F-15A/C Baz (“Falcon”)

Israel recebeu seus primeiros F-15 Eagle como parte do programa “Peace Fox”. Quatro caças F-15A – o precursor do F-15C – foram entregues no dia 10 de dezembro de 1976. Israel recebeu 58 caças F-15.

A IAF tinha certeza que o Eagle daria à Israel a supremacia aérea sobre seu território e superioridade aérea sobre todo o Oriente Médio. Eles não estavam errados. No dia 2 de junho de 1979, seis F-15 escoltando caças-bombardeiros contra alvos da OLP no Líbano derrubaram cinco MiG-21 em um único combate.

O Baz representou um salto quântico na capacidade da IAF, com a Força Aérea já tendo voado o F-4, o A-4 e o Mirage III antes dele, e foi de longe o caça mais capaz na região durante a década de 1970. Bem, pelo menos com exceção da frota crescente de F-14A do Irã.

O Baz era realmente uma fonte nacional de orgulho em Israel na época de sua chegada e permanece assim até hoje, com apenas os melhores pilotos da IAF selecionados para pilotá-lo. Obviamente, o rigoroso foco ar-ar da aeronave ajudou com essa imagem, já que o jato era visto como um guardião de Israel, uma arma que asseguraria a capacidade do país de existir através da esmagadora capacidade de superioridade aérea.

Em setembro, mais quatro MiG-21 foram abatidos. Entre 1976 e o final da guerra do Líbano em 1982, os Bazs abateram 58 aviões inimigos sem perdas.

Os F-15A israelenses foram progressivamente atualizados para o padrão F-15C.

Os caças israelenses F-15 Baz continuam a fornecer superioridade aérea para Israel. Os Baz, sem dúvida, seriam a melhor cobertura para qualquer ataque aéreo israelense contra o Irã.

F-15I Ra’am (“Thunder”)

A versão de Israel do F-15E Strike Eagle, o F-15I Ra’am, é um avião multi-missão capaz de superioridade aérea e missões de ataque. Israel anunciou sua intenção de obter o Ra’am em 1994, resultado de sua falta de aeronaves de ataque de longo alcance capazes de caçar mísseis Scud do Iraque durante a Guerra do Golfo de 1991.

Vinte e cinco caças Ra’am foram comprados, com entregas concluídas em 1998. Armamentos aéreos incluem mísseis Python de curto alcance e mísseis AMRAAM de médio alcance. O armamento ar-terra inclui bombas guiadas a laser, JDAM (Joint Directed Attack Munitions) e mísseis Popeye. As modificações israelenses incluem um pacote de guerra eletrônica, GPS, comunicações, o sistema de mira no capacete e um sistema de coleta e transferência de dados.

No caso de um ataque aéreo israelense contra as instalações nucleares do Irã, os 25 combatentes do Ra’am receberão a tarefa de atacar os alvos mais distantes e mais defendidos do Irã.

F-16I Sufa (“Tempestade”)

O F-16I Sufa é um derivado do caça multi-função F-16 Block 52. Um caça de dois lugares capaz de missões de ataque.

Como outros caças F-16 Block 52, o F-16I inclui tanques de combustível conformais (CFT) para aumentar o alcance. A tecnologia israelense no Sufa é toda israelense e inclui mira no capacete, comunicações via satélite e o pod de navegação e direcionamento Lightning II.

O armamento inclui o míssil ar-ar Python 5 de curto alcance, bombas guiadas a laser e bombas guiadas por satélite JDAM.

Acredita-se que Israel tenha cerca de 100 Sufa. Israel também tem 243 caças F-16 A/B/C mais velhos, fazendo com que a IAF seja a maior forta de F-16 fora dos EUA. Em qualquer ataque israelense ao Irã, os F-16I provavelmente cumprirão dois papéis: primeiro derrubar as defesas aéreas do Irã e depois suplementar o F-15I contra alvos no solo.


FONTE: Fighter Jets World

64 COMENTÁRIOS

  1. E tudo isso para um país do tamanho de Sergipe. A melhor Força Aérea sem dúvida.

  2. Tudo isso com qual orçamento? Tem uma certa forcinha que ao invés de caça tem é pessoal, tem até "fantasma" na folha…

    • Amigo quando eu toco nesse ponto la no Poder Naval o pessoal nao gosta Muito! kkk
      Verdade precisa ser dita: o orçamento militar brasileiro não e uma mina de ouro mas é sim suficiente para termos as 3 forças muito bem armadas, porém a forma como ele é gasto é pra chorar!
      E tem gente defende a intervenção militar, eles não conseguem nem dar conta dos bilhões que recebem quanto mais dos 3,5 Trilhões que compõe o orçamento total da União !

