F-15E em REVO sobre algum lugar do Afeganistão.
F-15E fazendo REVO em algum lugar sobre o Afeganistão.

A Força Aérea dos Estados Unidos (USAF) anunciou que está tendo progresso com o programa EPAWSS, que visa a modernização de uma nova suite de guerra eletrônica (EW) para o F-15E Strike Eagle e F-15C Eagle. O Eagle Passivo/Sistema Ativo de Alerta e Sobrevivência (EPAWSS) passou da fase de engenharia, para a fase de desenvolvimento e construção.

A Boeing foi a ganhadora do contrato de US$478 milhões, junto a BAE Systems como subcontratada para ajudar a desenvolver o programa que vai modernizar mais de 400 caças F-15E e F-15C.

De acordo com a BAE, o EPAWSS é um conjunto de guerra eletrônica digital que melhorará a consciência situacional do F-15 e proporcionará proteção em ambientes ofensivos, usando contra-medidas eletrônicas avançadas, tal como alerta de radar (RWR), e capacidade de chaff e flare aumentadas. O EPAWSS substituirá o antigo Tactical Electronic Warfare Suite (TEWS), em uso desde a década de 1980.

F-15C fazendo a famosa "decolagem america".
F-15C fazendo a famosa “decolagem americana”.

EPAWSS é um elemento-chave das atualizações que a Boeing propôs em um esforço para manter o F-15C um caça de superioridade aérea viável até pelo menos 2040, sendo um multiplicador de força para F-22A Raptor, que é capaz de penetrar a fundo as defesas inimigas.

O coronel Robert Novotny, atual comandante da 48ª Ala de caças na base de RAF Lakenheath, Inglaterra, disse em julho que gostaria que os F-15 adotassem tecnologias cada vez mais sofisticadas. Perguntado sobre as capacidades que gostaria de ver integrados, ele chamou EPAWSS em particular como uma atualização especialmente vital para o F-15.

Fonte: DefenseNews

Anúncios

23 COMENTÁRIOS

      • ECM de última geração, radar AESA de última geração, data-link de última geração e um novo MFCD que está sendo instalado nos F-15C:
        http://media.defense.gov/2016/Apr/26/2001525074/-

        O F-15E não precisa de um novo cockpit, mas para o F-15C, era um upgrade necessário, resta saber se vão aplicar RAM no F-15E e F-15C, se aplicarem, seria um F-15 do padrão 2040C.

        • Se fossem novos ainda teriam fly-by-wire e IRST interno.

          Eu tenho um livro aqui sobre a primeira guerra do golfo, em 1991, dizendo que os tornados já tinham uma forma de RAM nas entradas de ar. Certo que o F-15 não tem nada a ver com tornado, mas mostra que não é uma coisa muito complexa.

          Não duvido que já tenha algum tipo RAM. E tintas que diminuem a reflexão de ondas curtas são oferecidas até para helicópteros de carga. Devem haver diversas categorias de materiais com diferentes níveis de eficiência disponíveis.

        • Agora tu imagina o F-15C com toda a capacidade que já possui + toda a capacidade que vai receber + displays táticos que forneçam uma abrangente consciência situacional. 1 esquadrão apenas é o suficiente para exercer uma enorme dissuasão.

  1. Acho que eles vão incluir despistadores rebocados.
    Não me lembro onde eu li.

  2. A imagem do F-15E é matadora!
    Bem legal.
    Daqui a pouco aparece alguém criticando o meu elogio a matéria.

  3. qual seria a variante mais avançada do F-15, levando em consideração as exportadas?

    • Sem dúvidas alguma, o F-15SA.

      O F-15SA é do padrão 2040C, possui o APG-63(V3), EPAWSS, Fly-By-Wire, IRST, tela wide, novos hardpoints, e uma enorme gama de armamentos. O F-15SA também teve RAM aplicado, o que reduziu bastante o RCS.

        • Tem razão, acabei me confundindo. O F-15SA possui o DEWS, faz o mesmo trabalho do EPAWSS.

  4. Grande aeronave! Estas que passarão pela modernização tem quantas Horas de voo restantes? Voar até 2040, será que a fuselagem aguenta?

    • Certamente, assim como qualquer outra aeronave, no final de sua vida vai ter restrições por causa de fadiga, mas o Eagle já aguentou bastante, e provavelmente aguenta mais 20 anos.

      • Estavam falando sobre um 6G maior que o F-22 para escoltar o B-21 no pacífico. Seria o substituto do F15C, o segundo depois do raptor.

        • A USAF já afirmou que não vai ter um 6G em um futuro próximo, somente a USN vai ter o F/A-XX que vai decolar entre 2025 e 2030.

          O F/A-XX deve ser o sucessor do Tomcat.

  5. Se os EUA fizerem o upgrade do f-15 para o f-15 2040c vai ser um monstro com 16 misseis.

  6. Tal atualização somada as do radar e outras mais asseguram o F-15 como sendo um caça apto para atuar em qualquer cenário na atualidade e mais, assegura aos EUA a operacionalidade que estava em declínio com a não reformulação desta classe de vetor.
    Diante das crescentes ameaças, não há escolha melhor do que atualizar seus meios, inclusive, a Rússia conseguiu investir em novos caças por economizar na não substituição imediata de seus meios, mas na atualização dos que já existem, Su-30 é o exemplo perfeito disso.

  7. F 15 ainda tem muita lenha pra queima , este é um ícone e ainda tem muito a contribuir, é uma lenda sem dúvida.

  8. É um novo editor aqui no Cavok? Desejo imenso de sorte e aquele abraço de um fã do site!

Comments are closed.