Mil Mi-24 Hind, do Sri Lanka
Mil Mi-24 Hind, do Sri Lanka

O piloto, o co-piloto e dois atiradores morreram quando seu helicóptero de combate Mil Mi-24 caiu na Floresta de Dunhinda, em Buttala, no dia 26, devido a uma falha técnica, disse a Força Aérea do Sri Lanka.

O porta-voz da força aérea Janaka Nanyakkara disse que o helicóptero estava numa missão de treinamento e havia decolado da Base da Força Aérea de Weerawila.

Ele negou que o helicóptero tivesse siso abatido ou que estivesse conduzindo uma operação de reconhecimento prévio, já que o Presidente Mahinda Rajapaksa visitou a área no mesmo dia para inaugurar a pedra de fundação para o Aeroporto Internacional de Mattala.

Um residente que testemunhou o acidente disse que o helicóptero estava voando a cerca de 60 pés (20 metros) do solo quando bateu numa estreita floresta. A polícia local está coletando informações dos moradores das vilas próximas ao acidente para buscar mais dados sobre o acidente.

Os líderes do Esquadrão de Helicópteros de Ataque 9, Esala Dodammaluwa e Rehan Fernando eram os pilotos que morreram no acidente com o Mi-24. Uma comissão de 4 membros foi apontada para investigar as causas do acidente, sob a direção dos órgãos de defesa e da Força Aérea.

A Força Aérea do Sri Lanka opera mais de onze helicópteros Mil Mi-24 no Esquadrão de Helicópteros de Ataque 9, baseado em Hingurakgoda-Minneriya, no norte do país.

Fonte: Daily Mirror

Anúncios

3 COMENTÁRIOS

Comments are closed.