      • A trilogia sempre foi parça do comando, nem a pau que vai contra.

        Sabe é triste ver que dinheiro tem e muito, no mínimo a uma década estamos entre as 15 maiores orçamentos e isso não se reflete em armas.
        Ver o EB pagar mais caro que SCAR naquela gambiarra maldita IA2, é triste. É a vida do soldado em jogo, e o comandante do EB todo feliz em anunciar a compra, inimigo pra que!

    • Galileu, é isso aí mesmo. E Israel faz a lição de casa sob todos os apsectos militar, econômico…

  3. Não há possibilidade de ataque aéreo contra o Irã.
    O que se vislumbre, e é o que parece que já está acontecendo, é a chegada das forças iranianas nas fronteiras de Israel através do Líbano e da Síria.
    Hoje já foram postadas noticias sobre confrontos na região das Colinas de Golã.

    • A teocracia fascista iraniana está vendo seus prepostos sendo atacados e mortos na Síria pelas IDFs, e as colinas de Golan seguem tranquilas em que pese os combates do outro lado da fronteira.

      A verdade é que o clero corrupto está cada vez mais perto da lata de lixo da história em que pesem as fale News cada vez mais desesperadas dos seus apoiadores ( e antissemitas convictos).

    • Se os Eua se comprometerem em apoiar a ofensiva … sim é possível… agora sozinhos sustentar uma guerra de atrito por meses nao tem como mesmo …. teriam vitórias esmagadoras no início mas aconteceu com os alemães na Rússia depois de um tempo a maré iria virar , lutar muito longe de casa custa caro e é coisas pra Russos Americanos e Chineses e olha lá

      • É o que eu sempre digo. Não tem como um país tão pequeno como Israel sustentar um guerra de atrito. É muito pequeno. Com um território tão exíguo e uma população tão pequena, não tem reservas nem potencial para isso.

        • Israel lutou 3 anos em uma guerra de atrito logo depois da guerra dos seis dias quando tinha uma economia bem menor e desenvolvida que a atual contra um adversário bem mais armado (e apoiado por uma superpotência da época) que a teocracia fascista de Teerã.

          Não bastasse o sentimento burro e irracional os odiadores de Israel ainda não estudam história…

                • Se vc considerar uma guerra de seis dias como uma guerra de desgaste. E a outra foi mais espetacular. Durou vinte dias.

                • Como eu disse, melhor você ir estudar história senão as bolas fora irão continuar a se repetir.

                • A maratona já começou e os fascistas iranianos estão perdendo….

                  outra bola fora sua!

                • Israel continua jogando bombas nos sírios e iranianos, essa é a realidade.

                  Bem vindo…

                • Começam a correr notícias de que outro avião israelense foi derrubado hoje.
                  Será?

                • A notícia confirmada é que mais uma vez os fascistas foram atacados

                  Aceite a realidade….

                • Pode ser, mas por enquanto a fonte é a TV do Assad, a mesma que usa fontes anônimas para falar de aeronaves atingidas que ninguém nunca vê.

                  E é normal perder um avião de às vezes. Faz parte da guerra. Não prova muita coisa.

            • Até os russos se disseram admirados com as vitórias de Israel. Mas não, o troll quer mudar a história…

            • Como eu afirmei anteriormente, não bastasse o sentimento burro ainda falta estudo de história. Bola fora sua novamente…

        • Nao haverá guerra de atrito. O que está ocorrendo é que o Irã já se tornou um pária na região e cada vez mais países árabes tem se unido a Israel no desejo comum de se livrar desta anomalia aiatoliptica. Se houver guerra, haverá uma coalizão contra o Irã, obviamente apoiada pelos EUA. Mas mesmo sem apoio Israel já demostrou acachapantemente do que é capaz contra múltiplos inimigos ao mesmo tempo apoiados pesadamente pelos russos.
          Aos birrentos e do contra resta o mundo da fantasia…..

  4. Falar o que desse país? Vou apenas repetir o que disse nosso futuro (Deus queira) presidente:
    "Vejam o que eles não têm, e o que são, e vejam o que nós temos e o que não somos.."

    • Chega a ser irônico o cidadão tentando provar que israel não é de nada enquanto os bombardeios acontecem e se repetem.

      • Esqueça.
        Um país de apenas 6 milhões de habitantes (estou tirando os 2 milhões de árabes) nunca será potência de nada.
        Talvez potência espiritual. E só.

        • É potência econômica, militar e nuclear por aquelas bandas, para desgosto dos antissemitas.

          Outra bola fora sua!

