach, California.

No entanto, a companhia aérea alemã operou os MD-11 por quase duas décadas como aviões de carga na Lufthansa Cargo. A Lufthansa anunciou recentemente que eliminaria gradualmente o modelo a favor do Boeing 777F.

A última aeronave MD-11F deixará a frota da companhia aérea alemã até o final deste ano. A frota de MD-11F da Lufthansa Cargo no momento consiste em apenas nove aeronaves.

A última versão para passageiros de um McDonnell Douglas MD-11 foi entregue a Sabena em 1998. Três anos depois, os dois últimos cargueiros saíram da fábrica de Long Beach, entregues para Lufthansa Cargo.

Um dos dois adquiridos em 2001 foi o D-ALCN que voou na terça-feira (26 de novembro) de Frankfurt para Victorville, Califórnia, onde está localizado um gigantesco cemitério de aeronaves.

“Obrigado Charlie November, vamos sentir sua falta”, a Lufthansa Cargo enviou uma mensagem de despedida via Facebook.

Anúncios

1 COMENTÁRIO