          • Li, outro dia, história interessante.
            Durante a guerra de 1973, Golda Meir, desesperada em face de iminente derrota, mandou que os militares atacassem algumas capitais árabes com armas nucleares.
            Os militares negaram cumprimento à ordem que chegou aos ouvidos soviéticos.
            Em seguida, Moscou determinou que alguns Mig25s sobrevoassem a capital israelense à grande altitude ficando inalcançáveis às defesas israelenses. Procede essa informação?

            • Informação mais falsa que uma nota de 3 reais como todas as que você coloca aqui em nome do seu antissemitismo doentio! Embora de fato o uso de armas nucleares tenha sido cogitado os militares não apenas não desobedeceram a ordem como as mesmas chegaram a ser enviadas para as bases aéreas. Contudo o ataque inicial árabe logo foi rachaçado com as forças sírias logo tendo sido expulsas do Golan e as forças blindadas israelenses logo avançando chegando a 40 km de Damasco.

              Quanto ao uso do Mig-25, ele se deu em missões de reconhecimento sobre o Canal de Suez quando as fotos obtidas pelo mesmo mostraram que não apenas Ariel Sharon havia cruzado o Canal como havia cercado e isolado dois exércitos egípcios. Anos depois, os Mig-25 sírios viraram alvos de tiro ao pato pelos F-15 da Heyl Ha'Avir.

              Outra bola fora sua!

            • Doze Phantoms foram armados com artefatos nucleares e uma linha foi traçada. Se os invasores passassem daquele ponto, bye, bye Cairo e Damasco…

              • E os soviéticos deixaram bem claro que seria fim de linha para Israel.

                • E os norte-americanos colocaram suas forças em prontidão máxima, mostrando que caso atacassem Israel eles os soviéticos também seriam atacados. Aliás, depois do alerta norte-americano os soviéticos arrefeceram sua "valentia"

                  Outra bola fora sua, para variar….

                • Quem sossegou foram os árabes depois de derrotados no campo de batalha.

                  Outra bola fora sua!

        • Pra vc ver como vcs são fracos. Não conseguem derrotar essa meia dúzia com todo apoio da Rússia.

        • Israel é potência econômica, militar e nuclear na região. Acostume-se com esse fato!

    • A Agência de notícias SANA publicou que alguns mísseis e um avião foram derrubados no ataque.
      Eu, particularmente, não dou a mínima importância a este tipo de notícia que é periférica para a região.
      Talvez seja uma tentativa israelense de ajudar os rebeldes e desvirtuar os esforços sírios e iranianos na limpeza dos últimos bolsões de resistência no Sul do País. O próximo será a área sob domínio do ISIS na fronteira de Golã que, estranhamente, não é atacado por israelenses nem americanos.
      Mas, nada que impeça a ordem natural dos fatos.

        • Nem considero esta nova tática de Israel, 'hit an run', e eventuais perdas de mísseis e aviões como coisas relevantes.
          Os fatos estão se dando na região e pelo jeito nada poderá mudá-los.

          • Os fatos estão realmente se dando na região ou seja, fascistas iranianos sendo bombardeados e mortos.

            O choro para você e outros odiadores de Israel é livre….

          • Errado, a estratégia é hit, hit, hit, hit, munição acaba e volta pra casa.

          • Os F5 turbo, modelos de plástico e F14 colados com durepoxi não dão nem pro gasto.

          • Os fatos realmente já estão se dando na região. Ou seja, os fascistas iranianos continuam sendo bombardeados e mortos.

            • Eu sou contrário a guerras, mas acho bom as pessoas ficarem mais comedidas.
              Hoje, um comandante da IRGC anunciou que seus homens estão perto das Colinas de Golã.
              E que está sendo formado o que chamou de Exército Islâmico na Síria com voluntários de vários países
              E ainda estão reforçando as posições do Hezbollah na fronteira libanesa.
              Acho melhor as coisas se acalmarem.

              Em tempo. Foi confirmado que um avião israelense foi atingido e obrigado a recuar em um ataque na Síria.

              • O idiota colocou isso no Twitter e uma pessoa escreveu embaixo a verdade ou seja, seriam apenas mais alvos para as IDFs.

                Mais uma bola fora sua Xings!

      • A Notícia da SANA é mais falsa que uma nota de 3 reais!

        A verdade é que a base de T-4 foi atacada e mais alguns prepostos do regime fascista de Teerã foram mais cedo conhecer suas virgens!

        Outra bola fora sua!

  5. Eu não sei se tem gente burra ou se é mau caratismo intelectual mesmo. O cara me manda inbox me chamando de anti-semita por esta postagem??? Acho que ele nem faz ideia do que significa semita…

Comments are closed.